Leitor do bairro São Joaquim, em Petrolina, reclama de esgoto estourado há três dias; Prefeitura responde

 

Com esgoto estourado há três dias, um leitor do blog procurou a nossa redação, nesta segunda-feira (20), para denunciar a situação. De acordo com o comunitário, por causa da obstrução da rede coletora, a rua 18 do bairro São Joaquim, está com esgoto a céu aberto.

 

O leitor cobrou ação da prefeitura de Petrolina para realizar a desobstrução da rede coleto.

 

O que disse a prefeitura de Petrolina

 

Em resposta ao blog, a prefeitura destacou que a rua 18 do bairro São Joaquim será incluída no cronograma desta semana.  Ainda de acordo coma prefeitura, uma equipe será encaminhada para avaliação da causa do problema e para desobstrução da rede.

Leitor cobra providências da Compesa sobre problema no bairro Portal da Cidade: “A água fica retornando pela tubulação de esgoto”

Mais um problema relacionado às chuvas na região. Desta vez, um leitor do bairro Portal da Cidade, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, procurou a redação do Blog para pedir providências à Compesa sobre um problema no esgoto do bairro.

Segundo o leitor, toda vez que chove, mesmo que a chuva seja moderada, a água retorno para dentro das casas pela tubulação de esgoto e ralos.

“Sempre que chove em Petrolina, mesmo uma chuva moderada, em muitas casas da rua a água fica retornando pela tubulação de esgoto e pelos ralos,  fazendo com que as casas inundem, causando prejuízo aos moradores, isso acontece a mais ou menos 1 ano, e se repete em todas as chuvas”, afirmou o leitor.

O leitor lembrou ainda que já foram abertos vários protocolos para a resolução do problema na Compesa, mas que até hoje o problema não foi resolvido.

“Já abrimos diversos protocolos de acionamento a compesa e todos vêm sendo ignorados, nem sequer fazem uma visita ao local ou entram em contato com nós moradores”, destacou.

O que disse a Compesa

Em resposta ao Blog, a Compesa esclareceu que o problema citado pelo leitor diz respeito a questões de sobrecarga nas redes coletoras, derivada da falta drenagem de água pluvial de responsabilidade da prefeitura municipal.

Ainda de acordo com a Compesa, há casos em que moradores dos bairros que não têm drenagem de água pluvial abrem as tampas dos poços de visitas para a água entrar e, com isso, entra pedras e lixos provocando uma piora na situação.

O blog está aguardando a resposta da prefeitura

A equipe de reportagem do Blog entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Petrolina, mas até a publicação desta reportagem não recebemos resposta.

Leitor reclama de esgoto estourado no bairro São Joaquim: “As bocas de lobo estão todas cheias” 

Um leitor procurou a redação do Blog para denunciar a situação do esgoto no bairro São Joaquim em Petrolina, no Sertão do estado. Segundo informações enviadas ao blog, as bocas de lobo da rua 20 do bairro estão cheias.

“Estamos passando por um problema muito sério a respeito das bocas de lobo. Estão todas cheias estouradas. Dentro de casa não podemos mais nem dar descarga”, disse o leitor.

A Compesa não  é responsável pela rede de esgoto no Bairro São Joaquim. Nossa equipe de reportagem procurou a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) que respondeu, por meio de nota, que vai mandar uma equipe na rua 20, do bairro São Joaquim, para avaliar o problema e uma possível solução.

Petrolina: problema de esgotamento no São Jorge se agrava após chuva dos últimos dias

Há alguns dias o Blog mostrou um pedido de moradores da Rua 10 do bairro São Jorge, em Petrolina. Eles alertavam sobre o esgoto na via pública, que estava criando uma série de transtornos. Com a chuva que caiu na última semana, a situação piorou.

LEIA TAMBÉM

Moradora chama atenção para serviço inacabada no saneamento do São Jorge, em Petrolina

De quinta para sexta-feira, a água da chuva se misturou com esgoto, invadiu residências. Hoje (25), segundo uma leitora, a situação segue preocupante, pois há muita água suja e mau cheiro.

LEIA MAIS

AMMA soluciona problemas de lançamento de esgotos no Rio São Francisco por condomínios em Petrolina

Mais um caso de crime ambiental contra o Rio São Francisco foi identificado pela equipe da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) em Petrolina. A ação ocorreu em parceria com a 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania e do Meio Ambiente, dirigida pela promotora Rosane Moreira Cavalcanti. Dessa vez, duas vazões de esgotos que eram lançados indevidamente por condomínios sem qualquer tratamento foram retiradas do rio. Em média, por dia, eram lançados aproximadamente 300 mil litros de efluentes.

LEIA MAIS

Moradores do Cassimiro II denunciam esgoto escorrendo por avenida

(Foto: Thiago Santos/Rádio Jornal Petrolina)

A foto acima foi registrada na Avenida Santa Edwiges, no bairro Antônio Cassimiro II, em Petrolina. Segundo a população, o problema foi causado pela própria comunidade. Alguns moradores da Rua 10 teriam aberto um “canal” para escoar o esgoto daquela via.

A água suja estava ficando na Rua 10 e para “melhorar” a situação daquela via, quem foi obrigado a receber o esgoto foram os residente na Avenida. “A gente tem criança em casa, tem criança doente. Tem 12 anos que moro aqui e não me lembro de ver isso acontecendo”, disse Dona Generosa, moradora do bairro.

LEIA MAIS

Diogo Hoffman cobra informações da Compesa sobre problemas no esgoto de dois bairros

Diogo Hoffmann (PSC) está na bronca com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Na sessão da última terça-feira (1°), ele apresentou dois Requerimentos cobrando ações da Companhia sobre o esgotamento sanitário, em Petrolina.

“É grave a situação desses esgotos estourados na nossa cidade. A população faz ofício, a imprensa divulga e a Compesa não cumpre. A população de Petrolina vem sofrendo muito”, afirmou. Os pedidos são destinados ao bairro Ouro Preto, na Rua Sete e na Rua da Redenção, no Dom Avelar.

O esgoto está retornando para casa dos moradores, isso é insalubre. O esgotamento sanitário é uma forma de promoção da saúde pública”, destacou. A solicitação foi aprovada por 15×0 e será enviada a Compesa.

“O esgoto toma toda a extensão das ruas e avenidas”, desabafa morador do Antônio Guilhermino

Leitor reclama da infraestrutura do bairro

“Não há pavimentação do local e também falta saneamento”. Essa é a queixa de um morador do bairro Antônio Guilhermino, em Juazeiro (BA). Ele encaminhou algumas fotos da comunidade e cobrou ações da Prefeitura Municipal.

“O esgoto toma toda a extensão das ruas e avenidas. Os problemas são antigos, mas para piorar a situação, tem uma obra de saneamento da outra gestão parada que foi dividido em três etapas na comunidade e na gestão de Suzana Ramos continua do mesmo jeito parada a obra“, explica.

LEIA MAIS

Armup flagra estação elevatória lançando esgoto no rio São Francisco e multa Compesa por irregularidades

A Agência Reguladora de Serviços Públicos de Petrolina (Armup) constatou mais uma irregularidade nos serviços prestados pela Compesa no município. Após inspeções realizadas na última terça-feira (16), a agência verificou que a estação elevatória localizada no bairro Cohab Massangano estava com sua única bomba queimada lançando assim, os esgotos sem qualquer tipo de tratamento, diretamente no Velho Chico.

De acordo com o diretor presidente da Armup, Rubem Franca, a Compesa já havia sido notificada para corrigir a situação recorrente em várias estações elevatórias, contudo, a Companhia não solucionou o problema. “Nós, inclusive, já notificamos a Compesa várias vezes por conta deste tipo de irregularidade, mas infelizmente nada é feito. Diante desta situação não resta outra alternativa à administração municipal que não seja tomar as medidas necessárias e multar a Compesa, mais uma vez”, disse.

LEIA MAIS

Leitor flagra lagoa de esgoto em Juazeiro

Esgoto tem gerado transtornos

A foto acima foi tirada entre os bairros João Paulo II (o Juazeiro Oito) e o Dom José Rodrigues, na vizinha cidade Juazeiro (BA). De acordo com o leitor, o problema já dura um mês e afeta o canal entre as duas comunidades. “Está cheio de mato, o esgoto estourado e dificultando o acesso na estrada de chão que está alagada”, contou à nossa equipe.

Procurada pelo Blog, a coordenadora do departamento de esgotos do SAAE, Raquel Lisboa explicou o que houve no local. “Houve uma parada na bomba, para fazer a limpeza e manutenção, e uma troca na bomba da elevatória. Mas a quantidade de esgoto, que a gente vê na imagem é intenso. O problema será sanado com a volta da elevatória, ela vai voltar a funcionar“, disse.

Juazeiro: Moradores do bairro Novo Encontro vão ganhar uma nova rede coletora de esgoto

(Foto: Ascom/PMJ)

O trabalho iniciou e não tem data para terminar. Segundo o Serviço de Água e Saneamento Ambiental de Juazeiro(SAAE),  o motivo é que o serviço vai ser realizado em diversas ruas do bairro. A primeira dela é rua Colibri, onde os moradores relatam queixas com frequência.

Agora a intenção é substituir a rede antiga, para modernizar o sistema e evitar transtornos, como vinham ocorrendo com frequência no local. Primeiro, foi realizado o mapeamento da área para realizar a substituição das tubulações, que têm diâmetros reduzidos e, em alguns trechos, estão quase bloqueadas, causando entupimentos e vazamentos.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina dá manutenção na rede de esgoto do Dom Avelar, mesmo sem cobrar taxa de saneamento

(Foto: Ascom/PMP)

Para quem mora no bairro Dom Avelar sempre enfrentou problemas com a rede coletora de esgoto. Isso porque, o serviço ficou inacabado por mais de 10 anos. Depois de atender aos apelos dos moradores e recuperar o saneamento, a prefeitura vem dando manutenção à rede coletora do bairro, mas tem enfrentado problemas.

Durante as últimas chuvas, pessoas que moram em locais por onde passa a Bacia do Dom Avelar, acabaram tirando as tampas de acesso à rede de esgoto para escoar a água e aí vem o problema. Além da água da chuva, vai terra, lixo, entulhos e acaba entupindo o canal de saneamento.

LEIA MAIS

Colaboração da população é essencial para melhora da rede coletora de esgoto, diz SAAE

O Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) de Juazeiro, buscando implementar melhoras para a rede coletora de esgoto da cidade funcionar corretamente, recorreu à população para evitar prejuízos à rede e aos próprios moradores.

As equipes do SAAE têm encontrado diversos objetos que causam obstrução da rede, ocasionando outros problemas. Até paralelepípedos já foram encontrados. Esta semana, na Rua Joaquim Bispo Santos, no bairro Santo Antônio, foram retiradas várias pedras que interrompiam a passagem do esgoto.

Para isso, a empresa decidiu orientar os moradores com dicas simples, mas importantes para o bom funcionamento do sistema e para evitar mau cheiro e retorno de dejetos às residências.

LEIA MAIS

Pedras e sacola com areia causam entupimento de esgoto em Juazeiro

(Foto: Ascom/SAAE)

O descarte inadequado de objetos pode causar prejuízos enormes a população. Em Juazeiro, por exemplo, é cada vez mais comum as equipes do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) encontrarem diversos objetos dentro da tubulação do esgoto na cidade, o que tem causado entupimentos constantes.

Mas essa semana, funcionários do órgão se depararam com algo ainda não encontrado nas tubulações. Acionado pela comunidade para desentupir um esgoto, o SAAE enviou uma equipe a Rua Natal, no Bairro Dom Tomaz. Ao chegar ao local, os funcionários desconfiaram que um objeto grande atrapalhava a passagem dos dejetos.

LEIA MAIS

Populares reclamam de esgoto estourado em pleno Centro de Juazeiro

Esgoto tem prejudicado comércio no local.

Um esgoto estourado em pleno Centro de Juazeiro (BA), próximo à praça do Índio, tem tirado o sossego de comerciantes e populares. Segundo informações repassadas ao nosso blog, já são quase duas semanas que o problema apareceu e nenhuma atitude foi tomada para resolver o problema.

Ainda de acordo com informações, o mau cheiro incomoda quem passa pela via. “Espero que seja resolvido, porque isso é um desrespeito com a população juazeirense”, disse Paulo Oliveira, que é sobrinho de uma comerciante do local.

LEIA MAIS
123