Moradora do Projeto Salitre cobra resposta da Coelba sobre iluminação

(Foto: Internet)

Uma moradora do Projeto Salitre, na zona rural de Juazeiro (BA) procurou o Blog Waldiney Passos para relatar uma situação incomoda. Já são quatro meses sem ter energia em casa. O motivo até hoje ela não sabe. De acordo com a leitora, a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) esteve no local, executou serviços em lotes vizinhos e não contemplou o seu.

“Já ligamos para a Coelba e ela sempre dá uma data pra ligar a energia e até agora nada. Já se passaram quatro meses e a gente vem sofrendo com a falta de energia”, contou.

A solicitação foi feita em dezembro, protocolada e acompanhada por ela. Porém, de 2019 até hoje nenhum sinal de energia no local. Nossa Produção entrou em contato com a Coelba, mas até a conclusão dessa matéria não obtivemos resposta.

Leitora critica Compesa por não ter avisado sobre falta d’água em Petrolina

Bairro ficou sem água por quase três dias (Foto: Ilustração)

Uma moradora do Loteamento Rafael, em Petrolina procurou o Blog para reclamar da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Ela relatou que faltou água entre sexta-feira (27) e domingo (29) e em nenhum momento a Compesa justificou o motivo.

“Ligamos diversas vezes desse sexta, hoje já normalizou. Mas por que não avisaram na sexta? Foram quase três dias sem água“, contou à nossa equipe. O Blog entrou em contato com a Compesa que emitiu um posicionamento.

Serviço da Prefeitura

“A Compesa informa que o abastecimento no Loteamento Rafael foi comprometido após uma tubulação de água ser atingida no bairro, pela prefeitura, durante serviços de limpeza no canal de água pluvial do bairro. A Compesa já realizou o conserto da tubulação e o sistema foi reativado“, explicou a Companhia.

Devido à pandemia do coronavírus as unidades da Compesa estão fechadas para atendimento presencial. Demandas sobre água e esgoto devem ser registradas pelo número 0800 081 0185.

Espaço do Leitor: Compesa enviará equipe para atender demanda no Serrote do Urubu

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) afirmou ao Blog que uma equipe será enviada ainda hoje (14) para averiguar um vazamento de água limpa no Serrote do Urubu, zona rural da cidade.

LEIA TAMBÉM

Leitor volta a chamar atenção para vazamento de água limpa no Serrote do Urubu

O vazamento em questão foi identificado na quarta-feira (11), próximo ao Clube Coqueiral e mostrado ontem (13), por nossa equipe. A comunidade alega que o problema é constante e ocorre sempre após o carro do lixo passar no local.

Morador cobra providências para terreno que vem sendo utilizado como depósito de lixo em Petrolina

Terreno é privado e vem sendo usado como depósito de lixo (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um terreno privado, localizado na Rua Montreal, no Loteamento Nova Iorque, em Petrolina vem sendo utilizado como depósito de lixo. Como consequência, ratos, baratas e insetos estão aparecendo as casas vizinhas, incomodando a população que é surpreendida diariamente com visitantes indesejados.

De acordo com o leitor – morador da comunidade há anos – o terreno nunca foi cercado pelo proprietário. A Prefeitura já teria sido acionada anteriormente para adotar medidas contra o dono, contudo, nada foi feito. “As residências vivem infestadas de insetos, ratos, baratas etc“, relatou o leitor.

Nossa equipe apresentou essa demanda à Prefeitura de Petrolina no começo da semana, porém, até o momento não recebemos uma resposta do problema apresentado. Deixamos o espaço aberto aos esclarecimentos.

Compesa afirma não ter responsabilidade sobre esgoto no Serrote do Urubu

Problema segue sem solução (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na semana passada o Blog Waldiney Passos mostrou a demanda de um leitor, sobre esgotamento sanitário no Serrote do Urubu, interior de Petrolina. Nossa equipe procurou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que afirmou não ter responsabilidade sobre o problema.

LEIA TAMBÉM:

Esgoto no Serrote do Urubu, em Petrolina, incomoda comunidade

Segundo a Companhia, ela “não opera o sistema de esgotamento sanitário de Serrote do Urubu”. A Prefeitura de Petrolina também disse não ser de sua competência o reparo na localidade e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) ainda não se manifestou sobre o reparo.

Enquanto isso a comunidade é obrigada a conviver com o esgoto escorrendo pela Rua Principal, próximo à uma escola municipal e à associação do Serrote.

Praça 21 de Setembro virou espaço para consumo de drogas, denuncia leitor

Ponto turístico virou dor de cabeça no Centro de Petrolina (Foto: Reprodução/Google Maps)

A Praça 21 de Setembro, localizada no Centro de Petrolina é um dos principais pontos turísticos da cidade. Local de festas como o tradicional carnaval, o espaço tem dado muita dor de cabeça aos moradores e comerciantes da região. Um leitor que preferiu não se identificar relatou ao Blog que a Praça tem sido utilizada por usuários de drogas, em plena luz do dia.

“A Praça da 21 está virando um antro de perdição com uso explícito de drogas e prostituição em pleno dia“, afirmou o leitor. O fato tem deixado a comunidade preocupada, já que, de acordo com o denunciante, não há policiamento. “Ali residem famílias estão assustadas”, continuou.

Outro lado

Nossa Produção entrou em contato com a Polícia Militar de Pernambuco (PM-PE) e com a Prefeitura de Petrolina, para saber quais ações a PM e a Guarda Civil Municipal têm adotado para aumentar a segurança na Praça 21 de Setembro. Até o momento nenhum dos órgãos se pronunciou e deixamos o espaço aberto aos esclarecimentos.

Leitor questiona critérios de seleção para motorista de ambulância, Prefeitura de Petrolina esclarece

Prefeitura afirma que edital é claro e que exigências estão sendo seguidas (Foto: ASCOM)

O Blog recebeu questionamentos de um leitor, que fez a seleção da Secretaria de Saúde de Petrolina, para o cargo de motorista de ambulância. Ele alega que o edital não é claro quantos aos critérios para exercer a função e que pessoas estariam burlando a documentação exigida.

“No edital no item 8-7 na letra D diz que a comprovação de 2 anos tem que ser do Ministério do Trabalho e a maioria dos convocados está querendo burlar esse requisito com declaração de transporte alternativo. Eu posso ter 10 anos na Categoria D da CNH e nunca ter trabalhado em ambulância pra exercer”, afirmou.

Outro lado

Contudo, segundo a Prefeitura de Petrolina, o edital da seleção é claro: a declaração mencionada pelo leitor não é exclusiva ao cargo mencionado – é uma determinação geral – e não necessariamente precisa ser emitida pelo Ministério do Trabalho.

Diante das argumentações, o Blog solicitou um posicionamento oficial da Secretaria de Saúde, em especial no que diz respeito às exigências do cargo: ter CNH D e curso de condutor de veículos de emergência. “Com relação a convocação e a documentação para o concurso público da Prefeitura de Petrolina na área da saúde, a Secretaria esclarece que todas as exigências do edital estão sendo cumpridas”, informou a nota.

Leitor pede ajuda para encontrar cadela desaparecida em Petrolina

Um morador do bairro Loteamento Eduardo, em Petrolina procurou a Redação do Blog para pedir ajuda. Safira, a cachorra labradora que ilustra essa matéria desapareceu no último domingo (7) e o seu dono está fazendo um apelo para encontrá-la.

“Safira é uma cachorra bastante dócil, estou desesperado atrás dela. Ela se perdeu no Loteamento Eduardo próximo ao G Barbosa, chegaram a achá-la no Maria Auxiliadora e depois perderam novamente“, relatou Alisson Mattos, dono da cadela.

Segundo Alisson, Safira estava usando uma coleira amarelo queimado (a mesma da foto). Ela sofre de convulsões e precisa ser medicada, por isso a urgência em encontrá-la.

Quem souber alguma informação sobre a localização da labradora pode entrar em contato com Alisson pelo número: (87) 98805-7350 (também é WhatsApp).

Petrolina: leitora pede ajuda para encontrar gata que desapareceu há uma semana

Cristal desapareceu no bairro Jardim Amazonas, em Petrolina

Uma leitora entrou em contato com a produção do Blog pedindo ajuda para encontrar seu animal de estimação. A gata Cristal tem um ano e quatro meses; e desapareceu há uma semana na Rua 15, do bairro Jardim Amazonas, em Petrolina.

Segundo sua dona, a felina estava com uma coleira rosa brilhante, como é possível ver na imagem acima. Além da preocupação com seu paradeiro, a dona de Cristal pede ajuda porque a gata sofre de uma doença imunológica e precisa ser medicada.

Ela sumiu na quarta-feira passada, ela precisa tomar a medicação e de cuidados especiais”, disse Alieny Silva, dona da gata. Quem tiver alguma informação sobre Cristal pode entrar em contato com Alieny através do número: (87) 98805-9245 (também é WhatsApp).

Leitor cobra respostas da Prefeitura de Juazeiro sobre obra abandonada no Alto da Aliança

(Foto: Nilson Rodrigues/Arquivo Pessoal)

O leitor Nilson Rodrigues procurou o Blog para mostrar o estado de abandono de uma obra nas imediações da Câmara de Vereadores de Juazeiro (BA). Segundo nosso leitor, a obra é executada pelo município e desde a eleição de outubro está às moscas.

A obra em um canal no bairro Alto da Aliança, ao lado da Rua Dez e vizinho à Casa Aprígio Duarte foi anunciada com recurso do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2), com verba liberada pela então presidente Dilma Rousseff (PT), contudo hoje há apenas parte de uma base feita no canal, relata Nilson.

“Venho aqui pedir uma oportunidade para fazer esse questionamento, sabemos que não foi falta de verba. Nosso dinheiro está sendo jogado fora com ferros e concretos abandonados debaixo d’água. Pedimos algum esclarecimento sobre isso”, disse Nilson.

Outro lado

Nossa produção procurou a Prefeitura de Juazeiro na última segunda-feira (20) para apresentar a demanda do leitor. Contudo, até o encerramento dessa matéria nenhuma secretaria retornou aos nossos questionamentos. Reiteramos que o espaço do Blog segue aberto aos esclarecimentos.

Moradores do bairro Dom Tomaz, em Juazeiro cobram melhorias na infraestrutura

Sempre que chove, Rua Rodelas sofre com problemas na infraestrutura

Nessa semana o Blog recebeu uma demanda de moradores do bairro Dom Tomaz, em Juazeiro. Nas fotos encaminhadas à nossa produção é possível ver o lamaçal formado, consequência da chuva da última sexta-feira (17) que deixou a rua praticamente intransitável.

Segundo um leitor, sempre que chove o problema é o mesmo: as ruas Rodelas e e Macururé por não serem asfaltadas se transformam em lama, impedindo o fluxo de pedestres e veículos. “Venho através do Blog cobrar dos poderes públicos, nós moradores sofremos muito, quando chove é muita lama e fica intransitável“, desabafou Xavier, uma liderança comunitária do bairro.

Além da lama e sujeira, o morador chama atenção para outra demanda: a iluminação pública. “A Rua Rodelas está às escuras, em frente do número 847”, afirmou. Nossa produção entrou em contato com a Prefeitura de Juazeiro para pedir informações sobre as melhorias no bairro, todavia, até o encerramento da matéria não tivemos resposta.

Leitora encontra cachorro na Areia Branca e procura por donos do animal

Uma moradora da Areia Branca, em Petrolina, entrou em contato com a produção do Blog pedindo ajuda para encontrar os donos de um cachorro. O animal foi encontrado por ela na Rua Thomaz Maia e segundo relato de outros moradores, teria sido visto perdido vagando pela Avenida da Integração.

“É um cachorro macho, está com o pelo tosado e uma guia laranja”, disse a leitora. Ela já teria entrado em contato com algumas pet shops próximas para saber se o animal havia fugido, mas nenhuma afirmou conhecer o cão.

Quem souber de informações a respeito do dono do animal pode entrar em contato através do número: (87) 99961-2436.

Distrito de Pau Ferro está sem água há quase 10 dias, segundo leitor

Um morador do Distrito de Pau Ferro, zona rural de Petrolina entrou em contato com o Blog nessa quarta-feira (15), reclamando da falta d’água na comunidade. Ele afirma que não há água nas torneiras há mais de uma semana e o problema está longe de ser solucionado.

“Essa situação de Pau Ferro, já são nove dias sem água. Hoje ainda nem sinal de água”, disse à nossa produção. Nós procuramos a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Para mostrar a gravidade da situação, ele enviou um vídeo, confira a seguir:

Em nota a Compesa informou que “houve problemas de estouramento no sistema adutor de Afrânio-Dormentes que abastece Pau Ferro, zona rural em Petrolina”.

A situação já foi resolvida pelas equipes da Companhia, contudo, “o abastecimento voltará a ser normalizado de forma gradativa”. De acordo com o leitor, até o momento o fornecimento não foi normalizado e nossa produção continuará acompanhando a situação.

Leitor chama atenção para terreno que serve como depósito de lixo no Gercino Coelho

Não contentes com lixo depositado no local, moradores estão incendiando material acumulado

Uma cena é comum em Petrolina: terrenos utilizados como depósito de lixo, acumulando desde resto de podas até vasos sanitários. E não bastasse a comunidade dar esse mau exemplo, alguns moradores ainda incendeiam o lixo para tentar diminuir o acúmulo de lixo.

É isso que vem acontecendo no bairro Gercino Coelho, em um terreno particular localizado entre a Rua Raposo Tavares e Maurício de Nassau. Um morador entrou em contato através do nosso WhatsApp pedindo ajuda. “Tem um homem, sem compromisso com a vizinhança, ateia fogo e compromete o descanso e bem estar dos moradores. São inúmeras crianças e idosos com problemas respiratórios, a cada semana que isto ocorre”, disse.

Outro lado

Em nota, a secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH) informou que o terreno em questão é particular. Uma equipe de fiscalização irá até o bairro tentar identificá-lo e notificá-lo, para que faça a limpeza e construa um muro no local.

LEIA MAIS

Moradores de Pau Ferro cobram resposta da Compesa sobre falta d’água 

Cinco dias sem água nas torneiras. Essa é a realidade dos moradores do distrito de Pau Ferro, zona rural de Petrolina. Em contato com o Blog, um leitor afirmou que desde o final de semana a população vem sendo prejudicada.

E a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) não justificou o motivo para o corte no fornecimento, nem mesmo buscou normalizar a situação. “Gostaria de pedir ajuda através do seu blog cobrar da Compesa que solucionar o problema sobre falta de água em Pau Ferro, há mais de 4 dias sem água”, disse a nossa produção.

O Blog procurou a Compesa e apresentou a demanda do leitor, contudo até o momento não tivemos retorno. Reiteramos que o espaço está aberto aos esclarecimentos por parte da companhia.

12