Pernambuco registra mais 460 casos e 35 mortos pelo coronavírus

Números não param de crescer no Estado (Foto: Ilustração)

Pernambuco tem mais 460 novos casos do coronavírus e chegou a 5.358 pacientes infectados pela doença. O boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nessa segunda-feira (27) traz ainda mais 35 mortes nas últimas 24 horas.

Com isso o Estado chega a marca de 450 óbitos. Sobre as novas ocorrências, 257 casos são leves e 203 foram classificados como graves. Há profissionais de saúde e da segurança entre os pacientes infectados.

A SES ainda não informou o número de pacientes recuperados, nem os detalhes sobre faixa etária, municípios e comorbidades dessas pessoas. Os dados completos serão divulgados ao final da tarde.

Pernambuco supera marca de 1.500 infectados pelo covid-19

(Foto: Internet)

Pernambuco tem mais 199 novos casos confirmados de covid-19. Com isso o Estado supera a marca de 1.500 pacientes infectados, chegando a 1.683 pessoas testando positivo ao novo coronavírus. Os dados foram atualizados no início da tarde dessa quinta-feira (16).

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) também atualizou o número de mortes: são mais 17 vítimas fatais. Pernambuco tem agora 160 óbitos provocados pelo covid-19. Diferentemente de ontem, o Governo de Pernambuco ainda não forneceu o número de pacientes curados.

O boletim completo da SES, com dados sobre os infectados e recuperados será divulgado no final da tarde de hoje.

Marília Arraes cumpre agenda no Sertão e reafirma oposição a Paulo Câmara

Marília esteve acompanhada de Cristina Costa (Foto: Reprodução/Instagram)

A deputada federal Marília Arraes (PT) está no Sertão de Pernambuco cumprindo agenda com seus correligionários e apoiadores. Ela visitou Granito ao lado da vereadora de Petrolina, Cristina Costa (PT) e já pensa no pleito de 2020, deixando claro que não apoiará uma nova aliança entre seu partido e o grupo do governador Paulo Câmara (PSB).

“Eu continuo fazendo oposição ao governador e ao PSB, porque eu não vejo uma justificativa política para mudar meu posicionamento”, disse a petista que foi rifada pelo PT Nacional que optou em apoiar Câmara em 2018 a lançar candidatura própria no estado.

A parlamentar negou que tenha planos de sair do PT para se candidatar a prefeita em 2020. Entretanto, Marília não descartou a possibilidade de concorrer ao cargo, mas no futuro.

Não faz parte da minha formação pessoal ficar saindo de um partido por qualquer motivo. A gente está em um momento de espera. Eu acho que 2018 têm que ficar em 2018 e a gente continuar trabalhando nos projetos futuros, sem mágoas e sem rancor, sempre à disposição do nosso Estado. E, claro, tendo a possibilidade para disputar em 2020 ou 2022, eu estou à disposição”, destacou. (Com informações da Folha de Pernambuco)