Torcida petrolinense está na contagem regressiva para clássico local no Pernambucano Séria A2

Torcida espera pela “batalha” local no estadual da 2ª Divisão

Depois de ficar dois anos sem poder torcer para um time da cidade, os petrolinenses terão a partir de maio duas razões para retornar ao Estádio Paulo de Souza Coelho. Em agosto o Campeonato Pernambucano da Série A2 começa e Petrolina e 1º de Maio participarão.

As equipes da casa estão no Grupo A, juntamente com Serrano e Sete de Setembro e já estão treinando de olho na estreia. Enquanto o azulino se prepara na Toca do Juá, a Fera Sertaneja utiliza o estádio municipal para isso, matando um pouco da saudade da torcida.

Figura conhecida dos torcedores, Titico já foi atleta amador e gandula no Paulo Coelho. Triste pelo passado recente sem acompanhar os times da cidade, ele não vê a hora de ver a “batalha” no gramado. “Nós temos o grande clássico, é como um Irã e Iraque [explosivo], vai ser uma grande batalha”, disse ao Blog Waldiney Passos.

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) ainda não divulgou a tabela da competição, para saber quando Petrolina e 1º de Maio se enfrentarão no estadual da segunda divisão.

Salgueiro enfrenta o Náutico no Cornélio de Barros para definir liderança

Salgueiro - CarcaráNeste domingo(10), em Salgueiro, o Caracará do Sertão enfrenta o Náutico  para definir a liderança do hexagonal do título do Campeonato  Pernambucano 2016.

Depois de priorizar a Copa do Brasil e o Campeonato Pernambucano, o técnico Sérgio China terá todo o seu elenco à disposição para o confronto deste domingo (10). Contando com as boas atuações dos seus homens de frente, um grande trunfo do Salgueiro é o equilíbrio defensivo, que deixa a equipe do interior como a menos vazada do Pernambucano.

O Carcará levou apenas três gols no estadual e está na frente, inclusive, do Náutico, o atual líder da competição e adversário de logo mais. Em relação à partida, China acredita em uma grande vontade do seu adversário de superar as últimas atuações. O comandante do Salgueiro observou ainda a provável vontade em que o Náutico entrará em campo, já que foi eliminado da Copa do Brasil, em casa, por um adversário considerado fraco.