Balanço anual: Hospital Universitário realizou mais de 78 mil atendimentos em 2019

(Foto: Ascom)

Dados contidos no balanço do ano de 2019, apresentado pelo Serviço de Arquivo Médico e Estatística (SAME) do hospital, apontam que no ano passado, o Hospital Universitário (HU) realizou 78.468 atendimentos. Isto, somando os serviços ambulatoriais e os de urgência e emergência

Somente em 2019, o HU realizou 5.498 cirurgias, uma média de 458 por mês. Quase 60% dos procedimentos foram de ortopedia e traumatologia (3.077); em seguida, destacam-se os procedimentos vasculares (875) e cirurgias gerais (813).

De acordo com o relatório do SAME, os ambulatórios do HU e da Policlínica ofereceram 31.939 consultas, em 27 especialidades médicas diferentes. O número de consultas cardiológicas foi o mais expressivo (5.453), seguido por ortopedia e traumatologia (5.367) e cirurgia geral (3.691).

1º Mutirão de Detecção da Hanseníase será realizado em Petrolina no próximo sábado

O Colegiado de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), com o apoio do Hospital Universitário, realizará no próximo sábado (11), o 1º Mutirão de Detecção da Hanseníase. O evento será sediado na Policlínica da Univasf.

A ação em alusão à campanha “Janeiro Roxo”, tem o objetivo de alertar a população sobre a gravidade da doença e a necessidade do diagnóstico e tratamento precoces, além de contribuir para a redução do preconceito.

O número de casos da doença detectados no Brasil é alto. De acordo com o Ministério da Saúde, em média são 30 mil por ano. “Cerca de 90% dos diagnósticos da doença, nas Américas, são encontrados no Brasil. E o Nordeste tem seis vezes mais casos do que o tolerável”, ressalta a dermatologista e hansenologista, Tânia Moreno.

Em nota, Hospital Universitário rebate denúncia e afirma que jovem acidentado recebeu a assistência necessária

(Foto: Internet)

O Blog Waldiney Passos publicou, no último domingo (29), uma matéria denunciando o descaso do Hospital Universitário (HU) com um jovem que sofreu um acidente de moto, fraturou o maxilar, e por falta de médico especialista, recebeu alta sem a devida assistência.

LEIA TAMBÉM

Família de jovem acidentado denuncia descaso no Hospital Universitário

Em nota enviada há pouco ao Blog, o HU rebateu a denúncia feita pela família do paciente e afirmou que o jovem recebeu “toda a assistência necessária”. Ainda segundo o Hospital, O paciente passou por consulta nesta segunda-feira (30), e foi constatado que não será necessária a realização de procedimentos cirúrgicos. Confira a íntegra da nota:

Família de jovem acidentado denuncia descaso no Hospital Universitário

Werick Kevin dos Santos Morais é morador do N-4, precisou de atendimento específico, mas recebeu alta do HU, sem o devido atendimento. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Um jovem, morador do N-4, Projeto Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina (PE) sofreu um acidente de moto na última sexta-feira (27). No ocorrido, Werick Kevin dos Santos Morais teve ferimentos e foi levado para o Hospital Universitário (HU).

Ao chegar no HU, o jovem foi atendido e passou por exame de ressonância, que constatou uma fratura no maxilar. Após o diagnóstico, o paciente e a família foram informados de que seria necessária a avaliação de um cirurgião buco-maxilo.

Mais de 250 pessoas são atendidas na Policlínica do Hospital Universitário durante mutirão de combate ao câncer de pele

(Foto: Ascom)

No último sábado (7), ocorreu na Policlínica do Hospital Universitário, um mutirão de atendimentos para avaliação de lesões suspeitas de câncer de pele. A ação faz parte da campanha Dezembro Laranja, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), para combater a doença. O Hospital Universitário apoia e colabora com a causa desde o ano de 2016.

O mutirão contou com a participação voluntária de 11 dermatologistas, quatro cirurgiões, além de residentes e estudantes. Mais de 250 pessoas passaram pelas consultas, 50 delas apresentaram lesões compatíveis com o câncer e 25 foram submetidas, no mesmo dia, a procedimentos cirúrgicos para tratamento. Os outros pacientes já estão com suas cirurgias agendadas.

Plantão policial: motorista que colidiu veículo com entregador de pizza está sob custódia

Vítima morreu no local, motorista foi internado no HU (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Mais cedo o Blog mostrou um acidente na noite de sexta-feira (15), que vitimou um entregador de pizza, em Petrolina. Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, a vítima é Edson Soares Ferreira, de 19 anos. Ele morreu ao ter sua moto atingida pelo carro conduzido por Luis Siqueira Gomes Filho.

LEIA TAMBÉM:

Homem é morto a tiros no Centro de Petrolina

Feriado termina com motociclista morto em Petrolina

A colisão foi registrada na Rua 15 do bairro Jardim Guararapes. Em nota encaminhada ao Blog, a Polícia Civil disse que Luis Filho conduzia um veículo que invadiu a contramão. Ele e outro ocupante do veículo foram socorridos ao Hospital Universitário.

“O estado de superlotação é constante”, afirma Hospital Universitário sobre vídeo de leitor

Segundo leitor, há pacientes em macas perto da lanchonete do hospital (Foto: Reproduçã/WhatsApp)

O Blog Waldiney Passos publicou na manhã desta quarta-feira (6), uma matéria sobre o flagrante feito por um leitor, no Hospital Universitário, em Petrolina (PE). As imagens mostram pacientes em macas espalhadas pelos corredores da Unidade.

LEIA TAMBÉM

Leitor flagra pacientes nos corredores do Hospital Universitário de Petrolina e classifica situação como “horrível”

Segundo o relato do leitor, no local haviam pacientes internados há mais de 30 dias, aguardando por cirurgia. Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, o HU afirma que a superlotação é constante, ressalta o número de acidentes de trânsito como um dos principais fatores para tal situação, além da constante provocação feita aos órgãos competentes sobre a realidade do Hospital.

“Enquanto aguardam que as devidas medidas sejam tomadas, os profissionais do HU continuarão, diariamente, enfrentando a sobrecarga de trabalho para oferecer a melhor assistência aos seus pacientes”, diz a nota.

Confira a íntegra da nota

É de conhecimento de toda a sociedade do Vale do São Francisco que o Hospital Universitário trabalha muito acima da sua capacidade física e de pessoal. O estado de superlotação é constante e é resultado, entre outros fatores, do grande índice de acidentes de trânsito na região e da ineficiência de unidades públicas de saúde que compõem a Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do Médio São Francisco – Rede PEBA.

As autoridades públicas que têm competência para resolver essa situação são constantemente provocadas pelo HU, entre elas, secretarias estaduais de saúde de Pernambuco e Bahia, as 53 secretarias municipais de saúde integrantes da Rede PEBA, além do Ministério Público Federal.

Enquanto aguardam que as devidas medidas sejam tomadas, os profissionais do HU continuarão, diariamente, enfrentando a sobrecarga de trabalho para oferecer a melhor assistência aos seus pacientes. Salientando que a unidade possui apenas 130 leitos, mas, hoje (06), existem 215 pessoas internadas, o que corresponde a uma taxa de ocupação de 176%.

Hospital Universitário promove campanha de arrecadação de donativos que serão doados ao Lar Feliz

(Foto: Internet)

O Hospital Universitário está realizando uma campanha de doações em prol da Fundação Lar Feliz. A arrecadação acontece acontecerá de 15 a 22 de outubro. Os donativos poderão ser entregues nas recepções dos funcionários do hospital e da Policlínica, das 8h às 18h. Os interessados em colaborar poderão doar: itens de higiene pessoal, roupas, brinquedos, material escolar, alimentos, produtos de limpeza, entre outros.

Além das doações, os profissionais do Projeto Consultórios Itinerantes (PCI) prestarão atendimentos odontológicos e orientações de saúde bucal para 50 crianças apoiadas pelo projeto no próximo dia 23 de outubro.

o HU está localizado na Avenida José de Sá Maniçoba, s/n , Centro de Petrolina. Mais informações podem ser obtidas através do número (87) 2101-6500.

Sobre o Lar Feliz

A Fundação Lar Feliz promove atendimento integral a crianças de 0 a 13 anos de idade. Com ações voltadas à educação, esporte, cultura e assistência médica, odontológica e psicológica em turno diurno integral e com 5 refeições por dia, a fundação visa a redução do trabalho infantil, do abuso sexual e da prostituição infanto-juvenil, o combate às drogas e à desnutrição infantil. A organização também visita as famílias e encaminha à rede de proteção local. Atualmente, a instituição atende a 520 crianças na cidade de Juazeiro-BA.

Hospital Universitário rebate denúncia de paciente e afirma que não houve descaso

(Foto: Internet)

Na última terça-feira (1º), o Blog Waldiney Passos publicou uma matéria sobre a denúncia de uma paciente do Hospital Universitário (HU), em Petrolina (PE). Segundo a denunciante, depois de procurar a unidade em busca de um exame para diagnosticar a causa do inchaço e roxidão em uma perna machucada durante um acidente de moto, a mesma relatou que que o ortopedista apenas refez o exame de Raio X, passou medicação e recomendou o uso de imobilizador.

LEIA TAMBÉM:

Paciente denuncia descaso no Hospital Universitário depois de procurar Unidade para a realização de exame

A conduta do médico provocou indignação na paciente, já que a mesma apresentava dores, e se diz preocupada com a possibilidade de que os sintomas apresentados sejam de trombose.

Paciente denuncia descaso no Hospital Universitário depois de procurar Unidade para a realização de exame

(Foto: Reprodução/WhatsApp)

Na última sexta-feira (27), uma jovem, que preferiu não se identificar, deu entrada na urgência do Hospital Universitário, em Petrolina (PE), após sofrer um acidente de moto. De acordo com a paciente, ao chegar na unidade, foi feita a triagem, depois uma radiografia (exame de raio-x) que não identificou fratura. Diante do quadro, o médico receitou uma medicação e deu alta.

Contudo, ela conta que desde o dia do acidente continua sentindo dores, e o pé machucado apresenta inchaço anormal e roxidão no calcanhar, que se estende pela perna. Preocupada com o risco de trombose, a jovem se dirigiu ao HU, na tarde de hoje (1), em busca de um exame mais detalhado para o diagnóstico da causa do inchaço e o possível descarte da trombose. No entanto, ela procurou o Blog Waldiney Passos, para denunciar o atendimento do ortopedista, que segundo ela, apenas realizou outro raio x e receitou uma medicação, além da compra de um imobilizador para ser usado na região do tornozelo.

“Todos os médicos que eu passei na triagem foram atenciosos, agilizaram os procedimentos de exame e medicação, mas o ortopedista só refez o raio-x, nem imobilizou a região. A médica da triagem disse que deveriam ter feito pelo menos uma imobilização”, disse a denunciante.

Diante do descaso denunciado, O Blog Waldiney Passos procurou o Hospital Universitário para saber o posicionamento da unidade sobre o atendimento do ortopedista, bem como por que a paciente não foi submetida a um exame mais detalhado, e por que não foi feita a imobilização do membro machucado. Até o momento o HU não se manifestou sobre o caso.

Paciente do Hospital Universitário denuncia suspensão de cirurgias eletivas; unidade de saúde culpabiliza superlotação

(Foto: Internet)

Um leitora, chamada Espedita Maria da Conceição Silva, moradora do bairro São Gonçalo, em Petrolina (PE), entrou em contato com a nossa produção, para denunciar a suspensão de cirurgias eletivas, realizadas no Hospital Universitário (HU).

Espedita é portadora de câncer na tireoide, e desde que descobriu a doença enfrentou diversos problemas na rede pública de saúde. Contudo, a notícia de que as cirurgias no HU estão suspensas é a mais preocupante no momento, já que o procedimento deve ser feito com urgência.

“Recentemente fui diagnosticada com câncer na tireoide e fui encaminhada para uma fila de urgência de cirurgia, mas ontem quando fui me informar como estava a fila da cirurgia, tive a terrível notícia que as cirurgias estavam suspensas por falta de anestesista”, contou a paciente.

Diante da denúncia, o Blog Waldiney Passos procurou o Hospital Universitário, para confirmar a veracidade da informação, bem como saber quais providências estão sendo tomadas no intuito de resolver a suspensão dos procedimentos cirúrgicos.

Família de paciente denuncia descaso do Hospital Universitário

Família de Everton de Lima Oliveira (Foto: Blog Waldiney Passos)

A família de Everton de Lima Oliveira, morador do distrito de Izacolândia, zona rural de Petrolina (PE),  participou do programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal, para denunciar o descaso do Hospital Universitário.

Segundo informações dos familiares, Everton, de 19 anos, sofreu um acidente no dia 27 do mês passado, e foi internado no Hospital Universitário, em Petrolina. Uma cirurgia foi marcada para o dia 30 deste mês, mas ontem (25), ele foi encaminhado para o Hospital da Restauração, em Recife (PE). No entanto, ao chegar na capital pernambucana, a mãe de Everton foi informada de que não havia nenhuma informação do paciente, e que por não ter leito disponível, ele teria que retornar para Petrolina.

Hospital Universitário inicia implantação de projeto para agilizar atendimentos na emergência

(Foto: Internet)

O Hospital Universitário (HU-Univasf), em parceria com o Hospital Sírio Libanês, começou o processo de implementação do projeto Lean nas Emergências, com o propósito o propósito de otimizar e dar maior resolutividade aos atendimentos emergenciais. A execução da metodologia é mais uma iniciativa da unidade para tentar controlar e amenizar os efeitos da superlotação. Durante o mês de julho, o hospital registrou uma média de ocupação de 168%.

A equipe do hospital paulista esteve na unidade reunida com profissionais de diversas áreas do HU entre os dias 31 de julho e 01 de agosto. Esse foi o segundo dos 12 encontros que acontecerão nos próximos meses. Na ocasião, foram apresentados as características e objetivos da ferramenta e o resultado de uma análise realizada no setor de Emergência e Urgência do HU. “Esse primeiro momento de diagnóstico foi importante para mostrar a nossa situação. Percebemos que é possível reduzir o tempo de espera e o quantitativo de pacientes no nosso corredor. Os colaboradores estão engajados e acredito que vamos conseguir bons resultados”, comentou o chefe da Unidade de Planejamento do HU, Thiago Magalhães.

Família pede doações de sangue para paciente internado no HU de Petrolina

A família de Antônio Rodrigues de Oliveira está pedindo ajuda nas redes sociais. ele está internado no Hospital Universitário de Petrolina e precisa de doações de sangue. Quem puder ajudar nessa corrente solidária deve ir à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) de Petrolina e contribuir com Antônio.

Não há exigência de um tipo sanguíneo específico. Basta, no momento da doação, fornecer o nome do paciente a receber as bolsas de sangue. O Hemope de Petrolina funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 113h0.

A campanha está sendo organizada pelo sobrinho do paciente, Wilson Alencar, diretor-presidente da Associação dos Fibromiálgicos do Vale do São Francisco (Afibrovasf). Mais informações podem ser obtidas através do número: (87) 98853-1629.

Secretária da Saúde de Juazeiro se reúne com representantes do Hospital Universitário

(Foto: Ascom)

A Secretária da Saúde de Juazeiro, Fabíola Ribeiro, participou de uma reunião na última sexta-feira (12) com o gerente de Atenção à Saúde do Hospital Universitário de Petrolina (PE), Luís Otávio, e a Gestora de Regulação da IV Macrorregião de Saúde de Pernambuco, Cláudia Galindo. O encontro teve como finalidade o alinhamento de serviços e conhecimento das necessidades pontuais das unidades de saúde instaladas nas duas cidades.

LEIA TAMBÉM:

Hospital Universitário restringe recepção de novos pacientes fora do perfil hospitalar

Durante a reunião foram discutidas as necessidades e casos relacionados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a superlotação e as fragilidades para uma assistência de qualidade também no Hospital Universitário (HU) – que encontra-se com mais pacientes que a capacidade de atendimento.

1234