Juazeiro: Atakadão Atakarejo estuda possibilidade de comprar frutas produzidas no distrito de Maniçoba

(Foto: Ascom)

O proprietário do Atakadão Atakarejo, Teobaldo Costa, visitou, nesta segunda-feira (4), o distrito de Irrigação de Maniçoba, localizado na zona rural de Juazeiro (BA). A visita foi acompanhada pela secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária Elayne Borges, e o deputado estadual Zó (PCdoB), o vereador Reinaldo Sabino, o diretor-presidente da AMA Agnaldo Meira e o superintendente da ADEAP Jefferson Gonçalves.

Com o intuito de apresentar as potencialidades do local, a secretária explicou que o grupo atacadista está estudando possibilidades de adquirir frutas produzidas no distrito de irrigação para serem revendidos em seus centros comerciais. “Sabemos do grande potencial que os nossos distritos irrigados possuem e hoje fomos convidados para acompanhar esse importante momento que pode resultar numa forte geração de renda para o nosso município”, disse.

O Atakadão Atakarejo é uma empresa baiana, presente em Salvador e região metropolitana, com um total de 16 lojas. “Hoje estamos aqui para conhecer toda a potencialidade do distrito de irrigação de Maniçoba. A priori queremos comprar as frutas produzidas aqui para comercializar nos nossos pontos comerciais, mas nosso propósito é que futuramente possamos instalar uma filial do Atakarejo no município de Juazeiro”, explicou Teobaldo.

LEIA MAIS

Parnaíba do Piauí deve “competir ou se aliar” com Petrolina para exportação de frutas, segundo Bolsonaro

Durante coletiva de imprensa, o presidente Jair Bolsonaro respondia a uma pergunta sobre o Ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro, quando citou que Parnaíba (PI) pode ser uma concorrente ou aliada de Petrolina (PE) na exportação de frutas.

“Tive um rápido contato com ele [Sérgio Moro] antes da eleição e depois por um telefone quando estava em Parnaíba, terra de Mão Santa. Vamos competir com Petrolina ou vamos nos aliar para exportação de frutas. Vai ter uma irrigação maravilhosa lá”, disse o presidente.

Bolsonaro tem agenda marcada para esta segunda-feira (05) em Sobradinho (BA). O presidente deve inaugurar a primeira etapa da Usina Solar Flutuante instalada no Reservatório do município.

Mercadorias de comerciantes de frutas são apreendidas no Centro de Petrolina

Vendedores ambulantes estavam trabalhando em local irregular. (Foto: Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação)

Uma fiscalização realizada ontem (12) pelas equipes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDURBH) resultou na apreensão das mercadorias de dois comerciantes informais de frutas. Eles estavam trabalhando da maneira irregular em dois pontos da Avenida Souza Filho no Centro de Petrolina (PE).

De acordo com a SEDURBH, a ação foi necessária porque a atividade comercial estava desrespeitando um acordo firmado em setembro do ano passado entre a os comerciantes, a Associação de Feirantes, Ambulantes, Barraqueiros e Camelos de Petrolina (AFEABACAP) e a Diretoria de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas da SEDURBH. Na época foi estabelecido que os vendedores de frutas e verduras só poderiam trabalhar no espaço reservado a eles, localizado num antigo ponto de transporte alternativo na Rua João Amorim de Araújo, nas imediações do Mercado do Turista.

LEIA MAIS

Preço do Aipim registra queda no Mercado do Produtor de Juazeiro; confira outros preços

Vários produtos comercializados no Mercado Produtor de Juazeiro tiveram queda nos seus preços nesta terça-feira (04). O quilo do aipim que está sendo vendido por R$0,90; a caixa do morango por R$15,00 e o cento da laranja está sendo vendido por R$ 25,00.

As cotações são monitoradas diariamente pelo setor de estatística do Mercado do Produtor de Juazeiro e podem ser conferidas clicando aqui. A cotação completa dos produtos comercializados no entreposto está no site da Prefeitura de Juazeiro.

Saco de beterraba é vendido a R$ 35 no Mercado do Produtor; confira mais preços

(Foto: ASCOM)

O consumidor que pretende fazer compras nesta quarta-feira (22) vai encontrar preços de frutas, legumes, verduras e cereais em menor preço no Mercado Produtor de Juazeiro, quinto maior entreposto do Norte/Nordeste em volume e valor de negócios.

Os preços mínimos de alguns produtos comercializados no entreposto são: saco com 20 kg da beterraba custa R$ 35,00; o quilo da berinjela é vendido por R$1,96; o quilo do melão está custando R$1,20 e a caixa com 25kg do inhame sai por R$ 100,00.

As cotações são monitoradas diariamente pelo setor de estatística do Mercado do Produtor de Juazeiro. A cotação completa pode ser conferida clicando aqui.

Fernando Bezerra pede a ministro ampliação de prazo de incentivo fiscal para produtores de frutas do Vale do São Francisco

A região responde por 84% das exportações de manga. (Foto: ASCOM)

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) foi recebido nessa terça-feira (07) pouco pelo ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge, para solicitar a ampliação do prazo do chamado “drawback” ao setor produtivo de frutas irrigadas da região do Vale do São Francisco.

Durante o encontro, o senador defendeu que o período do incentivo fiscal passe de dois para três anos, conforme possibilita a legislação em vigor. Instituído pelo Decreto-Lei 37/1966, o drawback consiste na suspensão ou eliminação de tributos incidentes sobre insumos importados utilizados em produtos exportados, estimulando as exportações ao reduzir os custos de produção e tornando tais itens mais competitivos no mercado internacional.

“Sensível à demanda, o ministro marcou uma nova reunião para o próximo dia 22 com a participação dele, de uma ampla equipe técnica do MDIC e de representantes da Valexport (Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco)”, conta Fernando Bezerra Coelho.

LEIA MAIS

Quilo da abóbora é comercializado a R$ 1 no Mercado do Produtor em Juazeiro; confira cotação

Quem pretende fazer as compras, nesta sexta-feira (03), no Mercado do Produtor em Juazeiro (BA) vai encontrar o quilo da abóbora comum por R$ 1,00.

O quilo do abacate essa semana está com preço menor custando R$ 2,70, a caixa do morango sai por R$18,00, o quilo do coco verde é vendido por R$ 0,30, o quilo da maçã nacional custa R$ 3,39 e o quilo da melancia R$ 0,60.

Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto municipal. Você pode conferir a cotação completa dos produtos comercializados no Mercado do Produtor clicando aqui.

Confira o preço de verduras, frutas e cereais que estão sendo vendidos no Mercado do Produtor de Juazeiro

(Foto: ASCOM)

Nesta segunda-feira (16) o Mercado do Produtor de Juazeiro abriu os portões a meia noite para atender comerciantes de todo o país. O quilo da abóbora comum está sendo comercializado por R$ 0,90; o quilo do abacate essa semana está com preço menor custando R$ 2,80; a caixa do morango sai por R$18; o quilo do coco verde é vendido por R$ 0,60; o quilo da maçã nacional custa R$ 3,61 e o quilo da melancia R$ 0,60.

Confira aqui a cotação completa dos produtos comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro. Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto municipal.

Caminhão carregado com frutas tomba em Juazeiro

Na tarde dessa quinta-feira (07), um caminhão carregado com frutas tombou na zona rural de Juazeiro (BA).

Segundo informações, o condutor teria virado o veículo após desviar de um obstáculo. Ele perdeu o controle do caminhão e tombou. Não houve vítimas.

A Polícia Militar foi acionada para isolar o local e impedir que houvesse saque da carga.

Produtores rurais de Petrolina acumularam prejuízo de R$ 570 milhões durante greve dos caminhoneiros

A greve dos caminhoneiros contou com apoio de boa parte da população brasileira que inclusive foi às ruas fortalecer o movimento em Petrolina e Juazeiro. Entretanto, assim como a paralisação de 10 dias interrompeu o abastecimento dos postos de combustível e supermercados, a produção de frutas no Vale do São Francisco também foi afetada.

Segundo o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Petrolina (SPR), Jailson Lira, foi contabilizado até a quarta-feira (30) R$ 570 milhões de prejuízo. Isso porque a produção não conseguiu ser escoada pelas rodovias federais.

“São números grandiosos porque as greves se estendem principalmente no Sertão de Pernambuco e na Bahia, os produtores estão preocupados com a situação. O volume de exportação nesse período é bem menor do que ao longo do ano, mas o mercado interno é tão importante quanto o mercado de exportação”, disse ao programa Super Manhã, da Rádio Jornal Petrolina.

Com as frutas armazenadas por longos períodos, muitos produtores devem contabilizar mais perdas, isso porque a presença da mosca da fruta é outro ponto que gera preocupação.

Acompanhe os preços dos produtos comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro

Acelga. (Foto: Ilustrativa)

A cotação dos produtos comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro (BA), nesta segunda-feira (7), mostra que o quilo da abóbora comum está sendo vendido por R$ 0,90; a batata doce está custando R$1,29 o quilo; o consumidor pode encontrar o quilo da acelga por R$1,50; já o quilo do aipim/macaxeira custa R$1,40.

Confira a cotação completa clicando aqui. Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto municipal. O Mercado do Produtor de Juazeiro funciona de segunda a sexta-feira (das 2h ás 22h e aos sábados até as 17h).

Os produtos comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro estão oscilando nesta segunda-feira (30); veja na cotação

(Foto: Divulgação)

Quem pretende fazer as compras nesta segunda-feira (30), no Mercado do Produtor em Juazeiro vai encontrar o quilo da abóbora comum por R$ 0,80; a berinjela o quilo está sendo vendida por R$ 2,14; o quilo do jiló é vendido por R$ 2,00; o quilo do limão Tahiti custa R$ 1,50 e o quilo do coco verde está sendo vendido por R$ 0,38.

Confira a cotação completa dos produtos comercializados no Mercado do Produtor clicando aqui. Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto municipal. O Mercado do Produtor de Juazeiro funciona de segunda a sexta-feira (das 2h ás 22h e aos sábados até ás 17h).

Produtos comercializados no Mercado do produtor oscilam nesta terça-feira (10)

(Foto: Ilustrativa)

Quem pretende fazer compras de frutas nesta terça-feira (10) no Mercado do Produtor, em Juazeiro (BA) vai encontrar o quilo da acerola por R$ 2,00; já o quilo do abacate é vendido por R$ 2,90; o quilo da maçã nacional custa R$ 3,44; o quilo da melancia sai por R$ 0,50 e o mamão formosa é vendido por R$ 0,90.

Clique aqui e confira a cotação completa dos produtos comercializados no Mercado do Produtor de Juazeiro. Os preços são resultado de uma pesquisa diária feita no comércio atacadista do entreposto municipal. O Mercado do Produtor de Juazeiro funciona de segunda a sexta-feira (das 2h da manhã ás 22h da noite e aos sábados até às 17h).

Frutas de clima frio se adaptam a temperaturas do sertão de Pernambuco

A pesquisa teve início há dez anos e é considerada um sucesso. (Foto: Internet)

Fruteiras de clima frio, como a maçã, caqui e pera estão sendo produzidas no sertão de Pernambuco junto da manga e da uva, que se tornaram tradicionais nas margens do Velho Chico. Com isso, os frutos passaram a se adaptar às altas temperaturas. Após dez anos de pesquisa, os resultados agradaram agricultores e cientistas.

Com temperatura acima dos 40ºC durante o dia, o vale do Rio São Francisco se tornou o principal polo exportador de uva e manga do país. A região movimenta por ano cerca de R$ 1,1 bilhão com essas frutas.

Com o cultivo de manga e uva consolidado, a região tem inaugurado a produção de frutas ainda mais exigentes com relação às baixas temperaturas, como a pera, por exemplo.

Produção pelo Brasil

A maior parte da produção de maçã, caqui e pera no Brasil se concentra nos estados do Sul e do Sudeste. No entanto, a intenção não é que o Nordeste compita com a produção das demais regiões do país, mas aproveite as janelas deixadas por eles durante o ano. E então, suprir o mercado nos meses de entressafra.

LEIA MAIS

Veja como estão sendo comercializadas verduras e frutas no mercado do produtor de Juazeiro

(Foto: Ilustração)

O mercado do produtor de Juazeiro é a maior central de abastecimento do Norte/Nordeste. Para informar produtores, comerciantes e consumidores sobre os preços dos produtos vendidos no local, funcionários do entreposto, fazem uma pesquisa diária no comércio atacadista do mercado.

Nesta quarta-feira (6), a batatinha está sendo vendida a R$1,80 o quilo; a cenoura está custando R$ 1,75 o quilo; já a acerola o consumidor vai encontrar por R$2,00 o quilo; o melão amarelo continua com preço baixo e está custando R$0,90 o quilo.

A cotação completa dos produtos comercializados no Mercado do Produtor você acessa clicando aqui,

12