Falta d’água: moradores do Alto Cocar farão manifestação nesta quinta-feira

(Foto: Ilustração)

A falta de água no bairro Alto do Cocar, em Petrolina (PE), segundo os moradores, é um problema antigo. Nos últimos meses, o desabastecimento vem se agravando, e para cobrar providências da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a população local fará uma manifestação, nesta quinta-feira (13).

O protesto está marcado para às 7h, na Praça do Bairro, em frente à Paróquia São Vicente de Paulo. De acordo com os organizadores, a manifestação será concentrada na Praça.

“Eu tive uma reunião com João Raphael em 2017, passei a problemática para ele, principalmente da falta de água e pressão aqui no Alto do Cocar, e nunca foi nos dado uma resposta, nenhum técnico veio aqui para averiguar a situação, os anos se passaram, cada dia foi piorando, e hoje a gente vive de lata ‘água na cabeça”, disse a líder comunitária, Brenda Seforah.

Após 60 bairros de Petrolina ficarem sem água, Compesa é notificada pelo Prodecon 

(Foto: Ascom/PMP)

O Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) notificou na manhã desta quinta-feira (26), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) devido ao registro da interrupção de abastecimento de água em quase 60 bairros de Petrolina, sem comunicação prévia.

LEIA TAMBÉM

Curto-circuito causou falta de água em Petrolina nesta quarta, segundo Compesa

“Essa é uma situação que vem se repetindo com frequência no município, porém, desta vez, a situação foi muito crítica, além do período de dois dias e a quantidade de bairros sem o abastecimento, muitos petrolinenses foram prejudicados em suas tradicionais comemorações de Natal e isso é uma falta de respeito com os consumidores”, ressaltou Dhiego Serra, Diretor Presidente do Prodecon.

LEIA MAIS

Atenção: falta de água provoca suspensão de atendimento na Unidade de Saúde do Gercino Coelho

(Foto: Ascom/PMP)

Os atendimentos na Unidade de Saúde da Família (USF) Roza Maria Ribeiro, no bairro Gercino Coelho, em Petrolina (PE) estão suspensos na tarde desta segunda-feira (16). A informação é da prefeitura, segundo a gestão municipal, o motivo é a falta d’água que atinge a comunidade, o que gerou desabastecimento na unidade.

“Pela manhã, os serviços foram realizados, mas a falta d’água impede a continuidade dos atendimentos nesta tarde. Segundo os funcionários, não há água para limpar o prédio, nem nos bebedouros ou banheiros”, diz o comunicado da prefeitura.

LEIA MAIS

Desabastecimento da Adutora de Curaçá provoca falta d’água no distrito de Pinhões, em Juazeiro

(Foto: Ilustração)

Em comunicado divulgado pelo Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE de Juazeiro,a prefeitura de Juazeiro esclareceu a falta de água no distrito de Pinhões, zona rural da cidade.

De acordo com o SAAE, a falta d’água registrada nos últimos dias na sede do distrito de Pinhões está sendo provocada pelo desabastecimento da ‘Adutora do Forró’, de responsabilidade do SAAE de Curaçá (BA).

“O Setor de Divisão do Interior do Serviço de Água e Saneamento Ambiental – SAAE/Juazeiro constatou o esvaziamento da tubulação e a paralisação no sistema de captação. Vale ressaltar que existe um acordo entre os dois SAAEs, e que a direção em Juazeiro já está buscando uma solução para a resolução do problema”, diz o comunicado.

Sem água em casa, moradores do Centro de Petrolina e do N-7 cobram providências da Compesa

Moradores do Centro de Petrolina e do Núcleo 7 (N-7) do Projeto Senador Nilo Coelho, zona rural da cidade, entraram em contato com o Blog Waldiney Passos, nesta quinta-feira (5), para denunciar a falta de água nas referidas localidades.

Segundo os denunciantes, no Centro da cidade, as casas estão sem água desde ontem (4). Já no N-7, os transtornos são ainda maiores, pois os moradores estão sem água desde o último domingo (1).

“Até o momento a água não chegou nas torneiras, todo dia tá faltando água no centro de Petrolina. Bairros vizinhos também têm sofrido a mesma situação, e os moradores já não sabem o que fazer”, relata um morador.

Diante das reclamações, procuramos a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), para saber o que provocou o desabastecimento nas localidades, bem como qual a previsão para a normalização do abastecimento. Até o momento não obtivemos resposta.

Compesa emite nota sobre falta de água no bairro Pedra Linda

(Foto: Ilustração)

O Blog Waldiney Passos publicou nesta terça-feira (22), uma matéria sobre a falta de água no bairro Pedra Linda, em Petrolina (PE). Há três dias a população sofre com o desbastecimento, que segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), foi provocado para possibilitar a realização de manutenção no sistema.

LEIA TAMBÉM

Moradora do Pedra Linda solta o verbo contra Compesa

Em nota enviada ao Blog, a Compesa ratificou a causa da falta de água no referido bairro, e informou que o abastecimento deve ser normalizado até amanhã. Confira a íntegra da nota:

“A Compesa esclarece que os bairro Pedra Linda estava entre os que, no final da última semana, tiveram uma paralisação no abastecimento para manutenção programada no sistema, conforme amplamente divulgado. O sistema já foi reativado e o abastecimento está sendo retomado gradativamente. A previsão é de que amanhã as pressões estejam normalizadas em toda a cidade.”

Sem água há três dias, moradores do Serrote do Urubu cobram providências da Compesa

(Foto: Ilustração)

Há três dias, moradores do Serrote do Urubu, em Petrolina (PE), estão sem água. Diante dos transtornos provocados pelo desabastecimento, a população local cobra providências da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

“Aqui no Serrote do Urubu moramos na beira d’água e já tem três dias sem água. Cadê a Compesa q não vem fiscalizar esses bombeiros q não estão regularizando e mandando água para as casas? Será q estão trabalhando em outro lugar? Roças vizinhas desviando água da comunidade deixando nós a mercê de água na beira do rio?”, questiona um morador da referida localidade.

LEIA MAIS

Moradores do bairro José e Maria denunciam falta d’água que já dura dois dias

Nesta sexta-feira (11), moradores  do bairro José e Maria, em Petrolina (PE), entraram em contato com o Blog Waldiney Passos para denunciar a falta d’água que já dura dois dias, na referida localidade.

De acordo com a população, o desabastecimento ocorre desde ontem (10). Diante dos transtornos, os moradores cobram providências da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Compesa para saber o que motivou a falta de água, bem como quando o abastecimento será normalizado. Até o momento não obtivemos resposta da da Companhia.

Desabastecimento no povoado de Pau Ferro pode ter sido provocado por desvios de água, diz nota da Compesa

(Foto: Ilustração)

O Blog Waldiney Passos publicou, na última segunda-feira (7), uma matéria sobre a falta de água no povoado de Pau Ferro, zona rural de Petrolina (PE). Segundo os moradores da referida localidade, há mais de 14 dias a população vem sofrendo com os transtornos provocados pelo desabastecimento.

Em nota enviada ao Blog, nesta quarta-feira (9), a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) afirmou que a falta d’água pode ter sido provocada por desvios de água. Fiscalizações estão sendo feitas, e de acordo com a Compesa, o abastecimento já está sendo normalizado. Confira a íntegra da nota:

“A Compesa informa que continua trabalhando na fiscalização ao longo da Adutora Maria Coelho a fim de identificar possíveis desvios no sistema de abastecimento, que afetam diretamente a distribuição de água na localidade de Pau Ferro. A equipe segue monitorando a vazão do sistema, que teve aumento, e garantiu melhorias na distribuição da parte baixa da comunidade, onde a água já começou a chegar e segue realizando testes para normalizar o abastecimento também na parte alta. O calendário de abastecimento também passou por uma reestruturação para que as comunidades abastecidas pela Adutora, consigam receber água dentro do período previsto pelo cronograma.”

Moradores do povoado de Pau Ferro denunciam falta de água e cobram providências da Compesa

Moradores do povoado de Pau Ferro, zona rural de Petrolina (PE), estão sem água há 14 dias. A população local denuncia o desabastecimento e cobra providências da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

“Alunos não estão indo à escola devido por conta da falta de água. Idosos passando por situação complicada. A única caixa de água que o distrito tem está desativada há mais de três anos, e a mesma corre risco de desabar em cima da escola ou residência devido ferrugem”, disse um morador.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Compesa, para saber o que provocou a falta de água, bem como a previsão para a normalização do abastecimento. Até o momento a Companhia não se pronunciou sobre a denúncia.

Petrolina: moradores do bairro São José sofrem com falta d’água desde quinta-feira

Desde a última quinta-feira (26), os moradores do bairro São José, zona leste de Petrolina (PE), estão sem água. Sofrendo com o desabastecimento, eles denunciam o problema e cobram providências da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

“A Compesa tem que informar aos moradores da falta de água. Estamos sem água desde quinta, novamente sem água hoje, e nada da Compesa nos avisar”, diz uma moradora.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a Compesa, para saber quando o abastecimento será normalizado, mas até o momento a Companhia não se pronunciou sobre a falta de água no bairro São José.

Moradores do bairro Vasco da Gama reclamam de falta d’água e questionam esquema de rodízio realizado pela Compesa

As reclamações de falta d’água no bairro Vasco da Gama, em Lagoa Grande (PE), são constantes. O Blog Waldiney Passos recebe diariamente demandas dos moradores que estão insatisfeito com o esquema de rodízio de abastecimento realizado pela Compesa, na localidade.

Na última semana, um morador do bairro Vasco da Gama entrou em contato com nossa equipe, para mais uma vez, denunciar o desabastecimento. ” Todo final de semana falta água”, disse o denunciante.

LEIA MAIS

Cano estourado provoca falta de água no bairro José e Maria, em Petrolina

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Moradores do bairro José e Maria, zona norte de Petrolina (PE), estão sofrendo desde ontem (11) com a falta de água. De acordo com informações da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), o desabastecimento foi provocado pelo estouramento de um cano, nas proximidades da Rua São Francisco do referido bairro.

Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, a Compesa afirmou que as equipes já estão no local para realizar o concerto da tubulação, com previsão de término para o fim do dia de hoje (12). O abastecimento deve ser normalizado gradativamente.

“As equipes da Companhia trabalham desde cedo no conserto da tubulação com previsão de conclusão para o final do dia de hoje, segunda-feira, 12. Assim que finalizado o reparo, o sistema de abastecimento do bairro, voltará ao normal de forma gradativa”, diz a nota.

SAAE explica falta de água, em Juazeiro, e diz que o abastecimento será normalizado

(Foto: Ilustração)

No início da tarde desta quarta-feira (12), publicamos uma matéria sobre a falta de água nos bairros Tabuleiro e Novo Encontro, em Juazeiro (BA). Os moradores dos bairros entraram em contato com o nosso blog e denunciaram a falta de água que assolava as comunidades há mais de três dias.

Sobre a falta de água, o Serviço de Água e Saneamento Ambiental de Juazeiro (SAAE), responsável pelo abastecimento da cidade, informou que o motor da bomba que abastece os bairros citados quebrou e por isso, o abastecimento foi prejudicado.

O SAAE explicou que só na tarde desta quarta-feira, conseguiu a peça que vai resolver o problema, e adiantou que as equipes de engenharia elétrica já estão fazendo o reparo, e que o serviço será normalizado ainda hoje.

Moradores de Juazeiro reclamam de falta d’água

(Foto: Ilustração)

Sem água há quatro dias, moradores do bairro Tabuleiro, em Juazeiro (BA), não sabem mais a quem recorrer. Alguns já compraram água mineral para beber e cozinhar, e outros estão pegando água na casa de vizinhos que têm reservatório.

“É muito preocupante, precisamos de água o mais rápido possível, não estamos conseguindo nem fazer as atividades de casa, nós temos uma idoso e criança em casa, nós estamos nos deslocando para outros bairros para conseguir água. O SAAE precisa dá uma reposta para os moradores. Nós estamos sem esperança, sem saber quando vai voltar o abastecimento de água”, afirma Jéssica Raiane, moradora do bairro Tabuleiro.

Para os moradores, a situação é insustentável. “Já é o segundo dia que eu compro água pra beber, desde domingo nós estamos sem água, e o SAAE nem nos avisou. É uma falta de respeito”, disse um morador que não quis se identificar.

LEIA TAMBÉM

Câmara de Vereadores de Juazeiro aprova crédito especial de quase R$ 300 mil para SAAE

Em algumas residências a água está chegando aos poucos, mas na maioria das casas a situação é precária. Pelas ruas do bairro, várias pessoas são vistas com baldes na cabeça em busca de água.

Bairro Novo Encontro

No bairro Novo encontro, em Juazeiro, a situação não é diferente. Segundo Richard William, morador do bairro, desde a última segunda-feira (10) não tem água nas casas. “Não fomos avisados, estamos passando por dificuldades. Tentamos ligar para o SAAE, mas a ligação não completa. Nós queremos uma resposta”, disse.

123