Jogos do Petrolina irão acontecer no Estádio Paulo Coelho com adoção de medidas de segurança

A Prefeitura de Petrolina apresentou, nesta quarta-feira (22), um termo de cessão do Estádio Municipal Paulo de Souza Coelho ao time do Petrolina Social Futebol Clube, para a realização de treinos e jogos do Campeonato Pernambucano Série A1.

Após avaliação da Secretaria de Saúde do município, ficou definido que o equipamento esportivo ficará liberado a partir desta quinta-feira (23), das 8h às 10h para treinamento da equipe, e para o jogo oficial da próxima segunda (27), das 8h às 19h.

LEIA MAIS

Copa do Interior: Equipe de N-4 conquista título com goleada no estádio Paulo Coelho

(Ascom/ Foto: Jonas Santos)

Foram 11 anos de espera pela retomada da maior competição de futebol amador do Sertão. A Copa do Interior foi reeditada pela Prefeitura de Petrolina em 2019 com o troféu nas mãos da seleção do N-4. A equipe da região irrigada se sagrou campeã, neste domingo (29), ao vencer, no Estádio Paulo Coelho, a grande final por 3 a 0 contra o Boa Vista de Rajada.

A 21ª edição do torneio teve mais de 80 partidas com 32 equipes do Sequeiro, região ribeirinha e perímetros irrigados. Para chegar ao título, a seleção do N-4 superou uma maratona de 8 jogos em 50 dias. Na grande final, o N-4 encontrou um adversário duro que segurou o 0 a 0 na etapa inicial. Mas o cenário mudou totalmente quando Fabrício abriu o placar logo aos 12 minutos do segundo tempo. A partir daí, o Boa Vista de Rajada teve que subir para o ataque, deixando espaços para o N-4 matar o jogo no contragolpe com gols de Daniel Coelho e novamente do artilheiro Fabrício.

Na cerimônia do título, muita festa da equipe e da torcida que se deslocou da região irrigada para o estádio. O troféu Demarzinho, que homenageia um dos fundadores da Copa do Interior, foi entregue pelo prefeito Miguel Coelho, que ressaltou a importância da competição. “É um evento de integração e incentivo ao esporte. Com uma tradição tão grande, a Copa do Interior não poderia continuar parada após ter sido extinta no passado sem justificativa. Parabéns ao N-4 e a todas as comunidades, no próximo ano, faremos um torneio ainda mais forte”, prometeu Miguel.

A 21ª Copa do Interior é uma realização da Prefeitura de Petrolina. O torneio foi fundado em 1980, mas havia sido extinto em 2008, deixando uma legião de fãs e esportistas da zona rural sem o tradicional evento. Em agosto último, a Copa foi relançada pelo prefeito Miguel Coelho e seguirá no calendário esportivo pelos próximos anos.

‘Forró da Espora’ acontece neste sábado no Estádio Paulo de Souza Coelho

O Forró da Espora e a Missa do Vaqueiro são realizados pela Prefeitura de Petrolina.

Depois de quase dois meses, o ciclo junino de Petrolina vai encerrar neste fim de semana. A tradicional festa dos vaqueiros, o ‘Forró da Espora’, será neste sábado (29), a partir das 18h, no Estádio Paulo de Souza Coelho. A Prefeitura de Petrolina espera um público de aproximadamente 10 mil pessoas, vindas de todo sertão. Encerrando a programação no domingo (30), quando será realizada a Missa do Vaqueiro.

O Forró da Espora vai ser animado por três grandes nomes do estilo pé-de-serra:  Sérgio do Forró, César Adriano e Henrique Nunes. “Concluímos o ciclo junino valorizando o que há de mais rico no nosso Sertão, que são as tradições e a cultura do povo sertanejo, como nos orienta o prefeito Miguel Coelho”, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Emício Júnior.

LEIA MAIS

Com mais 70% das obras concluídas, estádio de Petrolina segue em processo de requalificação

(Foto: Alexandre Justino)

Um dos mais importantes patrimônios esportivos de Petrolina (PE) está passando por uma série de intervenções para melhor receber os apaixonados pelos esportes de campo. As obras de requalificação do Estádio Municipal Paulo de Souza Coelho já passam de mais de 70% da execução dos trabalhos. O projeto está orçado em R$ 979.150,04 e é fruto de emenda parlamentar do deputado federal Fernando Filho (DEM-PE).

Atualmente, estão sendo executadas obras de acesso do time visitante; vestiários; calçadas de acesso; bilheterias; recuperação do muro interno e externo; finalizando obras de acessibilidade; obras do túnel de acesso dos jogadores ao campo; ampliação da calçada interna; construção da calçada em toda área externa do estádio, entre outras obras já executadas.

LEIA MAIS

Reinauguração do Estádio Paulo Coelho deve acontecer um mês antes do previsto

Estádio Paulo Coelho passa por reforma para receber jogos da Série A1 do Campeonato Pernambucano.

Com as obras da primeira etapa de reestruturação avançadas, o Estádio Paulo Coelho deve ser reinaugurado um mês antes do previsto. O estádio está passando por uma série de intervenções desde novembro do ano passado.

Entre as obras, estão sendo executadas reforma das cabines de imprensa; vestiários; calçadas de acesso; bilheterias; pintura e manutenção das arquibancadas e muro interno e externo. O acesso do time visitante também será recuperado, além da restauração de alambrados e muretas no entorno do campo.

No ano passado, o prefeito Miguel Coelho assinou a ordem de serviço para uma das maiores reformas que o Estádio Paulo Coelho já recebeu. O investimento orçado em R$ 979.150,04, via emenda do deputado Fernando Filho, já começou a ser aplicado nas obras de reestruturação do palco de jogos da Séria A1 do Campeonato Pernambucano, partidas do futebol amador e profissional, e também do futebol americano da região.

LEIA MAIS

Em clima de festa pelo título, Miguel assina ordem de serviço para reforma do Estádio Paulo Coelho

Prefeito Miguel Coelho assina ordem de serviço para reforma do Estádio Paulo Coelho

Uma tarde inesquecível para a torcida do Petrolina Social Clube. A Fera Sertaneja sagrou-se, neste domingo (04), campeã pernambucana da Série A2 e garantiu a vaga para jogar, no próximo ano, a primeira divisão. Em meio à festa pelo troféu, o prefeito Miguel Coelho ainda assinou a ordem de serviço para uma das maiores reformas que o Estádio Paulo Coelho já recebeu. Será investido quase R$ 1 milhão, via emenda do deputado Fernando Filho, nas obras de reestruturação da toca da Fera Sertaneja.

A intervenção começa já neste mês sem necessidade de interditar o estádio. Entre as obras, estão programadas a reforma das cabines de imprensa, vestiários, calçadas de acesso, bilheterias, pintura e manutenção das arquibancadas. O acesso do time visitante também será recuperado, além da restauração de alambrados e muretas no entorno do campo.

Antes de autorizar as obras, Miguel lembrou a situação de degradação avançada que encontrou o estádio, mas garantiu que o Paulo Coelho estará em condições ideais para a disputa da primeira divisão do Campeonato Pernambucano. “Era um cenário triste, com lixo para todo lado, tudo destruído e abandonado. Tivemos um trabalho enorme para recuperar o gramado, a irrigação e permitir que o time jogasse. Mas agora é um novo tempo para o Petrolina, que voltou para seu lugar de destaque e, com essas obras, teremos um estádio para todo o povo se orgulhar e receber com conforto grandes jogos”, afirmou.

Estádio municipal de Lagoa Grande passará por reformas

(Foto: ASCOM)

As reformas incluem recuperação do piso com marcações oficiais, pintura, instalação de iluminação, limpeza e outras melhorias. Após a concussão dos trabalhos, será realizado o primeiro campeonato municipal de futebol com a participação de equipes da sede e do interior.

O prefeito Vilmar Cappellaro fez vistorias no local e assinou a ordem de serviço. A visita foi acompanhada pelo vice-prefeito, Ítalo Ferreira, dos secretários: Valman Rivas, Ademar Nonato, do chefe distrital de Vermelhos, Regivando Siqueira, dos coordenadores de esportes, Cristiano Alves e Dozinho, além do coordenador de Assentamentos, Cristiano Ferreira e do professor Juarez.

Por falta de laudo técnico do estádio, Petrolina Social Futebol Clube está fora da Série A2 do Campeonato Pernambucano

(Foto: Facebook)

A equipe do Petrolina Social Futebol Clube não disputará a Série A2 do Campeonato Pernambucano 2017. De acordo com uma publicação feita no perfil oficial do time no Facebook, a exclusão do time da competição aconteceu pela falta de laudos técnicos do Estádio Paulo de Souza Coelho.

Ainda de acordo com a publicação, além do Petrolina, o 1º de Maio também foi impedido de disputar o campeonato. Os times de Petrolina propuseram jogar no Adauto Moraes, em Juazeiro (BA), mas a federação não aceitou pelo fato do estádio estar submisso a outra federação.

Em outra postagem, a Fera Sertaneja pediu explicações a Prefeitura Municipal e a Secretária de Esportes do município. “O Petrolina e 1° de Maio foram excluídos do Campeonato Pernambucano por problemas nos laudos do estádio Paulo de Souza Coelho. Prefeitura Municipal e Secretária de Esportes qual seria a explicação?”

Investimento

A diretoria do Petrolina S.F.C estava confiante para conseguir o retorno à elite do futebol Pernambucano. Com grandes investimentos, mudou o escudo da equipe, investiu no marketing e contratou Andrade, campeão do Campeonato Brasileiro como técnico e treinador pelo Flamengo, para comandar a equipe rumo ao acesso.

De volta ao estádio Paulo de Souza Coelho, Forró da Espora preserva tradição no São João de Petrolina

(Foto: ASCOM)

As festividades juninas de Petrolina vêm surpreendendo pela descentralização e também pelos grandes shows que lotam o pátio Ana das Carrancas.  Mas, o fim de semana que abriga o Dia de São João certamente é o mais aguardado pelos milhares de vaqueiros da região que vivem momentos de expectativa para o tradicional Forró da Espora que acontece no próximo sábado (24), dia do santo que dá nome aos festejos.

Em sua 76 ª edição, o Forró da Espora, volta ao estádio Paulo de Souza Coelho, onde os vaqueiros viverão uma noite de “esquenta” para a tão aguardada Missa do Vaqueiro que acontece no domingo (25).

LEIA MAIS

Equipe retira 120 toneladas de lixo e entulho do estádio Paulo de Souza Coelho, em Petrolina

(Foto: Divulgação)

Uma equipe de limpeza, retirou aproximadamente 120 toneladas de lixo e entulho do estádio Paulo de Souza Coelho. Durante a revitalização o local recebeu serviços de poda, capina, varrição e pintura de meio-fio.

O mutirão de limpeza foi realizado por uma equipe da prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), que contou com 20 homens, 1 retroescavadeira, 1 caminhão caçamba e 1 trator de roço para que todo o lixo e entulho acumulado fossem retirados.

A expectativa é que a reestruturação do local, esteja pronta até o início da Série A-2 do Campeonato Pernambucano para estar à disposição do 1º de Maio Esporte Clube e do Petrolina Social Futebol Clube que se articulam para participar da competição em 2017.

Após intervenção da prefeitura, gramado do estádio Paulo de Souza Coelho é recuperado

(Foto: ASCOM)

O gramado do estádio municipal Paulo de Souza Coelho, em Petrolina, está de cara nova. O que antes era só mato seco, agora está verde e cheio de vida. A mudança apareceu cerca de 20 dias após uma intervenção da prefeitura que restabeleceu o  sistema de irrigação fazendo com que a grama voltasse a crescer na praça esportiva.

O verde do gramado já está cobrindo praticamente toda a área do campo e a expectativa é que em apenas uma semana a grama esteja totalmente recuperada. Esta foi a primeira medida tomada pela Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, que trabalha num projeto de revitalização completa para o estádio.

LEIA MAIS

Petrolina: secretária acompanha limpeza no Estádio Paulo Coelho e anuncia melhorias para Ilha do Fogo

Além da limpeza, o Estádio está recebendo o serviço de recuperação da grama. (Foto: ASCOM)

A Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte de Petrolina (PE) esteve no Estádio Paulo de Souza Coelho e no Parque Municipal Josepha Coelho, nesta quarta-feira (1º), para acompanhar o serviço de limpeza e as melhorias que vem sendo feitas nos espaços.

A secretária da pasta, Maria Elena, esteve acompanhada do direito de Esportes, Rodrigo Galvão, e lembrou que o compromisso é levar melhorias aos equipamentos culturais, esportivos e turísticos da cidade.

“Nós temos um compromisso e uma orientação do prefeito Miguel Coelho de cuidar dos equipamentos culturais, esportivos e turísticos. As melhorias para o Estádio são uma exigência recorrente para aquele espaço que já foi palco de tantas alegrias em Petrolina e começamos pelo básico que é a recuperação da grama e a limpeza”, disse.

LEIA MAIS

Arena Corinthians foi presente para Lula, diz Emílio Odebrecht

oie_24112850lsebexztEmílio Odebrecht, presidente do conselho de administração do grupo que leva o seu sobrenome, afirmou em negociação de delação premiada que o Itaquerão, também conhecido como Arena Corinthians, foi um presente ao ex-presidente Lula, que é torcedor do time. A informação foi dilvulgada por Mário Cesar Carvalho no jornal Folha de São Paulo.

De acordo com o empresário, o agrado foi uma retribuição à ajuda dada por Lula à Odebrecht enquanto esteve na Presidência, de 2003 a 2010. Durante o período em que o PT governou o país (2003 a 2015), o faturamento nominal do grupo subiu de R$ 17,3 bilhões para R$ 132 bilhões.

Por pressão de Emílio, seu filho Marcelo, preso há 15 meses e já condenado a 19 anos de prisão, e 80 executivos da empresa decidiram buscar acordo de delação. Para Emílio, que passou a integrar o acordo porque era o principal interlocutor de Lula, a delação seria a única saída para o grupo não falir. Lula é réu em ação que tramita no DF sob a acusação de ter ajudado a Odebrecht a obter contratos. A defesa do ex-presidente afirma que, “se a delação não serve para provar qualquer fato, a especulação de delação é um nada”. Odebrecht e Corinthians não comentaram as declarações de Emílio.

O ESTÁDIO

A Arena Corinthians foi palco da abertura da Copa do Mundo de 2014. Sua construção foi feita pela Odebrecht com apoio financeiro do BNDES e da Prefeitura de São Paulo. O custo da obra foi de R$ 1,2 bilhões, quase 50% a mais que a estimativa inicial do projeto.

Venda de bebidas alcoólicas nos estádios de Pernambuco será oficialmente permitida a partir desta quarta

BEBIDA ESTÁDIO

A venda de bebidas alcoólicas nos estádios e arenas esportivas de Pernambuco será oficialmente permitida a partir desta quarta-feira, por meio da publicação da Lei nº 15.709 no Diário Oficial do Poder Legislativo. Após 15 dias de silêncio do governador, a norma foi promulgada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Uchoa (PDT), nesta terça-feira (5). A iniciativa, prevista originalmente no Projeto de Lei nº 2.153/2014, de autoria do deputado Antônio Moraes (PSDB), foi comemorada por representantes de cervejarias e de clubes pernambucanos de futebol, que acompanharam a formalidade. A matéria havia sido proposta na Legislatura anterior e foi desarquivada, em 2015, a pedido do parlamentar tucano.

Presente à cerimônia, o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, anunciou que os próximos contratos de patrocínio de cervejarias conterão uma cláusula, que beneficiará o trabalho de segurança nos estádios. Pela norma, a venda de bebida alcoólica em bares, lanchonetes e camarotes, durante os eventos esportivos, será permitida para fornecedores habilitados, devendo iniciar no máximo duas horas antes do início da partida. O produto pode ser acondicionado em recipientes de metal ou vidro, mas deverá ser entregue ao consumidor em copos plásticos de até 500ml de capacidade. Em caso de descumprimento, os vendedores poderão ser multados em valores entre R$ 3 mil e R$ 30 mil, ou ainda suspensos e até proibidos de comercializar bebidas.

Tramitação
Durante o período de apreciação nos colegiados da Casa, o PL n° 2.153/2014 havia sido rejeitado nas Comissões de Saúde e de Cidadania. A falta de consenso sobre o tema se tornou ainda mais evidente ao longo da votação do texto no Plenário, em Primeira Discussão. À época, a matéria foi aprovada com 18 votos favoráveis e 13 contrários. Apesar das divergências, a proposição foi acatada pelos parlamentares também em Segunda Discussão e Redação Final – em dezembro de 2015. (Folha de PE)

Hospital de Casa Nova solicita doações para recém-nascida abandonada

No domingo (27) uma criança que já está sendo chamada de Maria Júlia, foi encontrada dentro de uma caixa por trás do Estádio Municipal de Casa Nova (BA), no começo da noite.

O bebê está no hospital da cidade e será encaminhado ao Ministério Público por meio da Vara da Infância local onde deve ficar disposta para adoção, já que a mãe biológica da criança a abandonou a própria sorte.

Enquanto não aparece um novo lar para Maria Júlia, a direção do hospital solicita doações para a recém-nascida, que ainda está no hospital, sendo cuidada por uma equipe de médicos, enfermeiras e demais funcionários.