Chuva danifica mureta do Hospital Dom Malan

Chuva danificou mureta na parte externa

A chuva que caiu durante a madrugada e ao longo da tarde de segunda-feira (2) deixou um rastro de estragos em Petrolina. Além dos alagamentos nos bairros da cidade, os danos também foram percebidos nas unidades hospitalares.

A cobertura do Hospital de Campanha do Governo de Pernambuco cedeu e também houve problemas no Hospital Dom Malan/IMIP, localizado no Centro da cidade. Mas de uma forma mais leve. Parte da mureta externa do prédio desabou.

Em contato com o Blog, a assessoria do Dom Malan informou que mesmo com a chuva, nenhum dano na parte interna foi registrado. Os atendimentos seguem normalmente. A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) informou que há previsão de chuva forte e moderada até quarta-feira (4).

Covid-19: Paulo Valgueiro solicita mutirão para testar profissionais do HDM

Testagem rápida da covid-19 aos funcionários do Hospital Dom Malan/IMIP. Esse foi o pedido do vereador Paulo Valgueiro (PSD), na sessão de terça-feira (14). O líder da Bancada de Oposição de Petrolina ressaltou que a unidade é de competência estadual, porém, o município pode sim ofertar o serviço.

Que o chefe do Executivo [municipal] possa providenciar a testagem da covid-19 em todos os funcionários do Hospital Dom Malan, que tem gestão estadual. Mas por estar próximo da gente e ser um hospital regional, e o município estar à frente desse trabalho de testagem, a gente pede que seja feito um mutirão“, destacou.

Esse é o segundo pedido de Valgueiro para testagem rápida em Petrolina, apenas em julho. Na quinta-feira passada nós mostramos a reivindicação para o exame nos moradores da Vila da Vé, localizada no bairro João de Deus (confira aqui). Ambas as solicitações foram aprovados e dependem da aprovação da Prefeitura de Petrolina.

Recém-nascido com suspeita de covid-19 já teve alta, afirma prefeita de Dormentes

Município ainda não tem nenhuma confirmação de covid-19 ou H1N1 (Foto: Ascom)

A prefeita de Dormentes, Josimara Cavalcanti participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina dessa quinta-feira (16) e atualizou as informações sobre o estado de saúde de um recém-nascido com suspeita de covid-19.

LEIA TAMBÉM

Dormentes: recém-nascido é 1º caso em investigação para covid-19

O paciente já teve melhora e recebeu alta hospitalar. A Secretaria de Saúde de Dormentes aguarda o resultado dos exames para H1N1 e coronavírus. “Essa criança nasceu na cidade de Juazeiro, ela veio para Dormentes e ficou alguns dias. Na Semana Santa retornou à Petrolina e apresentou alguns sintomas de gripe. A criança apresentou melhora rápida e ontem já teve alta“, disse a prefeita.

LEIA MAIS

Dormentes: recém-nascido é 1º caso em investigação para covid-19

Dormentes, no Sertão do São Francisco, está investigando um caso suspeito do novo coronavírus. De acordo com o boletim divulgado pela secretaria de Saúde na tarde de terça-feira (14), essa é a primeira e única notificação de covid-19 na cidade até o momento.

Trata-se de uma criança recém-nascida que está internada no Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina. Ela tem sintomas da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e aguarda os resultados dos exames para confirmar ou descartar H1N1 ou covid-19.

“Seguindo o protocolo do Ministério da Saúde, foram coletados amostras para H1N1 e Covid-19 na criança e encaminhadas para análise no LACEN/PE“, informou a Prefeitura. 

Itiúba tem caso suspeito de Síndrome Respiratória, paciente está internada em Petrolina

Criança está internada no HDM (Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma criança de apenas 11 meses está internada no Hospital Dom Malan/IMIP em Petrolina desde o sábado (21). A paciente deu entrada com sintomas de síndrome aguda grave respiratória, o que pode indicar uma suspeita de coronavírus, vindo transferida de Itiúba (BA).

A informação foi dada pela prefeita da cidade baiana, Cecilia Petrina (PC do B) em uma live durante o final de semana. Inicialmente a criança foi atendida no hospital municipal e posteriormente transferida a Petrolina, onde continua internada.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com a assessoria de Comunicação do HDM, bem como da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e estamos aguardando mais informações sobre o estado de saúde da paciente.

Durante a live a prefeita de Itiúba aproveitou para pedir mais atenção dos moradores com as recomendações municipais. “Vão pra casa, tranquem suas portas. Fiquem com suas famílias. É muito sério, a mídia está a todo momento trazendo a situação da Itália, da China e de todos os lugares onde o povo foi afetado. Qual é a estrutura de saúde que nós temos para enfrentar isso?”, apelou a prefeita.

Governo do Estado e Prefeitura de Petrolina desmentem boato sobre suposto caso notificado de coronavírus na cidade

(Foto: ATTA KENARE/AFP)

A população de Petrolina amanheceu com uma “bomba” circulando nos grupos de WhatsApp nesse sábado (29). Um áudio de uma suposta funcionária do Hospital Dom Malan/IMIP afirmava que a unidade será referência no combate ao coronavírus na região. Ela também relatava um suposto caso da doença notificado na rede particular.

LEIA TAMBÉM

SES descarta cinco casos suspeitos de coronavírus em Pernambuco

Contudo, de acordo com o Governo de Pernambuco, as informações são inverídicas. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) disse que as referências no tratamento ao vírus estão localizadas na capital e negou qualquer notificação na cidade.

As unidades de referência para casos suspeitos de coronavírus são os hospitais Universitário Oswaldo Cruz, Correia Picanço e Imip, todos no Recife. A SES-PE tem mantido a imprensa e a população informada rotineiramente sobre as notificações e as novidades sobre o plano de ação relacionado a essa enfermidade”, destaca a nota.

Caso notificado em Petrolina?

A Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Saúde, também se manifestou. A nota afirma que o boato é infundado e fez um alerta.

Aproveitamos também para ressaltar que as pessoas que divulgam informação ou notícia que sabem ser falsa e que possa modicar ou desvirtuar a verdade com relação à saúde, segurança pública, economia ou processo eleitoral ou que afetem interesse público relevante, podem incorrer sanções jurídicas“, ressaltou.

Hospital se pronuncia

O Blog também procurou o Hospital Unimed, que negou ter registrado qualquer ocorrência do coronavírus na unidade de Petrolina e também divulgou nota.

Confira a seguir as respostas da Prefeitura e hospital:

LEIA MAIS

Maria Elena cobra melhorias na infraestrutura do Hospital Dom Malan/IMIP

Maria Elena cobrou melhorias no Hospital Dom Malan/IMIP (Foto: ASCOM/Jean Brito)

A vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) apresentou o Requerimento n° 020/2020 na sessão de quinta-feira (6), na Casa Plínio Amorim, cobrando melhorias no Hospital Dom Malan/IMIP. A edil denunciou uma série de irregularidades que estariam acontecendo na unidade, especialmente o constrangimento sofrido por mães que acabaram de dar à luz.

Segundo Elena, não há uma estrutura adequada ao banho das genitoras e dos bebês. “Mães estão sendo constrangidas com a presença de homens em suas enfermarias. Não podemos colocar homens e mulheres, acompanhantes, com mães que precisam fazer sua higiene àquele estado de constrangimento. Nós vimos o IMIP dizendo que tinha água quente, mas o que se vê são bebês chorando porque tomam banho na água gelada“, destacou.

O pedido de Elena foi direcionado ao superintendente da unidade, Etiel Tavares Lins. “É uma questão de competência de se resolver esse problema e de se oferecer o mínimo de conforto a esses bebês recém-nascidos“, disse a vereadora. Ela reconheceu que há superlotação na unidade, porém, isso não justifica a falta de estrutura física na unidade que é referência na região.

“A gente sabe das circunstâncias que rodeiam esse hospital quando ele atende tantas cidades, não só de Pernambuco, mas da Bahia e do Piauí. Mas não se pode admitir que os governos não tenham tomado providências para suprir suas necessidades. Ainda se verifica um declínio muito grande em relação aos serviços prestados“, finalizou.

Dom Malan desmente boato e classifica de “informação equivocada” notícia sobre demissão de funcionários

Unidade considerou notícia “inverídica” (Foto: Arquivo)

Um vídeo que mostra funcionários do Hospital Dom Malan/IMIP mostrando os estragos causados pelas chuvas dessa semana repercutiu nas redes sociais. Porém, a direção da unidade nega qualquer represália aos servidores e desmentiu a informação sobre demissões.

Procurado pelo Blog Waldiney Passos o o HDM respondeu em nota que “nenhum funcionário contratado em regime celetista pelo HDM foi demitido nos últimos dias. Desse modo, considera a informação equivocada”.

O vídeo em questão foi divulgado na noite de segunda-feira (6), quando uma forte chuva atingiu Petrolina e alagou alguns pontos da cidade. Funcionários apareciam usando rodos para puxar a água empoçada dentro da unidade médica.

Pai de criança morta em Casa Nova pede justiça

Criança de 2 meses teve 95% do corpo queimado (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Justiça. Esse é o pedido de Vinícius Souza, pai do pequeno Pablo Miguel Amorim. A criança de apenas dois meses morreu após ter 95% do corpo queimado depois de um vizinho ter jogado gasolina e ateado fogo nele e na tia. O fato aconteceu em Barra dos Barnabés, zona rural de Casa Nova (BA), na véspera de Natal.

LEIA TAMBÉM:

Casa Nova: criança tem 95% do corpo queimado e morre após homem jogar gasolina contra ela

Pablo chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina. A tia da criança, de 19 anos está internada no Hospital Regional de Juazeiro, com 25% do corpo queimado. “Quero que ele [suspeito] pague o que ele fez. Que sofra o que o meu filho sofreu para morrer. Quero justiça“, disse o pai.

João Domingos Santos é o homem que ateou fogo nas vítimas. Ele é vizinho da família, apresentava sinais de embriagues e foi preso após o crime. Segundo a polícia, ele confessou a ação, mas negou que teria intenção de matar. Ele responderá por homicídio e tentativa de homicídio. (Com informações da TV Bahia).

Em visita por Petrolina, Antônio Coelho contempla instituições com mais de R$ 1 milhão em emendas

BIEsp ganhou recurso para comprar materiais (Foto: Ascom)

Mais de R$ 1 milhão em emendas parlamentares do deputado estadual Antônio Coelho (DEM) foram destinados a Petrolina. Antônio visitou sua cidade nessa quinta-feira (28), passando por instituições que receberão a verba destinada no Orçamento do Estado.

O Hospital Dom Malan/IMIP receberá R$ 500 mil. O 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) outros R$ 150 mil, para aquisição de equipamentos e materiais para o Batalhão. A Facape foi contemplada com outros R$ 300 mil, enquanto a UPE de Petrolina, R$ 200 mil.

Visamos melhorar a qualidade de vida de nossos conterrâneos com essas ações para saúde, educação e segurança. As emendas têm este intuito e procuramos distribuí-las da melhor forma possível e contemplando o máximo de áreas possível“, disse o deputado.

IMIP avalia mais de mil candidatos em seleção para UPAE e Hospital Dom Malan

(Foto: Ascom/IMIP)

O IMIP iniciou nessa semana a segunda etapa do processo seletivo para preenchimento de vagas na Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada e do Hospital Dom Malan, em Petrolina. Os candidatos estão sendo submetidos a provas escritas e testes psicológicos.

De acordo com o IMIP, mais de 1.260 candidatos foram aprovados na primeira etapa e agora são analisados pela comissão. Até esta sexta-feira (18), as representantes do Departamento de Captação e Desenvolvimento de Pessoal do IMIP Pernambuco encerrarão a fase classificatória/eliminatória para os cargos de nível médio, técnico, superior e elementar.

Os classificados nesta etapa farão parte de um cadastro de reserva e, de acordo com a necessidade da UPAE e do HDM, serão chamados para uma entrevista e posterior contratação. A seleção tem duração de apenas um ano.

Hospital Dom Malan recebe doações de gincana escolar

(Foto: Ascom/HDM)

Produtos de higiene pessoal foram entregues ao Voluntariado do Hospital Dom Malan/IMIP na sexta-feira (20). A doação é resultado de uma gincana cultural do Educandário Criarte, que ajudou os pacientes e familiares que estão na unidade.

Os itens serão entregues às mães, pacientes e acompanhantes em situação de vulnerabilidade. “O HDM realiza mais de 600 partos por mês e devido à grande desigualdade social ainda existente no país, muitas mães precisam desse apoio na hora do parto“, esclarece o coordenador do voluntariado Rui Holanda.

Quem puder ajudar pode contribuir com fraldas, sabonetes, talco, shampoo, creme dental, produtos de higiene pessoal para o bebê, assim como roupas novas ou seminovas (em bom estado de conservação) para recém-nascidos e puérperas.

Gilberto Melo critica descaso na saúde após Rede PEBA contabilizar mais uma morte

Presidente da Comissão de Saúde da Câmara vai procurar família de garoto juazeirense (Foto: Blog Waldiney Passos)

Nessa semana a saúde pública da região foi alvo de críticas da família de um paciente, que aguardou a regulação através da Rede PEBA, mas acabou morrendo no Hospital Dom Malan/IMIP Petrolina na quarta-feira (18). André Ricardo dos Santos tinha apenas 13 anos e veio a óbito após sofrer uma parada cardíaca.

LEIA TAMBÉM:

UPA de Juazeiro afirma que garoto de 13 anos “recebeu toda a assistência necessária”

Segundo Dom Malan, paciente que veio da UPA de Juazeiro deu entrada com suspeita interrogada de morte encefálica

Garoto que precisava de transferência para o Dom Malan morre após família fazer peregrinação por atendimento médico

A família do garoto chegou a citar negligência médica, pois André deu entrada na UPA de Juazeiro, aguardou durante toda terça-feira (17) para ser transferido ao Dom Malan, mas a transferência ocorreu apenas pela tarde. Essa situação vai ser acompanhada pela Câmara de Vereadores de Petrolina.

LEIA MAIS

Segundo Dom Malan, paciente que veio da UPA de Juazeiro deu entrada com suspeita interrogada de morte encefálica

(Foto: Arquivo)

O Hospital Dom Malan/IMIP emitiu uma nota sobre o caso do paciente André Ricardo dos Santos, de 13 anos. O garoto deu entrada na unidade na noite da última terça-feira (17), mas veio a óbito depois de a família passar por uma peregrinação entre hospitais particulares e públicos de Juazeiro (BA).

Segundo a nota do HDM, André “recebeu, de imediato, toda assistência necessária” e já chegou à unidade “com suspeita interrogada de morte encefálica”. O garoto morreu na manhã de hoje (18), em decorrência de “uma parada cardiorrespiratória”.

LEIA TAMBÉM:

Garoto que precisava de transferência para o Dom Malan morre após família fazer peregrinação por atendimento médico

Por fim, o Hospital se solidarizou com a família de André e se colocou à disposição para quaisquer dúvidas sobre o atendimento. De acordo com parentes do garoto, o problema teria sido a demora da UPA de Juazeiro em conseguir a transferência para Petrolina. Ainda estamos esperando uma resposta da Secretaria de Saúde (SESAU).

Confira a nota do HDM:

LEIA MAIS

Garoto que precisava de transferência para o Dom Malan morre após família fazer peregrinação por atendimento médico

Família afirma que negligência teria agravado caso de garoto (Foto: Blog Waldiney Passos)

Desde a terça-feira (17) o Blog está acompanhando a saga da família de André Ricardo dos Santos, de 13 anos que precisou de atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Juazeiro (BA), mas por falta de profissionais não teria conseguido ser avaliado por um médico neurologista.

Segundo a família de André, ele deu entrada em coma e precisava ser transferido ao Hospital Dom Malan/IMIP em Petrolina, mas isso somente aconteceu às 18h de ontem. No Dom Malan, novamente o garoto precisou ser avaliado por um neuro, que não estava presente na unidade.

Nessa quarta-feira (18) nossa produção recebeu informações da família de André que o garoto não resistiu e morreu por volta de 9h30, sem ter passado pela avaliação do neuro. O Blog procurou a assessoria do HDM e da UPA em Juazeiro para saber qual foi o motivo da demora na transferência de André para Petrolina e porque ele não recebeu avaliação do médico especialista. Estamos aguardando um posicionamento das duas unidades e seguimos acompanhando o caso.

123