Juazeiro: polícia prende autor de feminicídio no bairro Alto do Alencar

A polícia de Juazeiro (BA) conseguiu prender o homem apontado como autor de um feminicídio registrado no bairro Alto do Alencar, na noite de sábado (21). A ocorrência inicialmente foi apontada como latrocínio – roubo seguido de morte.

Marizete Maria da Silva, de 36 anos foi atingida por golpes de arma branca nas proximidades do Centro Social Urbano (CSU), decorrente de um suposto assalto. Contudo, depoimentos colhidos na cena do crime apontaram o companheiro da vítima como autor das facadas.

De acordo com a 17ª Coorpin, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e a ocorrência foi registrada como feminicídio.

Mulher é morta a facadas pelo companheiro no Residencial Vivendas, em Petrolina

Agressor chegou a ser socorrido, mas morreu (Foto: Ilustração)

Uma mulher foi morta a facadas na madrugada dessa segunda-feira (16) no Residencial Vivendas, em Petrolina. De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, Edilene Xavier da Silva, de 44 anos foi morta pelo seu companheiro, identificado como Antônio Jonatian Silva Souza, mais conhecido como Tian, de 31 anos.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada para verificar a ocorrência e ao chegar no local do crime encontrou Edilene já sem vida. Tian estava vivo, mas com um ferimento feito por objeto cortante. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu.

Vizinhos acreditam que Tian tenha cometido feminicídio e se matado em seguida, já que o casal havia se reconciliado há poucos dias. A polícia investiga o crime e preferiu não comentar detalhes do caso.

Acusado de matar ex-companheira em Lagoa Grande é condenado a 21 anos de prisão em júri

Familiares foram protestar pedindo justiça.

A cidade de Lagoa Grande (PE) parou, nessa segunda-feira (25), para acompanhar o julgamento de Josenildo Cardoso da Silva, que foi a júri popular na Câmara de Vereadores da cidade, acusado de ter assassinado sua ex-companheira.

O crime aconteceu no dia 6 de dezembro de 2016, no distrito de Vermelhos. Eliene da Silva Bezerra, de 28 anos, foi esfaqueada dentro de casa, pelo acusado na frente dos três filhos de um outro relacionamento.

LEIA MAIS

Por ciúmes da companheira, homem comete feminicídio em Campo Alegre de Lourdes

(Foto: Ilustração)

Um feminicídio foi registrado na madrugada desse sábado (19), na cidade de Campo Alegre de Lourdes (BA). De acordo com a Polícia Civil da Bahia, Brasiele dos Santos, de 29 anos foi morta com um tiro na cabeça pelo seu companheiro, Fabrício de Deus, de 32 anos.

O crime foi registrado no Centro da cidade, por volta de 3h20. Segundo a 17ª Coorpin, o casal havia saído para uma seresta na cidade. Em um determinado momento da festa Fabrício teria sentido ciúmes de Brasiele. Ao chegarem em sua residência, o casal discutiu.

Durante a briga Fabrício se armou com uma espingarda calibre .32, atirou contra a cabeça da vítima e em seguida se matou. O casal tinha um filho de cinco anos. Para a polícia o crime foi classificado como passional e será instaurado um Inquérito Policial para investigar o caso.

Acusado de matar ex-companheira a facadas na Areia Branca é condenado a 26 anos e 3 meses de prisão

Família da vítima protestou em frente ao Fórum, onde aconteceu o júri popular.

Na tarde desta sexta-feira (04), o ex-Policial Militar, Vanduir Ferreira de Lima, de 52 anos, foi condenado a 26 anos e 3 meses de prisão, além de indenização de 100 salários mínimos, por assassinar sua ex-companheira a facadas no bairro Areia Branca, em Petrolina (PE), no dia 29 de maio deste ano.

LEIA TAMBÉM

Familiares de vítima de feminicídio na Areia Branca protestam em frente ao Fórum

Para a relatora da comissão da mulher, vereadora Maria Elena, o momento é de tristeza, mas de incentivo à luta feminista no sertão nordestino.

“A gente está aqui representando cada mulher que é violentada, cada mulher apedrejada, a cada mulher principalmente assassinada. Nós estamos com o sentimento da mulher pernambucana, da mulher nordestina, sertaneja, da mulher petrolinense que se sentiu que se sentiu também um pouco assassinada, e pedindo a justiça que ele pegue a pena máxima”, disse.

LEIA MAIS

Familiares de vítima de feminicídio na Areia Branca protestam em frente ao Fórum

Na manhã desta sexta-feira (04), familiares e amigos de Patrícia Maria de Souza, de 31 anos, morta a facadas em maio deste ano, na Areia Branca, em Petrolina (PE), estiveram no Fórum da cidade, onde está acontecendo Júri Popular, para protestar em busca de justiça.

O autor do feminicídio, Vanduir Ferreira, de 52 anos, que está sendo submetido a julgamento era companheiro da vítima. Após o crime, o acusado fugiu para São José do Jacuípe, na região de Capim Grosso (BA).

Na época do crime havia uma medida protetiva a favor de Patrícia. No entanto, o criminoso desrespeitou a medida, entrou na casa da vítima e a assassinou.

Jovem atacada com ácido sulfúrico pelo ex-companheiro morre em Recife

Jovem estava no hospital desde o dia do crime.

Na noite dessa quinta-feira (25), faleceu a jovem que foi atacada com ácido sulfúrico pelo ex-companheiro, William César dos Santos Junior, de 30 anos, e por um amigo dele, Paulo Henrique Vieira dos Santos, de 23 anos, no dia 4 de julho, em Recife.

Mayara Estefanny Araújo, de 19 anos, estava internada no Hospital da Restauração desde o crime. Segundo parentes, o sepultamento será nesta sexta-feira (26), no município de Limoeiro.

Tentativa de feminicídio

A delegada responsável pelo caso, Bruna Falcão, entendeu que o ex-marido teve a intenção de matar a jovem contando com a ajuda do amigo e, por isso, os dois foram indiciados por feminicídio, com outras duas qualificadoras: meio cruel e emboscada.

LEIA MAIS

“Enquanto família, nós esperamos além de justiça, que ele fique preso”, diz irmã de Alice Nilza

Alice tinha 19 anos e foi morta, próximo ao Campus da UNEB, em Juazeiro (Foto: Facebook)

Quase seis meses após o assassinato de Alice Nilze Rodrigues, crime que chocou a região do Vale do São Francisco em janeiro deste ano, a família da jovem continua lutando por justiça e cobrando a condenação de Nielton Gonçalves Soares, acusado pelo crime bárbaro.

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, Holglas Rodrigues, Policial Militar e irmã da vítima, relatou como tem sido a rotina da família desde a morte da irmã caçula. “Foi uma perda repentina de uma jovem de 19 anos, atleta, estudante, que preenchia toda a casa. É algo que hoje, nós estamos lutando, até para sobreviver”, contou.

Alice foi brutalmente assassinada no dia 17 de janeiro, seu corpo foi encontrado em um matagal, próximo ao Campus da UNEB, em Juazeiro (BA), apresentando várias marcas de violência. Nas buscas pelo autor do sinistro, a polícia chegou até Nielton , que não aceitava o fim do relacionamento que teve com a vítima.

No primeiro momento, o acusado negou a autoria do crime. Na casa de Nielton, no bairro Castelo Branco, os policiais encontraram roupas dele sujas de sangue, além do aparelho celular da vítima. Ele foi preso em flagrante e teve sua prisão decretada, após passar por audiência de custódia.

“Eles não tinham um relacionamento, eles tiveram dois ou três encontros, ‘ficaram’, e ela não quis mais nenhum relacionamento com ele. Então, ele transtornado vivia atrás dela. Eu soube depois do assassinato, que ele andava ameaçando ela, perseguindo mesmo”, disse Holglas.

LEIA MAIS

Polícia prende acusado de assassinar ex-companheira em Petrolina; suspeito é encontrado na Bahia

Vanduir Ferreira de Lima era ex-marido da vítima (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na tarde desta quarta-feira (29), Vanduir Ferreira de Lima foi preso na cidade de São José do Jacuípe, a 144 km de Campo Formoso, na Bahia. Ele é acusado de assassinar Patrícia Maria de Souza, de 31 anos. O crime aconteceu na madrugada de hoje, na residência da vítima, localizada na Rua Tchecoslováquia, no bairro Areia Branca, em Petrolina (PE).

LEIA TAMBÉM:

Mulher é morta no bairro Areia Branca, em Petrolina 

De acordo com o Delegado Gabriel Sapucaia da Polícia Civil de Petrolina, a prisão do acusado que era ex-marido da vítima, foi realizada por policiais militares do 2º BIEsp. Ainda segundo o delegado, o suspeito já está sendo recambiado para Petrolina, onde será autuado em flagrante.

Vanduir Ferreira será encaminhado para audiência de custódia que será realizada nesta quinta-feira (30). Na ocasião, a Justiça vai decidir se o acusado será posto em liberdade ou se será decretada a prisão preventiva do mesmo.

Mulher é morta no bairro Areia Branca, em Petrolina

Petrolina registrou mais um caso de feminicídio na madrugada dessa quarta-feira (29). Moradores do bairro informaram ao Blog que o fato aconteceu na Rua Tchecoslováquia, por volta de 1h.

Uma mulher identificada pela Polícia Civil como Patrícia Maria de Souza, de 31 anos foi morta a facadas, em sua residência.

O caso está sendo investigado pela polícia, que não confirmou a nossa produção se o principal suspeito de cometer o crime é o companheiro da vítima.

Maria chegou a ser socorrida com vida, encaminhada ao Hospital Universitário, mas não resistiu aos ferimentos. O autor do homicídio ainda não foi localizado.

Caso Alice Nilza: audiência de instrução e julgamento acontece nesta sexta-feira em Juazeiro

Fórum Luís Vianna Filho, Juazeiro (BA)

Nesta sexta-feira (24), às 8h30, Nielton Gonçalves Soares, acusado de assassinar a jovem Alice Nilza Rodrigues, em janeiro deste ano, participará da audiência concentrada de instrução e julgamento em Juazeiro (BA). Participarão também, a defesa do acusado, representante do Ministério Público do Estado da Bahia e testemunhas. Nielton foi denunciado por Homicídio Qualificado e teve sua prisão preventiva decretada um dia depois do crime.

Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, o Tribunal de Justiça da Bahia informou que o pedido de revogação da prisão preventiva feito pela defesa do acusado, foi indeferido.

LEIA MAIS

Casos de violência contra a mulher são maiores no interior de Pernambuco

(Foto: Ilustração)

O Dia Internacional da Mulher, celebrado nessa sexta-feira (8) remete às conquistas sócio-políticas delas, mas também é um momento de reflexão. Em Pernambuco a data representa para o Poder Público um grande desafio, já que em 2018 os dados da violência contra esse grupo foram preocupantes.

De acordo com o monitoramento realizado pela secretaria de Defesa Social, no ano passado foram contabilizados 36.314 casos de violência doméstica e 2.522 ocorrências de estupro em todo Estado. O interior lidera negativamente e teve 18.074 ocorrências de violência doméstica e outros 1.371 de estupro.

Petrolina e municípios vizinhos

Petrolina terminou 2018 com 1.949 registros de violência doméstica – praticada por companheiro, cônjuge, filho ou parente da vítima. Araripina somou 315, Salgueiro 353, Lagoa Grande 61 e Ouricuri 186. Em relação aos casos de estupro, Petrolina teve 77, Araripina 19, Ouricuri somou 12 e Salgueiro 13.

LEIA MAIS

Homem acusado de feminicídio qualificado é preso em Cansanção

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ontem (27), Policiais Civis da Delegacia Territorial de Cansanção (BA) cumpriram mandado de prisão em desfavor de José Werveton da Silva, vulgo “Vitor”, em razão da prática do crime de feminicídio qualificado em coautoria com a adolescente T.F.S, de 17 anos de idade.

Segundo informações da Polícia Civil, os autores do crime queimaram o corpo da vítima e ocultaram o cadáver, que foi encontrado há uma semana, no município de Cansanção.

Ainda de acordo com a polícia, a faca utilizada no crime foi apreendida. O imputado encontra-se preso na carceragem de Cansanção à disposição da justiça.

Inquérito sobre morte de Alice Rodrigues deve ser concluído até amanhã

Nielton foi preso e não confessou crime, apesar das provas encontradas (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Nessa quinta-feira (24) completa uma semana da morte da jovem Alice Nilza Rodrigues, de 19 anos. Ela foi encontrada já sem vida nas proximidades do campus da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e o crime, segundo a Polícia Civil foi elucidado com a prisão de Nielton Gonçalves Soares.

Ele é o principal suspeito de cometer o crime, tendo como motivação o fato de a vítima não aceitar ter um relacionamento amoroso com ele. Na residência de Nielton a polícia encontrou roupas sujas de sangue e o celular da vítima.

LEIA TAMBÉM:

Polícia Civil prende acusado de matar Alice Rodrigues em Juazeiro

Jovem é encontrada morta próximo ao campus da Uneb em Juazeiro

Procurada pelo Blog Waldiney Passos a delegada Lígia Nunes Sá, coordenadora da 17ª, o inquérito policial sobre o caso deve ser concluído ainda nessa semana. “Nós temos o prazo de até 10 dias para concluir o inquérito. Como é um caso cheio de detalhes, devemos estar concluindo o caso até amanhã”, disse à nossa produção.

Questionada sobre a classificação do caso, a delegada afirmou que até o momento a morte de Alice é tratada como feminicídio e não como homicídio comum, já que envolve o motivo do crime envolve a chamada relação de gênero.

Inquérito sobre morte de Alice Rodrigues deve ser concluído em breve, acusado permanece preso

Vítima tinha 19 anos e foi morta na tarde de quinta-feira, próximo a UNEB (Foto: Facebook)

Depois da prisão de Nielton Gonçalves Rodrigues, a Polícia Civil de Juazeiro (BA) espera concluir nessa semana o inquérito sobre a morte de Alice Nilza Rodrigues, de 19 anos. A jovem foi morta na quinta-feira (17), próximo ao campus da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), por ter negado a se relacionar com o acusado.

O inquérito deve chegar ao Ministério Pública da Bahia (MPBA) nos próximos dias. Na sexta-feira (18) o Tribunal de Justiça (TJBA) decretou a prisão preventiva de Nielton, que teria matado Alice a pedradas e fugiu. Na casa do principal suspeito a polícia encontrou roupas sujas de sangue e o celular da vítima. Ele negou o crime.

LEIA TAMBÉM:

Tribunal de Justiça da Bahia afirma que Nielton Gonçalves Soares já havia sido preso por agredir uma ex-namorada

Polícia Civil prende acusado de matar Alice Rodrigues em Juazeiro

Jovem é encontrada morta próximo ao campus da Uneb em Juazeiro

“Eles, anteriormente, mantinham um relacionamento esporádico. Como se diz, de ficantes […] A família contou que existia esse homem [Nielton] que ameaçava ela”, conta a delegada Lígia Nunes, coordenadora da 17ª Coorpin.

Nossa produção apurou juntamente ao TJ que Nielton já respondia a um processo por violência contra a mulher, em 2018. Nesta segunda-feira (21) familiares de Alice voltarão a ser ouvidos pela polícia.

Com informações do Correio da Bahia

1234