Instituto de Previdência de Juazeiro suspende atendimento ao público em cumprimento ao Decreto Estadual

O Instituto de Previdência de Juazeiro (IPJ) informa que não haverá atendimento ao público em sua sede nesta segunda-feira (8) e terça-feira (9), em cumprimento ao Decreto Estadual que amplia as medidas restritivas para combater a disseminação da Covid-19 na região. Serão mantidos apenas os trabalhos internos do órgão.

O IPJ ressalta que quanto às perícias médicas marcadas para esta segunda e terça-feira, serão remarcadas sem prejuízo ao servidor.

Aulas da rede estadual retornam no dia 1º de março de forma gradual

O governador Paulo Câmara anunciou, nessa quarta-feira (03), o início do ano letivo do ensino médio na rede pública estadual a partir desta quinta-feira (04). O chefe do Executivo Estadual disse acreditar que as escolas estaduais estão preparadas para receber professores e alunos, adotando todos os protocolos de segurança e higiene.

A partir do dia 22 deste mês, os professores do Ensino Fundamental e servidores devem retornar para adequação das escolas e capacitação. Em seguida, os estudantes do nono, oitavo, sétimo e sexto ano do Ensino Fundamental retornam no dia 1º de março.

O calendário seguirá com os estudantes do quinto, quarto, terceiro, segundo e primeiro ano do Ensino Fundamental voltando no dia 08 de março. Por fim, haverá a volta dos alunos do Infantil, cujo retorno está previsto para o dia 15 de março.

LEIA MAIS

Pernambuco lança concurso com vagas em todas as regiões do Estado, saiba como se inscrever

(Foto: Ilustração)

A Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas de Pernambuco divulgou edital de seu novo processo seletivo, com 79 vagas, distribuídas entre todas as regiões do Estado, direcionadas a profissionais com nível superior completo em diversas áreas de formação. As vagas terão jornada de trabalho de 44 horas semanais e tem salários que chegam a R$ 3.200.

As inscrições para o processo seletivo SAD-PE podem ser realizadas até o dia 29 de setembro deste ano, através do site oficial do Instituto AOCP e mediante o pagamento da taxa de R$ 25. Candidatos membros de famílias de baixa renda, ou que estiverem inscritos e regulares no CadÚnico podem pedir isenção da taxa de inscrição até esta quinta-feira (17), através do link.

Quais os requisitos para participar?

– Ser brasileiro ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal;
– Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos ou ser emancipado civilmente;
– Estar em dia com as obrigações eleitorais;
– Estar quite com o serviço militar, quando do sexo masculino;
– Estar apto, física e mentalmente, para o exercício das atribuições da função;
– Não acumular funções, empregos ou cargo público, em qualquer Poder, salvo nos casos constitucionalmente permitidos;
– Não estar cumprindo o prazo de interstício de afastamento do Estado,
– Não registrar antecedentes criminais e se encontrar no pleno exercício de seus direitos civis e
políticos;
– Preencher os requisitos de formação e experiência exigidos para cada vaga (ver abaixo);
– Ter disponibilidade para viajar;
– Ter sido aprovado e classificado neste Processo Seletivo Simplificado;
– Atender as demais exigências contidas neste Edital.

Como acontece o processo seletivo?

Feita a inscrição, o candidato passará por uma prova de títulos, ou seja, terá seu currículo e suas experiências profissionais e acadêmicas analisadas pela banca examinadora. Esta etapa será a única, logo, terá caráter eliminatório e classificatória.

Do total de vagas ofertadas pelo concurso, 5% serão reservadas às pessoas com deficiência (PcD), em cumprimento ao que assegura o artigo 97, inciso VI, alínea “a”, da Constituição do Estado de Pernambuco.

Para as funções que só oferecem uma vaga, a primeira vaga reservada às pessoas com deficiência surge somente após a primeira contratação, a segunda após a 20ª contratação, e assim sucessivamente. Acesse ao edital do concurso através deste link.

LEIA MAIS

Governo de Pernambuco anuncia liberação de mototáxi e lutas marciais e prorroga suspensão das aulas

Covid-19 – Os Secretários Alberes Lopes, Bruno Schwambach, André Longo e Fred Amâncio em coletiva no Palácio do Governo de PE

O Governo de Pernambuco, por decisão do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, anunciou, nesta quinta-feira (13.08), a liberação de mototáxis e da prática de artes marciais com novos protocolos em todo o Estado a partir da próxima segunda-feira (17). A regulamentação do transporte público de passageiros em motocicleta, entretanto, estará a cargo das prefeituras. Também foi anunciada a prorrogação do decreto que suspende as atividades presenciais da educação básica e ensino superior até o dia 31 de agosto.

Os municípios que liberarem a volta dos mototáxis deverão obedecer aos novos protocolos de segurança, para impedir o aumento do risco de exposição à Covid-19. Entre as medidas está o fornecimento de toucas descartáveis aos passageiros e álcool em gel 70% para higienização das mãos antes de manipular equipamentos de proteção; limpeza com álcool 70% do capacete dos passageiros, dos punhos (manopla), das alças de apoio do garupa e assentos da moto na presença de cada novo passageiro; e uso pessoal do capacete para o motorista.

Também será obrigatória a utilização de máscaras para condutores e passageiros durante o trajeto e a viseira do capacete deve permanecer fechada para evitar que o vento traga sujeira ou partículas que os obriguem a tocar os olhos e outras partes do rosto. Além disso, o condutor deve manter um distanciamento entre mototaxistas de 1 metro e meio (1,5m), nos pontos ou onde as motos pararem.

Com relação à volta da prática de lutas marciais, o secretário de Educação e Esportes, Fred Amancio, relembrou que atividades esportivas de modalidades individuais estavam liberadas ao ar livre desde o dia 6 de julho, mas tinha como exceção as lutas marciais. “Agora, vamos dar mais esse passo e, a partir da próxima segunda-feira, a prática está liberada. As medidas específicas devem ser publicadas nos próximos dias”, afirmou.

SAÚDE – O secretário estadual de Saúde, André Longo, afirmou que nenhuma das macrorregiões irá avançar no Plano de Convivência com a Covid-19. “O nosso comitê resolveu adotar cautela e, por isso, vamos observar por mais uma semana a evolução dos dados epidemiológicos da doença em Pernambuco”, explicou. Desta forma, a Macrorregião I, que compreende a Região Metropolitana do Recife (RMR) e Zona da Mata, permanece na Etapa 7; as Macrorregiões 2 e 3 continuam na Etapa 6. A Macrorregião 4 está dividida: a 7ª Gerência Regional de Saúde, com sede em Salgueiro, e a 8ª Gerência Regional de Saúde, sediada em Petrolina, continuam na Etapa 5. Já as cidades pertencentes à 9ª Gerência Regional de Saúde permanecerão na Etapa 4, com exceção de Araripina e Ouricuri, municípios que seguem na Etapa 2 até o próximo dia 16 de agosto.

Confira aqui as Gerências Regionais de Saúde: http://portal.saude.pe.gov.br/secretaria-executiva-de-coordenacao-geral/gerencias-regionais-de-saude

Contra reforma estadual, Sinpol convoca sindicatos para mobilização

(Foto: Facebook SINPOL)

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (SINPOL-PE) se posicionou contra a reforma da previdência proposta pelo governo do estado. O SINPOL convidou outras entidades sindicais para uma reunião conjunta na próxima terça-feira (25), às 9h, na sede do Sindicato.

Na oportunidade serão tratadas estratégias de mobilização e combate “aos ataques feitos às aposentadorias dos servidores de Pernambuco”. Além disso, o sindicato promete ficar atento à postura dos deputados estaduais.

LEIA MAIS

Secretário de Saúde do estado não garante construção do Hospital da Mulher em Petrolina

O secretário afirmou que a prioridade do governo é de terminar obras que estão paradas.

Durante o evento de lançamento da segunda rodada do “Seminário Todos por Pernambuco”, que aconteceu nessa quarta-feira (21), no João de Deus, em Petrolina (PE), o secretário de Saúde do estado, André Longo, falou sobre a construção do Hospital da Mulher na cidade, prometida pelo Governador Paulo Câmara desde seu primeiro mandato.

De acordo com o gestor da pasta, não há recursos neste momento para se pensar em um projeto dessa dimensão. Além disso, garantiu que não há previsão para a construção do hospital.

“A gente esperava que iria buscar recursos federais, além de estaduais, e a gente teve então que adiar um pouco esse projeto. Não significa que nenhum projeto de hospital foi encerrado, mas ele vai ter que ser realinhado com uma programação de execução financeira”, disse.

LEIA MAIS

Senadores articulam criação de novo estado no Nordeste

O senador Siqueira Campos (DEM-TO) protocolou um projeto de decreto legislativo para a criação do estado do Maranhão do Sul.

A proposta conta com a assinatura de 27 outros senadores e já está tramitando na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Casa Legislativa.

De acordo com o autor do projeto, a ideia é dividir o Maranhão em dois por conta da diferença na colonização entre o norte o sul do estado.

O parlamentar alega que o norte foi colonizado por imigrantes portugueses, franceses e holandeses, enquanto o sul abrigou principalmente nordestinos.

Caso o texto seja aprovado, o Tribunal Regional do Maranhão realizaria um plebiscito para que a população maranhense decida pela divisão ou não do Estado.

Governo de Pernambuco cria comissão para discutir a regulamentação do transporte de passageiros

Motoristas e proprietários de vans realizaram protestos contra a alteração na legislação.

Após as alterações do artigo 231 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), pela lei 13.855, sancionada pela presidência da República, o Governo de Pernambuco decidiu instituir uma comissão especial interdisciplinar para promover estudos, propostas e encaminhamentos referentes à regulamentação do transporte intermunicipal de passageiros.

O trabalho, que terá duração de quatro meses, será coordenado pela Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos e contará com representantes da Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal (EPTI), das secretarias de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude e Planejamento e Gestão, além da Procuradoria Geral do Estado.

LEIA MAIS

Empresas devem investir mais de R$135 milhões em Pernambuco

Governo do Estado conseguiu atrair, em indústrias, os investimentos de R$ 135 milhões e R$ 600 mil. (Foto: Jornal do Commercio)

O Conselho Estadual de Política Industrial, Comercial e de Serviços se reuniu oficialmente pela segunda vez este ano para analisar projetos de concessão de incentivos fiscais de empreendimentos interessados em se implantar ou ao ampliar atividades em Pernambuco.

No encontro, foram aprovados 20 projetos, sendo 14 indústrias, seis no interior do estado, três de importadores e três de centrais de distribuição. Ao todo, 14 municípios foram contemplados, sete na região metropolitana do Recife e sete no interior.

O presidente da agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD-Diper), Roberto Abreu e Lima, destacou alguns dos projetos aprovados. “A empresa Brazil Right que vai investir R$ 63 milhões. Outro destaque é a empresa JMG que pretende montar um moinho para trabalhar, não só derivados de milho, como também a parte de farinha de trigo”, disse.

LEIA MAIS

Petrolina tem queda em índice, mas continua entre cidades mais pacíficas do estado

O índice possibilita gerar o ranking dos municípios com maior nível de pacificação. (Foto: Ilustração)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) divulgou nesta semana os dados do Ranking de Pacificação do projeto Cidade Pacífica. O ranking tem como base os dados de criminalidade divulgados pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS-PE), quando é possível comparar o desempenho dos municípios logo após eles assinarem Termo de Cooperação Técnica para adesão ao projeto.

Petrolina (PE) ficou entre as cinco cidades com melhor Índice de Pacificação (IP), que é representado numa escala de 0 a 5, onde 0 indica um município menos pacificado. Quanto mais próximo de 5, maior o nível de pacificação do município.

No entanto, a cidade apresentou queda no IP. Em 2017, o município aparecia com um índice de 3,82 e em 2018, 3,67. No ranking, Petrolina ficou com o quinto lugar de cidade mais pacífica, atrás de Ibirajuba, Cabrobó, Lagoa Grande e Orocó.

LEIA MAIS

Deputado Antonio Coelho questiona governo do estado por não executar emendas parlamentares

Antonio Coelho. (Foto: Ivaldo Reges)

O deputado estadual Antonio Coelho (DEM), vice-líder da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, anunciou que enviará nesta semana um ofício ao secretário estadual da Casa Civil, Nilton Mota. O parlamentar questiona o governo do estado por não executar as emendas dos deputados estaduais, o que seria um descumprimento da constituição estadual.

“Desde 2013, o governo é obrigado a executar as emendas indicadas pelos deputados estaduais ao orçamento anual. No entanto, isso não vem ocorrendo, nem com deputados da base governista, e muito menos com deputados da oposição”, afirmou Antonio.

O deputado cita a Emenda Constitucional 36, de junho de 2013, oriunda de um projeto de emenda constitucional feito pelo então governador Eduardo Campos e aprovado na Alepe. A matéria tornou obrigatória a execução de créditos constantes da Lei Orçamentária Anual (LOA) oriundos de emendas parlamentares.

LEIA MAIS

Após registrar superlotação da Maternidade, Secretaria da Saúde de Juazeiro pede ajuda ao Governo do Estado

Hospital Materno Infantil de Juazeiro.

A Secretaria Municipal da Saúde de Juazeiro informou o Hospital Materno Infantil do município está com seus 62 leitos ocupados, em estado de superlotação e com pacientes de alto risco na unidade necessitando de transferência para Unidade de Alta Complexidade. A unidade de saúde está inclusa na pactuação da rede PEBA que, além de Juazeiro e Petrolina, atende ainda mais 53 municípios de Pernambuco e Bahia.

O grande número de gestantes que chega até o hospital é crescente e contínuo e, por isso, a gestão municipal informou à rede PEBA e ao Estado da Bahia que necessita de ajuda para o momento e para reforçar a importância em reordenar a rede PEBA.

A Secretaria da Saúde solicitou aos municípios restrição aos encaminhamentos para a unidade hospitalar. O funcionamento para casos de urgência e emergência continuarão de forma restrita. De acordo com a pasta, essa medida é necessária para assegurar a assistência aos pacientes  que já se encontram no hospital.

PGE-PE abre concurso para preencher dez vagas de procurador do Estado

(Foto: Ilustração)

A Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco (PGE-PE) vai abrir realizar um concurso para o preenchimento de dez vagas de procurador do Estado e formação de cadastro de reserva.

O vencimento é de R$ 13.648,64 referentes a 30h semanais de trabalho. É exigido que o candidato seja bacharel em Direito, portador de diploma expedido por instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), esteja inscrito na Ordem dos Advogados Brasileiros (OAB) e não possua antecedentes criminais.

As inscrições, no valor de R$ 210,00, serão realizadas de 23 de janeiro a 2 de fevereiro no site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O edital pode ser consultado na página da PGE-PE.

O concurso será realizado em três fases, todas no Recife. A primeira é uma prova objetiva de 100 questões, de caráter eliminatório e classificatório. A segunda etapa é uma prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, que consistirá na elaboração de um parecer de até 60 linhas e de uma peça processual de até 90 linhas sobre o tema apresentado. As provas objetiva e subjetiva serão realizadas nos dias 24 e 25 de março, respectivamente, com duração de cinco horas, cada.

LEIA MAIS

“É preciso que o Governo de Pernambuco se pronuncie e diga o que está acontecendo”, diz Odacy Amorim sobre fechamento da APAMI

Odacy Amorim falou sobre a situação da APAMI em Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Após o Hospital Dom Tomás/APAMI informar que fecharia as portas por falta de recursos para compra de medicamentos, insumos e pagamentos de funcionários, o deputado estadual Odacy Amorim (PT), que é vice-presidente da comissão de saúde na Assembleia Legislativa de Pernambuco, afirmou que espera providências do Governo do Estado a respeito da situação.

LEIA TAMBÉM

Por falta de dinheiro APAMI vai parar as atividades nesta terça-feira

“É preciso que o Governo de Pernambuco se pronuncie e diga o que está acontecendo e quais as posições serão tomadas. Meu papel é comunicar direto ao chefe do executivo e a gente espera uma providência, pois sabemos que uma entidade como a APAMI vai ter dificuldades sempre que tiver atrasos, porque quando você tem um hospital de um município, um estado, você tem outras receitas para ir sustentando. Mas uma entidade como a APAMI, mesmo com um número alto de doações, vai ter sempre essa dificuldade”, disse.

Odacy afirmou ainda que vai pressionar o secretário estadual de saúde para que o problema seja resolvido. “O que podemos fazer é pressionar o secretário de saúde, mas essa é uma discussão para ser resolvida política e administrativamente”.

Enquete: em quem você votaria para Governador de Pernambuco?

Petrolina pode ter três candidatos ao governo estadual.

2018 é ano de eleição para Presidente da República, Senadores, Deputados Federais e Estaduais/Distrital e Governadores. Em Pernambuco, a luta pela vaga do Executivo Estadual tem sido cada vez mais acirrada.

Com Odacy Amorim disputando a vaga com Marília Arraes no Partido dos Trabalhadores para pleitar o cargo de governador, Fernando Bezerra Coelho assumindo a presidência do Partido mais importante – pelo tempo de propaganda na TV – na corrida eleitoral, o MDB, e Júlio Lossio já em caravana pelo estado, Petrolina larga na disputa com três possíveis candidatos.

Essa enquete não se trata de pesquisa eleitoral, dependendo apenas da participação espontânea do interessado.

E você? Em quem votaria caso as eleições fossem hoje? Enquete segue até o dia 14/01/2018, às 23h.

[poll id=”32″]

12