Autoridades lamentam morte de presidente da Fecomércio

O presidente do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Josias Albuquerque morreu no sábado (2), aos 82 anos em decorrência de doença hepática e falência múltipla dos órgãos. Josias deixou esposa, dois filhos e cinco netos. Sua morte repercutiu em Pernambuco e diversas autoridades lamentaram sua partida.

Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho emitiu uma nota destacando que Josias “representa a criatividade e a capacidade de trabalhar do povo pernambucano”. O gestor lembrou as mais de duas décadas do presidente a frente da Fecomércio.

De Brasília (DF) o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) lembrou a amizade que tinha com Josias. “Lamento muito a perda do meu amigo Josias Albuquerque, que tanto trabalhou pela geração de empregos em nosso estado”, escreveu.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Petrolina também se pronunciou, através do seu presidente Manoel Vilmar. ‘Professor Josias’, como era carinhosamente conhecido, nos deixa a lição de empreendedorismo que caracterizou sua trajetória dehomem simples que conquistou a admiração de todos” afirmou a entidade.

Já o deputado federal Silvio Costa Filho ressaltou que apesar da morte, o trabalho de Josias “sempre será lembrado e reconhecido. Josias foi velado e sepultado ainda no sábado, em Paulista.

Atualização do Código Comercial Brasileiro é tema de audiência amanhã (27)

A Reforma do Código Comercial (CCC) será tema de uma audiência pública agendada para 10h desta sexta-feria (27), no Recife. Esse será o décimo encontro sobre o tema, que é organizado pela Comissão Temporária para Reforma.

A Comissão é presidida pelo senador Fernando Bezerra Coelho e o objetivo é ouvir especialistas no tema, a fim de tornar o Código mais próximo da realidade do comércio brasileiro.

O Código foi criado em 2003 e a audiência pública com o tema“Atualização e sistematização das normas comerciais e empresariais brasileiras”  terá a participação professores e representantes de entidades, a exemplo da Fecomércio.

Audiência Pública no Recife discute atualização e sistematização das normas comerciais brasileiras

Foto: (Marcos Oliveira/Agência Senado)

Nesta sexta-feira (27) uma audiência pública vai debater a atualização e sistematização das normas comerciais e empresariais brasileiras. O evento acontecerá no Recife, às 10h e será coordenado pelo senador Fernando Bezerra Coelho (MDB).

Fernando é presidente da Comissão Temporária para a Reforma do Código Comercial. Além dele estão confirmadas a presença do professor de Direito Comercial da PUC-SP, Fábio Ulhoa Coelho, o professor chefe do Departamento de Teoria Geral do Direito e Direito Privado da UFPE, Ivanildo Figueiredo e o presidente da Fecomércio, Josias Albuquerque.

Com informações da Folha de Pernambuco

Em Petrolina, expectativa do comércio para as vendas de fim de ano é positiva

(Foto: Ilustração)

Segundo informações divulgadas pela Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina (Sindilojas), a expectativa é de fechar o ano com um volume de vendas superior 5% ao do mesmo período do ano passado.

Desde o final do mês de outubro, o comércio de Petrolina começou a ganhar o colorido do período natalino para atrair a clientela.  “Iniciamos a venda dos produtos de Natal desde o início da segunda quinzena de outubro e estamos oferecendo aos nossos clientes uma diversidade de artigos que inclui pisca pisca, enfeites para árvores e ceias, gorros de Papai Noel, dentre outros”, destaca o gerente de loja do Centro de Petrolina, Gleydson Cruz.

De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina (Sindilojas), Joaquim de Castro, o segmento varejista deve seguir uma tendência apontada recentemente por pesquisas da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Pernambuco (Fecomércio) e fechar o ano com um volume de vendas superior 5% ao do mesmo período do ano passado.

“A economia do país já sinaliza uma recuperação. Isso deve se refletir no ânimo do consumidor. E, naturalmente, este é um período em que muitas pessoas aproveitam o décimo terceiro para auxiliar nas compras dos produtos natalinos. Então, estamos confiantes de que a movimentação financeira será propositiva”, acredita Joaquim de Castro.

Em Pernambuco pesquisa registra queda de mais de 40% nas compras de natal

(Foto: Ilustração)

O Fercomércio-PE divulgou uma pesquisa pouco animadora para os comerciantes, segundo os dados coletados, no estado de Pernambuco quase metade dos consumidores decidiu reconsiderar as compras de dezembro. Nos cenários mais otimistas da economia a média de aquisições, em 2016, deve se assemelhar ao desempenho de 2015.

A pesquisa feita com 1.400 consumidores, em todo o estado concluiu que a intenção de consumo das famílias para o fim do ano diminuiu de 62,4% para 57,9%.

Esse período de festas de fim de ano são o momento de maior intensidade no comércio e 2016 já é o segundo ano consecutivo de recessão na economia brasileira. Para o economista Rafael Ramos, do Instituto Fecomércio, os lojistas não fizeram investimentos otimistas neste ano. Isso significa que, além da baixa oferta de produtos, os preços não tendem a baixar, exceto em janeiro.

“As lojas já acumulavam a baixa nas vendas durante o ano inteiro e, por isso, não deve haver muitas promoções neste período. A única perspectiva de baixa é em janeiro, como tradicional”, disse Rafael.

Ele afirma que a expectativa de demanda era baixa e, por isso, o investimento foi bastante retraído. Ainda de acordo com a Fecomércio, uma pesquisa mostra que ao menos 46% dos empresários esperam vender menos em dezembro.

Com informações G1 Pernambuco