Projeto Escola Verde arrecada garrafas para armazenamento de álcool em gel, saiba como ajudar

A pandemia do novo coronavírus trouxe um sentimento de incerteza nos brasileiros, mas por um lado, acendeu uma chama de solidariedade. O Projeto Escola Verde (PEV) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está coletando garrafas vazias de água mineral e de álcool.

A meta é recolher o maior número possível de material, para os professores da instituição que estão produzindo álcool. O material produzido na Univasf é doado ao Hospital Universitário (HU) para ajudar no combate ao covid-19.

“As doações podem ser feitas em qualquer quantidade e qualquer tipo e tamanho de garrafas, desde que sejam de plástico e de água mineral ou álcool”, orienta o PEV.

Saiba como contribuir

Para ajudar basta comparecer ao  Laboratório Farmacotécnico Hospitalar, na Policlínica da Univasf em Petrolina ou na Sala 6 do Campus de Juazeiro (BA) até esta quinta-feira (12).

Quem tiver uma grande quantidade a ser doada deve entrar em contato com a equipe, que irá buscar o material. Basta mandar mensagem para os números: (87) 9918-1853 ou (87) 8861-7107.

Morre paciente com Síndrome Respiratória Aguda Grave, em Petrolina

(Foto: Internet)

Uma paciente que apresentava quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) faleceu na noite desta quinta-feira (26), no Hospital Universitário (HU) em Petrolina. Ela ocupava um dos leitos da unidade destinados ao Covid-19.

A paciente tinha 15 anos de idade e deu entrada no HU na última quarta-feira (25), com quadro de baixa pressão e oxigenação. Segundo a unidade hospitalar, ela apresentava, desde a infância, graves condições de saúde, com baixa imunidade.

A adolescente foi submetida ao teste para Covid-19, enviado e sob análise do Laboratório Central de Pernambuco (Lacen-PE). A previsão é de que o resultado seja divulgado nesta sexta-feira (27).

A Prefeitura de Petrolina, por meio da Secretaria de Saúde, lamenta o falecimento da jovem e, neste momento de perda e dor, transmite os sentimentos aos familiares e amigos da adolescente.

Hospital Universitário de Petrolina suspende consultas e exames ambulatoriais

(Foto: Internet)

O Hospital Universitário de Petrolina (antigo Hospital de Traumas) tomou novas medidas para diminuir o fluxo de pessoas na unidade e na Policlínica, a fim de combater e prevenir a proliferação da COVID-19.

Baseado em recomendações do Ministério da Saúde e da Organização de Saúde, o HU suspendeu as consultas e exames de imagens ambulatoriais. A equipe do hospital entrará em contato com os pacientes, posteriormente, para remarcação.

Somente a programação de cirurgias eletivas ortopédicas e oncológicas será mantida, as outras especialidades realizarão apenas cirurgias emergenciais.

As visitas a todos os setores de internamento da unidade também foram suspensas. As informações sobre estado de saúde de pacientes serão repassadas aos seus familiares através de boletins médicos na recepção de visitas, nos seguintes horários:

Unidade de Cuidados Intermediários – 10h

Sala de Observação da Emergência – 11h

Unidade de Terapia Intensiva – 12h

Sala de Emergência –  15h

Hospital Universitário confirma cancelamento de cirurgia por falta de anestesista e reitera remarcação do procedimento

(Foto: Ascom)

Ontem (9), o Blog Waldiney Passos atualizou o caso de Cícero Vitor, que há mais de 20 dias espera por uma cirurgia, que deve ser realizada no Hospital Universitário, em Petrolina (PE).

LEIA TAMBÉM

Por falta de anestesista, Hospital Universitário remarca cirurgia de jovem com fraturas na face e família reclama

O jovem tem três fraturas na face, oriundas de um espancamento. Ele ficou internado três dias no HU e quando teve alta recebeu a informação de que a cirurgia para reparar as fraturas havia sido marcada para o dia 2 de março. Contudo, na data marcada, ao chegar no Hospital, o paciente foi informado que por falta de anestesista, a cirurgia teve que ser remarcada para o próximo dia 11, amanhã.

Em nota enviada ao Blog Wadiney Passos, o Hospital Universitário confirmou o motivo do cancelamento da cirurgia e reiterou a realização do procedimento marcado para esta quarta-feira (11). Além disso, o HU explicou a falta de profissionais. Confira a íntegra da nota:

“A cirurgia do senhor Cícero Vitor da Silva (21) foi cancelada, na última segunda-feira (02), infelizmente, devido à necessidade de remanejamento da equipe de anestesiologistas para execução de cirurgias emergenciais. Lembrando que o Hospital Universitário é uma unidade de porta aberta para atendimentos de alta e média complexidade e a chegada de pacientes em estado crítico é bastante comum e estes precisam ser priorizados.

O Hospital Universitário lamenta o cancelamento, mas ressalta que o procedimento eletivo já foi remarcado para o dia 11 de março.

A respeito do questionamento sobre o quantitativo de profissionais do HU, o hospital afirmou, em diversas oportunidades, que este número está aquém da grande demanda recebida diariamente. A unidade vem tomando diversas medidas para solucionar este problema, como: os acordos de cooperação técnica com os municípios integrantes à Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do Médio São Francisco (Rede PEBA), além das constantes solicitações para redimensionamento de quadro de funcionários junto à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), que, inclusive, resultaram em um concurso público para preenchimento de algumas vagas, realizado no mês de fevereiro.”

Por falta de anestesista, Hospital Universitário remarca cirurgia de jovem com fraturas na face e família reclama

(Foto: Internet)

No dia 28 de fevereiro, o Blog Waldiney Passos mostrou trouxe à tona a angústia de dona Aparecida Silva, mãe de Cícero Vitor da Silva, paciente do Hospital universitário, que aguarda a realização de um cirurgia há 20 dias, para a reparação de três fraturas na face, ocasionadas por uma ação de espancamento, na qual o jovem foi vítima.

LEIA TAMBÉM

Mãe de paciente do Hospital Universitário cobra urgência na realização de cirurgia do filho 

Aparecida relatou, na época, que o filho ficou internado durante três dias no HU, teve alta no dia 18 de fevereiro, quando foi informado que sua cirurgia havia sido marcada para o dia 2 de março. Devido às dores que Cícero estava sentindo, a mãe cobrou agilidade na realização da cirurgia, porém o Hospital informou que não tinha como adiantar o procedimento, e que a cirurgia ocorreria na data marcada.

LEIA MAIS

Mãe de paciente do Hospital Universitário cobra urgência na realização de cirurgia do filho 

(Foto: Ascom)

Cícero Vitor da Silva é morador do bairro Vila Eduardo, em Petrolina (PE), e há dias está sofrendo em casa à espera de uma cirurgia agendada para o próximo dia 2 de março, no Hospital Universitário.

O jovem foi vítima de agressões, que resultaram em três fraturas, todas na face. De acordo com Aparecida Silva, mãe de Cícero, ele deu entrada no último dia 18 de fevereiro no HU, ficou internado por três dias, e ao receber alta hospitalar, foi informado que a cirurgia havia sido agendada para o dia 2 de março.

Aparecida procurou o Blog Waldiney Passos e relatou que o filho continua sentindo fortes dores. Diante do sofrimento de Cícero, ela cobra urgência na realização da cirurgia. “Não pode acontecer isso, eu preciso trabalhar, meu filho está doente em casa, não come, até a saliva quando engole ele sente dor. Eles passaram remédio, mas não resolve. Ele continua sentindo dores, não consegue dormir à noite, por que é muita do que ele sente”, disse Aparecida.

LEIA MAIS

Homem é preso após assaltar e ferir vítima em Petrolina

Homem usou arma branca para praticar crime (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Uma equipe do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) prendeu um homem na noite de quinta-feira (27), após ele assaltar e ferir uma pessoa com arma branca, em Petrolina. A Polícia Militar foi acionada pela central do SAMU, que prestou socorro à vítima.

Sabendo do assalto, a PM deu início a diligências buscando localizar o suspeito. Ele foi encontrado com a arma do crime. Ferida no assalto, a vítima foi atendida no Hospital Universitário e reconheceu o assaltante, que ainda teria levado R$ 180,00 na ação. As duas partes foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil para registro da ocorrência.

Parceria entre Facape e Univasf reforça chegada de curso de medicina que deve potencializar serviços do Hospital Universitário

(Foto: Ascom)

O presidente da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina, Professor Antônio Habib se encontrou com o reitor da Universidade Federal do Vale do São Francisco, Professor Julianeli Tolentino, na última semana, para tratar de uma parceria entre as instituições que beneficiará a população do Vale do São Francisco

Com os preparativos para a instalação do curso de medicina na Facape, a pauta da reunião tratou da assinatura do Protocolo de Intenções referente ao uso de estruturas e equipamentos, mas, principalmente, para a implementação de projetos de ampliação do Hospital Universitário e do quadro de pessoal, através de estratégias para obtenção de investimentos, que favoreçam os cursos, tanto da Facape, quanto da Univasf.

LEIA MAIS

Hospital Universitário atendeu mais de 8 mil vítimas de acidentes em 2019

(Foto: Ascom)

Um estudo do Conselho Federal de Medicina revelou que nos últimos dez anos, 1,6 milhão de pessoas ficaram feridas no Brasil em acidentes de trânsito, as vítimas geraram um custo de R$ 3 bilhões ao Sistema Único de Saúde (SUS). E o cenário no Vale do São Francisco não é diferente.

Somente no ano passado, o Hospital Universitário (HU) atendeu 8.333 pessoas em decorrência de acidentes automobilísticos, de acordo com o relatório da Unidade de Vigilância em Saúde do hospital. Mais de 70% das vítimas estavam se locomovendo por meio de motocicletas.

“As lesões ocorridas no trânsito provocam perdas econômicas consideráveis para os indivíduos, suas famílias e ao país. Essas perdas decorrem dos custos com tratamentos, incluindo reabilitação e investigação do acidente, bem como da redução ou perda de produtividade, decorrente de incapacidades físicas adquiridas”, destacou a chefe da Unidade de Vigilância em Saúde, Daniely Figueiredo.

LEIA MAIS

Balanço anual: Hospital Universitário realizou mais de 78 mil atendimentos em 2019

(Foto: Ascom)

Dados contidos no balanço do ano de 2019, apresentado pelo Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME) do hospital, apontam que no ano passado, o Hospital Universitário (HU) realizou 78.468 atendimentos. Isto, somando os serviços ambulatoriais e os de urgência e emergência

Somente em 2019, o HU realizou 5.498 cirurgias, uma média de 458 por mês. Quase 60% dos procedimentos foram de ortopedia e traumatologia (3.077); em seguida, destacam-se os procedimentos vasculares (875) e cirurgias gerais (813).

De acordo com o relatório do SAME, os ambulatórios do HU e da Policlínica ofereceram 31.939 consultas, em 27 especialidades médicas diferentes. O número de consultas cardiológicas foi o mais expressivo (5.453), seguido por ortopedia e traumatologia (5.367) e cirurgia geral (3.691).

1º Mutirão de Detecção da Hanseníase será realizado em Petrolina no próximo sábado

O Colegiado de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), com o apoio do Hospital Universitário, realizará no próximo sábado (11), o 1º Mutirão de Detecção da Hanseníase. O evento será sediado na Policlínica da Univasf.

A ação em alusão à campanha “Janeiro Roxo”, tem o objetivo de alertar a população sobre a gravidade da doença e a necessidade do diagnóstico e tratamento precoces, além de contribuir para a redução do preconceito.

O número de casos da doença detectados no Brasil é alto. De acordo com o Ministério da Saúde, em média são 30 mil por ano. “Cerca de 90% dos diagnósticos da doença, nas Américas, são encontrados no Brasil. E o Nordeste tem seis vezes mais casos do que o tolerável”, ressalta a dermatologista e hansenologista, Tânia Moreno.

LEIA MAIS

Em nota, Hospital Universitário rebate denúncia e afirma que jovem acidentado recebeu a assistência necessária

(Foto: Internet)

O Blog Waldiney Passos publicou, no último domingo (29), uma matéria denunciando o descaso do Hospital Universitário (HU) com um jovem que sofreu um acidente de moto, fraturou o maxilar, e por falta de médico especialista, recebeu alta sem a devida assistência.

LEIA TAMBÉM

Família de jovem acidentado denuncia descaso no Hospital Universitário

Em nota enviada há pouco ao Blog, o HU rebateu a denúncia feita pela família do paciente e afirmou que o jovem recebeu “toda a assistência necessária”. Ainda segundo o Hospital, O paciente passou por consulta nesta segunda-feira (30), e foi constatado que não será necessária a realização de procedimentos cirúrgicos. Confira a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Família de jovem acidentado denuncia descaso no Hospital Universitário

Werick Kevin dos Santos Morais é morador do N-4, precisou de atendimento específico, mas recebeu alta do HU, sem o devido atendimento. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um jovem, morador do N-4, Projeto Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina (PE) sofreu um acidente de moto na última sexta-feira (27). No ocorrido, Werick Kevin dos Santos Morais teve ferimentos e foi levado para o Hospital Universitário (HU).

Ao chegar no HU, o jovem foi atendido e passou por exame de ressonância, que constatou uma fratura no maxilar. Após o diagnóstico, o paciente e a família foram informados de que seria necessária a avaliação de um cirurgião buco-maxilo.

LEIA MAIS

Mais de 250 pessoas são atendidas na Policlínica do Hospital Universitário durante mutirão de combate ao câncer de pele

(Foto: Ascom)

No último sábado (7), ocorreu na Policlínica do Hospital Universitário, um mutirão de atendimentos para avaliação de lesões suspeitas de câncer de pele. A ação faz parte da campanha Dezembro Laranja, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), para combater a doença. O Hospital Universitário apoia e colabora com a causa desde o ano de 2016.

O mutirão contou com a participação voluntária de 11 dermatologistas, quatro cirurgiões, além de residentes e estudantes. Mais de 250 pessoas passaram pelas consultas, 50 delas apresentaram lesões compatíveis com o câncer e 25 foram submetidas, no mesmo dia, a procedimentos cirúrgicos para tratamento. Os outros pacientes já estão com suas cirurgias agendadas.

LEIA MAIS

Plantão policial: motorista que colidiu veículo com entregador de pizza está sob custódia

Vítima morreu no local, motorista foi internado no HU (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Mais cedo o Blog mostrou um acidente na noite de sexta-feira (15), que vitimou um entregador de pizza, em Petrolina. Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, a vítima é Edson Soares Ferreira, de 19 anos. Ele morreu ao ter sua moto atingida pelo carro conduzido por Luis Siqueira Gomes Filho.

LEIA TAMBÉM:

Homem é morto a tiros no Centro de Petrolina

Feriado termina com motociclista morto em Petrolina

A colisão foi registrada na Rua 15 do bairro Jardim Guararapes. Em nota encaminhada ao Blog, a Polícia Civil disse que Luis Filho conduzia um veículo que invadiu a contramão. Ele e outro ocupante do veículo foram socorridos ao Hospital Universitário.

LEIA MAIS
12345