Riquelme também vai sair da banda Aviões do Forró para acompanhar Solange

(Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução)

Recentemente a banda Aviões do Forró anunciou a saída da vocalista Solange Almeida, que vai investir em sua carreira solo. Durante entrevista para um programa de rádio, Solange anunciou que Riquelme também vai deixar a banda.

O baterista ficou famoso por Xand chamar seu nome durante os shows e fará parte da nova banda da cantora, que está preparando um dvd para lançar sua carreira solo.
“Vem uma galera comigo. Riquelme está comigo. Tem uma turma de cinco músicos”, afirmou Solange durante entrevista.

Com informações do JC

Público é convidado a participar do processo criativo do espetáculo “Sentimentos Gis”, neste sábado

(Foto: Divulgação)

O Tetro Dona Amélia recebe neste sábado (17) o espetáculo “Sentimentos Gis”. A obra tem como referência a vida da transexual Gis. O evento acontece em parceria com o público, que é convidado a participar do processo criativo do espetáculo.

“Sentimentos Gis” recebeu o prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2015 e parte da programação da Mostra 14 de dança, que segue até domingo (18) que contará com diversos espetáculos.

Neste sábado (17) será o primeiro ensaio aberto. Esse trabalho é o resultado de uma pesquisa cênica feita pelo o bailarino petrolinense Cleybson Lima, que teve início em 2012, com o objetivo de investigar o corpo a partir das discussões de gênero, apresentando a figura da travesti/transexual para a cena. “O que me move falar disso é questionar as pessoas sobre esse universo. É um tema atual, quero saber o motivo delas serem marginalizadas, coisa que acontece tanto”, explica o criador.

A apresentação tem início às 19h, no Teatro Dona Amélia. A programação completa e outras informações estão disponíveis no site www.mostra14dedanca.livreh.com​

Confira a agenda cultural do Juá Garden Shopping

juagardenshopping

Esta semana o shopping conta com música, aula de zum e teatro infantil./ Foto: arquivo

06/10 (Quinta-feira) – MÚSICA

Show ao vivo de MPB com Kandú  

Local: Praça de Alimentação

Horário: das 18h às 21h

07/10 (Sexta-feira) – MÚSICA

Show ao vivo de Pop Rock com Doctor Blues com Nosso Lance

Local: Praça de alimentação

Horário: das 18h às 21h

 08/10 (Sábado)

Abertura oficial do OUTUBRO ROSA e aula de Zumba

Local: Em frente à Renner

Horário: Às 18h

09/10 (Domingo)

Apresentação de teatro infantil

Peça teatral “Alvin e os Esquilos”

Local: Palco do Gil, na Praça de alimentação.

Horário: às 17h

Frida Kahlo é a artista latino-americana mais valiosa

frida

A obra da mexicana foi arrematada por oito milhões de dólares e estabeleceu um novo recorde para sua própria obra.

A pintora Frida Kahlo tornou-se a artista latino-americana com a obra mais cara de sempre na sequência de um leilão em Nova Iorque. Dos desnudos en el bosque (La tierra misma) foi arrematado por oito milhões de dólares (sete milhões de euros) e estabeleceu um novo recorde para a mexicana.

A venda, na quinta-feira e realizada pela leiloeira Christie’s, foi um dos momentos finais da temporada de Primavera de leilões de arte, que, assinalam os analistas, não foi particularmente estimulante. Várias obras do mercado impressionista e arte moderna – como Le basin aux nympheas de Monet, por 27 milhões, ou La Jeune femme a la rose de Modigliani, por 12,8 milhões – foram vendidas sem grandes sobressaltos, mas nenhuma peça individual ultrapassou preços acima dos 40 milhões de dólares, quando em temporadas passadas o sector tem originado leilões muito mais valiosos.

LEIA MAIS

Abertura do projeto Terça Cultural  é adiada em Juazeiro

terça cultural

A ordem da programação não será alterada.

A abertura do projeto “Terça Cultural” que estava programada para esta terça-feira, dia 10, no Arco da Ponte, com programação já definida, teve que ser adiada para a próxima terça-feira, dia 17, segunda semana do projeto.

A informação é da Secretaria de Cultura e Juventude de Juazeiro (SECJU) responsável pelo desenvolvimento do projeto. De acordo com o secretário da pasta, Donizete Menezes, a programação definida continua a mesma, apenas alterando a que estava prevista para a abertura nesta terça-feira (10) ficando agora para a última terça do projeto, que será realizada dia 07 de junho.

Nova programação

DIA 17/05 – CINEMA: “Das Dores da Penitência” (Wellington Monteclaro); POESIA: Antônio Ribeiro (Veinho); MÚSICA: Maria Érica (Abertura);Andrezza Santos; Banda Alterados; Semivelhos.

LEIA MAIS

Aldeia Vale Dançar finaliza festival com 12h de espetáculos, música e dança

SESC Ipiranga

Às 20h, no Ginásio de Esportes o público poderá conferir Eduardo Fukushima e a dança Homem Torto/ Foto: divulgação

Uma maratona cultural com espetáculos, intervenções e shows musicais que começa às 13h e vai até 01h da madrugada. Esta é a programação de encerramento da Aldeia Vale Dançar – 9º Festival de Dança do Vale do São Francisco, neste sábado (30), no Sesc Petrolina.

E para começar o OverDança, a cantora petrolinense Camila Yasmine vai recepcionar o público no Salão, pontualmente às 13h, com  o show Samba Não Mata Ninguém. Daí em diante, um leque de atrações estará acontecendo ininterruptamente em vários espaços do Sesc. Intervenções no Salão, festival de coreografias no Palco Alternativo, Mercado Cultural no Hall e performances dançantes nos corredores do restaurante e na escada lateral do Teatro.

Os espetáculos vindos de várias partes do país estarão acontecendo em horários distintos. A dupla Rodrigo Cruz e Rodrigo Cunha, de Goiânia – GO, apresenta às 19h, no Teatro Dona Amélia, Dúplice, um diálogo corporal cênico e sonoro. Às 20h, no Ginásio de Esportes o público poderá conferir Eduardo Fukushima e a dança Homem Torto. Uma hora depois, todos são convidados ao Palco Alternativo, onde Flávia Pinheiro mostra a proposta Diafragma: Dispositivo Versão Beta.

LEIA MAIS

“Sobre o Nada” é apresentado nessa sexta e sábado em Salgueiro

teatro salgueiro

O fim de semana, em Salgueiro, traz lazer e cultura com o Coletivo Caixa Cênica, que apresenta a peça ‘Sobre o Nada’, no Teatro Alaíde Conserva, na sexta-feira (18) e no sábado (19), às 19:30.

O espetáculo tem a direção do salgueirense Lucas Galdino e é inspirado nas obras do poeta Manoel de Barros. “Conheci Manoel de Barros, através da leitura. Ele é genial, basicamente um ser teatral e me veio a vontade de falar sobre a obra dele”, explicou Lucas que, também, assina cenário e figurino.

De acordo com ele, a montagem vai do drama à comédia e tenta traduzir a complexidade e os extremos do trabalho do poeta.

Quem dará vida aos versos, no palco, será a atriz Renata Bezerra e o próprio diretor que há cinco anos está à frente do Coletivo Caixa Cênica por meio do qual dirigiu e atuou em quatro espetáculos.

Outro nome que integra a ficha técnica é Bruno Feitosa, que ficará responsável pela iluminação e sonoplastia.

Galdino é estudante de Teatro na Universidade Regional do Cariri – Urca e integra o grupo Trupe dos Pensantes, no Crato-CE.

A classificação indicativa da peça é livre e a entrada é gratuita.

Serviço:

O quê? Espetáculo de teatro ‘Sobre o Nada’.
Quando? Sexta-feira (18) e Sábado (19), às 19:30.
Onde? Teatro Alaíde Conserva / Centro de Cultura, Lazer e Turismo – Armazém da antiga estação do trem.

Entrada livre e gratuita para todas as idades.

Com informações de Ascom

Por que corremos tanto?

apresssada

Estamos com pressa. O tempo todo. Engolimos sem mastigar, vamos de carro pra academia porque é mais rápido, ouvimos música só dirigindo. O abraço nunca durou tão pouco – está mais para um cumprimento de amigos adolescentes que se jogam um no peito do outro e logo desgrudam. É difícil que as mãos inteiras e abertas consigam apoiar nas costas do outro e a melhor sensação do mundo, que é um abraço longo e apertado, se tornou um tesouro escondido em poucos braços e almas.

Mas por que corremos tanto? Por que a pressa, aquela que dizem que é a inimiga da perfeição, se tornou o melhor álibi para as nossas desculpas esfarrapadas?

Corremos porque não tiramos mais tempo para pensar no caminho. Como quando você precisa ir a quatro lugares e consegue passar duas vezes na frente do mesmo porque não planejou direito a rota. E aí você corre mais. O problema não é a falta do Waze ou do Google Mas a dificuldade em traçar um caminho que acompanhe as nossas necessidades e expectativas.

Também não sabemos bem qual caminho da vida tomar. E aí queremos ter três empregos, assumir cinco prazos e fazer cursos de gastronomia, ir a algumas palestras e provar todas as últimas cervejas da moda. E fazer tudo isso dá trabalho, aí corremos porque não tem jeito: uma hora vamos ter que dormir e até na hora de ir pra cama a gente corre querendo fechar o olho logo pra não perder tempo pensando demais.

Corremos porque temos medo de ficar pra trás num mundo que não entende que às vezes estagnar é ir pra frente. Corremos porque estamos sempre com a impressão de estarmos atrasados para um compromisso que, se pararmos bem para pensar, nem sequer existe. Porque o celular está sempre apitando porque alguém precisa de atenção, mas ele nunca diz “agora chega, fique com a sua própria solidão”.

Continuamos correndo porque a competitividade do mundo faz com que a gente tenha que se esforçar (e se apressar) cada vez mais para ser mais do que os outros. E fazemos tudo mais rápido para fazer mais mesmo desacreditando que seja possível dar o melhor em tudo o que fazemos. Tudo bem sermos superficiais se formos “produtivos”.

Corremos digitando e às vezes escrevemos errado, mas não importa porque quem está no outro lado vai entender. Revisar toma tempo. Queimamos a boca com o cappuccino quente porque esquecemos como é bom esperá-lo esfriar sentindo o cheiro de canela e ouvindo uma boa história.

Vivemos mais do que qualquer outra geração que veio antes de nós, e mesmo assim corremos mais. De tanto medo de não viver tudo o que há pra viver, acabamos vivendo menos.

De onde estamos a vida parece aquela cena da janela de um carro a cem por hora. O mar pode parecer infinito ou se confundir com o céu, uma flor pode ser a coisa mais linda do mundo ou só um borrão. Às vezes precisamos lembrar que quem decide e intensidade do acelerador somos nós. O mundo vai estar sempre lá, cheio de detalhes para quem quiser parar para ver.

Marina Meltz – blog EOH

Brasileiros passam a frequentar mais cinemas e teatros, diz pesquisa

cinema

Pesquisa nacional feita pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), em parceria com o Instituto Ipsos, revela o crescimento de hábitos culturais nos brasileiros nos últimos oito anos. Foram ouvidos 1.200 consumidores em 72 municípios de todo o país entre os dias 2 e 14 de dezembro do ano passado.

O número de pessoas que disseram ter ido ao cinema e ao teatro cresceu 100%, passando de 17%, em 2007, para 35%, em 2015, e de 6% para 12%, na mesma comparação, mostra a pesquisa.

“Para surpresa nossa, uma boa notícia é que mais brasileiros estão indo, principalmente, ao cinema e ao teatro, ao contrário do que se imaginava com o avanço da internet, em que havia uma preocupação de o brasileiro diminuir sua ida a esses dois programas culturais, em função de estar mais conectado à internet, vendo filmes ou peças de teatro pelo celular ou computador. A gente não percebe isso na comparação mais dilatada, em oito anos, na medida em que dobraram os percentuais dos brasileiros que foram ao cinema ou ao teatro”, disse hojeo gerente de Economia da Fecomércio-RJ, Christian Travassos.

Agenda Cultural: confira o que vai rolar na região neste final de semana

Sexta 27/02 :

Sesc Petrolina

cartaz - onde ele anda é outro céu

O existencialismo humano foi a inspiração para primeiro solo do bailarino André Vitor Brandão, onde ele transforma as ideias em movimento. ‘Onde Ele Anda É Outro Céu’, estreia no Sábado (13), no Teatro Dona Amélia, às 20h. O espetáculo continua em temporada, cumprindo seis apresentações às 20h dos sábados e domingos, mais duas sessões extras durante a semana, no mesmo local, até o dia 28

Data: 26/02

Horário: 16h

Local: Teatro Dona Amélia – Sesc Petrolina

Programação gratuita


Varanda do Rio

varanda

A animação no “Varanda do Rio” fica por conta de Forró Pega Leve e Amantes Sertanejos. A entrada é gratuita para as mulheres.

Data: 26/02

Local: Varanda do Rio –  Avenida Cardoso de Sá, Orla de Petrolina

Barretu’s

barretus

Já no “Barretu’s”Augusto Barroso e a banda Sem Radar fazem a galera dançar.

Data: 26/02

Local: Barretu’s – Avenida Cardoso de Sá, Orla de Petrolina

 

Boate Fun Club

fun houseHoje a boate Fun Club promete trazer a festa mais badalada das capitais. Ao som de Novo Destak e Império do Arrocha, a festa será OpenBar e no escuro.

Data: 26/02

Local: boate Fun Club – Av. da Integração, Palhinhas ( Entre a Havan e o Makro)

Sábado 27/02 :

Janela 353 

cine raiz

O projeto Cine Raiz exibe os filmes, sempre aos sábados, a partir das 18h, no Espaço Cultural Janela 353, no Centro de Petrolina. Os organizadores recomendam chegar cedo para adquirir as entradas, pois as vagas são limitadas. O filme deste sábado será Identidade Paranormal.

Data: 27/02

Horário: 18h

Local: Janela 353 – Rua Santana Filho, Centro, Petrolina.

Programação gratuita

 

Boate MaD

mad hausJá a Boate MaD encerra o mês de fevereiro também com uma edição da Open Bar.  A animação fica a cargo de Roberta Twiggy do Ceará, Michael Marins e Marco Devitto.

Data: 27/02

Local: Boate MaD – Av. da Integração, Palhinhas ( Entre a Havan e o Makro)

Domingo 28/02 :

Centro de Cultura João Gilberto

peça O Stand-up “Paulinho Serra em Pedaços” com o ator global Paulinho Serra chega a Juazeiro, dia 28 de fevereiro, neste domingo, às 20h, no Centro de Cultura João Gilberto. Paulinho é conhecido por improvisar nas suas apresentações e promete muita gargalhada.

Data: 28/02

Local: Centro de Cultura João Gilberto, Juazeiro

Livraria SBS

sbs

O Bullying na Escola é uma forma de violência disfarçada de “brincadeira” e pode acarretar sérias consequências ao desenvolvimento psíquico de uma criança. A criança que sofreu Bullying na Escola enfrenta o medo e a vergonha, principalmente quando não pede ajuda. A Contação deste domingo (28) traz a peça “Todos juntos contra o Bullyng” na SBS.

Data: 28/02

Horário: 16h

Local: SBS – Avenida da Integração, Petrolina

Juazeiro irá receber Festival de Cinema Baiano

 feciba

O  Festival de Cinema Baiano (Feciba) chega remodelado em 2016. Sua sexta edição será itinerante, com escalas em três cidades do interior do estado: a primeira etapa será em Juazeiro, de 08 a 10 de abril; a segunda maior cidade da Bahia, Feira de Santana, recebe o festival de 13 a 15 de maio; o encerramento acontece de 09 a 11 de junho, em Itabuna.

Fazendo referência à frase icônica do poeta baiano Waly Salomão, o tema desta edição é “A linha da fronteira se rompeu”. Para Edson Bastos, produtor executivo do festival, esse mote visa debater a realidade social em que estamos vivendo hoje. “Queremos propor nessa sexta edição, reflexões sobre o rompimento de fronteiras, sobretudo as fronteiras que limitam o nosso pensamento. E encontramos na poesia Câmera de Ecos, escrito por Waly, a frase ideal para representar as discussões que queremos propor“, comentou Edson.

feciba 2

O tema reforça ainda o objetivo de levar as produções baianas a um público ainda maior. Cristiane Santana, coordenadora geral do festival, afirma que “o formato do FECIBA para este ano atende a própria vocação do projeto que é promover e premiar o cinema baiano e colocá-lo em constante contato com o público. Vale ressaltar que até o final da edição passada não tínhamos certeza da realização do projeto em 2016 por falta de perspectiva de apoio financeiro. Porém, em setembro de 2015 submetemos o projeto ao edital Agitação Cultural, que prevê a dinamização de espaços culturais públicos e privados na Bahia. Com isso, conseguimos realizar o nosso sonho de levar o FECIBA para mais cidades”.

Questões como territorialidade, liberdade de expressão, produção em diversas plataformas e regionalização serão somadas às discussões que ao longo das últimas cinco edições tem sido prioridades do FECIBA: fomentar o debate em torno do cinema e da produção audiovisual no estado, promover encontro entre os realizadores e o público e deslocar o debate a respeito do cinema e do audiovisual baiano para o interior.

Como já de costume, cada uma das três cidades receberá sete mostras de filmes:  Mostra Competitiva de Curtas, a Mostra Atualidades, a Mostra Retrospectiva, a Mostra Infanto-juvenil, a Mostra Bahia Afora, a Mostra Bahia Adentro e a Mostra Sexualidades; a programação contará ainda com oficinas de formação para o audiovisual, workshops, premiação e bate-papos presenciais e on-line.

Animação brasileira que concorre a Oscar tem apresentação gratuita no Sesc

peça sesc

A animação indicada ao Oscar ‘O menino e o Mundo’ poderá ser vista até esta sexta-feira (26), no Sesc de  Petrolina, no Sertão de Pernambuco. O filme, que tem entrada gratuita, será exibido às 19h, no Teatro Dona Amélia. A película aborda temáticas sociais sob o olhar de uma criança.

A animação brasileira disputa o Oscar com o americano ‘Anomalisa’, o britânico ‘S’, o japonês ‘Quando Marnie Estava Lá’ e o  ‘Divertida Mente’, da Pixar.

‘Smartphone mais barato do mundo’ é lançado na Índia

mais barato smart

Uma empresa indiana lança nesta quarta-feira (17) um smartphone que apresentou como o mais barato do mundo. Com um preço de menos de 500 rúpias (7,30 dólares), o smartphone Freedom 251, do fabricante Ringing Bells, custa cem vezes menos que o último iPhone da Apple.

A empresa Ringing Bells foi criada em setembro e começou a vender telefones celulares em seu site há algumas semanas, indicou uma porta-voz. Quanto ao novo produto, “é nosso modelo principal e pensamos que trará uma revolução ao setor”, afirmou à AFP.

No mercado indiano podem ser encontrados modelos baratos de smartphones, muitos deles de fabricação chinesa, mas os fabricantes locais não param de ganhar espaço, com modelos que são vendidos a menos de 20 dólares. A Índia é o segundo maior mercado mundial de telefones celulares, e de acordo com o regulador nacional de telecomunicações o país alcançou em outubro um bilhão de usuários.

Festival de Férias na Praça começa terça em Arcoverde

festival-de-férias-581x400

Será realizado entre os dias 19 a 21 de janeiro o Festival de Férias na Praça – Cidadania e Arte em um só Lugar, em Arco Verde, Pernambuco. O evento, que vai ser realizado na Praça da Bandeira, vai funcionar das 15h às 18h, todos os dias. Crianças de todas as idades podem participar gratuitamente.

A abertura será na terça-feira, dia 19, com o 1º Campeonato de Pelada e o circuito recreativo e de dança. Ao final do dia, vai ter a apresentação artística do Boi Milagroso. No dia seguinte, além da continuação do Campeonato, haverá jogos de salão, recreação, lanche e o desfile de moda ‘Mãos que Ajudam’ e ‘Tecem Carinho’, com vestidos para crianças criados e costurados por Laíse Cordeiro. O encerramento vai contar com a apresentação do Samba de Coco Trupé.

Na quinta-feira, dia 21, os meninos e meninas vão poder participar de uma oficina de slackline. Será montado um miniparque de diversões, onde será oferecido pula-pula, cama elástica, piscina de bolinha e pintura no rosto. Está também previsto o encerramento do Torneio e entrega de premiações dos melhores times de futebol. No final, haverá um espetáculo de circo com a Trupe Garimpeiros das Artes. A ação e promovida pela Prefeitura de Arcoverde.

Oficinas do ‘Janeiro Tem Mais Arte’ estão com inscrições abertas no Sesc Petrolina

oficina de teatro

O Sesc Petrolina retoma as atividades culturais no próximo dia 18 com a oferta de sete oficinas em diversas linguagens artísticas. As atividades formativas abrem a 8ª edição do festival Janeiro Tem Mais Artes, que vai movimentar a região até o dia 31 deste mês com uma programação recheada de espetáculos de dança, teatro e música, além de lançamento de livro, recital mostra de curtas e exposições.

Com inscrições abertas no próprio Sesc,  até a completa formação das turmas, que variam de oito a 15 pessoas, as primeiras oficinas acontecem entre os dias 18 e 22 e custam R$10 (comerciário e dependente) e R$20 (público em geral). Neste período os interessados poderão aprender técnicas como o Stencil (das 14h às 17h) com Lys Valentim (Petrolina – PE); Confecção e Uso de Máscaras Dell’arte (das 18h às 22h) com Sebastião Simão (Olinda – PE); oficina de Canto (das 19h às 22h) com Ingrid Torres (Petrolina – PE) e Dança Contemporânea (das 19h às 22h) com Alan Gerald (Petrolina-PE).

A segunda etapa das ações formativas desta 8ª edição do Janeiro Tem Mais Artes vai disponibilizar, no período de 25 a 29, das 9h às 12h, a oficina de Teatro do Oprimido, ministrada por Paulo de Melo(Rio de Janeiro-RJ). Nos dias 27 e 28 (das 15h às 18h) as aulas versarão sobre Brinquedos Populares, com Odília Nunes (Ingazeira-PE) e completando o ciclo de ações formativas, no dia 30, Zé Rocha (Salvador-BA) ministra das 14h às 18h a oficina de Desenho.

De acordo com o coordenador de cultura do Sesc Petrolina Jailson Lima, a 8ª edição do Janeiro Tem Mais Artes começa o ano fortalecendo a produção local e movimentando as férias com um leque variado de atrações culturais. “A abertura acontece na sexta-feira (22) às 16h com a exposição “Máscaras” do artista plástico Sebastião Simão. Neste mesmo dia teremos o lançamento do livro Claranã, da escritora Cida Pedrosa (Recife – PE), o recital poético com a Trupe Pé Nu Palco (Petrolina – PE) e o show musical Dolores Drinks (Petrolina-PE). Dai em diante, o mês de janeiro é só das artes”, concluiu Jailson Lima. (ascom)

1234