Santa Cruz e Salgueiro duelam por título histórico do Campeonato Pernambucano

Uma decisão histórica. Independente do resultado desta quarta-feira (5), no estádio do Arruda, Santa Cruz e Salgueiro vão fazer história no Campeonato Pernambucano. O Tricolor tem a oportunidade de quebrar um tabu que já dura 88 anos e faturar um título invicto (o último foi em 1932).

O Salgueiro, por sua vez, tem o seu tabu a ser quebrado e pode, pela primeira vez, levar o troféu de campeão para o interior do Estado. E, essa história, começa a ser contada a partir das 21h30. Infelizmente, também pela primeira vez, a final do Estadual será sem a presença do torcedor – devido à pandemia do novo coronavírus. Quem vencer é campeão. Um novo empate, a decisão será nos pênaltis.

LEIA MAIS

Salgueiro atropela Afogados e enfrenta Santa Cruz na final do Estadual

Com o resultado, o Salgueiro vai enfrentar o Santa Cruz na final do Pernambucano. O primeiro jogo acontece sob mando de campo do Carcará. Líder da primeira fase, a Cobra Coral tem a vantagem. A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) ainda decidirá os locais dos confrontos. Os embates estão marcados para o próximo domingo e a quarta-feira.

Além de poder brigar pelo título, o Salgueiro também conquistou uma vaga na Copa do Brasil da próxima temporada. Dessa maneira, o já eliminado Retrô herdou a possibilidade de disputar o torneio nacional pela primeira vez.

Mérito do Carcará que não deixou o Afogados crescer na partida. Bem postado defensivamente, o Salgueiro aproveitou os vacilos do adversário e foi eficiente na conclusão das jogadas.

O JOGO

A decisão sertaneja começou bastante disputa e com a marcação muito forte das duas equipes. Enquanto o Afogados buscou trabalhar a bola buscando uma infiltração, o Salgueiro explorava as bolas pelas laterais e o jogo aéreo. E na bola parada o Carcará, que mostrou boa postura defensiva, conseguiu abrir o placar.

Aos 15 minutos, o atacante Ciel cobrou o escanteio, a defesa da Coruja não subiu e o meia Tarcísio apareceu para completar o lance, de cabeça, e balançar a rede. O Afogados não se intimidou mesmo em desvantagem. Numa boa investida pelo lado esquerdo de atacante, o meia Júnior Mandacaru invadiu a grande área e bateu cruzado.

Tanto o Salgueiro quanto o Afogados não diminuíram o volume de jogo. Porém, erraram bastante no último terço de campo. Além disso, paravam muito os lances com faltas no meio-campo. Até o fim da primeira etapa do jogo, nenhuma das duas equipes conseguiram criar jogadas perigosas de gol.

Depois do intervalo, com a vantagem, o Carcará voltou determinado a garantir a vitória. Pressionando a Coruja, não demorou para obter êxito. Após forte investida, aos 10, a defesa do Afogados afastou mal e o volante Willian Daltro acertou um chutaço da meia lua da grande área no canto do goleiro Wallef.

Se não fosse um erro da arbitragem, a vaga do Salgueiro na final do Pernambucano contra o Santa Cruz estaria sacramentada antes dos 20 minutos. Em boa troca de passes, o atacante Ciel invadiu a grande área livre e cruzou rasteiro para o meia Tarcísio, livre, completar para o fundo da rede. No entanto, o impedimento foi assinalado.

Bem na partida, o Carcará administrou o resultado e esperou um erro do adversário para cravar o triunfo. Já o Afogados pressionou os donos da casa, mas errou bastante o último passe. Quando sofreu o primeiro contra-ataque, o Salgueiro não perdoou e garantiu a vaga na decisão. Aos 29, o atacante João Paulo foi lançado pela ponta direita, cortou o marcador e fuzilou o fundo do gol.

FICHA DO JOGO – SALGUEIRO 3X0 AFOGADOS

Salgueiro – César Tanaka; Sinho (Dadinha), Ranieri, Arthur e Daniel; Bruno Sena, Willian Daltro (Raimundinho) e Tarcísio (João Paulo); Renato, Ciel (Muller Fernandes) e Alisson (Thomas Anderson). Técnico: Daniel Neri.

Afogados – Wallef; Guilherme, Heverton Luís (Erivelton), Edivan e Rogerinho (Thalison); Diego Teles, Escuro, Júnior Mandacaru e Candinho (Grafite); Evair (Tiago Bagagem) e Rodrigo (Guedes). Técnico: Pedro Manta.

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior. Assistentes: Marcelino Castro de Nazaré e John Andson Alves Ribeiro. Gols: Tarcísio aos 8 minutos do 1º tempo, Willian Daltro aos 10 minutos do 2º tempo e João Paulo aos 29 minutos do 2º tempo. Cartões amarelos: Sinho, Willian Daltro e Tanaka (Salgueiro). Evair, Grafite e Tiago Bagagem (Afogados).

Final do Festival Edésio Santos da Canção terá show de Geraldo Azevedo

Geraldo Azevedo se apresenta no próximo sábado, em Juazeiro (Foto: Divulgação)

Está confirmado! Geraldo Azevedo será a grande atração da final do Festival Edésio Santos 2019. O evento acontece no final desta semana, de 12 a 14 de dezembro, na Orla II de Juazeiro (BA). Esse ano o FESC traz o tema ‘Dois Violões’, em homenagem aos músicos juazeirenses Neto (José Wyllis) e João Gilberto.

Na quinta-feira (12), a atração da noite será João Sereno com o show ‘Tem Palmas’, que tem participação dos filhos de Neto e também de Mundinho. A sexta-feira (13) fica por conta do cantor Rodrigão, com um repertório especial de Música Popular Brasileira.

LEIA MAIS

Garapa Futsal começa preparação em busca de título inédito no Campeonato Pernambucano

Atletas comemoram gol do Garapa em jogo da semifinal.

A equipe do Garapa Futsal entra na semana que pode marcar de vez a história recente do clube. Com pouco mais de quatro anos de existência, o time azul e vermelho se prepara para a grande final do Campeonato Pernambucano.

Após vencer o Tamandaré, na casa do adversário, por 2 a 0 na semifinal, o Garapa começa a semana com a cabeça na grande final que acontece neste sábado (07) contra a ASEC/Caruaru na cidade de Afogados da Ingazeira, em partida única.

O time que chegou de viagem no final da tarde deste domingo (1º) já treina nesta segunda-feira (02) em busca de preparação para este grande confronto. O técnico Ricardinho, sabendo das dificuldades de uma final, prepara também o psicológico dos atletas para a partida decisiva.

LEIA MAIS

Garapa Futsal faz história e se classifica para final do Campeonato Pernambucano

Atletas comemoram gol do Garapa em jogo da semifinal.

A noite deste sábado (30) foi histórica para o Garapa Fusal. O time petrolinense foi até Recife enfrentar o Tamandaré na semifinal do Campeonato Pernambucano e garantiu a classificação para a final da competição.

Mostrando um jogo sólido, marcação forte do início ao fim da partida e cirúrgico no ataque, o Garapa Futsal venceu por 2 a 0 a forte equipe da casa. Os gols do time azul e vermelho foram marcados por Ednei e Gilvan.

LEIA MAIS

Náutico vence Sampaio Corrêa e sai na frente na final da Série C

O Náutico saiu na frente na disputa pelo título da Série C do Campeonato Brasileiro. A equipe pernambucana recebeu o Náutico neste domingo, nos Aflitos, e venceu por 3 a 1, no jogo de ida da decisão do torneio nacional. O campeão será definido no próximo domingo, na partida de volta em São Luis.

Os mandantes contaram com ajuda dos maranhenses para abrir o placar. Aos 27 minutos do 1º tempo, João Victor mandou para as próprias redes após desviar rebatida de Vitor Bafana. O Sampaio reagiu logo depois e conseguiu chegar ao intervalo com a igualdade. Aos 33, Roney acertou chute de primeira dentro da área e colocou o 1 a 1 no placar.

Na segunda etapa, o Náutico novamente pulou na frente do placar e não saiu mais. Wilian Simões cruzou para Camutanga, que mandou para as redes aos nove. Já nos minutos finais, aos 41, a zaga dos visitantes falhou e a bola sobrou para Jhonnatan, que deu números finais ao confronto.

Com a vitória, o Timbú pode perder por até um gol de diferença para se sagrar campeão. Caso o Sampaio vença por dois tentos de diferença, levará a decisão do título para as penalidades, já que não existe o critério de gol fora de casa.

Final do Campeonato Interbairros acontece em Juazeiro neste sábado

Novo Encontro enfrenta Alto da Aliança na final do Campeonato Interbairros de Juazeiro. (Foto: Ascom)

A 16ª edição do Campeonato Interbairros de Futebol, competição organizada pela Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA através da Secretária de Cultura, Turismo e Esporte (Seculte) será finalizada no sábado (26). O palco da decisão será o campo da antiga Marvale, no Bairro Alto da Aliança, às 15h.

Graças a vantagem conseguida na partida de ida, quando derrotou o Novo Encontro por 3 a 0, o Alto da Aliança entra em campo podendo até perder por uma diferença de menos de três gols. Para reverter essa vantagem, o Novo Encontro precisa vencer por uma diferença maior que três gols. Caso vença por uma diferença igual a três gols, a decisão vai para os pênaltis.

LEIA MAIS

Na final da Liga Nordestina de Futebol Americano, Carrancas pode conquistar segundo título esportivo de Petrolina no ano

Falta um dia para a grande final da Liga Nordestina de Futebol Americano e o Estádio Paulo de Souza Coelho poderá ser palco de mais uma conquista no esporte de Petrolina em 2018. Se em novembro a Fera Sertaneja levantou o caneco do Campeonato Pernambucano da Série A2, no sábado (8) o time Carrancas Futebol Americano pode ser coroado como a melhor equipe do Nordeste.

Às 17h o Carrancas recebe o Santa Cruz Pirates na primeira final com duas equipes do mesmo estado. E a semana do duelo foi marcada por trabalho intenso. “A expectativa para esse jogo é de um jogo muito pegado, o Santa Cruz é um time bem mais experiente do que a gente, são 11 anos de futebol americano, contra 3 ou 4 da gente, mas o time está bem motivado e alinhado”, afirmou o presidente do Carrancas, Carlos Adonay.

Apoio da torcida

Assim como a Fera Sertaneja contou casa cheia na final do Pernambucano, o Carrancas espera ser abraçado pela cidade amanhã. Os ingressos custam R$ 10,00 antecipados vendidos na Plaza Barbearia, Vale Ingresso e Curso de Idioma Eagles.

“Em nome do Carrancas eu queria convidar todos para esse jogo muito importante para nós, foi uma temporada muito desgastante para os jogadores, comissão técnica e diretoria. Vários objetivos foram conquistados, sábado vai ser o último jogo da temporada e contamos com a presença de todos, que sejam o 12º jogador em campo para a gente”, disse.

Confira como foi a campanha do Carrancas na Liga Nordestina 2018:

LEIA MAIS

Final da Liga Nordestina de Futebol Americano acontece neste final de semana

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A semana é decisiva para o time do Carrancas Futebol Americano, representante do Vale na Liga Nordestina de Futebol Americano. No sábado (8) o Carrancas enfrenta o Santa Cruz Piratas na grande final da competição, no Estádio Paulo de Souza Coelho, em Petrolina.

O jogo está marcado para 17h, com abertura dos portões às 16h. Essa será a primeira final na história da Liga entre equipes do mesmo estado e para chegar à decisão o Carrancas mostrou estar preparado para conquistar o caneco. Na primeira fase foi dono da melhor campanha, mantendo 100% de aproveitamento, melhor defesa e o segundo melhor ataque.

Nos playoffs venceu com folga o Maceió Marechais, enquanto o Santa Cruz garantiu a vaga de forma apertada, ganhando por 12 a 10 do Caruaru Wolves. Para a decisão os donos da casa contam com apoio da torcida e os ingressos podem ser adquiridos na Vale Ingresso, Blaza Barbearia, Eagles (curso de idioma) e com os atletas.

Futebol americano: final entre Carrancas e Santa Cruz Piratas será no dia 8/12

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A grande final da Liga Nordestina de Futebol Americano já tem data definida. O Carrancas FA definirá em casa o título da competição contra a equipe Santa Cruz Piratas no dia 8 de dezembro, às 17h. A partida marca a primeira decisão entre equipes do mesmo estado na história da Liga.

O Carrancas chegou à final depois de atropelar o Maceió Marechais no último domingo por 45 a 6, já o Santa Cruz fez um outro duelo pernambucano diante do Caruaru Wolves e ganhou apertado por 12 a 10.

Essa é a primeira participação do Carrancas nos playoffs, a fase de mata-mata e por ter tido a melhor campanha na fase de grupos, a equipe petrolinense ganhou o direito de disputar a final em seus domínios.

Final do campeonato Juazeirense de Futebol Amador acontece hoje (23) 

O Campeonato Juazeirense de futebol amador, competição oficial do calendário esportivo municipal, chega ao final nesta sexta-feira (23). A partida acontece no Estádio Adauto Moraes, a partir das 20h, com entrada livre para os torcedores.

O legítimo campeão sairá do confronto inédito entre as equipes do XV de Novembro e do Barro Vermelho. Os dois finalistas nunca se enfrentaram em decisões do campeonato na categoria principal. O único encontro numa final aconteceu em 2005 na categoria Sub 15, quando o Tremendão venceu o Barro Vermelho.

Organizado pela Liga Desportiva Juazeirense (LDJ), entidade máxima do futebol amador da cidade, a competição cresce a cada ano com o apoio da Prefeitura Municipal de Juazeiro (BA), através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte), que fomenta a prática e o desenvolvimento da modalidade em todo município.

Carrancas supera Marechais e está na final da Liga Nordestina de Futebol Americano

No começo foi tenso, mas ao final da partida realizada no domingo (18) o Carrancas Futebol Americano comemorou não apenas a vitória sobre o Maceió Marechais, como também a vaga na final da Liga Nordestina da modalidade. Essa é a primeira participação do representante do Vale nos playoffs (a fase de mata-mata) e a decisão do título será em casa, com apoio da torcida.

Diante do Marechais o Carrancas abriu vantagem no final do primeiro quarto e foi ampliando seu domínio diante de uma equipe mais experiente na competição. Dono da melhor campanha na fase de grupos o time de Petrolina venceu a partida por 45 a 6.

O título da Liga Nordestina será decidido em dezembro, em data a ser confirmada, contra o Santa Cruz Piratas que venceu o Caruaru Wolves por 12 a 10, também em partida realizada no domingo. Essa será a primeira final entre equipes do mesmo estado e o campeão subirá à BFA, elite da modalidade.

Casanovense e Flamenguinho Juá são os finalistas do Campeonato de Futebol Society do N-9

A semifinal do Campeonato de Futebol Society do N-9, organizado pela Liga Desportiva do N-9 (LDN9), aconteceu neste sábado (10), no Projeto Senador Nilo Coelho em Petrolina (PE). No primeiro jogo às 17h, Casanovense ganhou do Vila Leite por 2 x 1.

Às 18h30 começou o segundo jogo pela semifinal, dessa vez, o Lagoa Grande enfrentou o Flamenguinho Juá. A partida terminou empatada, os dois times fizeram 03 gols. A decisão foi para os pênaltis, e o Flamenguinho Juá venceu o Lagoa Grande por 2 x 0.

LEIA TAMBÉM:

Vila Leite e Flamenguinho Juá garantem as primeiras vagas da semifinal do Campeonato de Futebol Society do N-9

A final do campeonato está marcada para o próximo sábado (17), às 16h Casanovense e Flameguinho Juá disputam o título de campeão. Nessa edição a organização do campeonato premiará o primeiro lugar com R$ 7 mil, troféus e medalhas; e o vice-campeão com R$ 4 mil, troféus e medalhas.

Final do Campeonato Pernambucano da Série A2 acontece neste domingo (04) em Petrolina

Estádio Paulo Coelho (Foto: Internet)

Amanhã (04) é dia de finalíssima no Estádio Paulo Coelho em Petrolina (PE). A Fera sertaneja enfrenta o Centro Limoeirense. O vencedor se consagra campeão da Série A2 do campeonato e garante vaga na Série A. A partida está marcada para às 16h.

O Petrolina teve a melhor campanha da fase de grupos e até então está invicto. Outro trunfo da Fera, é o volante Douglas, vice artilheiro da competição. Falta pouco para o Petrolina conseguir o acesso à Primeira Divisão do Campeonato Pernambucano.

Sobre as expectativas para a partida, o treinador do Petrolina, Pedro Manta, falou sobre a preparação do time e os fatores que podem levar a Fera Sertaneja a vitória tendo em vista o adversário que também busco o título.  “Na decisão, muita garra, muita gana, e principalmente comprometimento.  É um jogo que a gente tem que levar em conta todos os fatores, o que a gente fez no passado não vale a gora nesse jogo, nessa decisão. Humildade para jogar, ter foco, determinação saber jogar com inteligência por que o adversário tem qualidade, muito bom o time, não chegou nessa final por acaso, mas a gente também lutou para chegar nessa final”, disse.

“Final sempre é final, tem um friozinho na barriga diferente. Final se joga mais com o coração do que com as pernas, por isso nós vamos trabalhar a mentalidade do grupo, mesma equipe, mesma postura, mas decisão a gente tem que jogar com o coração na chuteira”, concluiu.

A equipe de arbitragem responsável por apitar o duelo é composta pelo árbitro Tiago Nascimento dos Santos, assistente 1: Clovis Amaral da Silva, assistente 2: Marcelino Castro de Nazaré, e quarto árbitro: Kleber de Souza Batista Duarte.

No primeiro jogo da final da Série A2, Centro Limoeirense e Petrolina empatam em 1 a 1

Próximo jogo será realizado no estádio Paulo Coelho, em Petrolina. Nova igualdade no placar leva a disputa do título para a decisão por pênaltis

Após pouco mais de dois meses, o Campeonato Pernambucano da Série A2 chegou à sua final, sendo decidida por Centro Limoeirense e Petrolina. Na primeira partida, disputada no estádio José Vareda, em Limoeiro, empate emocionante em 1 a 1, com gol direito a gol dos visitantes, aos 49 do segundo tempo. De quebra, o resultado mantém a invencibilidade da Fera Sertaneja na competição. O segundo jogo da final acontecerá no próximo domingo, às 16h, em Petrolina, no estádio Paulo Coelho.

O primeiro tempo começou bastante truncado e com equilíbrio entre os dois times. Devido ao gramado irregular, as duas equipes apostavam em jogadas de bola aérea. A primeira boa chegada veio com o Centro, através de Amaral, que arriscou de fora da área e quase encobria o goleiro Fernando. Aos 20, o Petrolina respondeu com Arianderson, escorando cruzamento e Panda fez grande defesa. Depois, defendeu outra investida adversária, em cobrança de falta de Jeferson. Apesar das tentativas, o 0 a 0 persistiu no placar.

Porém, no segundo tempo, as equipes se lançaram com mais ímpeto ao ataque para adquirir a vantagem para a segunda partida. Desta forma, o Centro Limoeirense chegou ao seu gol aos 14 do segundo tempo com o atacante Renan. Após bola alçada para a área, a defesa do Petrolina cortou mal e Renan recebeu livre na pequena área para completar para as redes. Com o gol sofrido, a Fera Sertaneja tomou as rédeas da partida e pressionou em busca do empate. O Dragão tentava aproveitar o contra-ataque, mas não teve sucesso. Depois várias chances desperdiçadas, no apagar das luzes, aos 49, o Petrolina buscou o empate. Douglas aproveitou a bobeira da zaga alvirrubra e, de cara com Panda, bateu no canto. Empate que mantém a decisão em aberto para a segunda partida e promete mais emoção ainda.

123