Mulher é morta a tiros em Juazeiro

(Foto: Reprodução/Whatsapp)

O crime ocorreu na noite desta terça-feira (9), no bairro João Paulo II. De acordo com informações de testemunhas, era por volta das 21h e a jovem Camila Galdino tinha acabado de sair de uma comemoração por ocasião do aniversário da avó.

Sem possibilidade de defesa, a moça foi alvejada por vários disparos de arma de fogo. O SAMU foi acionado e prestou os primeiro socorros a vítima, mas ela não resistiu. Os autores e as razões para o crime ainda são desconhecidos. Ainda de acordo com informações de moradores do bairro, Camila Galdino tinha duas filhas.

Homem acusado de matar ex-namorada em Paulo Afonso é preso depois de oito meses do crime

(Foto: Polícia Civil)

O autor do feminicídio de Rosane Carla da Silva, morta com golpes de faca em maio de 2020, no município de Paulo Afonso, teve o mandado de prisão cumprido nessa sexta-feira (23). Ele se apresentou na Delegacia Territorial da cidade, na companhia de um advogado.

Segundo a delegada Antônia Jane, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam/Paulo Afonso), que investigava o caso, o homem assassinou a ex por não aceitar o fim do relacionamento. A vítima pôs fim ao namoro justamente pelo ciúme excessivo do feminicida.

LEIA MAIS

Paulo Afonso: suspeito de forjar suicídio de companheira é preso

O homem apontado como autor de um feminicídio registrado em Paulo Afonso (BA) no final do ano passado foi preso pela polícia nessa semana. Ele, que não teve sua identidiade divulgada pelas autoridades, é o principal suspeito de forjar um suicídio em novembro de 2020 e estava foragido desde então.

LEIA TAMBÉM

Polícia procura suspeito de feminicídio em Paulo Afonso

Ele foi preso na quarta-feira (13). No dia 20 de novembro de 2020 Cínthia da Silva foi morta pelo ex-companheiro, que chegou a acionar a polícia relatando o suposto suicídio. Entretanto, as provas periciais obtidas ao longo da investigação comprovaram que a vítima não havia tirado a própria vida.

LEIA MAIS

Mulher é morta a facadas na zona rural de Sobradinho

Mais um feminicídio foi registrado na região no mês de janeiro. Uma mulher foi morta a golpes de faca na madrugada dessa terça-feira (12), em Sobradinho, região Norte da Bahia. A vítima foi identificada como Mislene de Souza, de 34 anos.

Mislene foi morta no Povoado de Correnteza, zona rural do município. O principal suspeito de cometer o crime é um homem apontado como companheiro da vítima. Segundo relatos, ele já teria sido violento outras vezes. Ele fugiu após cometer o feminicídio. A Polícia Civil da Bahia investiga o crime.

Mulher é morta a facadas em Petrolina

Mais um feminicídio foi registrado em Petrolina. Uma mulher de 28 anos foi morta a golpes de faca na noite de quarta-feira (30), na região da Ponta da Serra, zona rural de Petrolina. Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, Nilda Pinheiro foi golpeada pelo ex-companheiro.

Valdir da Costa, de 80 anos, desferiu golpes com canivete na vítima. A polícia acredita que o crime tenha sido motivado por ciúmes. Nilda chegou a ser socorrida com vida ao Hospital Universitário de Petrolina, mas não resistiu e morreu na unidade.

A Polícia Civil prendeu Valdir em flagrante delito e também apreendeu a arma utilizada no feminicídio. Não há informações sobre velório e sepultamento da vítima.

Polícia procura suspeito de feminicídio em Paulo Afonso

(Foto: Polícia Civil)

Um homem acusado de matar a companheira está sendo procurado pela Polícia Civil de Paulo Afonso. A Justiça expediu um mandado de prisão temporária contra ele, na manhã desta terça-feira (22), após a Polícia Técnica comprovar que o mesmo havia tirado a vida da mulher com quem convivia por asfixia.

O suspeito, de iniciais C. A. dos S., tentou convencer os Policiais que sua companheira, teria cometido suicídio, mas a perícia derrubou a tese do suposto assassino. Cintia Maria da Silva foi encontrada morta dentro de casa, no dia 10 de novembro, no condomínio Beira Rio, localizado na Rua Rio Zaire, no Bairro Moxotó, na cidade de Paulo Afonso (BA).

De acordo com a delegada titular da Delegacia da Mulher, Antônia Jane de Araújo, o marido de Cíntia tentou simular um suicídio para despistar a polícia. “No local, a vítima foi encontrada com sulco na parte inferior do pescoço, com a cena do crime totalmente descaracterizada, que o autor tentou simular um suicídio, quando na verdade este matou por asfixia mecânica a própria esposa”, relatou a delegada.

Araripina: mulher é morta a facadas, ex-companheiro é o principal suspeito 

Uma mulher foi morta a facadas no domingo (24), no bairro Alto da Boa Vista, em Araripina, Sertão de Pernambuco. O principal suspeito de cometer o feminicídio é ex-companheiro da vítima.

De acordo com a 9ª CIPM, uma equipe foi acionada por volta de 8h30 e encontrou a vítima já sem vida, com várias perfurações de faca no corpo.

Testemunhas relataram que o ex-companheiro dela teria cometido o crime, fugiu em seguida e até o momento não foi localizado. A Polícia Civil investiga o caso.

Homem mata esposa no Piauí por causa de dinheiro do auxílio emergencial

Uma mulher identificada como Marlene Silva Santos, de 28 anos, foi assassinada a facadas durante a noite da última quarta-feira (20), na cidade de Caracol, a 600 km de Teresina. O companheiro dela foi preso pela Polícia Militar e confessou o crime, afirmando que os dois haviam discutido porque ela não queria dividir com ele o dinheiro do auxílio emergencial do Governo Federal. O homem foi encaminhado para a delegacia de São Raimundo Nonato.

Segundo a Polícia Militar, Marlene chegou a ser atendida por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu a caminho do hospital.

Dois homens foram presos suspeitos pelo crime. O companheiro da vítima, identificado apenas como Leonardo, de 24 anos, se apresentou a Polícia Militar depois de passar cerca de duas horas escondido em um matagal. O outro preso seria amigo de Leonardo, e teria participado do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Com infirmações do portal SRN

Comissão de Direitos Humanos de Petrolina cobra punição a autor de feminicídio no Jardim Amazonas

Comissão cobra punição ao companheiro da vítima (Foto: Blog Waldiney Passos)

O feminicídio de Kézia Homeilly, jovem de 32 anos morta a facadas pelo companheiro no final de semana no bairro Jardim Amazons, gerou comoção e revolta na população de Petrolina. Nessa segunda-feira (13) a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara de Vereadores emitiu uma nota cobrando a punição de Tiago Targino.

LEIA TAMBÉM

Tragédia: Polícia confirma morte de mulher com 14 facadas em Petrolina; veja vídeo

“Diante de crime tão hediondo e que nos indigna, do aumento da violência contra a mulher, dos elevados números de feminicídio, exigimos justiça e maior investimento por parte dos governos municipal e estadual em políticas sociais, educacionais e culturais que gerem maior oportunidade de proteção para as mulheres do nosso município e, consequentemente, previna novas situações de violência“, pontua a nota.

A Comissão cita ainda a necessidade de se combater a cultura machista e se colocou à disposição de ajudar a família da vítima no que possível for. “Toda a nossa solidariedade à família de Kézzia. Nos colocamos à disposição para qualquer necessidade que possa ser mediada por essa Comissão“, conclui.

Leia a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Petrolina: vereadora Cristina Costa emite nota de pesar pelo o assassinato da professora Kezzia

(Foto: Redes Sociais)

A vereadora Cristina Costa (PT), Presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara de Vereadores de Petrolina, emitiu nota neste domingo (12), lamentando o assassinato da professora Kezzia Homeilly. O fato ocorreu na noite de ontem, sábado (11), na rua 8 do bairro Jardim Amazonas, na Zona Norte da Cidade. Kezzia foi assassinada com 14 facadas por seu ex-companheiro, que não aceitava o fim do relacionamento.

Leia na íntegra a nota da vereadora Cristina Costa – Comissão da Mulher.

LEIA MAIS

Juazeiro registra feminicídio em plena Semana Santa

Vítima foi morta durante a madrugada (Foto: Ilustração)

O feriado da Semana segue violento na região. Durante a madrugada do Sábado de Aleluia (11) a Polícia Militar da Bahia registrou um feminicídio no bairro Antônio Guilhermino, em Juazeiro. O principal suspeito do crime é irmão da vítima.

A Polícia Militar da Bahia foi acionada, mas já encontrou mulher sem vida dentro de uma residência. O irmão dela fugiu e até o momento não foi localizado. Uma das hipóteses é que os dois tenham discutido antes do crime.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Juazeiro. A Polícia Civil investigará o feminicídio e busca identificar a causa do crime.

Em menos de 24 horas, Petrolina registra dois homicídios e um feminicídio

(Foto: Ilustração)

Nos últimos dias, a onda de violência tem deixado a população de Petrolina (PE) assustada. Entre ontem (7) e hoje (8), em menos de 24 horas, o município registrou dois homicídios e um feminicídio.

LEIA TAMBÉM

Corpo de homem é encontrado na Orla de Petrolina

O primeiro caso ocorreu no N-5, zona rural de Petrolina. Um homem que não teve a identidade revelada, foi morto a tiros, na noite da última sexta-feira (7), na referida localidade, De acordo com informações da Polícia de Pernambuco, a vítima teria sido assassinada por pelo menos dois homens. O caso segue sendo investigado até que seja concluída a elucidação do crime.

Já na manhã de hoje (8), o corpo de homem foi encontrado às margens do Rio São Francisco, na Orla de Petrolina. A vítima teria sido assassinada a pauladas e pedradas. O corpo foi encaminhado par ao Instituto Médico Legal.

O terceiro crime teve como vítima uma mulher, natural da Bahia, que foi morta a facadas em sua residência, no bairro Vila Vitória, em Petrolina. O corpo da vítima de feminicídio, que ainda não teve a identidade revelada, foi encontrado na manhã deste sábado (8).

Polícia prende suspeito de atear fogo e matar ex-companheira na Mata Norte de Pernambuco

Jovem teve corpo queimado pelo ex-marido (Foto: Reprodução)

Ariclenes Pessoa dos Santos, suspeito de matar sua ex-esposa queimada na cidade de Itaquitinga, Zona da Mata Norte de Pernambuco, foi preso na quarta-feira (29). O crime só ganhou repercussão nessa semana, mas Thayslane Beatriz Teixeira da Silva, de 22 anos foi morta queimada no último dia 13 de janeiro.

O crime chocou a cidade que tem pouco mais de 17 mil habitantes. Ariclenes teria jogado combustível no corpo de Thayslane e depois ateado fogo nela. A vítima teve 70% do corpo queimado, chegou a ser socorrida no Hospital da Restauração (HR), na capital pernambucana, mas morreu na terça-feira (28), depois de 15 dias internada.

A Polícia Civil deve conceder coletiva de imprensa hoje, para dar mais detalhes do crime e motivações de Ariclenes. A população da cidade quer justiça e denuncia que os casos de violência contra a mulher são constantes em Itaquitinga.

Juazeiro: polícia prende autor de feminicídio no bairro Alto do Alencar

A polícia de Juazeiro (BA) conseguiu prender o homem apontado como autor de um feminicídio registrado no bairro Alto do Alencar, na noite de sábado (21). A ocorrência inicialmente foi apontada como latrocínio – roubo seguido de morte.

Marizete Maria da Silva, de 36 anos foi atingida por golpes de arma branca nas proximidades do Centro Social Urbano (CSU), decorrente de um suposto assalto. Contudo, depoimentos colhidos na cena do crime apontaram o companheiro da vítima como autor das facadas.

De acordo com a 17ª Coorpin, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e a ocorrência foi registrada como feminicídio.

Mulher é morta a facadas pelo companheiro no Residencial Vivendas, em Petrolina

Agressor chegou a ser socorrido, mas morreu (Foto: Ilustração)

Uma mulher foi morta a facadas na madrugada dessa segunda-feira (16) no Residencial Vivendas, em Petrolina. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, Edilene Xavier da Silva, de 44 anos foi morta pelo seu companheiro, identificado como Antônio Jonatian Silva Souza, mais conhecido como Tian, de 31 anos.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para verificar a ocorrência e ao chegar no local do crime encontrou Edilene já sem vida. Tian estava vivo, mas com um ferimento feito por objeto cortante. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu.

Vizinhos acreditam que Tian tenha cometido feminicídio e se matado em seguida, já que o casal havia se reconciliado há poucos dias. A polícia investiga o crime e preferiu não comentar detalhes do caso.

12345