Paciente do Hospital Universitário denuncia suspensão de cirurgias eletivas; unidade de saúde culpabiliza superlotação

(Foto: Internet)

Um leitora, chamada Espedita Maria da Conceição Silva, moradora do bairro São Gonçalo, em Petrolina (PE), entrou em contato com a nossa produção, para denunciar a suspensão de cirurgias eletivas, realizadas no Hospital Universitário (HU).

Espedita é portadora de câncer na tireoide, e desde que descobriu a doença enfrentou diversos problemas na rede pública de saúde. Contudo, a notícia de que as cirurgias no HU estão suspensas é a mais preocupante no momento, já que o procedimento deve ser feito com urgência.

“Recentemente fui diagnosticada com câncer na tireoide e fui encaminhada para uma fila de urgência de cirurgia, mas ontem quando fui me informar como estava a fila da cirurgia, tive a terrível notícia que as cirurgias estavam suspensas por falta de anestesista”, contou a paciente.

Diante da denúncia, o Blog Waldiney Passos procurou o Hospital Universitário, para confirmar a veracidade da informação, bem como saber quais providências estão sendo tomadas no intuito de resolver a suspensão dos procedimentos cirúrgicos.

LEIA MAIS

Família de paciente denuncia descaso do Hospital Universitário

Família de Everton de Lima Oliveira (Foto: Blog Waldiney Passos)

A família de Everton de Lima Oliveira, morador do distrito de Izacolândia, zona rural de Petrolina (PE),  participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal, para denunciar o descaso do Hospital Universitário.

Segundo informações dos familiares, Everton, de 19 anos, sofreu um acidente no dia 27 do mês passado, e foi internado no Hospital Universitário, em Petrolina. Uma cirurgia foi marcada para o dia 30 deste mês, mas ontem (25), ele foi encaminhado para o Hospital da Restauração, em Recife (PE). No entanto, ao chegar na capital pernambucana, a mãe de Everton foi informada de que não havia nenhuma informação do paciente, e que por não ter leito disponível, ele teria que retornar para Petrolina.

LEIA MAIS

Hospital Universitário inicia implantação de projeto para agilizar atendimentos na emergência

(Foto: Internet)

O Hospital Universitário (HU-Univasf), em parceria com o Hospital Sírio Libanês, começou o processo de implementação do projeto Lean nas Emergências, com o propósito o propósito de otimizar e dar maior resolutividade aos atendimentos emergenciais. A execução da metodologia é mais uma iniciativa da unidade para tentar controlar e amenizar os efeitos da superlotação. Durante o mês de julho, o hospital registrou uma média de ocupação de 168%.

A equipe do hospital paulista esteve na unidade reunida com profissionais de diversas áreas do HU entre os dias 31 de julho e 01 de agosto. Esse foi o segundo dos 12 encontros que acontecerão nos próximos meses. Na ocasião, foram apresentados as características e objetivos da ferramenta e o resultado de uma análise realizada no setor de Emergência e Urgência do HU. “Esse primeiro momento de diagnóstico foi importante para mostrar a nossa situação. Percebemos que é possível reduzir o tempo de espera e o quantitativo de pacientes no nosso corredor. Os colaboradores estão engajados e acredito que vamos conseguir bons resultados”, comentou o chefe da Unidade de Planejamento do HU, Thiago Magalhães.

LEIA MAIS

Família pede doações de sangue para paciente internado no HU de Petrolina

A família de Antônio Rodrigues de Oliveira está pedindo ajuda nas redes sociais. ele está internado no Hospital Universitário de Petrolina e precisa de doações de sangue. Quem puder ajudar nessa corrente solidária deve ir à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) de Petrolina e contribuir com Antônio.

Não há exigência de um tipo sanguíneo específico. Basta, no momento da doação, fornecer o nome do paciente a receber as bolsas de sangue. O Hemope de Petrolina funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 113h0.

A campanha está sendo organizada pelo sobrinho do paciente, Wilson Alencar, diretor-presidente da Associação dos Fibromiálgicos do Vale do São Francisco (Afibrovasf). Mais informações podem ser obtidas através do número: (87) 98853-1629.

Secretária da Saúde de Juazeiro se reúne com representantes do Hospital Universitário

(Foto: Ascom)

A Secretária da Saúde de Juazeiro, Fabíola Ribeiro, participou de uma reunião na última sexta-feira (12) com o gerente de Atenção à Saúde do Hospital Universitário de Petrolina (PE), Luís Otávio, e a Gestora de Regulação da IV Macrorregião de Saúde de Pernambuco, Cláudia Galindo. O encontro teve como finalidade o alinhamento de serviços e conhecimento das necessidades pontuais das unidades de saúde instaladas nas duas cidades.

LEIA TAMBÉM:

Hospital Universitário restringe recepção de novos pacientes fora do perfil hospitalar

Durante a reunião foram discutidas as necessidades e casos relacionados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a superlotação e as fragilidades para uma assistência de qualidade também no Hospital Universitário (HU) – que encontra-se com mais pacientes que a capacidade de atendimento.

LEIA MAIS

Hospital Universitário restringe recepção de novos pacientes fora do perfil hospitalar

(Foto: Internet)

Em decorrência da superlotação das instalações e falta de espaço físico, o Hospital da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf) emitiu um comunicado informado sobre a restrição de recepção de novos pacientes fora do perfil hospitalar. De acordo com o Hospital Universitário a conjuntura atual demanda efetivação do critério de perfil assistencial.

O hospital adota o Protocolo de Manchester para classificar os pacientes de acordo com a complexidade do caso. Segundo a pactuação da Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do Médio São Francisco (Rede PEBA), o HU é responsável pelo atendimento aos casos de alta e média complexidade, identificados com as cores amarelo, laranja e vermelho (casos que apresentam risco imediato de perda de função de órgãos ou membros e/ou risco de morte), em referência ao Protocolo, e os casos de baixa complexidade (azul e verde) devem ser atendidos pelas outras unidades que compõem a Rede e que possuem a finalidade de assistir esses casos.

“Há anos, o Hospital Universitário tem se desdobrado, trabalhando muito além de sua capacidade estrutural e de quantitativo de profissionais. O HU-Univasf compreende que tais pacientes não têm culpa pela insuficiência da Rede, contudo, tal conjuntura é extremamente prejudicial não somente para população em geral, como também para os colaboradores que atuam no hospital. Hoje (11), existem 198 pessoas internadas, o que corresponde a uma taxa de ocupação de 154%”, diz um trecho do comunicado.

LEIA MAIS

Arraiá do Hospital Universitário leva a animação dos festejos juninos para pacientes e colaboradores

(Foto: Ascom)

“Se avexe não; toda caminhada começa no primeiro passo…”, esse grande clássico do forró, composto por Acciolly Neto, resume o clima de alegria e esperança criado pela equipe de colaboradores e voluntários que promoveram a quarta edição do “Arraiá do HU”. A ação, realizada na manhã de quarta-feira (12), levou música, comidas típicas, quadrilha e muitos outros elementos que compõem os festejos juninos.

O HU-Univasf foi todo decorado e os colaboradores se vestiram a caráter para receber o cantor e compositor Elisson Castro que veio acompanhado de seus músicos e do cirurgião e tocador de sanfona nas horas vagas, Cícero Diego. Os artistas voluntários embalaram a festa ao som do forró, baião, xote, entre outros.

LEIA MAIS

Leitora pede ajuda para localizar cachorro desaparecido em Petrolina

Cãozinho desapareceu em março e foi visto perto da Univasf (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma moradora de Petrolina está pedindo ajuda para encontrar seu cachorro de estimação. Hector é da raça Pinscher e fugiu de casa sem coleira, no dia 21 de março. Segundo a dona, o cão já é idoso – tem 13 anos – e possui um caroço na pata dianteira esquerda.

Em contato com a nossa produção a dona de Hector relatou já ter ouvido informações sobre a localização do cachorro, porém não teve sucesso. Um fio de esperança surgiu após quase um mês do desaparecimento do animal, quando um segurança da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) do campus Centro afirmou ter visto o animal nas imediações do Hospital Universitário.

Quem tiver qualquer informação sobre Hector deve entrar em contato com Gabrielly Lima pelos seguintes contatos: (87) 98808-8181 (WhatsApp), (87) 98829-7170 ou (87) 3862-2578. A família oferece recompensa.

Hospital Universitário realizou mais de 86 mil atendimentos em 2018

(Foto: Ascom HU)

O Hospital da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf) divulgou, recentemente, os dados de produção da unidade durante o ano de 2018. Somando os serviços de emergência e urgência, consultas ambulatoriais e internamentos, foram 86.626 atendimentos, aumento de 8,1% comparando a 2017.

Os números são expressivos e mostram a evolução do HU-Univasf nesses quatro anos sob a gestão da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) que vem investindo na melhoria da infraestrutura física e na modernização do parque tecnológico da unidade. Foram executadas 5.433 cirurgias, destas, 2.613 ortopédicas e 493 neurocirúrgicas, uma média de 452 procedimentos por mês. O número de exames laboratoriais e de imagens ultrapassou 235 mil.

O setor de Urgência e Emergência recebeu 41.325 pessoas. Mais da metade dos atendimentos foram caracterizados como pouco urgentes, chegando a 57,9%, seguido por urgentes, com 20,4%, e os atendimentos muito urgentes representaram 3,7%. O número alto de casos pouco urgentes acolhidos pelo HU é reflexo dos problemas que afetam a Rede PEBA, uma vez que os municípios integrantes à rede não oferecem à população uma assistência eficiente em saúde para os casos de baixa complexidade.

LEIA MAIS

Hospital Universitário abre inscrições para seleção de residência médica

(Foto: ASCOM)

O edital de seleção para as vagas no programa de residência médica da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) foi lançado no dia 19 de dezembro. O Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf), localizado em Petrolina (PE), será o principal cenário de prática dos residentes selecionados.

A seleção será dividida em duas fases, primeiro os candidatos se submeterão a uma prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, e posteriormente será realizada análise classificatória de currículo. As inscrições para as residências começaram no dia 19 de dezembro de 2018 e vão até o dia 07 de janeiro de 2019, com prova marcada para o dia 13 de janeiro de 2019.

LEIA MAIS

Soldado do 72ºBIMtz que teve a perna decepada em acidente está internado na UTI do Hospital Universitário

(Foto: Internet)

Na tarde de ontem (19), um soldado do 72º BIMtz teve parte da perna direita decepada durante um acidente na Avenida Sete de setembro em Petrolina (PE). Após o acidente, Nerivaldo Galdino da Cruz foi encaminhado para o Hospital Universitário (HU) da cidade.

De acordo com informações do Hospital, o jovem passou por exames e cirurgia ortopédica para tratar a fratura exposta. Segundo a Assessoria de Comunicação do HU, o paciente está internado na UTI e o quadro de saúde é considerado estável.

PM segue internado no HU após acidente no trevo de Jutaí

(Foto: Internet)

O Hospital Universitário (HU) de Petrolina enviou ao Blog informações atualizadas sobre o estado de saúde dos policiais militares do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp), envolvidos em um acidente na manhã dessa quinta-feira (1º) no trevo de Jutaí, Lagoa Grande.

De acordo com o HU, Thiago Santos de Melo e Edson Santos de Andrade foram atendidos pela equipe da unidade e liberados em seguida. Já Israel Gonçalves Caçula segue internado no hospital, diagnosticado com uma lombalgia – dor na coluna.

LEIA TAMBÉM:

Policiais do 2º BIEsp se envolvem em acidente próximo à Jutaí

Ele já foi medicado e segue em observação. Quanto à Ramyres Santana Coelho, quarta policial envolvida no acidente, o HU disse não ter havido registros de sua entrada na unidade.

Ainda não se sabe o que provocou o acidente, equipes da Polícia Civil foram acionadas para periciar o local. Sabe-se no entanto que a viatura da PM capotou para fora da pista, mas apesar do susto ninguém se feriu com gravidade.

Identificadas duas das três vítimas do acidente da Serra da Santa que estavam na sala vermelha do Hospital Universitário

(Foto: Internet)

O acidente que ocorreu na Serra da Santa, na manhã desta terça-feira (25) envolvendo uma van que fazia a linha Orocó (PE) a Petrolina (PE), deixou vários feridos e quatro vítimas fatais, entre elas uma criança. Durante o socorro 14 pessoas foram trazidas ao Hospital Universitário de Petrolina (PE), das quais três estavam na sala vermelha.

Segundo informações da Assessoria do Hospital Universitário (HU), estavam na sala vermelha: Lídia Muriele Alves da Silva, de 30 anos, ela deu entrada no hospital com uma fratura no antebraço, Maria Cavalcante Leão Gomes, de 61 anos, e uma terceira vítima que ainda não foi identificada.

LEIA TAMBÉM:

Condutor da caçamba estava na contramão quando atingiu van na Serra da Santa, afirma inspetor da PRF

Corpo de Bombeiros confirma quatro mortes em colisão de van na Serra da Santa

Van se envolve em acidente próximo à Serra da Santa, em Petrolina

A assessoria do HU informou que todas elas já foram liberadas da sala vermelha. Lídia era mãe da criança que morreu no acidente e a pedidos da família e da própria paciente, foi dada alta hospitalar para que ela pudesse participar do velório da criança. Maria Cavalcante passou por uma cirurgia no abdômen e foi transferida para outra ala do hospital. A outra vítima ainda não foi identificada, mas se sabe que a mesma não está mais na sala vermelha.

A PRF não soube informar o número exato de passageiros na van, já que muitas vítimas foram socorridas por testemunhas e outras pelo Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Polícia Militar apreende 10 pedras de crack com homem vítima de acidente de carro

(Foto: Ilustração)

Depois de se envolver em um acidente automobilístico em Petrolina, um homem foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao Hospital Universitário da cidade. Mas com ele as equipes de atendimento encontraram drogas.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu apreender 10 pedras de crack. Os entorpecentes foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Plantão, no bairro Ouro Preto.

O acusado não pôde ser apresentado aos policiais em decorrência de ter sido encaminhado à sala vermelha. A Polícia Militar não divulgou a identidade do suspeito.

Policial Militar de Petrolina que sofreu acidente nesta terça-feira (24) passa por cirurgia no Hospital Universitário

(Foto: Internet)

A Policial Militar de Petrolina (PE), Rayana Terezinha de Carvalho Rodrigues, que sofreu uma acidente automobilístico na manhã desta terça-feira (24), está no Hospital Universitário (HU) e passa neste momento (11h30) por uma cirurgia no quadril. Segundo a assessoria de comunicação do HU, o estado de saúde dela é considerado grave e inspira cuidados.

A Policial sofreu fraturas em um acidente hoje de manhã na BR 428, altura do bairro Loteamento Recife, em Petrolina. Segundo informações de terceiros, um caminhão que seguia viagem sentido a cidade de Lagoa Grande, reduziu a velocidade para passar em uma lombada e a mesma, que pilotava uma moto, não percebeu e acabou batendo na traseira do veículo. Ainda de acordo com as informações ela teria ficado presa entre os pneus.

Rayana Terezinha teria sido resgatada e socorrida pelo o Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Universitário.

1234