Homem agride mãe com pedaço de madeira no Idalino Bezerra, em Petrolina

(Foto: Ilustração)

Na tarde desse sábado (19), um homem, de 50 anos, foi preso após agredir sua mãe, de 70 anos, com um pedaço de madeira. O fato aconteceu no bairro Idalino Bezerra, em Petrolina (PE).

As agressões começaram após uma discussão familiar. O homem agrediu sua mãe na cabeça.

O acusado foi encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde foi lavrado em seu desfavor um Auto de Prisão em Flagrante Delito.

Petrolina: Filho tenta matar pai no Nova Vida I

(Foto: Ilustração)

Um caso policial chamou a atenção da população petrolinense nessa terça-feira (11). Um jovem tentou matar seu próprio pai no bairro Nova Vida I, em Petrolina (PE).

Segundo informações da Polícia Militar, o homem deu entrada no Hospital de Urgência e Traumas após ter sido atingido por golpes de arma branca. O pai informou que seu filho o atingiu na axila esquerda por não ter gostado de um questionamento. O homem havia perguntado o porquê do jovem chegar às 00h em casa com um botijão de gás.

O pai não corre risco de morte. O NIS/4 e o GATI realizam incursões na tentativa de localizar e prender o suspeito. O fato foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil para as providencias legais cabíveis.

Filho de 2 anos é abandonado por pai embriagado após acidente em Petrolina

(Foto: Divulgação/ PRF-PE)

Uma criança de 2 anos foi abandonada pelo próprio pai dentro de um carro, nessa quinta-feira (4), após um acidente na BR-428, em Petrolina (PE). Segundo uma testemunha, o homem aparentava estar embriagado e fugiu antes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) chegar.

A PRF foi informada do acidente e ao chegar ao local os policiais encontraram a criança no colo de uma mulher. Ela afirmou que estava segurando o garoto porque o pai dele havia fugido para não ser flagrado sob efeito de álcool.

Os policiais registraram a ocorrência ,que não teve feridos, e levaram a criança até o Conselho Tutelar da cidade. A equipe da PRF foi até a casa do proprietário do automóvel, mas apenas a tia da criança estava em casa.

A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil da cidade. O homem poderá responder pelo crime de abandono de incapaz, que prevê pena de seis meses a três anos de detenção

Reginaldo Rossi morreu endividado por causa do vício em jogo, revela filho

Roberto Rossi e Geraldo Luís visitaram a casa de Reginaldo Rossi e Celeide Neves. Foto: Record/Divulgação

Filho do Rei do Brega, Roberto Rossi desabafou sobre a situação financeira do pai nos últimos anos de vida e revelou que herdou dívidas de Reginaldo no programa Domingo show, apresentado por Geraldo Luís, deste domingo (12). Após a morte do cantor e compositor pernambucano, em 20 de dezembro de 2013, ele e a mãe, Celeide Neves, consultaram as contas bancárias e constataram a ausência de saldo. Rossi fumava desde a adolescência e morreu devido a um câncer de pulmão, aos 70 anos.

“Quando meu pai faleceu, eu e minha mãe buscamos nas contas, mas não tinha nada, nada, nada”, conta Roberto. A falência de um dos artistas mais vendáveis de Pernambuco foi decorrente do vício em jogos. Para apostar, Rossi vendeu vários imóveis que comprou ao longo da carreira e gastou os cachês conquistados nas apresentações Brasil afora. O funeral à altura da importância do artista para a música brasileira foi possível graças à doação do jazido e das cerimônias – o velório foi realizado na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco e o enterro, acompanhado por milhares de fãs, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista.

Roberto mora no no Rio de Janeiro, cidade escolhida mesmo antes da morte dos pais – Celeide Neves faleceu em agosto de 2014, em decorrência de uma parada cardíaca, apenas oito meses após a partida do marido. Na capital fluminense, ele trabalha como motorista de Uber para se sustentar e enfrenta dificuldades para manter o único patrimônio deixado pelo Rei do Brega para a família foi: um imóvel em Piedade, à beira-mar, onde morava o casal. Rossi tinha o sonho de inaugurar ali uma pousada. As obras já estavam bastante adiantadas e a reportagem mostrou a estrutura dos quartos – muitos deles com cama, privada e até suporte para televisão -, mas o desejo dele, que chegou a estudar engenharia, mas nunca se formou, sempre esteve longe de ser realizado.

O prédio está avaliado em aproximadamente R$ 5 milhões, mas o filho diz ter dificuldade para angariar investimentos para concretizar os planos de transformar em uma pousada ou negociar a venda por valores condizentes com o tamanho e a localização do imóvel. Atualmente, as dívidas de IPTU e outros custos chegam a aproximadamente R$ 800 mil. Pela primeira vez, Roberto permitiu a uma equipe de televisão adentrar os cômodos da casa de Reginaldo e Celeide. Muitos objetos de uso pessoal continuam lá, assim como relíquias da carreira, entre fotografias e os inúmeros prêmios conquistados pela venda de discos.

O Domingo show entrevistou Sandro Nóbrega, empresário do Rei do Brega por quase 30 anos, Roberto, ex-engraxate que o conheceu ainda menino e se tornou braço direito de Rossi – cabia a ele, entre outras responsabilidades, carregar a bolsa com carteira, cheques e itens pessoais, como um espelho -, Ronald Menezes, dono do Manhattan, palco da última apresentação dele no Recife – a derradeira foi em João Pessoa -, uma semana antes de ser internado no Memorial São José, onde permaneceu por 23 dias e veio a falecer. Trechos da apresentação na casa de shows em Boa Viagem foram exibidos.

O encerramento da reportagem de quase uma hora sobre essa faceta triste do Rei do Brega foi no palco do programa. O grupo The Rossi, criado pelos integrantes da banda que acompanhava Reginaldo Rossi, alguns deles há décadas, tocou a inédita Vá procurar outro, composta por pelo baixista Binno Silva, o cantor e pandeirista Ledo Silva e Reginaldo Rossi, responsável por ajustes finais na letra. A canção, cuja letra foi divulgada com exclusividade pelo Viver um ano após a morte dele, seria uma das faixas do DVD que o Rei do Brega planejou, mas nunca chegou a gravar.

Com informações do Diário de Pernambuco

Jovem é suspeito de estuprar a própria mãe em Araripina

(Foto: Ilustração)

Um jovem, de 22 anos, foi detido pela polícia, nessa terça-feira (7), suspeito de estuprar a própria mãe, de 46 anos, no Distrito de Nascente, em Araripina (PE). De acordo com a Polícia Militar, a mulher afirmou fazer uso de remédios controlados e que as vezes chega a ficar inconsciente devido ao efeito da medicação.

Segundo a vítima, durante a madrugada, quando o efeito do remédio passou, ela percebeu que estava sem camisa e sem calça, e que estava sendo acariciada pelo filho. A mulher colocou o jovem para fora de casa imediatamente.

Facape emite nota de pesar pela morte de ex-aluno em incêndio em uma oficina

(Foto: ASCOM)

A Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) emitiu uma nota de pesar pela morte do ex-aluno da instituição, Jusselino Marques de Lima. Ele faleceu ao tentar salvar o seu pai de um incêndio em uma oficina na Av. 7 de setembro, nesse domingo (5).

Confira a nota

O corpo diretivo, técnico e acadêmico da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), consternados com o trágico e precoce falecimento do ex-aluno do curso de Ciências Contábeis, Jusselino Marques de Lima, ocorrido neste domingo (5), oferece para a família e amigos do jovem o sentimento de solidariedade e pesar.

A instituição também se solidariza com a estudante egressa Condessa Lima, irmã de Jusselino, que também perdeu seu pai na ocasião. O velório de Jusselino e o de seu pai, Manoel Argemiro, está acontecendo no bairro José e Maria, na rua Moxotó, nº 140“.

STJ suspende ordem de prisão do ex-goleiro Edinho, filho de Pelé

O ex-goleiro Edinho, filho de Pelé, ao ser preso pela primeira vez, em 2005

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu liminar (decisão provisória) para suspender mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo há cinco dias contra o ex-goleiro Edson Cholbi do Nascimento, conhecido como Edinho, filho do ex-jogador Pelé.

A liminar foi concedida pelo ministro Antonio Saldanha Palheiro em recurso movido pela defesa do ex-goleiro. A Corte ainda julgará o mérito da ação em data indefinida. Na decisão, o ministro afirma que Edinho pode continuar recorrendo em liberdade porque ainda não se esgotaram as possibilidades de recurso na segunda instância – o próprio TJ-SP.

“Não houve esgotamento da jurisdição na instância ordinária, uma vez que (…) o acórdão (do TJ-SP) apontado como coator foi prolatado em 23 de fevereiro de 2017 e ainda não foi publicado, havendo possibilidade de interposição de recursos e de revisão do julgado pela Corte local”, escreveu Palheiro na decisão.

Edinho, 46 anos, foi condenado em maio de 2014 pela juíza Suzana Pereira da Silva, da 1ª Vara Criminal da Praia Grande (SP), a 33 anos e quatro meses de prisão por envolvimento com o tráfico de drogas. Em recurso ao TJ-SP, a defesa do ex-goleiro conseguiu reduzir a pena para 12 anos e dez meses em regime fechado. O TJ-SP, no entanto, apesar de reduzir a punição, determinou a imediata prisão de Edinho para cumprir a sentença imposta.

“Eu tenho a consciência muito tranquila da vida que meu pai levou”, diz filho de Eduardo Campos sobre investigações

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Entrevistado no programa Resenha Política, nesta segunda-feira (9), João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos e chefe de gabinete do atual governador de Pernambuco, Paulo Câmara, ambos do PSB, ressaltou a confiança na conduta do pai diante das investigações da Operação Turbulência e da Operação Lava Jato, que apontaram suspeitas de corrupção no governo dele. “Eu tenho a consciência muito tranquila da vida que meu pai levou, do que ele construiu aqui em Pernambuco”, disse João Campos. “Foi uma pessoa que nunca mudou o padrão de vida, sempre viveu na mesma casa, construiu a família de maneira sólida. Meu pai não está aqui para se defender, mas, se estivesse, faria isso com maestria.”

Citando o currículo de Eduardo, que foi deputado federal, ministro no primeiro governo Lula (PT) e governador por duas vezes, o elogiou: “Onde ele passou conseguiu mudar a vida de muita gente”.

A Operação Turbulência foi deflagrada pela Polícia Federal em junho do ano passado para prender empresários acusados de operar um esquema de lavagem de dinheiro e desvio de verbas públicas que supostamente teria abastecido campanhas de Eduardo Campos em 2010, à reeleição em Pernambuco, e 2014, à presidência. As investigações foram iniciadas para descobrir quem seria o verdadeiro dono do avião usado pelo socialista na campanha presidencial de 2014, quando morreu na queda da aeronave.

Sobre a morte do pai, João afirmou: “Foi um dia de muita tristeza para a nossa família, para todo o estado de Pernambuco, para o nosso partido. Não foi fácil enfrentar aquela tragédia, ainda mais para a pessoa que era a sua base”. O filho de Eduardo Campos disse ainda sentir orgulho do pai. “Eu sinto muito orgulho de ter essa história em mim. A responsabilidade de ser filho de Eduardo não é só minha, eu divido com os companheiros de partido, de governo.”

Com informações do Blog do Jamildo.

Filho de vereador de Casa Nova morre em acidente de caminhão

(Foto: Internet)

O caminhoneiro Alan Moreira, de 32 anos, filho do vereador reeleito de Casa Nova (BA), Ademir Cota e sobrinho do atual prefeito Wilson Cota, ambos do PMDB, veio a óbito, na noite desta terça-feira (13), após um grave acidente na região de Irecê (BA).

Alan era residente no bairro Pedro Raimundo, em Petrolina (PE), e estava transportando uma carga de frutas para o Oeste da Bahia. A população de Casa Nova ficou em comoção com a notícia.

O caminhoneiro Alan Moreira era casado e deixa uma filhinha de poucos meses, além de ser o único filho homem do vereador, que tem outras cinco filhas.

Filho agride mãe com ferro no N-6, em Petrolina

(Foto: Arquivo)

Não se sabe os motivos que levaram a agressão. (Foto: Arquivo)

De acordo com a Polícia Militar, neste sábado (24), um rapaz agrediu a sua mãe no Projeto Senador Nilo Coelho, N-6, em Petrolina (PE). O jovem teria chegado embriagado na residência da mãe e começado agredi-la com um pedaço de cano de ferro. Não se sabe os motivos que levaram a agressão.

A vítima ficou com ferimentos e teve que ser conduzida a UPAE, onde fez sutura de pontos e foi liberada. Os envolvidos foram conduzidos até a 1ª DPC onde foram apresentados e entregues a Autoridade Policial que lavrou o APFD.

Tragédia: pai mata filho com um soco após discutir com esposa, em Casa Nova

Luto

O acusado está foragido. (Foto: Internet)

A Polícia Militar de Casa Nova (BA) recebeu informações sobre um homicídio que teria acontecido na Vila Massu, bairro da cidade baiana.

Ao chegar no local os policias constataram que um casal, que reside na Rua Umburana, começou uma discussão e o marido, exaltado, foi para cima da esposa e desferiu um soco contra ela. Contudo, o homem acertou um bebê, filho do casal, que não sobreviveu à pancada e veio a óbito no caminho para o hospital.

O acusado está foragido. O DHPP foi acionado e já iniciou as investigações para encontrar o suspeito. O Instituto de Medicina Legal (IML) deslocou-se até o local e transferiu o corpo para necrópsia.

Pai com diagnóstico de depressão mata filho de 6 anos em Ipubi (PE)

(Foto: Arquivo)

Pai mata filho de 6 anos em Ipubi. (Foto: Arquivo)

Na noite desta quinta-feira (28), um pai assassinou o seu filho de seis anos a facadas. O crime aconteceu na cidade de Ipubi (PE). Segundo a Polícia Militar, o garoto estava em casa com o pai quando foi atingido por golpes de faca desferidos pelo próprio pai.

O suspeito foi preso na casa da mãe. A faca ainda estava com ele no momento da prisão. De acordo com a Polícia, o suspeito sofre de depressão e faz uso de medicamento controlado. Ele foi autuado em flagrante e levado à delegacia de Ouricuri.

Mãe mata filho de dez meses para se vingar do companheiro

oie_1112955ZQn3OCdY

Aline tem mais duas filhas de pais diferentes. As crianças moram com familiares

A dona de casa Aline Alves de Jesus, 28 anos, foi detida na manhã desta quinta-feira, 30, suspeita de matar o próprio filho, um bebê de apenas 10 meses, durante uma discussão com o marido, durante a madrugada. O crime ocorreu  na casa do casal, na Rua São Francisco, na  Lama Preta, em Camaçari (Grande Salvador).

Na delegacia, ela contou que arremeçou o pequeno Messias de Jesus Leite ao chão, para se vingar do companheiro, um homem identificado apenas como Leite. “Fui eu mesma. Foi só uma brincadeira, queria dar um susto nele,  queria me vingar. Quando fiz que ia jogar o menino no chão, ele escorregou e bateu a cabeça”,  lembrou a mulher, afirmando que não tinha a intenção de matar o filho.

Jovem brasileiro mata pai com marteladas na cabeça, esquarteja e joga corpo no mar

martelo

Crime chamou atenção de espanhóis pela crueldade e frieza da execução. Foto:ilustrativa

Nesta sexta-feira, um jovem brasileiro, residente na Espanha, admitiu ter matado o pai, também brasileiro, no último domingo depois que este o surpreendeu com um pedaço de haxixe e os dois começaram uma discussão. Logo após, ter atacado e matado o pai com golpes de martelo na cabeça,  esquartejou o corpo com uma serra elétrica e em seguida jogou os restos mortais no mar dentro de duas malas.

Na terça-feira(7), mergulhadores de uma empresa contratada pelo Porto de Santa Cruz de Tenerife para realizar trabalhos de limpeza encontraram uma mala com partes humanas. Posteriormente, membros da Guarda Civil localizaram no fundo do mar uma segunda mala, com outras partes do corpo e iniciaram as investigações.

Um taxista afirmou que na tarde anterior tinha levado ao local uma pessoa portando duas malas pesadas. No trajeto, o menor disse para o taxista que queria ficar em uma área próxima ao mar, onde aparentemente o pai o aguardava, e onde, posteriormente, várias pessoas o viram carregando sozinho as malas e indo em direção ao final de um dique.

Ele também pintou uma das paredes da casa que tinha ficado marcada e relatou que tentou comprar uma mala grande para o corpo, mas como não achou, decidiu desmembrá-lo e distribui-lo em duas.

Com informações O Dia

Ampliação de licença paternidade é publicada no Diário Oficial

licenca paternidade

De acordo com o decreto, a licença-paternidade ampliada será concedida ao servidor público que pedir o benefício no prazo de dois dias úteis após o nascimento ou a adoção da criança.

O governo federal publicou nesta quarta-feira (04), no Diário Oficial da União (DOU) a ampliação da licença-paternidade no serviço público. Decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff e o ministro do Planejamento, Valdir Simão, institui o Programa de Prorrogação da Licença-Paternidade para os servidores regidos pela Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990.
De acordo com o decreto, a licença-paternidade ampliada será concedida ao servidor público que pedir o benefício no prazo de dois dias úteis após o nascimento ou a adoção da criança e terá duração de quinze dias, além dos cinco dias já concedidos. Nos casos de adoção, o decreto considera criança a pessoa de até 12 anos de idade incompletos.
O beneficiado pela prorrogação da licença-paternidade não poderá exercer qualquer atividade remunerada durante a prorrogação da licença-paternidade podendo ter o benefício cancelado.
123