Prefeito Paulo Bomfim concede entrevista coletiva para anunciar novas medidas contra o coronavírus nesta segunda-feira (25)

Prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim. (Foto: Ascom/PMJ)

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, concede entrevista coletiva, nesta segunda-feira (25), às 9h no Paço Municipal para anunciar novas medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Será garantido o distanciamento entre as pessoas, uso de máscaras e higienização com álcool em gel de mãos e microfones.

Petrolina poderá adotar o uso da cloroquina para tratamento de casos leves da Covid-19

(Foto: Jonas Santos/PMP)

A informação foi dada pelo prefeito Miguel Coelho durante entrevista a uma rádio de Petrolina na manhã desta quinta-feira (21). Segundo o prefeito, o foco do uso do medicamento é nos casos leves, já que o Ministério da Saúde adotou esse novo protocolo em relação a cloroquina.

O Governo Federal liberou recentemente o uso da cloroquina para casos leves  do coronavírus, no Sistema Único de Saúde (SUS).

“Chamamos os representantes da categoria médica, até porque esse protocolo ajuda a dar uma segurança para os profissionais médicos e até, no máximo segunda-feira, informaremos de que maneira iremos usar esse medicamento”, disse Miguel Coelho.

O prefeito informou ainda que o município já tinha adotado o uso da medicação para casos graves da doença e adotará também para o tratamento de casos com sintomas leves, se assim for o entendimento dos profissionais de saúde da rede municipal.

Mesmo com orientações de distanciamento social prefeitura de Juazeiro convoca entrevista coletiva

Nesta quinta-feira (07), às 9:30, no Paço Municipal, o prefeito Paulo Bomfim e a secretária Fabíola Ribeira farão a apresentação do novo fluxo de atendimento de emergência adulta e das pessoas com coronavírus ou outros problemas respiratórios.

– Transformação da UPA em unidade do coronavírus;
– Anúncio do hospital privado que atenderá emergência adulta.

A coletiva obedecerá as regras de distanciamento. Todos deverão usar máscaras, microfones serão higienizados com álcool em gel, cadeiras estarão dispostas com a distância mínima recomendada.

Lucinha Mota justifica porque tiraria Ronaldo Cancão e Cristina Costa da Casa Plínio Amorim 

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Na última segunda-feira (9), Lucinha Mota (PSOL) participou do programa Ponte e Vírgula, na Ponte FM, e ao ser questionada sobre quais vereadores ela tiraria da Câmara Municipal de Petrolina (PE), ela afirmou que tiraria Ronaldo Cancão (PTB) e Cristina Costa (PT).

LEIA TAMBÉM

“Quem vai me julgar é o povo e Deus”, afirma Cancão em resposta à Lucinha Mota

A declaração de Lucinha, mãe de Beatriz Angélica Mota e pré-candidata a vereadora nas eleições 2020 em Petrolina, repercutiu, e na última terça-feira (10), Cancão, durante sessão ordinária na Casa Plínio Amorim lamentou a afirmação de Lucinha, já Cristina, preferiu não comentar sobre o assunto.

Hoje (11), Lucinha participou do Programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal, e justificou sua declaração. “Quando eu coloquei o nome de Cristina e Ronaldo Cancão foi simplesmente pelo fato deles terem levado Alison à Câmara de Vereadores. Eu não concordei com aquilo. Aquilo foi um falta de respeito com a memória de Beatriz, porque Alison teve o direito ao contraditório, e ele teve isso no Tribunal, que não negou a ele esse direito, é tanto que ele conseguiu o relaxamento de prisão. Não cabia ali a presença de seu advogado fazer uma defesa,” ressaltou Lucinha Mota.

“Eu não fui para desqualificar nem ele [Cancão], nem Cristina, por que eu sei que eles têm serviço prestado no município. Agora, eu coloquei a minha opinião, e eu tenho direito, se não, não existia democracia. O limite é o respeito”, completou Lucinha.

“Eu acho muito legítimo que eu possa ser candidato”, afirma Coronel Anselmo Bispo

Com a proximidade do ano eleitoral muitos nomes começam a surgir no cenário político como prováveis pré-candidatos a prefeito de Juazeiro/BA. Um deses é o comandante do Policiamento da Região Norte Coronel PM José Anselmo Moreira Bispo. Em entrevista ao program Super Manhã, Rádio Jornal, na manhã desta quarta-feira (02), ele não descartou essa possibilidade e disse que está sendo procurado por alguns seguimentos da sociedade juazeirense o convidando a enfrentar o desafio. “Este tipo de decisão a gente tem que ter um lastro para ser tomado, eu não tenho receio de nenhum desafio”, pontuou.

Apesar de achar que ainda é cedo para esta discussão, Coronel Anselmo informou contar no momento com o apoio da família caso esta decisão seja tomada e disse ser legítimo o pleito. “Eu não vejo ilegitimidade nessa possibilidade de ser candidato porque todo cidadão pode, seja ele militar, médico, advogado, radialista, enfim, todo cidadão que mora em Juazeiro e que serve a Juazeiro tem a legitimidade de colocar seu nome ao julgamento da população”.

Nas entrelinhas, o comandante deixou entender que só não fez ainda o anuncio oficial de sua pré-candidatura para não comprometer e nem expor a polícia e a corporação. ” Então, eu não posso expor meu policial militar, nem a minha corporação a essa discussão política de ataque, para que queiram me atacar em uma possível candidatura”, ponderou.

FBC afirma que ilações feitas de forma açodada pelos responsáveis nas investigações da PF serão desmentidas

(Foto: Arquivo)

O Senador Fernando Bezerra Coelho aparentemente até o momento sai fortalecido depois das investigações e operação da PF que vasculharam seus gabinetes e do deputado Fernando Filho no último dia 19. Esta semana, o presidente Bolsonaro afirmou que “é preciso de algo mais concreto” para afasta-lo da liderança do Senado.

Em entrevista ao blog do Nill Júnior, Bezerra Coelho afirmou que de fato os capítulos que se sucederam àquela operação mostraram que ele tinha razão a questionar a forma como ela se deu. Ou seja, assume a vitimização no episódio e ainda critica os métodos da PF e consequentemente de Sérgio Moro, acusado de estar por trás de tudo.

“Tenho contado com a solidariedade e com a compreensão do presidente. Estamos vivendo tempos muito difíceis no Brasil. Os atropelos tem se verificado na aplicação da lei, no respeito à constituição. Temos que manter a serenidade. Muitas lideranças políticas aqui no estado em outros tempos sofreram também ataques no campo ético. Lembro o episódio dos precatórios com Arraes, com Eduardo, e o tempo cuidou de esclarecer essas questões. Peço aos pernambucanos a compreensão para, durante a tramitação dessas investigações, desses inquéritos, das ações que porventura possam vir a ser abertas, porque tudo será esclarecido.”

A PF diz que encontrou um arquivo chamado “doadores ocultos“, em um computador e um disco de memória nas buscas. Documentos digitais com referência a pagamentos destinados a empresas envolvidas na operação Desintegração também foram encontrados. A acusação é de propina de R$ 5,5 milhões para FBC e R$ 1,7 para Fernando Filho. O Senador reafirmou que as acusações fazem parte de jogo político e retaliação de Sérgio Moro, como acusou em nota sua defesa.

“Na realidade ainda não tivemos acesso às informações de todos os objetos que foram coletados nessa operação, mas eu tenho muita confiança que assim que tivermos nós vamos desmentir todas essas ilações que foram feitas de forma açodada pelos responsáveis por essas investigações”.

Em resumo: se não houver fato novo importante, Bezerra Coelho segue como carta importante no jogo político nacional. Continua sendo interlocutor do MDB e de seus aliados, inclusive no Sertão.

Após ataques por entrevista à Veja, Rui Costa rebate: “Lula livre, sim”

Governador da Bahia utilizou suas redes sociais para mostrar que levanta a bandeira Lula Livre depois de comunicado do PT

O governador Rui Costa (PT-BA) utilizou sua página oficial no Facebook para rebater as críticas que recebeu da cúpula do partido desde que deu uma entrevista para a revista Veja. No sábado (14), o PT publicou uma nota oficial criticando o governador baiano.

Na entrevista, Rui disse que o PT deve, sim, manter a bandeira do Lula Livre, mas que esta não deve ser uma “condição”. Ele também disse que o partido deveria ter apoiado Ciro Gomes (PDT) em vez de ter lançado Fernando Haddad como candidato em 2018: “O certo era ter apoiado o Ciro Gomes lá atrás.”

Após o comunicado oficial do partido criticando a entrevista, Rui Costa fez publicações em que defende o ex-presidente Lula, expõe a irregularidade do julgamento e pede por Lula Livre. O post deste domingo (15), no entanto, foi mais direto.

“LULA LIVRE, SIM. Qual é mesmo a dúvida?”, começou a publicação. “Desde a entrevista à Veja tenho sido atacado por gente que sequer leu a revista. Democracia é respeitar o contrário, mas é preciso refletir sobre a verdade. Quero manifestar minha indignação quanto à manipulação das minhas declarações.”

“Nunca abri e nunca abrirei mão de denunciar a conspiração que retirou Dilma e montou esta farsa contra Lula”, assegurou. “No entanto, não posso impor isso a ninguém, assim como não podem os governos progressistas.”

Confira a postagem completa de Rui Costa:

LEIA MAIS

“Onde tiver Fernando Bezerra Coelho, nós estamos do outro lado”, disse Guilherme Boulos sobre eleições 2020

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante a programação da caravana que percorreu alguns municípios de Pernambuco, Guilherme Boulos, que foi candidato à presidência da República nas eleições de 2018, pelo Partido Socialismo e Libedade (PSOL), visitou Petrolina na última sexta-feira (13).

Em entrevista coletiva, Boulos falou sobre a atual conjuntura política do Brasil e os desafios da esquerda. Questionado sobre a atuação do PSOL nas eleições municipais em 2020, o político revelou não saber muito sobre a realidade política local. No entanto, reafirmou o posicionamento do partido e fez críticas ao grupo dos “Coelhos” e seu líder, o Senador Fernando Bezerra Coelho.

“Se há algo que eu possa dizer sobre a eleição de Petrolina é que onde tiver Fernando Bezerra Coelho, nós estamos do outro outro lado. Por que ele representa um projeto que está destruindo o Brasil, ele é líder do Bolsonaro no Senado Federal, está agora, arquitetando a aprovação da reforma da Previdência, que ataca o direito à aposentadoria do povo brasileiro, garantindo políticas de ataque à soberania nacional”, afirmou Boulos.

LEIA MAIS

Odacy Amorim propõe discussão sobre aliança entre PT e PSB para 2020

(Foto: Blog Waldiney Passos)

O clima para as eleições municipais 2020 já está esquentando. Em Petrolina (PE), as especulações rodeiam o pleito que promete entrar para a história da cidade, já que pela primeira vez teremos segundo turno na cidade. Em entrevista a Waldiney Passos, no Programa Super Manhã, da Rádio jornal, nesta segunda-feira (12), o ex-deputado estadual, e atual presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, falou sobre os planos para 2020, na busca pela vitória.

“Uma cidade que tem um orçamento de R$ 800 milhões, como a gente pegar esse dinheiro e fazer mais com menos e de forma com qualidade. Essa é a proposta que a gente precisa apresentar à Petrolina. Discutir com o governo do estado: vai ser possível uma aliança PT e PSB'”, disse.

LEIA MAIS

“O mesmo asfalto que a prefeitura pega pra fazer pavimentação, a gente pega também, agora, igual não fica”, diz Gerente Regional da Compesa

(Foto: Ilustração)

Nos últimos meses, as obras de pavimentação ganharam as ruas dos bairros, e principais avenidas de Petrolina (PE). Ao mesmo tempo, as manutenções da Compesa também são realizadas, e muitas delas, interferindo diretamente no asfalto recuperado.

LEIA TAMBÉM:

Após notificação da Prefeitura, Compesa trabalha para concluir obra emergencial na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio

Petrolinenses de várias localidades procuraram o Blog Waldiney Passos, para denunciar o serviço de manutenção da Compesa. “As avenidas todas pavimentadas, aí vem a Compesa e destrói”, disse indignado, um leitor do Blog.

Em entrevista ao Blog, o Gerente Regional da Compesa, João Raphael Queiroz, afirmou que a principal causa de estouramentos em vias pavimentadas recentemente, se dá pelo peso de um equipamento utilizado nas obras da prefeitura.

“[…] Foram poucos os estouramentos que agente teve, e vale lembrar também que o processo de repavimentação utiliza um rolo compactador de 13 toneladas, vibratório, isso está tremendo até as canetas de um escritório dentro das casas, imagine a tubulação que está em baixo. Agente prima pela reposição do pavimento de uma forma que a gente possa trazer uma certa segurança”, explicou.

LEIA MAIS

Presidente estadual do PSL não descarta candidatura majoritária em Petrolina: “No tempo certo a gente vai dizer”

Nome de Gabriel Menezes não foi descartado pelo partido em 2020  (Foto: Blog Waldiney Passos)

Partido do presidente da República, Jair Bolsonaro, o PSL quer ter força também nos municípios. Foi o que afirmou o presidente da sigla em Pernambuco, Marcos Amaral. De acordo com o mandatário no Estado, a meta imposta para 2020 é ter o maior número possível de candidaturas.

“A intenção do PSL é hoje ter o maior número possível de candidaturas majoritárias que puder ter. Não é o município, é ter o maior número de candidaturas. Está decidido pelo presidente nacional do partido“, disse em entrevista ao programa Repercutindo, com Daniel Campos na Rádio Jornal Petrolina de terça-feira (2).

A postura de ter várias candidaturas no pleito municipal do próximo ano, segundo Amaral, vem como consequência da força do PSL na eleição de 2018. Contudo, aqui em Pernambuco serão analisados o contexto de cada cidade, em especial, Petrolina.

LEIA MAIS

Para prefeito, visita de autoridades a Petrolina mostra que força política resulta em investimentos

Prefeito comentou visita de Ministro da Educação e presidente da Caixa (Foto: ASCOM)

Por nove dias Petrolina respirou São João com diversas apresentações no Pátio Ana das Carrancas. Na avaliação do prefeito Miguel Coelho, a festa foi tranquila e confirma que a cidade faz o maior São João do país. E mesmo no clima de festa a cidade recebeu figuras importantes do cenário político, trazendo recursos ao município.

LEIA TAMBÉM:

“Está sendo um São João muito tranquilo”, avalia Miguel Coelho

Ao lado do presidente do Senado, chefe da Caixa anuncia Superintendência Regional em Petrolina

“O que temos de fazer agora é construir um novo Brasil”, afirma Miguel Coelho na visita do Ministro da Educação

“Em uma semana recebemos o ministro da Educação, onde trouxe mais de R$ 5 milhões em obras e investimentos para nossa cidade. Quarta e quinta recebemos o presidente da Caixa, trazendo de volta a Superintendência Regional, a primeira do Brasil será em Petrolina e recebemos o presidente do Senado, uma visita institucional importantíssima“, afirmou Miguel.

LEIA MAIS

“Está sendo um São João muito tranquilo”, avalia Miguel Coelho

Segundo prefeito, números mostram São João mais seguro em 2019 (Foto: Ascom/PMP)

Faltam apenas duas noites para o encerramento do São João de Petrolina e na avaliação do prefeito Miguel Coelho, a festa tem, até o momento, números positivos. Na sexta-feira (21) ele concedeu uma coletiva durante a festa e comentou os dados obtidos juntamente com as forças policias e de saúde.

LEIA TAMBÉM:

São João dos Bairros deve aquecer a economia de Petrolina; confira a programação dos festejos

Pelos números que estamos fazendo [junto com as polícias] está sendo um São João muito tranquilo, inclusive mais seguro que no ano passado. Isso nos deixa muito orgulho, porque é resultado de muito planejamento e trabalho sério da nossa equipe. Preciso agradecer aos nossos parceiros que acreditaram no evento”, afirmou.

LEIA MAIS

“É uma coisa que não passa por mim”, diz Odacy Amorim sobre demissão de vigilantes

(Foto: Arquivo)

Em entrevista a Waldiney Passos, no Programa “Super Manhã”, da Rádio Jornal, nesta terça-feira (18), o diretor-presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), Odacy Amorim, comentou a denúncia de perseguição política, feita por vigilantes do IPA, na última sexta-feira (14).

LEIA TAMBÉM

IPA afirma que Odacy Amorim está isento em demissão de vigilantes

Segundo o ex-deputado, Odacy Amorim (PT), as demissões e consequentemente, a mudança no quadro de profissionais da segurança, foram provocadas pela mudança da empresa  terceirizada, responsável pelos vigilantes. “Houve uma mudança de empresa e nessa mudança, a direção que é ligada a Daniel Saboia, que é diretor financeiro que cuida dessa área, que comunicou que haveriam essas mudanças, dada a alguma questão da empresa nova que chegava, alguma coisa assim”, explicou Odacy.

“Essa questão que eu mandei ele trocar, primeiro que eu nem entendi por que eles fizeram isso por que eles tinham estado comigo, a gente teve uma conversa tão boa. Eu lutei até o fim para poder manter a maioria desses vigilantes, inclusive, um que a mãe ou é o pai que está com câncer, eu disse que não abria mão por que era uma pessoa que tinha alguém na família com caso de enfermidade grave”, completou.

LEIA MAIS

Governo ainda não definiu nome dos novos ministros, afirma senador Fernando Bezerra

FBC não confirmou nomes para novos ministérios (Foto: Blog Waldiney Passos)

Líder do Governo no Senado Federal, Fernando Bezerra Coelho (MDB) concedeu entrevista a Rádio Jornal nessa quarta-feira (8) e comentou a criação dos novos ministérios. De acordo com o senador, ainda não há nomes para ocupar as pastas recriadas.

LEIA TAMBÉM:

Líder do governo no Senado afirma que Planalto dá aval para recriar dois ministérios

“Até agora não se avançou sobre nomes. Se possível, será essa semana ou no máximo na próxima, mas nada de nomes ainda”, disse FBC. Ministério das Cidades e da Integração Nacional recriado pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), com apoio do senador.

LEIA MAIS
123