Em Brasília, Miguel discute projeto do Hospital da Criança de Petrolina

(Foto: Ascom)

Miguel Coelho (MDB) tem cumprido uma extensa agenda na capital nacional, Brasília (DF) e na quarta-feira (5) o compromisso do dia foi com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Acompanhado do pai, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e do irmão, o deputado federal Fernando Filho (DEM), o prefeito de Petrolina discutiu investimentos na atenção básica.

O principal tema da reunião foi o projeto de construção do Hospital da Criança em Petrolina, compromisso de campanha na eleição de 2020. “Falamos também de obras em andamento como o laboratório municipal e o centro de diagnósticos. Mas o que pedi maior atenção ao ministro Queiroga foi sobre a importância do Hospital da Criança de Petrolina para nossa população. Estou confiante que muito em breve faremos um grande anúncio“, disse Miguel.

Ainda ontem Miguel visitou o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e garantiu recursos através de convênios para recuperar a estrada que liga os assentamentos Curimatá e Esperança e outro para abastecimento de água no assentamento José Almeida.

FBC prevê renovação e acredita que pleito de 2022 será marcado novas referências em Pernambuco

Durante a entrevista concedida a Rádio Jornal Petrolina nesta semana, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) também falou sobre política. Para ele, apesar de haver uma clara renovação no cenário estadual, os debates sobre 2022 devem ser feitos apenas no próximo ano.

LEIA TAMBÉM

‘Se não fosse o governo Bolsonaro, Pernambuco teria quebrado na pandemia’, diz Fernando Bezerra Coelho

“O calendário deve ser obedecido. 2022 só em 2022. Estamos enfrentando uma pandemia. A gente não pode abrir a guarda para poder estar tratando de outros assuntos. No momento correto nós vamos nos posicionar“, disse no programa Super Manhã com Waldiney Passos.

Sobre Miguel Coelho (MDB) estar cotado, o senador elogiou o prefeito de Petrolina. Mas novamente evitou antecipar as discussões. “O prefeito Miguel, pelo trabalho que desenvolve em Petrolina, por ser um jovem no quadro da política pernambucano, pela política pernambucana estar passando por um processo de renovação [está credenciado]. Acho que deveremos ter um quadro formado para 2022 com essas novas referências da política de Pernambuco, mas a gente discute isso em 2022“, destacou.

“Ninguém trabalha com esse cenário”, afirma FBC sobre CPI da covid poder resultar no impeachment de Bolsonaro

(Foto: Ascom)

Líder do governo no Senado Federal, Fernando Bezerra Coelho (MDB) analisou o cenário da CPI da Covid durante entrevista ao programa Super Manhã com  Waldiney Passos, nesta quinta-feira (22). O político petrolinense lembrou que não compete a CPI investigar governadores e prefeitos, por não ser da alçada do Senado e acredita num debate técnico durante os trabalhos.

“É um debate que precisa ser técnico, restrito a causas que motivaram a sua criação. Vamos tentar identificar quais foram as políticas públicas utilizadas, como também verificar a correta aplicação dos recursos que foram transferidos aos municípios brasileiros”, disse à Rádio Jornal Petrolina.

Sem risco de impeachment, afirma FBC

Na opinião do senador, essa CPI será o momento ideal ao Governo Federal para confirmar a atenção com estados e municípios. Mas reitera, não é hora de fazer política. “A nossa expectativa é que de fato, a CPI não sirva de palanque eleitoral“, pontuou.

Questionado por Waldiney Passos sobre a possibilidade de a CPI resultar em um impeachment de Bolsonaro, o senador afirma que tal hipótese não existe. “Longe disso. Ninguém trabalha com esse cenário, acho que a CPI vai ser uma oportunidade para a população possa tomar conhecimento das ações concretas e positivas desenvolvidas pelo governo Federal. Não acredito em nenhuma hipótese que a CPI possa avançar para criminalizar a pessoa do presidente Bolsonaro”, ratificou.

LEIA MAIS

Projeto de Lei apresentado por FBC endurece pena a agressores de mulheres

(Foto: Ilustração)

8 de março é reconhecidamente como Dia Internacional da Mulher. E as brasileiras receberam uma boa notícia nesta segunda-feira. Líder do governo no Senado Federal, Fernando Bezerra Coelho (MDB) apresentou projeto de lei para aumentar as penas para os crimes de lesão corporal e de ameaça praticados contra elas nos contextos de violência doméstica e familiar.

(Foto: Ascom)

Com isso, espera-se mais rigidez e a prisão preventiva imediata do agressor. Na proposta de FBC, o crime de lesão corporal passará a ser punido com dois a seis anos de prisão. No caso de ameaças, a punição será de cinco anos de reclusão, além de multa.

“Hoje, a prisão preventiva só é decretada para crimes com pena máxima superior a quatro anos de prisão e, nos casos de violência doméstica, quando há descumprimento de medidas protetivas. Portanto, a prisão do agressor não é possível ainda que tenha feito ameaças ou praticado agressões contra a sua companheira, o que termina por colocar em risco a vida das mulheres em situação de abuso”, disse FBC.

Outra mudança

Além disso, o PL 485/2021 também estabelece que a ação penal decorrente de atos de violência contra a mulher será pública e incondicionada, conforme jurisprudência do Supremo Tribunal Federal. Ou seja, não há dependência de manifestação da vítima, já que muitas deixam de registrar ocorrência por medo.

Em Sertânia, Bolsonaro aciona comportas do 1º trecho do Ramal do Agreste

Jair Bolsonaro (sem partido) cumpre agenda em Sertânia (PE) na manhã desta sexta-feira (19). O acionamento das comportas do Reservatório Barro Branco, no 1º trecho do Ramal do Agreste estava marcado para 11h30, mas ocorreu cerca de meia hora antes. Bolsonaro estava acompanhado do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), líder do Governo no Senado.

A comitiva de Bolsonaro também incluiu o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho e o ministro do Turismo, Gilson Machado. O Ramal do Agreste está situado entre Sertânia e Arcoverde, integra o Eixo Leste da Transposição do Rio São Francisco e quando em operação levará água a 65 municípios pernambucanos.

O Ramal tem cerca de 70 km de extensão e a visita de Bolsonaro marca o primeiro teste da operação no local. O presidente conversou com funcionários da obra. Ele estava sem máscara, assim como os membros da comitiva. O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) foi convidado, porém recusou por entender que não é o momento de promover aglomerações no Estado.

Fernando Bezerra Coelho recebe lideranças do Agreste Pernambucano

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) se reuniu, nesta segunda-feira (7), no Recife, com prefeitos eleitos do Agreste Pernambucano para conversar sobre as principais necessidades dos municípios. Os futuros gestores solicitaram a ajuda do líder do governo no Senado para a liberação de recursos e para o fortalecimento de parcerias junto ao governo federal.

Prefeita eleita de Casinha, Juliana de Chaparral (DEM) renovou a parceria com Fernando Bezerra e apresentou os pleitos para o município, como a estruturação do hospital e dos postos de saúde, a aquisição de mobiliário para as escolas municipais, a construção de poços artesianos e uma máquina retroescavadeira.

LEIA MAIS

Fernando Bezerra Coelho é um dos preferidos de Bolsonaro para a presidência do Senado

(Foto: Dida Sampaio/Estadão)

Após o STF (Supremo Tribunal Federal) ter barrado a candidatura à reeleição de Davi Alcolumbre (DEM-AP), o presidente Jair Bolsonaro passou nesta segunda-feira (07) a discutir o apoio a novo nome para a sucessão ao Senado Federal. Segundo assessores palacianos, antes mesmo de o julgamento definir que a recondução do senador é inconstitucional, o presidente já avaliava uma espécie de Plano B para a disputa legislativa no caso de uma derrota no Judiciário.

Segundo reportagem da Folha Press, nas conversas reservadas, Bolsonaro indicou simpatia por eventuais candidaturas de dois senadores do MDB: Fernando Bezerra (PE) e Eduardo Gomes (TO). O primeiro é líder do governo no Senado e o segundo, do Congresso. Ambos relataram a interlocutores terem interesse em ocupar o comando da Casa. A avaliação no Palácio do Planalto é de que, sem a candidatura à reeleição de Alcolumbre, é natural que o MDB pleiteie o posto, uma vez que o partido detém a maior bancada do Senado, com 13 parlamentares.

A expectativa é de que Bolsonaro trate do assunto com Gomes nesta segunda-feira (7). Antes de tomar uma decisão, o presidente também já disse que pretende discutir o assunto com Alcolumbre, que chega a Brasília ainda hoje.

Ministro Onyx Lorenzoni vem a Petrolina próxima semana anunciar novo projeto para o município

(Foto: Reprodução/Facebook)

A visita marcada para a próxima sexta-feira, dia 11 de dezembro, foi confirmada na tarde de hoje (2) pelo o senador e líder do governo, Fernando Bezerra Coelho, em suas redes sociais. De acordo com a publicação do senador, o Ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, vem trazer a boa notícia de uma parceria entre prefeitura municipal e o governo federal que vai possibilitar a implantação no município do projeto Brasil em Campo, para estimular a prática esportiva.

Segundo FBC, a partir da construção de quadras poliesportivas, campos de futebol e pistas de atletismo, a iniciativa promove o acesso de crianças e jovens a atividades físicas fazendo do esporte uma importante ferramenta de transformação da vida dessas pessoas.

Senador Fernando Bezerra se reúne com prefeitos eleitos de Pernambuco

(Foto: Ascom/FBC)

Procurando alinhar as diretrizes gestoras entre os eleitos em 15 de novembro último, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) se reuniu, nesta quinta-feira (26), na capital pernambucana, com vários prefeitos eleitos nos municípios de Pernambuco. Além da avaliação do resultado eleitoral e do cenário político atual, os gestores apresentaram ao líder do governo no Senado demandas de ações e projetos a serem desenvolvidos em suas cidades em parceria com o governo federal.

Na visita ao senador, a prefeita reeleita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), agradeceu a parceria durante o primeiro mandato e renovou o pedido de apoio na segunda gestão. “Caruaru precisa continuar avançando, e a prefeita Raquel Lyra nos apresentou novos pleitos para a cidade, com ações destinadas às áreas de saúde e infraestrutura viária, assim como o apoio da Codevasf”, explicou Fernando Bezerra.

LEIA MAIS

Raul Henry, Miguel Coelho e Fernando Bezerra se reúnem no Recife

Trio fortalece alianças pensando em 2022 (Foto: Ascom)

Depois de ser reeleito prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB) se reuniu com o deputado federal Raul Henry (MDB). O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) também esteve presente no encontro de sexta-feira (20) em Recife, que discutiu o resultado do pleito do último domingo (15).

Segundo balanço do partido, o MDB obteve 22 prefeitos eleitos, um crescimento de 30% em relação a eleição de 2016. A sigla ainda emplacou sete vice-prefeitos e 205 vereadores no estado. Esse número pode crescer, caso Yves Ribeiro vença na prefeitura de Paulista.

Mas apesar de o tema da reunião ter sido 2020, já é possível projetar o MDB para 2022. Miguel teve votação histórica em Petrolina e vê seu nome cada vez mais vinculado a uma possível disputa para governador de Pernambuco.

De passagem pelo Sertão do Pajeú, Fernando Bezerra faz visita a barragem da Ingazeira

(Foto: Ascom/FBC)

A visita do senador petrolinense foi nesta quinta-feira (29) e  faz parte da agenda que Fernando Bezerra cumpre no interior do estado nesta semana. O líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), foi ver de perto a obra do governo federal com capacidade para atender 50 mil pessoas que vivem na região de Tabira, município do Sertão do Pajeú.

Construída pelo Dnocs e concluída em 2019, a obra foi iniciada por Fernando Bezerra quando esteve à frente do Ministério da Integração Nacional. No total, o empreendimento recebeu R$ 73,1 milhões em investimentos federais.

LEIA MAIS

Fernando Bezerra visita municípios do Sertão e Agreste para apoiar candidatos a prefeito

Grupo Coelho segue fortalecendo candidatos no interior (Foto: Ascom)

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) segue percorrendo trecho nas cidades do Sertão. Na quarta-feira (28) ele esteve em Arcoverde, para apoiar a candidatura de Zeca Cavalcanti (PTB). Além de FBC, o deputado federal Fernando Filho (DEM) também marcou presença no município.

“Estou aqui hoje para fazer justiça. Zeca, líder de uma região, se coloca nessa disputa, e a minha obrigação, como senador de Pernambuco, é estar aqui para trazer o meu apoio. O desafio que Zeca vai enfrentar vai precisar da força política do povo de Arcoverde. E o prestígio que eu tiver será para viabilizar os projetos que Zeca está apresentando para Arcoverde”, disse o senador.

O deputado estadual Antônio Coelho (DEM) também foi outro a marcar presença na visita. Depois de Arcoverde o trio seguiu até Pesqueira, onde apoiaram o nome de Maria José (DEM) que busca reeleição. Outras paradas foram em Águas Belas, Tupanatinga  e Poção, no Agreste.

Fernando Bezerra participará de ato ao lado de Mendonça Filho no Recife

Fernando apoia candidatura de Mendonça na capital

Candidato a prefeito no Recife (PE), Mendonça Filho (DEM) recebe um importante apoio na sua caminhada até 15 de novembro. Nesse domingo (25), ele fará um ato público ao lado do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB). O deputado estadual Antônio Coelho (DEM) também estará no local.

Mendonça promove um ato com aliados às 11h, no comitê do partido, no bairro da Torre. Após o evento, FBC e Antônio viajam para Tracunhaém, na Mata Norte. Lá, às 15h estarão em uma carreata ao lado da candidata a prefeita da cidade, Regina Lapa (DEM).

A agenda de compromissos será encerrada durante a noite, em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste. Lá eles se juntam ao deputado federal Fernando Filho (DEM) para um ato político de Dida de Nan (PSDB), que está na disputa pela prefeitura local.

Henrique Diniz cumpre agenda de campanha ao lado de Fernando Bezerra Coelho

(Foto: Ascom)

Henrique Diniz (DEM) segue em campanha na cidade de Lagoa Grande (PE). Nesse final de semana ele está cumprindo agenda ao lado do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e do deputado estadual Antônio Coelho (DEM).

O trio esteve junto em uma reunião com aliados e candidatos a vereador pela coligação. Na região de Jutaí, Henrique reafirmou a importância da força política do grupo Coelho para a concretização de projetos que melhorem a vida dos moradores e agricultores das áreas de sequeiro. “Estamos muito bem representados tanto em Recife quanto em Brasília, e isso beneficia, em primeiro lugar, ao município”, disse.

O senador, que também é líder do governo, enfatizou que Henrique tem bons projetos para o interior da cidade. “O prefeito da cidade tem que ser alguém que tenha articulação e força política, sobretudo em Brasília, para viabilizar os investimentos e as parcerias necessárias para que Lagoa Grande consiga avançar mais“,  disse FBC.

Ao lado de Bolsonaro, Fernando Bezerra diz que presidente tem “compromisso com os mais pobres”

Fernando e Bolsonaro em inauguração.

Líder do governo federal no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDBPE) foi o anfitrião do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em sua passagem por Pernambuco, nesta quinta-feira (1º). Durante a inauguração da segunda etapa da Adutora do Pajeú, em São José do Egito, Fernando disse haver um compromisso do governo com a população mais vulnerável e citou investimentos federais em obras hídricas no Nordeste.

Esse estado tem 60% do seu território na área da seca, onde moram mais de 3,5 milhões de pessoas. E a maior angústia dessas famílias é o acesso à água. E, hoje, essa sua visita a Pernambuco resgata o compromisso de olhar para os mais pobres, de olhar para os mais carentes, para os que precisam mais”, disse.

LEIA MAIS
123