Corpo de Seu Né do Rodeadouro será enterrado no fim da tarde desta quarta-feira (11)

(Foto: Arquivo da Família)

Será enterrado às 17h desta quarta-feira (11), no cemitério do povoado do Rodeadouro, zona rural de Juazeiro (BA), o corpo do pescador Manoel Rodrigues da Silva Santos, mais conhecido como Seu Né, o pioneiro da barracas da ilha do Rodeadouro, uma das mais visitas no Vale do São Francisco. Antes do enterro será celebrada uma missa de corpo presente na igreja da comunidade.

Seu Né tinha 80 anos e faleceu ontem a tarde quando retornava de Salvador para Juazeiro (BA), após passar por uma sessão de tratamento contra um câncer de próstata, que o acometia há 9 anos. Seu Né era pernambucano do município de Cabrobó. Nasceu na Ilha da Assunção, mas veio para o Rodeadouro em 1964.

Conhecido por seus “causos” ganhou fama na região, participou de filmes, conquistou clientes e amigos. Um deles foi o sanfoneiro Targino Gondim, que postou um vídeo em suas redes sociais homenageando Seu Né. Veja abaixo.

Belchior morreu de causas naturais e ouvindo música clássica, diz delegada

(Foto: Internet)

O cantor Belchior morreu de causa naturais, durante o sono e ouvindo música clássica. A informação foi repassada pela delegada plantonista da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), Raquel Schneider, que também acompanha a investigação da morte do cantor cearense de 70 anos.

O corpo do cantor foi encontrado por sua companheira, Edna Prometeu, na sala de estar da casa em que vivia no município de Santa Cruz do Sul (RS), na manhã deste domingo.

De acordo com a delegada, exames médicos iniciais revelam que a possível causa da morte de Belchior teria sido uma dissecção na aorta, quando há uma divisão na parede da artéria (composta por três camadas), levando o sangue a seguir um falso trajeto entre as camadas. Segundo ela, somente o laudo médico do Instituto Médico Legal (IML) poderá confirmar a hipótese.

LEIA MAIS

Corpo do ator Domingos Montagner é sepultado em São Paulo

O corpo do ator chegou ao teatro para ser velado por volta das 7h./ Foto: G1

O corpo do ator chegou ao teatro para ser velado por volta das 7h./ Foto: G1

O corpo do ator Domingos Montagner foi enterrado por volta das 11h40 deste sábado (17) na Zona Leste de São Paulo. Mais cedo, familiares e parentes participaram do velório em um teatro, em uma cerimônia que durou cerca de quatro horas e que foi aberta apenas para convidados. O ator morreu afogado na quinta-feira (15) em Canindé de São Francisco (SE).

A mulher de Montagner, Luciana Lima, acompanhou o velório e o enterro sem os três filhos do casal, que preferiram não comparecer.

LEIA MAIS