Dupla suspeita de estelionato é presa em Cabrobó

Homens foram autuados em flagrante delito (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Duas pessoas foram presas no sábado (24) pela 2ª CIPM, na BR-428 em Cabrobó (PE), suspeitas de integrar um grupo de estelionatários que agia na região. Segundo a Polícia Militar de Pernambuco, Leonardo Ribeiro, de 34 anos e José Caboclo, de 27 estavam em um veículo abordado pela PM durante uma ação da Operação Saturação.

Dentro do carro a polícia encontrou uma pequena quantia de maconha e 21 cartões, além de R$ 310 em espécie e objetos de valor, como relógio e celular.

Leonardo já tem passagem por estelionato e de acordo com a PM, os cartões de crédito e bancos pertenciam a outras pessoas. A dupla foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil da cidade. Eles foram autuados em flagrante delito.

Quadrilha é presa com ingressos falsos do Forró do Sfrega

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) da Bahia prendeu na tarde de domingo (23) uma quadrilha de estelionatários na BR-407, no KM 110, em Filadélfia. Segundo a PRF, o grupo composto por quatro homens vendia ingressos falsos para o Forró do Sfrega, festa tradicional em Senhor do Bonfim.

A PRF chegou até o grupo depois de receber informações de militares a respeito de um veículo suspeito trafegando pela rodovia federal. As equipes montaram um esquema de fiscalização e conseguiram localizar o carro, um Chevrolet Onix.

Durante a abordagem os agentes encontraram cerca de 50 ingressos com indícios de falsificação. Com a quadrilha a PRF também apreendeu R$ 20 mil em espécie, duas maquinetas de cartão de crédito e ainda abadás e bilhetes de entrada para festas juninas no Piauí.

Ainda segundo a polícia, os criminosos têm entre 39 e 52 anos e são de Teresina (PI). O quarteto foi apresentado à Polícia Civil de Senhor do Bonfim, onde foi registrada a ocorrência.

Polícia Federal prende homem líder de quadrilha interestadual de clonagem de cartão de crédito

(Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Na última quinta-feira (12) o líder de uma quadrilha interestadual de clonagem de cartão de crédito foi preso. Com vasta ficha criminal e foragido da Justiça de Pernambuco e do Rio Grande do Norte, o homem é apontado como responsável por golpes que renderam um prejuízo de mais de R$ 600 mil reais na Caixa Econômica Federal por meio de cartões clonados.

Antônio Barros de Oliveira, de 47 anos, possui ainda identidades com os nomes de Eder Lopes da Silva Júnior e Bonifácio da Silva Júnior. Ele foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva pelos crimes de estelionato contra órgão público e associação criminosa.

O suspeito foi contido pelos federais em uma residência no bairro do Janga, em Paulista, e não esbouçou qualquer tipo de resistência. No imóvel em que ele estava foram encontrados ainda R$ 4 mil reais, quatro cartões de crédito possivelmente clonados, oito chaves mestras para abrir portas, um notebook, dois pen drives, um telefone celular, uma impressora, um monitor, 12 roteadores de internet, cinco caixas de transmissores de sinal de celular para Tv, além de um veículo Hilux, cor prata e placas OHB-5460(clonadas de um outro automóvel Volkswagen gol, vermelho de Maceió/AL).

Em um dos objetos apreendidos havia uma chave com um endereço de um apartamento em Boa Viagem. Ao se dirigir ao imóvel na Zona Sul do Recife os policiais foram recebidos por um casal, proprietários do apartamento, que confirmaram que no último dia 26 de dezembro, às 19h, foram vítimas de um assalto executado por dois homens armados, quando estavam retirando dinheiro num banco privado perto de sua residência. Na ocasião os bandidos levaram um Honda Civic, documentos, dinheiro e seus pertences.

O casal reconheceu o preso por meio de registro fotográfico como sendo um dos homens que os assaltaram, bem como o veículo Hilux como sendo idêntico ao utilizado pelos criminosos no dia do assalto. Após a autuação, o homem realizou Exame de Corpo de Delito no Instituto de Medicina Legal (IML) e foi encaminhado para a audiência de custódia, onde teve a prisão preventiva foi confirmada, sendo levado para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, onde ficará à disposição da Justiça Federal.

Com informações do FolhaPE

Polícia deflagra operação contra estelionatários em Petrolina

Estão sendo cumpridos três mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão domiciliar

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-­feira (28) a Operação Oásis, com o objetivo de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de envolvimento em um esquema de sonegação fiscal, estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa, com atuação em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, e Juazeiro, na Bahia.

Estão sendo cumpridos três mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão domiciliar, expedidos pela juíza de Direito da Primeira Vara Criminal da Comarca de Petrolina.

Participam do trabalho operacional 126 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, além de 16 auditores da Secretaria da Fazenda Estadual (Sefaz). As investigações começaram há seis meses e foram realizadas pela Delegacia de Crimes contra a Ordem Tributária, com o apoio de núcleos de inteligência.

Com informações do NE10.