Prefeitura de Salgueiro alerta população sobre golpe do Crédito Popular Municipal

A Prefeitura de Salgueiro (PE) alertou a população sobre golpes do programa Crédito Popular Municipal. Em nota, divulgada na terça-feira (6), a gestão lembrou que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia não envia links via WhatsApp.

“Pedimos à população que fique atenta, porque a equipe do Programa entra em contato com os participantes apenas através de ligações por telefone fixo, e não há pedido de dados pessoais por telefone ou WhatsApp, apenas pessoalmente“, destaca a nota da Prefeitura.

LEIA MAIS

Alerta: criminosos estão aplicando golpes no WhatsApp utilizando nome do vice-prefeito de Juazeiro

Foto de Leonardo Bandeira tem sido usada para aplicar golpes (Foto: Ascom PMJ)

O vice-prefeito de Juazeiro, Leonardo Bandeira (Solidariedade) é mais uma vítima de golpes no WhatsApp. Criminosos estão usando uma foto do gestor público para aplicar golpes através do número (87) 9611-5206. De acordo com a Prefeitura, Leonardo tomou ciência do golpe nesta quarta-feira (23).

Ele foi alertado sobre uma vítima, que trabalha em uma lanchonete frequentada pelo vice-prefeito. Esta vítima foi procurada pelo contato na terça-feira (22), que fez um pedido via WhatsApp e solicitou para falar com o motoboy destinado à entrega.

LEIA MAIS

Golpe: Farsantes negociam casas do Novo Tempo V em Petrolina; Família tem prejuízo de aproximadamente R$ 19 mil reais

Um casal foi denunciado, nesta terça-feira (15), por suspeita de aplicar golpes em moradores de Petrolina, no Sertão pernambucano. Os acusados negociavam casas do residencial Novo Tempo V. 

De acordo com uma das vítimas, que não quis se identificar, o casal de golpistas se dizia que representavantes da Caixa Econômica Federal. “Só da minha família foram sete vítimas, sendo que duas pagaram R$ 3.000 reais cada  e cinco  R$ 2.700 reais cada. Totalizando R$ 19.500 reas”, disse. 

Ainda de acordo com a vítima, outras pessoas também sofreram perdas financeiras aqui na região. Segundo ela, cerca de 70 pessoas foram enganadas. “Tinha gente na delegacia chorando, pois pagaram R$ 7.000,00 reais, outras venderam carros, motos e até caíram nas mãos de agiotas”, contou. 

As vítimas prestaram queixa na Delegacia de Polícia Civil de Petrolina e a instituição vai investigar o caso. Nós estamos aguardando resposta da Caixa Econômica Federal, citada na reportagem. 

Resposta da Prefeitura de Petrolina

Em março deste ano, a Prefeitura de Petrolina já havia se posicionado sobre as ocorrências de golpes envolvendo o cadastro para o residencial Novo Tempo V e alertou a população para que não caiam nesse golpe.

“Nenhum funcionário pode ligar ou oferecer cadastro, muito menos cobrar por isso. Portanto, sempre que cobrarem qualquer coisa desconfie e denuncie”, esclareceu. 

Os cadastros são feitos, previamente, nas comunidades ou na sede da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Sustentabilidade. Essa ação ocorre após mapeamento in loco realizado pela equipe. Serão contemplados nos residenciais conveniados pelo município, as pessoas que atendem aos critérios estabelecidos pelo Governo Federal – morar em ocupação irregular (invasão), área de risco ou insalubre e nunca ter sido beneficiado com um programa habitacional.

A população pode tirar dúvidas através dos números (87) 99190-7667 ou (87) 99148-2629, disponível apenas para aplicativo WhatsApp.

Secretaria de Habitação de Petrolina alerta sobre falsa cobrança de cadastro em programa habitacional

(Foto: Ilustração)

Após receber a informação de que duas mulheres e um homem estão se passando por representantes da Secretaria Executiva de Habitação ou da Caixa Econômica Federal, a Prefeitura de Petrolina faz um alerta, novamente, para que a população não caia em golpe. O trio visita ocupações irregulares e alguns bairros para oferecer supostas facilidades de cadastro e venda de unidades habitacionais do Programa Casa Verde e Amarela.

De acordo com o secretário executivo de Habitação, Thiago Rosendo, os farsantes estão cobrando valores diversos para cadastrar as famílias no programa habitacional. “Nenhum funcionário pode ligar ou oferecer cadastro, muito menos cobrar por isso. Portanto, sempre que cobrarem qualquer coisa desconfie e denuncie. As pessoas que afirmaram ter recebido essa visita já foram devidamente orientadas a procurar a delegacia da Polícia Civil para registrar a ocorrência”, esclareceu.

O secretário explica ainda que no momento não existem inscrições abertas para novos programas habitacionais no município.

A população pode tirar dúvidas através do número (87) 3861-2690.

Ex-candidato à prefeitura de Petrolina é vítima de golpe e tem WhatsApp clonado

O ex-candidato à prefeitura de Petrolina, Deomiro Santos, informou, através das suas redes sociais, que foi vítima de um golpe. Ele teve seu WhatsApp clonado por bandidos que estão entrando em contato com seus amigos e familiares para pedir dinheiro e informações extremamente pessoais.

Deomiro Santos.

Lamentavelmente no mundo em que vivemos estamos sujeitos a esses tipos de crimes cibernéticos. Sendo assim, quero informá-los que já recuperei a minha conta e gostaria de pedir desculpas por qualquer mensagem importuna recebidas por esse WhatsApp”, disse.

Aero Cruz alerta para golpe do WhatsApp utilizando seu nome

(Foto: Ascom CMP)

O presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina emitiu uma nota de esclarecimento, nesta terça-feira (27), à população, sobre um golpe utilizando seu nome. Ele afirma que a prática é de “extrema gravidade” e está ocorrendo de “modo reiterado”.

LEIA TAMBÉM

“Os corpos estão ficando no meio da rua porque não tem viatura”, diz Aero, que cobra melhorias no IML de Petrolina

“Algumas pessoas, em clara má-fé estão utilizando o seu nome, assim como se passando pelo próprio e enviando áudios de WhatsApp e realizando ligações, sem nenhuma anuência da parte“, diz a nota.

O vereador já acionou a Polícia Civil, tendo inclusive realizado um Boletim de Ocorrência, já que algumas pessoas foram lesadas através desse golpe. Confira a nota a seguir:

LEIA MAIS

É golpe: INSS alerta para falsa prova de vida via WhatsApp

(Foto: Arquivo)

Tem um novo golpe na praça e os segurados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem estar atentos. Há criminosos pedindo uma prova de vida via WhatsApp, mas na verdade é golpe para roubar dados dos beneficiários.

Segundo o INSS, criminosos ligam ou enviam uma mensagem pelo WhatsApp, pedindo que a vítima envie uma foto de algum documento com foto para finalizar o processo. A recomendação do órgão é não obedecer aos pedidos, bloquear o contato e não responder a qualquer outro tipo de solicitação.

Vale lembrar que a prova de vida está suspensa em todo país até 31 de maio. E desde o ano passado, quando teve início a pandemia do novo coronavírus, essa prova foi suspensa.

Prefeitura de Petrolina alerta para o golpe do falso cadastro do Programa Minha Casa Minha Vida

(Foto: ASCOM/PMP)

A prefeitura de Petrolina informou que tem recebido informações de que uma pessoa está se passando por representantes da  Secretaria Executiva de Habitação do Município ou da Caixa Econômica Federal, para tirar dinheiro de moradores de áreas de ocupações irregulares.

De acordo com as denúncias, essa pessoa têm visitado residências e oferecido supostas facilidades de cadastro no extinto Programa Minha Casa Minha Vida, hoje Casa Verde Amarela e assim cobrando entre R$ 1 mil e R$ 5 mil para inscrever as famílias para receber casas que não existem.

LEIA MAIS

Bandidos estão cobrando por serviços em nome da Compesa, alerta Companhia

(Foto: Ascom)

Criminosos estão aplicando um golpe utilizando o nome da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Segundo a Companhia, há pessoas agindo de má fé, cobrando por supostos serviços em nome da empresa, prática essa que não condiz com o procedimento da Compesa.

“A Compesa não autoriza seus funcionários a receberem valores, sejam em espécie, ou através de maquinetas de cartão de crédito e/ou débito, nem de forma alguma, durante as ações de fiscalização e cobrança realizadas nas residências e estabelecimentos comerciais ou de qualquer outra natureza“, orienta a Compesa.

Quem for vítima ou presenciar esse tipo de prática deve registrar denúncias nos canais oficiais da Companhia. E claro, acionar a polícia. Os contatos da Compesa são:

  • Atendimento Comercial 24h – 0800 081 0195
  • Vazamento de Água e Esgoto 24h – 0800 081 0185
  • Loja Virtual da Compesa: www.compesa.com.br
  • App Compesa Mobile ( Android e IOS):
  • Aplicativo: https://play.google.com/store/apps/details?id=compesa.mobile&hl=pt_BR

“Caso alguém se identifique como funcionário da Compesa e solicite valores em espécie durante a execução de algum serviço, orientamos que os clientes entrem em contato com a Companhia e com a polícia para denunciarem a situação, para que o caso seja apurado e os responsáveis sejam punidos administrativamente e criminalmente“, ressalta a Compesa.

Alerta: novo golpe tem como vítimas consignados do INSS

Segurados do INSS devem consultar com frequência extratos no Menu INSS para identificar possíveis fraudes, essa tem sido a recomendação do  Instituto Nacional do Seguro Social, a fim de evitar o mais novo golpe do mercado financeiro brasileiro. Nesta modalidade, o criminoso obtém dados pessoais da vítima, tais como CPF, e faz o empréstimo em seu nome.

É importante consultar mês a mês o extrato do benefício. Temos acompanhado uma série de golpes no país, dos mais variados tipos. Esse é mais um. Ao identificar qualquer cobrança não contratada por você, aciona imediatamente o órgão para esclarecimento“, pontua a advogada Anhamona de Brito do Ajê Advocacia.

LEIA MAIS

PF desarticula grupo suspeito de aplicar golpes em beneficiários do Auxílio Emergencial no Sertão de Pernambuco

Advogados viraram réus (Foto: PF/Arquivo)

A Polícia Federal desarticulou um grupo que estava aplicando golpes em beneficiários do Auxílio Emergencial no Sertão de Pernambuco. A operação “Ágio Emergencial” foi deflagrada na sexta-feira (4), coordenada pela unidade de Salgueiro (PE) e cumpriu seis mandados de busca e apreensão.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal da 20ª Vara do Estado. De acordo com a PF, duas pessoas apontadas como integrantes do grupo já foram identificadas. Um dos envolvidos é um homem de 26 anos, funcionário de uma casa lotérica no município de Belém do São Francisco.

Ele estaria cobrando uma taxa de 10% em cima do valor do auxílio, para que os beneficiários não enfrentassem fila no momento do saque. O suspeito estaria cobrando essa taxa desde abril. Segundo a PF, o pagamento era efetuado fora do estabelecimento e o funcionário mirava pessoas de baixa renda ou em situação de miserabilidade social.

LEIA MAIS

Polícia Civil alerta população de Petrolina sobre novo golpe dos cartões de crédito e débito

Bandidos são bem organizados e usam da boa fé das pessoas (Foto: Marcos Santos/USP)

Criminosos da região estão se passando por funcionários de bancos e operadoras de crédito para aplicar mais um golpe na população petrolinense. O alerta foi feito, nessa sexta-feira (13), pela Polícia Civil 213ª Delegacia, em Petrolina.

O golpe

Os criminosos entram em contato com os cidadãos, afirmando que houve um problema com seus cartões de crédito ou débito. Eles então agendam um horário para uma visita às residências, para recolher o cartão. A justificativa para se deslocar até a vítima, segundo a polícia, mostra a boa articulação dos golpistas.

“[Eles] dizem que estão indo nas residências para evitar que as pessoas se desloquem às agências bancárias, evitando aglomeração em razão da pandemia do coronavírus. De boa-fé, algumas pessoas têm feito a entrega, inclusive com senha, possibilitando aos criminosos fazer saques e/ou compras, causando sérios prejuízos a essas pessoas”, explica a Polícia Civil.

Fique atento!

Mas fique atento, pois nenhuma operadora ou banco solicita o recolhimento dos cartões em sua residência. Quem solicita isso, retira a polícia, quer aplicar algum golpe. Sendo assim, o moradora ou moradora deverá imediatamente acionar a polícia.

Polícia apreende menor acusado de aplicar golpes em Petrolina e cidades da Bahia

(Foto: Polícia Civil/BA)

O menor infrator foi apreendido na cidade de Senhor do Bonfim, região norte da Bahia. Durante as investigações, Policiais Civis da 19ª Coordenação Regional de Polícia do Interior, descobriram que um menor de idade, oriundo da cidade de Osasco, em São Paulo, estava hospedado em uma pousada da cidade de Senhor de Bonfim e o mesmo estava aplicando golpes em pessoas de Senhor do Bonfim, Campo Formoso e Juazeiro, cidades do norte da Bahia e em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

O golpe acontecia da seguinte maneira. Um homem ligava de São Paulo para a vítima, se passando como funcionário da operadora do cartão. No telefonema, informava que seu cartão tinha sido clonado e que outra pessoa estava fazendo compras e transferências com o cartão da vítima em São Paulo.

LEIA MAIS

PF investiga mais um golpe da cédula falsa de R$ 200 em Pernambuco

Vítima é um comerciante de 60 anos (Foto: Raphael Ribeiro/BCB)

A Polícia Federal (PF) investiga um segundo golpe aplicado utilizando notas falsas de R$ 200. O caso aconteceu em Camaragibe, Região Metropolitana do Recife, no início do mês. Mas apenas hoje (14) a vítima entrou em contato com a PF.

A vítima é um homem de 60 anos. Ele colocou refletores a venda na internet. A venda foi finalizada e ele recebeu o pagamento em dinheiro. Mas as oito notas de R$ 200 entregues pelos compradores eram falsas. O chefe de comunicação da Polícia Federal no Estado, Giovani Santoro, contou como a denúncia chegou até a PF.

“Esse empresário, administrador, estava fechando as atividades em visto até do falecimento de sua esposa, vendendo 11 refletores de 400 watts. Colocou na internet esse anúncio, uma mulher se apresentou como compradora, foi até a casa dele com outro suspeito e pagou R$ 1,6 mil em notas de R$ 200. Quando ele descobriu que as notas eram falsas as trouxe aqui para a Polícia Federal”, disse a Rádio Jornal.

Dicas

As dicas da PF são observar a cédula atentamente: analisar o número de série, a marca d’água, cor da cédula e acima de tudo, recorrer ao aplicativo “Dinheiro Brasileiro”. O app não dirá se a cédula é falsa, mas vai orientar o usuário sobre como identificar outras possíveis irregularidades.

Prefeitura de Petrolina alerta sobre falsa cobrança para cadastros no ‘Minha Casa, Minha vida’

(Foto: Ilustração)

Após receber a informação de que criminosos estariam se passando por representantes da Secretaria Executiva de Habitação e visitando ocupações irregulares para oferecer supostas facilidades no programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, a prefeitura de Petrolina decidiu fazer um alerta para que a população não caia nesse golpe.

De acordo com a prefeitura, os farsantes estariam cobrando o valor aproximado de R$ 1 mil. As pessoas que afirmaram ter recebido essa visita, já foram devidamente orientadas a procurar a delegacia da Polícia Civil para registrar a ocorrência.

LEIA MAIS
123