Casa Nova registra 7 casos positivos do novo coronavírus e prefeito decreta toque de recolher em Distrito com 6 casos

Wilker Torres, prefeito de Casa Nova (BA).

Em live realizada na noite desta sexta-feira (22), o prefeito Wilker Torres, do município de Casa Nova (BA), na região norte do estado da Bahia, anunciou o registro de 7 casos do novo coronavírus. 6 destes pacientes, trabalham em fazendas de produção de frutas no Distrito de Santana do Sobrado. O outro paciente pertence ao quadro de funcionários da rede municipal de saúde.

O prefeito também anunciou toque de recolher no Distrito de Santana das 22h às 4h30 do dia seguinte. Decretou também o fechamento da feira livre do Distrito e da Sede do Município, fechamento dos comércios não essenciais do dia 25 a 31 de maio e suspensão de cultos religiosos presenciais. Ficam abertas a lojas de defensivos agrícolas, lojas de rações, lojas de peças de veículos, supermercados, padarias e açougues.

Prefeitura de Senhor do Bonfim volta a fechar comércio e feira livre para evitar proliferação do novo coronavírus

Em novo decreto, a vigorar a partir de zero hora de segunda-feira (18), o comércio será fechado mais uma vez. A suspensão dessa atividade será, a princípio, por 07 dias. Sábado próximo, dia 23, também não será realizada a feira livre.

O Prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro, usou mais uma vez o Facebook oficial da prefeitura para dar novas informações a respeito do trabalho do governo municipal de combate ao novo coronavírus.

O gestor inciou falando sobre o Portal da Transparência e explicou porque os vereadores da base decidiram votar contra um Projeto de Lei na Câmara Municipal na última quinta-feira, dia 14, que previa a criação de um portal municipal para divulgar receitas e despesas relacionadas ao combate à Covid-19.

Segundo afirmou, no Portal da Transparência da Prefeitura Municipal já consta uma aba referente a todos os recursos aplicados no combate à pandemia, podendo ser acessada por todos os munícipes.

Governador Paulo Câmara prorroga fechamento do comércio até 31 de maio

Governador Paulo Câmara. (Foto: Aluísio Moreira /SEI)

A suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais e prestadores de serviço em Pernambuco foi prorrogada até o dia 31 de maio, por determinação do governador Paulo Câmara. A exceção fica para as atividades consideradas essenciais, previstas no decreto estadual nº 49.024/2020, que estabelece o período de quarentena em cinco municípios da Região Metropolitana do Recife, entre os dias 16 e 31 de maio, como estratégia para ampliar o isolamento social e reduzir a curva de transmissão do novo coronavírus no Estado.

A prorrogação do prazo de fechamento do comércio, indústria e empresas prestadoras de serviços está prevista no artigo 15º do decreto estadual, publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (15). O mesmo documento trata da intensificação de medidas restritivas da quarentena determinada pelo Governo do Estado no início da semana, e que entrará em vigor a partir deste sábado (16) no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

Entre as medidas adotadas está o rodízio de veículos em dias alternados, de acordo com o último numeral da placa (par ou ímpar). A restrição à circulação de veículos e o fortalecimento da fiscalização nas ruas e em estabelecimentos comerciais são medidas que visam coibir ao máximo a circulação de pessoas nessas cinco cidades, que concentram mais de 70% das notificações de contaminação pela Covid-19 no Estado. O isolamento social é cientificamente comprovado como a forma mais eficiente de evitar a transmissão do vírus.

Templos religiosos e camelódromo devem permanecer fechados em Juazeiro

Após prorrogar até 10 de maio o fechamento do comércio, o prefeito de Juazeiro (BA) Paulo Bomfim também estendeu a proibição de abertura aos templos religiosos, camelódromo, salões de beleza, centros estéticos e feiras livres.

LEIA TAMBÉM

Prefeito prorroga fechamento do comércio e de outros serviços não essenciais em Juazeiro até o dia 10 de maio

Através do Decreto n° 372/2020, publicado no Diário Oficial dessa sexta-feira (1°), a Prefeitura também orienta aos comerciantes. Eles poderão abrir as portas apenas para o “recebimento de prestação aos clientes”.

O número de pessoas no local deve ser de no máximo seis ao mesmo tempo e os empresários devem fazer a demarcação do espaço entre cada. O uso de máscaras aos funcionários permanece obrigatório. Esse item, inclusive, se tornará obrigatório na próxima semana em toda Bahia, após sanção de lei pelo governador Rui Costa (PT).

Comércio de Juazeiro permanecerá fechado até 2 de maio

Comércio ficaria fechado até 30 de abril (Foto: Blog Waldiney Passos)

O comércio de Juazeiro (BA) permanecerá fechado, pelo menos até 2 de maio. Paulo Bomfim optou pela prorrogação dos decretos, estendendo a medida que previa o fechamento até 30 de abril. De acordo com o Decreto n° 342/2020, as feiras públicas e eventos religiosos também estão vetados até o próximo mês.

Outro ponto do Decreto publicado no Diário Oficial de segunda-feira (20) é a recomendação para uso de máscaras de proteção individual a quem precisar sair de casa. Aos donos de estabelecimentos comerciais a Prefeitura também orienta sobre a disponibilização de álcool em gel aos clientes e máscaras aos funcionários.

Juazeiro já tem transmissão comunitária do covid-19 e contabilizou um óbito na última semana. A cidade já soma mais de 100 notificações pelo novo coronavírus e tem reforçado aos juazeirenses que cumpram o isolamento social.

Paulo Afonso adota medidas restritivas e limita funcionamento do comércio durante pandemia

Atividades esportivas e eventos religiosos estão vetados

Paulo Afonso, na Bahia, ainda não tem casos confirmados do novo coronavírus, mas desde o início da pandemia tem adotado medidas preventivas como implantação de barreiras sanitárias e fechamento do aeroporto. Através de um novo decreto, a Prefeitura limitou o funcionamento do comércio e realização de atividades esportivas, culturais e religiosas.

O Decreto n° 5.776/2020 também suspende por 10 dias, a partir desta terça-feira (21), a visitação aos pontos turísticos, obras da construção civil – com exceção das essenciais – funcionamento de salões de beleza e do comércio. Será permitida apenas a abertura de supermercados, padarias e demais estabelecimentos considerados essenciais ao dia-a-dia.

Até a última quinta-feira (16) Paulo Afonso tinha 138 pacientes monitorados, com sintomas de covid-19. Cinco casos eram considerados suspeitos, 41 testaram negativo e nenhum deu positivo.

Governo de Pernambuco prorroga decretos: comércio permanece fechado até 17 de abril

Lojistas devem obedecer recomendação do Estado (Foto: Divulgação)

O Governo de Pernambuco renovou três decretos publicados durante a pandemia do novo coronavírus. Sendo assim, o comércio, obras de construção civil, shoppings centeres, bares e restaurantes (permitido apenas o delivery) academias, clubes sociais, além de salões de beleza devem permanecer fechados até pelo menos 17 de abril.

LEIA TAMBÉM

Comércio de Petrolina seguirá fechado até nova orientação do Estado, afirma Miguel Coelho

Urgente: Paulo Câmara determina fechamento do comércio em Pernambuco

A medida é preventiva, adotada em meio ao surgimento de novos casos confirmados no Estado. Já na educação, universidades e unidades escolares de ensino público ou privado seguirão fechadas até 30 de abril.

As determinações foram publicadas no Decreto 48.881/2020, sancionado pelo governador Paulo Câmara (PSB) no dia 3 de abril e publicado no Diário Oficial na edição de sábado (4) e já estão valendo.

Comerciantes de Juazeiro burlam fiscalização durante pandemia do coronavírus

Estabelecimento comercial está desobedecendo decretos em Juazeiro

O comércio de Juazeiro (BA) está fechado desde o dia 24 de março, após a Prefeitura publicar com medidas preventivas ao novo coronavírus. Contudo, nem todos os empresários e microempreendedores dos serviços considerados não essenciais estão seguindo as normas.

O Blog Waldiney Passos recebeu uma denúncia anônima via WhatsApp. A imagem mostrada acima foi feita na Rua Quintino Bocaiuva, Centro da cidade. De acordo com o leitor, os proprietários de uma loja de artigos para confecções estão driblando o decreto com o famoso “jeitinho brasileiro”.

“A loja está funcionando, eles abrem e colocam os clientes para dentro e depois fecham. Se eles podem fazer isso então todos podem fazer também“, argumentou o denunciante que procurou a Prefeitura para denunciar a situação, mas não teve retorno.

Nossa Produção também entrou em contato com a Prefeitura de Juazeiro, mas desde ontem (1º) aguarda uma resposta acerca da denúncia. Deixamos o espaço do Blog aberto aos questionamentos feitos por nossa equipe.

Com comércio paralisado, CDL de Juazeiro orienta empresários a se planejarem para o futuro

Comércio está de portas fechadas desde o dia 24/03 (Foto: Blog Waldiney Passos)

Ainda não há uma previsão de quando o comércio de Juazeiro (BA) poderá voltar a normalidade. Os decretos municipais e estaduais continuam em vigência por conta da pandemia do novo coronavírus. Em meio a tantas incertezas a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) emitiu uma orientação aos empresários.

LEIA TAMBÉM

Fake news: Sindcom de Juazeiro desmente reabertura do comércio a partir de segunda-feira

Prefeitura de Juazeiro decreta fechamento de comércio na próxima terça

É hora de planejar o futuro, de acordo com a CDL. Isso porque as portas dos comércios foram fechadas desde o dia 24 de março e muitos comerciantes não têm capital de giro. “Nossa orientação é que cada lojista busque no seu contador as informações necessárias para auxiliar no planejamento e nas decisões dos próximos meses“, salienta a CDL.

LEIA MAIS

Mesmo com decreto, comerciantes descumprem medidas na periferia de Petrolina

Comerciantes da Av. Simão Durando estão descumprindo decretos (Foto: Reprodução/Google Maps)

A Redação do Blog Waldiney Passos recebeu, entre a segunda e terça-feira (23 e 24) várias denúncias de leitores sobre o descumprimento dos decretos estadual e municipal, os quais determinam o fechamento do comércio em Petrolina.

Todas as queixas são de um único bairro, o São Gonçalo, onde na Avenida Simão Durando vários empresários estão abrindo as portas e dando um jeitinho de burlar a fiscalização. “Estão trabalhando com meia porta aberta, a polícia passa e não manda baixar“, relatou um comerciante que está cumprindo com as recomendações dos governos.

Prefeitura intensifica fiscalização

A Prefeitura de Petrolina informou em nota que a equipe de fiscalização “está trabalhando de forma incansável para que as determinações dos decretos municipais e estaduais sejam cumpridas pela população” e reforçou os telefones para denúncias: Central de Atendimento, 153 ou (87) 98106-7310 (WhatsApp), e pela Ouvidoria Municipal, no 156 ou (87) 99190-7475 (WhatsApp).

Confira a íntegra da resposta:

LEIA MAIS

Urgente: Paulo Câmara determina fechamento do comércio em Pernambuco

Governador anunciou medida nessa manhã

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) anunciou há pouco mais medidas de enfrentamento ao novo coronavírus no Estado. A mais nova determinação é, a partir de domingo (22), o fechamento do comércio, serviços e obras de construção civil.

“Estamos adotando novas medidas para retardar ao máximo o avanço da epidemia do coronavírus em nosso Estado. A partir do próximo domingo, dia 22 de março, vamos determinar o fechamento do comércio, serviços e das obras da construção civil“, anunciou Câmara.

Serviços essenciais são mantidos

A determinação não abrange serviços como supermercados, padarias, mercadinhos, farmácias, postos de gasolina, casas de ração animal, depósitos de água mineral e gás, além de obras e serviços essenciais, como hospitais, abastecimento de água, gás, energia e internet.

Segundo o governador, essa nova medida busca fazer com que o máximo de pessoas fiquem em casa, evitando o contato social. “Precisamos nesse momento que o maior número possível de pessoas fique em casa para que tenhamos o mínimo de contato social”, disse.