‘Forró da Espora’ acontece neste sábado no Estádio Paulo de Souza Coelho

O Forró da Espora e a Missa do Vaqueiro são realizados pela Prefeitura de Petrolina.

Depois de quase dois meses, o ciclo junino de Petrolina vai encerrar neste fim de semana. A tradicional festa dos vaqueiros, o ‘Forró da Espora’, será neste sábado (29), a partir das 18h, no Estádio Paulo de Souza Coelho. A Prefeitura de Petrolina espera um público de aproximadamente 10 mil pessoas, vindas de todo sertão. Encerrando a programação no domingo (30), quando será realizada a Missa do Vaqueiro.

O Forró da Espora vai ser animado por três grandes nomes do estilo pé-de-serra:  Sérgio do Forró, César Adriano e Henrique Nunes. “Concluímos o ciclo junino valorizando o que há de mais rico no nosso Sertão, que são as tradições e a cultura do povo sertanejo, como nos orienta o prefeito Miguel Coelho”, diz o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Emício Júnior.

LEIA MAIS

Forró da Espora mantém viva tradição sertaneja em Petrolina

(Foto: Ascom)

A noite do sábado (23) foi de muito forró e arrasta pé no Estádio Paulo de Souza Coelho com mais uma edição do Forró da Espora. Usando gibão e chapéu de couro, os vaqueiros se reuniram para celebrar o período junino, no momento que antecedia a Missa do Vaqueiro.

Por quase seis horas, Lu Vaqueira, Novo Skema, Sérgio do Forro e Adenny Vaqueiro deram o tom aos festejos colocando o público para dançar e arrastar pé no estádio.

Hoje pela manhã os vaqueiros se reuniram na Orla da cidade para a Missa do Vaqueiro, evento que encerra oficialmente o calendário de festas desse mês.

Sanfoneiro Sérgio do Forró é uma das atrações do ‘Forró da Espora’ que será realizado nesta sábado em Petrolina

O sanfoneiro Sérgio do Forró anima o Forró da Espora. (Foto: Divulgação)

O sanfoneiro juazeirense Sérgio do Forró é uma das atrações de um dos mais tradicionais festejos do São João de Petrolina, o ‘Forró da Espora’. O evento será realizado neste sábado (23), no Estádio Paulo de Souza Coelho, a partir das 19h. Também animam a festa: Lu Vaqueira, Forró Novo Skema e Adenys Vaqueiro.

Para o secretário de Cultura, Turismo e Esportes, o ‘Forró da Espora’ está entre os eventos do ciclo junino de maior tradição no município. “É compromisso da `Prefeitura de Petrolina fortalecer a cultura do nosso povo. Desde o ano passado o prefeito Miguel Coelho pediu que a tradicional festa dos vaqueiros voltasse ao local de origem: o Estádio Paulo de Souza Coelho. Este ano, está tudo sendo preparado com muito esforço para realizamos uma festa melhor que a do ano passado”, anuncia o gestor.

O ‘Forró da Espora’ é uma realização da Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE), em parceria com a Associação de Cristália.

E neste domingo (24), será dia de agradecer às bênçãos e lutas do homem sertanejo. A partir das 9h, homem e cavalo se preparam para a cavalgada em direção a Orla de Petrolina. A concentração será do Estádio Paulo de Souza Coelho até a Porta do Rio, onde será realizada  a 77ª ‘Missa do Vaqueiro’.

Grupo de moradores questiona realização do Forró da Espora em área residencial: “por onde anda a fiscalização?”

O Forró da Espora desse ano será realizado no Estádio Municipal Paulo Coelho, como tradicionalmente acontece e   mesmo sendo uma importante manifestação cultural, a realização da festa não está agradando aos moradores no entorno do estádio.

Eles protocolaram um ofício na Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (SECULTE) ainda em junho de 2017, dias após a edição do ano passado, solicitando a não realização da festa no local nos anos seguintes, tendo em vista a perturbação do sossego da comunidade.

“Reivindicamos de V.Exa., como gestora da área de Cultura do município, que tal fato não venha a acontecer nos próximos anos, deslocando o Forró da Espora para um local apropriado e não no Estádio Municipal, no centro de Petrolina. Queremos deixar bem claro que não somos contra o evento, uma tradição dos festejos juninos na cidade, mas contra o local“, protestou o grupo no documento encaminhado à Prefeitura de Petrolina.

LEIA MAIS

Religião e tradição marcam a 76ª Missa do Vaqueiro em Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante a manhã de hoje (25) vaqueiros da região marcaram presença da 76ª Missa do Vaqueiro, que teve início com uma procissão e a celebração na Orla de Petrolina.

Antes da missa, no sábado (24) os vaqueiros participaram do Forró da Espora, que este ano voltou a ser realizada no estádio Paulo de Souza Coelho. A festa começou por volta das 21h, ao som do forró pé-de-serra dos trios Visão Musical, Novo Esquema e Sérgio do Forró. O espaço da festa é dividido em três: ‘Quem me quer’ para solteiros, ‘Já tem dono’ para casados e o ‘Rabo da gata’, que é o geral.

E neste domingo, a tradicional Missa do Vaqueiro começa às 9h, com uma procissão até as margens do Rio São Francisco, na orla de Petrolina, onde é celebrada missa pelo Padre José Guimarães, também vaqueiro. A celebração faz uma homenagem póstuma a todos que já faleceram. A homilia conta com os aboiadores Josélio e Edivaldo, Coral Aboio Serrita e Zezinho do Violão. Durante o ofertório, é feita a bênção dos arreios (instrumentos) dos vaqueiros: gibão, chocalho, guarda peito, perneira, chapéu, peitoral, luvas, botas, búzio (feito do chifre do boi), corda de laçar e cavalo. No final, por volta do meio-dia, é servido um almoço, seguido pelo show da dupla Sirano e Sirino.

Com informações do JC

São João de Petrolina mantém tradição com 76ª Missa do Vaqueiro e Forró da Espora

(Foto: ASCOM)

Os vaqueiros são figuras tradicionais do sertão nordestino, responsáveis por cuidar de um rebanho de gado na seca da caatinga, muitas vezes arriscando a própria vida. No São João de Petrolina, uma grande celebração religiosa e profana reúne mais de mil vaqueiros, de várias idades, de Pernambuco e da Bahia.

A festa profana é o Forró da Espora, realizado na noite de São João, no sábado (24), e que termina com a 76ª Missa do Vaqueiro, no domingo (25). Este ano, a novidade é que o Forró da Espora volta a acontecer no estádio Paulo de Souza Coelho como originalmente, em vez do Pátio Ana das Carrancas.

“O estádio foi onde a festa começou há cerca de 20 anos, os vaqueiros gostam, por ser mais central. A gente criou o Forró da Espora para proporcionar algo para o vaqueiro antes da tradicional missa”, explica Domingos Sávio Brandão, radialista e um dos organizadores da celebração.

A secretária de Cultura, Turismo e Esportes de Petrolina, Maria Elena de Alencar, também reforça a importância da festa. “O vaqueiro representa um legado cultural com suas manifestações no vestuário e na religiosidade. Este ano, resgatamos a festa para o estádio e assim vamos garantir que os vaqueiros presentes possam se divertir num ambiente onde eles poderão também abrigar seus animais da melhor forma”, disse a gestora.

Serviço

Forró da Espora  

  • Sábado (24/06) – A partir das 21h até 3h
  • Local: Estádio Paulo de Souza Coelho
  • Atrações: Visão Musical, Novo Esquema e Sérgio do Forró
  • Cavalgada saindo do estádio Paulo Souza Coelho, às 9h.
  • Entrada gratuita

76º Missa do Vaqueiro

  • Domingo (25/06) – Às 10h
  • Local: Orla de Petrolina
  • Chegada às 10h na orla e início da missa
  • Às 12h, é servido almoço para os vaqueiros e em seguida tem show da dupla Sirano e Sirino
LEIA MAIS

De volta ao estádio Paulo de Souza Coelho, Forró da Espora preserva tradição no São João de Petrolina

(Foto: ASCOM)

As festividades juninas de Petrolina vêm surpreendendo pela descentralização e também pelos grandes shows que lotam o pátio Ana das Carrancas.  Mas, o fim de semana que abriga o Dia de São João certamente é o mais aguardado pelos milhares de vaqueiros da região que vivem momentos de expectativa para o tradicional Forró da Espora que acontece no próximo sábado (24), dia do santo que dá nome aos festejos.

Em sua 76 ª edição, o Forró da Espora, volta ao estádio Paulo de Souza Coelho, onde os vaqueiros viverão uma noite de “esquenta” para a tão aguardada Missa do Vaqueiro que acontece no domingo (25).

LEIA MAIS

Tradicional Forró da Espora leva ao pátio de eventos público apaixonado pela cultura nordestina

forró da espora

O público composto por vaqueiros, um dos símbolos do sertão, seus familiares e admiradores da cultura do vaqueiro teve sua noite super animada.

A noite do último sábado (25) foi de celebração à cultura sertaneja. Pelo terceiro ano consecutivo, o Forró da Espora, evento realizado em Petrolina há mais de 20 anos, reuniu milhares de pessoas para prestigiar a última noite dos festejos juninos no pátio de eventos Ana das Carrancas.

O público composto por vaqueiros, um dos símbolos do sertão, seus familiares e admiradores da cultura do vaqueiro teve sua noite animada pelos artistas Coquinho Neves e Banda Kuarteto de 3, Afonso Elias e os tradicionais Alcymar Monteiro, Zezinho da Ema e Sérgio do Forró que se responsabilizaram por não deixar ninguém parado, animando o público através da relação próxima com o Forró da Espora.

“É muito bom participar de mais um ano deste evento que reúne tantas pessoas. A gente canta com muita alegria no Forró da Espora”, afirmou Alcymar Monteiro. Já o forrozeiro Sérgio do Forró cativou mais uma vez o público encerrando o evento com música até as primeiras horas desse domingo (26). “A gente toca até o sol raiar”, disse Sérgio.

Com o festejo popular dos vaqueiros e admiradores, a Prefeitura de Petrolina trouxe ao município atrações variadas para a sexta edição do São João do Vale, agradando a diversos públicos. O circuito junino aberto no início do mês com a Jecana no distrito de Capim, ainda reuniu milhares de pessoas para apreciar o Festival de Sanfoneiros, Noite Cultural na Concha Acústica, Festival de Violeiros e o Concurso de Quadrilhas. No pátio Ana das Carrancas foram nove noites de festa desde o último dia 17 contando com atrações locais, regionais e nacionais.

A cada noite de festejo, desde iniciado o circuito, estima-se que participaram entre 50 mil até 130 mil pessoas. “Petrolina é uma cidade dinâmica e que tem muito a se festejar, temos grandes marcas na educação com o melhor IDEB, na saúde com uma das maiores coberturas, na habitação sendo um dos município a mais construir casas, mais de 10 mil, entre tantos outros; então temos motivos para celebrar. E o São João do vale é prova disso que, por sua vez, é também além do lazer, uma forma de trazer movimento financeiro à cidade”, afirmou o Prefeito Julio Lossio.

O calendário junino da cidade será encerrado hoje (26) com o cortejo e a Missa do Vaqueiro  que tem programação logo cedo neste domingo no pátio das festas e se encerra na orla da cidade.

Ascom