Família pede doações de sangue para paciente internado no HU de Petrolina

A família de Antônio Rodrigues de Oliveira está pedindo ajuda nas redes sociais. ele está internado no Hospital Universitário de Petrolina e precisa de doações de sangue. Quem puder ajudar nessa corrente solidária deve ir à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) de Petrolina e contribuir com Antônio.

Não há exigência de um tipo sanguíneo específico. Basta, no momento da doação, fornecer o nome do paciente a receber as bolsas de sangue. O Hemope de Petrolina funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 113h0.

A campanha está sendo organizada pelo sobrinho do paciente, Wilson Alencar, diretor-presidente da Associação dos Fibromiálgicos do Vale do São Francisco (Afibrovasf). Mais informações podem ser obtidas através do número: (87) 98853-1629.

Família de Petrolina inicia campanha de conscientização sobre doação de medula óssea

Ao se cadastrar como doador de medula você poderá ajudar a salvar várias vidas

Uma corrente de solidariedade está chamando a atenção para a necessidade da doação de medula óssea. Servidora pública aqui de Petrolina, Denise Nancy foi diagnosticada com leucemia mieloide aguda e precisa de transplante de medula.

Ela foi diagnosticada pela primeira vez há mais de um ano, quando à época recebeu a medula doada pelo seu irmão. A doença voltou e amigos próximos a Denise iniciaram uma campanha nas redes sociais. O objetivo é fazer com que mais pessoas se cadastrem como doadoras e possam salvar vidas.

O Blog conversou com o marido de Denise, o engenheiro Eurico Pedrosa que fez um apelo. “Ela está em Recife, internada e precisa de doações. Basta ir ao Hemope ou no Hemoba, em Juazeiro e se cadastrar como doador de medula óssea. A pessoa está indo lá por conta de Denise, mas ela se torna doador universal”, disse à nossa produção.

LEIA MAIS

Boa ação: alunos da UNINASSAU participam de campanha para ajudar Hemope de Petrolina

(Foto: Ascom)

Doar sangue salva vidas, isso é fato. E para ajudar a Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope), em Petrolina, estudantes e funcionários da Faculdade UNINASSAU participaram de uma campanha, entre 28 de junho e hoje (1°).

Para quem não sabe, junho tem a cor vermelha para conscientizar os brasileiros da necessidade de doar sangue. Foi justamente por isso que a instituição abraçou a causa, como explica a diretora da UNINASSAU, Anna Cristina.

“O nosso intuito é colaborar com o estoque de sangue da unidade e incentivar a população a doar, principalmente nessa época do ano que a demanda aumenta e as doações caem. Outro ponto importante é sanar com o medo de doar sangue”, disse.

Quem quiser contribuir pode comparecer ao Hemope, das 7h30 às 11h30, de segunda à sexta-feira. Basta ser maior de 18 anos e ter mais de 50 kg.