Dormentes é o primeiro município do Sertão a atingir meta de vacinação contra a gripe

Com prorrogação da campanha, prefeitura espera imunizar 100% do público-alvo.

Dormentes é a primeira cidade do Sertão de Pernambuco a atingir a meta global de vacinação proposta pelo Ministério da Saúde na Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. A meta era vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários, porém, o município já contabiliza a imunização de 94,37% do público alvo da campanha.

Inicialmente programada para ser encerrada no próximo dia 31 de maio, a campanha foi prorrogada por tempo indeterminado em todo o país. “A vacina continua disponível nas nossas unidades básicas de saúde. Quem faz parte do grupo prioritário e ainda não se vacinou ganhou mais tempo. É importante lembrar também que as crianças maiores de 6 meses e menores de 6 anos, que já completaram 30 dias da primeira dose, precisam voltar as unidades para tomar a segunda dose da vacina, para que assim estejam totalmente imunizadas contra a gripe”, explicou a secretária de Saúde de Dormentes, Talita Mirele.

A prefeita Josimara Cavalcanti, comemorou a boa notícia. “Nossos profissionais da saúde estão de parabéns, fizeram um lindo trabalho. E a nossa população também merece reconhecimento, pois procuraram as unidades e se protegeram. Com a prorrogação da campanha, tenho certeza que em breve atingiremos 100% de pessoas imunizadas”, anseia Josimara.

Campanha de vacinação contra gripe será prorrogada, diz ministro

Pernambuco conseguiu vacinar 72,2% do público-alvo.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse hoje (27) que a Campanha da Vacinação contra a Gripe, inicialmente prevista para se encerrar no próximo dia 31, será prorrogada. O ministro não informou por quanto tempo a campanha permanecerá ativa.

“Sempre prorroga [a campanha]. A gente prorroga porque não tem porque não prorrogar. A gente coloca uma meta no tempo para ver se as pessoas se conscientizam, se as secretarias [estaduais de Saúde] se conscientizam. Eu vou premiar as que fizeram o dever de casa. Essas sim. E vamos ajudar, vamos ver o que que se pode ajudar naquelas que não conseguiram”, disse após participar de um evento em Sorocaba (SP) na tarde desta segunda-feira.

A meta do Ministério da Saúde era vacinar 90% do público-alvo, composto por 59,4 milhões de pessoas, até o dia 31. No entanto, até esta segunda-feira, 42,5 milhões de pessoas haviam sido vacinadas. O número corresponde a 71,6% do público-alvo.

“Estados que tradicionalmente vacinam bem, a frente fria demorou muito para entrar. Rio Grande do Sul e Santa Catarina, que sempre foi um estado de excelentes campanhas, esse ano atrasou”, disse Mandetta.

LEIA MAIS

SESAU alerta população de Juazeiro para última semana da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe

(Foto: Ilustração)

Faltando menos de uma semana para o fim da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, o município de Juazeiro (BA) aplicou 36.657 doses da vacina o que representa 67,44% do público alvo. A meta é de que, até o dia 31 de maio, quando encerra a campanha, um total de 54.356 pessoas estejam protegidas dos vírus H1N1, H3N2 e influenza B. A vacina é gratuita e está sendo aplicada em todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade.

O público alvo da campanha é composto de:  gestantes, puérperas,  crianças de seis meses a menores de seis anos, idosos a partir de 60 anos, trabalhadores da saúde,  professores,  povos indígenas, jovens e adolescentes de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas, pessoas  privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional,  militares,  civis, bombeiros,  membros das forças armadas e guardas municipais.

LEIA MAIS

Unidades de Saúde de Petrolina abrem no sábado para Campanha de Vacinação contra Gripe

Unidades abrem neste sábado para atender público-alvo. (Foto: ASCOM)

A Campanha de vacinação contra a gripe, iniciada no último dia 10 de abril, está prevista para terminar no próximo dia 31 de maio. A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de que 90% do público-alvo seja vacinado, porém, em Petrolina (PE), até o momento, cerca de 73% se vacinaram.

Para que a meta seja alcançada, a prefeitura ordenou a abertura das unidades de saúde de alguns bairros do município neste sábado (25), das 8h às 12h.

As unidades Ricardo Soares, na Cohab Massangano; Manoel Possídio, na Areia Branca; Bernardino Coelho, na Vila Eduardo; Júlio Andrade, no Cacheado; Roza Maria Ribeiro, no Gercino Coelho; Josefa Bispo, no João de Deus e um posto volante no N-9, serão os locais que estarão disponíveis para vacinação do público-alvo de campanha da gripe.

LEIA MAIS

Gripe já matou 99 pessoas no Brasil; vacinação segue até 31 de maio

(Foto: ASCOM)

Até 27 de abril, pelo menos 535 pessoas foram hospitalizadas este ano no Brasil por síndrome respiratória aguda grave causada por influenza e 99 morreram em decorrência do quadro. De acordo com o Ministério da Saúde, do total de óbitos, 90% ocorreram em pessoas que já apresentavam fatores de risco para a gripe, como idosos, pacientes com doença crônica, crianças, gestantes, indígenas e puérperas.

LEIA MAIS

Campanha contra gripe em Pernambuco atingiu apenas 42% do público alvo

A imunização protege contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B.

Após as ações do Dia D, nesse sábado (04), da Campanha Nacional de Vacinação contra à Influenza, somente 42,35% do público-alvo de Pernambuco foi atingido. Até o dia 31 de maio, a meta é imunizar, no mínimo, 90% do público-alvo, que representa mais de 2,6 milhões de pessoas no estado.

Até o final da campanha podem se vacinar: crianças entre 6 meses e 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes, idosos (60 anos ou mais), puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas e povos indígenas.

A imunização, que protege contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2) e B, ainda contempla portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, que devem apresentar prescrição médica no ato da imunização, de acordo com recomendação do Ministério da Saúde (MS); adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Além disso, o Ministério da Saúde orienta vacinar policiais civis, militares, bombeiros e membros ativos das Forças Armadas, que devem apresentar documento comprobatório no ato da vacinação, assim como os professores e profissionais de saúde.

Pernambuco registra primeira morte por gripe em 2019, vítima é de Petrolina

(Foto: Miva Filho/SES/Divulgação)

A primeira morte por gripe em Pernambuco no ano foi confirmada nessa sexta-feira (3) pelo Governo do Estado. A vítima é um homem de Petrolina, na faixa etária de 50 anos, informou a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Ele morreu em fevereiro.

Nossa produção buscou mais informações junto à secretaria Municipal de Saúde de Petrolina sobre o caso, mas até o momento não obtivemos retorno. É importante lembrar que neste sábado (4) acontece o Dia D de vacinação contra a Influenza e os postos de saúde estarão abertos até 17h.

Casos em análise

Além do óbito confirmado, a SES contabilizou um caso de adoecimento por H1N1, fato que aponta a circulação do vírus no Estado. De acordo com o Governo de Pernambuco, até o dia 13 de abril foram registrados 894 casos de síndrome respiratória aguda grave (Srga), das quais 790 em crianças menores de seis anos.

Do total, 9 tiveram resultado laboratorial positivo para a influenza B, 1 para influenza A(H1N1) e 1 para influenza A não subtipado. Outra morte está sendo investigada pela SES. Conforme o Blog mostrou ontem, trata-se de uma jovem de 17 anos, moradora do Recife. (Com informações do JC Online).

Dia D de vacinação contra a influenza em Juazeiro acontece neste sábado

Neste sábado (04), todas as unidades básicas de saúde de Juazeiro (BA) estarão abertas a partir das 7h30 para realização do Dia D de vacinação contra gripe. As unidades ficarão abertas até às 13h. Estima-se que na cidade baiana 54.356 pessoas sejam vacinadas.

“O dia D é uma estratégia comum adotada em campanhas de vacinação e é realizado aos sábados como uma alternativa para o usuário que não pode ir ao posto durante a semana, no horário de funcionamento das unidades. Além disso, é uma oportunidade a mais para que as equipes de saúde possam alcançar suas metas”, afirma Tatiane Malta, superintendente da Vigilância em Saúde.

A vacina é  disponibilizada  para os seguintes públicos-alvos: gestantes, puérperas, crianças de um a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade, além de militares, civis, bombeiros, membros das forças armadas e guardas municipais, todos na ativa.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início no dia 10 de abril e segue até o dia 31 de maio. Com a inclusão dos grupos militares, civis, bombeiros, forças armadas e guarda municipal na campanha, a Bahia deve vacinar 62 mil profissionais.

Para ampliar número de crianças imunizadas contra gripe, prefeitura faz vacinação em creches de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Para alcançar um número maior de crianças entre seis meses e seis anos incompletos, que fazem parte do público-alvo da campanha nacional de vacinação contra a gripe, a prefeitura municipal, desenvolveu a estratégia de vacinar os alunos das creches e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIS) de Petrolina.

A ação coordenada  pelas secretarias de Saúde e Educação em paralelo à vacinação nas unidades básicas de saúde, será voltada às crianças e professores que atuam nas escolas e será realizada por servidores de unidades de saúde dos respectivos bairros. As crianças serão vacinadas mediante autorização prévia dos pais e apresentação da carteira de vacinação.

LEIA MAIS

Campanha de vacinação contra a gripe começa esta semana

A meta é imunizar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação.

Na próxima quarta-feira (10), sera iniciada a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril.

Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 ano e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, segundo o ministério, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo.

A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Petrolina atinge quase 90% da meta de vacinação contra a gripe

A vacina contra a gripe protege contra três tipos de vírus: H3N2, Influenza B e H1N1.

A Campanha Nacional contra a Influenza terminou na última sexta-feira (22) e a Secretaria de Saúde de Petrolina divulga o balanço de imunizações consolidado até à tarde desta terça-feira (26).

A meta preconizada pelo Governo de Pernambuco era de vacinar 70.003 pessoas ou 90% deste número. O município de Petrolina registrou vacinação de 87% do público-alvo geral.  Dos grupos prioritários apenas trabalhadores da saúde, idosos e professores atingiram a meta.

LEIA TAMBÉM

Vacinação contra gripe termina nesta sexta-feira; grupo com menor vacinação é de crianças em Petrolina

O grupo de crianças de seis meses a cinco anos foi o que menos procurou os postos de saúde para se proteger contra a gripe, registrando 72,57% de imunização, atrás do número de gestantes, com 79,13% e mulheres que acabaram de ter filhos, as puérperas, com 84,14%.

LEIA MAIS

Vacinação contra gripe termina nesta sexta-feira; grupo com menor vacinação é de crianças em Petrolina

Grupos prioritários devem procurar postos de saúde até esta sexta-feira para realizar a imunização.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o vírus da gripe H1N1 será encerrada em todo país nesta sexta-feira (22). Por isso, as pessoas que compõem os grupos de risco devem procurar as unidades de saúde para se imunizarem. Até o momento, Petrolina (PE) já atingiu 82,25% do público-alvo geral. O recomendável pelo Ministério da Saúde é de, pelo menos, 90%.

Segundo a secretaria de Saúde do município, foram aplicadas, até a tarde dessa quarta-feira (20), um total de 51.568 doses na cidade. O governo de Pernambuco preconiza o número de 70.000 a serem vacinadas.

O público-alvo das crianças é o que tem apresentado menor taxa de vacinação em Petrolina, seguido pelas gestantes. Somente 67% e 71,42% do público desses grupos, respectivamente, foram vacinados até o momento.

Idosos apresentam uma taxa de 87% de doses aplicadas, professores 96% e puérperas – mulheres até 45 dias após o parto – 80,62%. O grupo dos trabalhadores da saúde atingiu a totalidade da imunização com 100% de vacinação.

Grupos prioritários

  • Crianças de 6 meses de idade a 4 anos, 11 meses e 29 dias;
  • Idosos com 60 anos ou mais;
  • Pessoas com doenças crônicas não-transmissíveis e outras condições clínicas especiais, como trissomias, doença respiratória, cardíaca, renal, hepática e neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesidade e transplantados (neste caso, se não fizer o acompanhamento na unidade de saúde é preciso apresentar solicitação ou prescrição médica com o motivo da indicação da vacina);
  • Gestantes, independente do mês gestacional;
  • Mulheres em pós-parto, até 45 dias após o nascimento do bebê (apresentar certidão de nascimento do bebê, cartão-gestante ou documento do hospital em que ocorreu o parto);
  • Trabalhadores da saúde (apresentar declaração do vínculo de atuação);
  • Professores de escolas públicas ou privadas (apresentar documento que comprove vínculo de atuação, como crachá ou declaração da instituição em que atua).

Greve dos Caminhoneiros faz Ministério da Saúde prorrogar vacina contra a gripe até dia 15 de junho

(Foto: ASCOM)

A paralisação dos caminhoneiros afetou serviços de saúde e fez o governo prorrogar a campanha de vacinação contra a gripe até o dia 15 de junho.

Em Juazeiro (BA), a população pertencente ao grupo prioritário pode se dirigir à Unidade Básica de Saúde do Bairro Angary das 7h às 13h para se vacinar. No momento, as demais unidades de saúde não estão recebendo as doses da vacinação por conta do desabastecimento na cidade.

A vacinação segue apenas para o grupo de prioridade considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que são: crianças de seis meses a menor de cinco anos, gestantes, mulheres no período de até 45 dias após o parto, trabalhadores de saúde, professores, povos indígenas, indivíduos com 60 anos de idade ou mais, pessoas portadoras de doenças crônicas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Em Juazeiro 69,5% do grupo prioritário já foi vacinado.

Campanha de vacinação termina na próxima semana, Petrolina conseguiu imunizar apenas 51,5% do público alvo

(Foto: Ascom/PMP)

O prazo para o grupo prioritário da campanha de vacinação contra a gripe se imunizar termina em 12 dias. Petrolina tem como meta atingir 70.003 pessoas, conforme estabeleceu o Governo de Pernambuco, mas até o momento apenas 51,5% já estão imunizados.

A vacina é oferecida gratuitamente à população e pode ser tomada nas unidades de saúde do município. O público alvo da campanha são idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos, trabalhadores da área de saúde, professores da rede pública e privada, mulheres gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) e pessoas privadas de liberdade.

Com a proximidade do fim da campanha, a Secretaria de Saúde de Petrolina pede que a população procure se imunizar. “Lembramos que a campanha da vacinação contra a gripe segue até o dia 1° de junho, portanto, é preciso que as pessoas consideradas do grupo-prioritário se conscientizem da importância da vacinação e procurem os postos para se proteger contra a doença. A vacina e a forma mais eficaz de resguardar a população, reduzindo hospitalizações e complicações da doença”, afirmou a secretária de Saúde em exercício, Marlene Leandro.

A vacina contra gripe imuniza contra três tipos de vírus: H1N1, H3N2 e Influenza B. É importante se proteger, tendo em vista que os casos de gripe no estado estão crescendo, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. Adotar hábitos de higiene como lavar as mãos podem ajudar no combate ao vírus.

Secretaria de Saúde de Juazeiro imuniza pessoas do grupo prioritário em dia D de vacinação contra a gripe

(Foto: ASCOM)

Neste sábado (12), a Secretaria Municipal de Saúde de Juazeiro cumprindo o calendário  nacional  do Ministério da Saúde realizou em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) o dia D de vacinação contra a gripe. A unidade escolhida para abertura foi o Posto de Saúde do Quidé e reuniu grande público durante todo o dia, assim como nas demais unidades de saúde do município.

Com o objetivo de chamar a atenção das crianças, a unidade fez toda uma preparação com pula-pula, distribuição de doces e picolés, o medo da agulha e a vontade de se divertir  tirou a carinha de choro e se  transformou em sorriso e divertimento. Para a vendedora Andrea Santos o dia D proporcionou a ela a oportunidade de vacinar o filho. “Eu vim hoje vacinar o Arthur, durante a semana eu trabalho e não tem como vir até a unidade de saúde para vacinar, mas com essa oportunidade pude trazê-lo hoje”, explicou Ângela Mayara Rodrigues.

LEIA MAIS
1234