IGEPREV antecipa salário de fevereiro a aposentados e pensionistas de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Os aposentados e pensionistas que são servidores da Prefeitura de Petrolina já receberam o salário referente ao mês de fevereiro. O montante de R$ 3.683.998,98 foi depositado na segunda-feira (22). Pelo balanço do Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV), 1.223 aposentados e 305 pensionistas foram contemplados.

De acordo com o IGEPREV, a antecipação do pagamento busca atenuar todo transtorno causado por conta da pandemia do novo coronavírus. Dessa forma objetiva-se não apenas garantir recursos aos contemplados, mas também aquecer a economia local.

Após crítica do Sindesmp, Prefeitura afirma que projeto aprovado “não traz qualquer prejuízo ao servidor”

(Foto: Arquivo)

A Prefeitura de Petrolina emitiu uma nota para responder aos questionamentos do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindsemp), em relação ao Projeto de Lei n° 028/2020, aprovado pela Câmara na terça-feira (22). De acordo com o Poder Executivo, a matéria foi sim submetida ao Conselho Deliberativo do Sindsemp.

LEIA TAMBÉM

Sindsemp mostra descontentamento com projeto do Executivo sobre IGEPREV

“O Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev) reforça que o referido projeto apreciado nesta terça feira (22) foi submetido ao Conselho Deliberativo desde 2017, atendendo às etapas necessárias de votação”, diz a nota.

No que diz respeito ao fato de o projeto trazer prejuízo aos servidores, a Prefeitura garante que isso não procede. “Vale reforçar, ainda, que o mesmo não traz qualquer prejuízo ao servidor e que se trata apenas de uma necessária adequação da legislação municipal, diante das novas diretrizes estabelecidas pelo legislador federal e pelo Ministério da Previdência“, conclui a nota.

Com votos contrários da Oposição, Câmara de Petrolina aprova projetos do Executivo

Mesmo com críticas, projeto que provoca mudanças no IGEPREV passou

A penúltima sessão de 2020 na Câmara de Vereadores de Petrolina terminou com a aprovação de todos os projetos apresentados pelo Poder Executivo. Até mesmo o polêmico n° 28/2020 passou pelo crivo do Poder Legislativo, nessa terça-feira (22).

Agora as matérias seguem para sanção do prefeito Miguel Coelho (MDB), que deve promulgá-las nos próximos dias, tendo em vista que os PLs foram classificados com caráter de urgência. Veja a seguir o que foi aprovado hoje e suas respectivas votações.

Projeto de Lei nº 028/2020: dá nova redação a lei municipal nº 1.990/2007 (IGEPREV). Aprovado por 13×4 (Votaram contra Cristina Costa, Gilmar Santos, Paulo Valgueiro e Ruy Wanderley, esse último da Situação; Edilsão do Trânsito e Gaturiano Cigano se abstiveram);

Projeto de Lei nº 031/2020: institui o Código Sanitário Municipal que visa as ações a serem desenvolvidas no âmbito da vigilância sanitária no Município de Petrolina. Aprovado por 17×3 (Votaram contra Cristina Costa, Gilmar Santos, Paulo Valgueiro);

Projeto de Lei nº 032/2020: Altera organização básica da administração direta da Prefeitura Municipal de Petrolina/PE e dá outras providências. 17×3 (Votaram contra Cristina Costa, Gilmar Santos, Paulo Valgueiro);

Projeto de Lei nº 033/2020: dispõe sobre a concessão de abono salarial por parte do Poder Executivo aos profissionais do magistério municipal que especifica e dá outras providência. Aprovado por 20×0.

Sindsemp mostra descontentamento com projeto do Executivo sobre IGEPREV

(Foto: ASCOM)

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) está descontente com o Projeto de Lei n° 28/2020, apresentado pelo Poder Executivo e colocado na pauta dessa terça-feira (22). Na justificativa da matéria, a Prefeitura alega que as mudanças “buscam adequar a norma previdenciária municipal aos novos entendimentos legais” no Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV).

Contudo, o Sindsemp não concorda e destacou alguns pontos no projeto. “O projeto traz prejuízos incalculáveis ao servidor público. Primeiro por destinar uma situação de impedir ou de não conceder aposentadoria especial aos professores readaptados e professores cedidos. E tem a questão de calcular isso. Um dos maiores prejuízos do projeto é que o nosso Comitê de Investimento, que tem acompanhamento direto dos conselheiros, ele vai ser direcionado a membros que não são servidores. São servidores que são apenas comissionados”, explica Walber Lins.

O presidente do Sindsemp solicitou a retirada do PL de pauta, porém não foi ouvido. Em entrevista ao Blog, Lins também apontou outra falha, referente ao Comitê de Investimento. “Todo recurso, todo dinheiro do servidor vai ser aplicado por pessoas que não têm participação. Como o dinheiro é do servidor e o servidor não tem essa participação?“, questionou.

LEIA MAIS

IGEPREV antecipa 13º de aposentados e pensionistas de Petrolina

Por conta da pandemia, o Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV) antecipou o 13º salário dos aposentados e pensionistas ligados a Prefeitura de Petrolina.

Isso significa que o dinheiro já está na conta dos beneficiados a partir de hoje (15). De acordo com o Instituto, o objetivo é amenizar os transtornos provocados na economia do grupo.

Ao todo, 1.500 pessoas estão sendo favorecidas com tal antecipação. Desse total, 295 são pensionistas e outros 1.205 servidores municipais aposentados. Pelo balanço do IGEPREV, o valor total depositados nas contas é de R$  2.015,714,59.

Petrolina: Projeto e Requerimento sobre Previdência são retirados de pauta

Sessão presencial em Petrolina

Osório acatou solicitação e retirou Requerimento (Foto: Reprodução)

Os vereadores de Petrolina retornaram os encontros de forma presencial nessa quinta-feira (10). De pronto, o projeto de Lei n° 20/2020 do Poder Executivo não entrará em discussão hoje. O motivo, segundo o presidente da Casa Plínio Amorim, é dar mais tempo de analisar o texto.

O PL dispõe sobre a suspensão temporária das contribuições previdenciárias patronais nos termos do programa federativo de enfrentamento ao coronavírus. “O projeto do Executivo, esse projeto não vai ser votado hoje. Foi solicitado para retirada e ter uma discussão melhor com os representantes do IGEPREV”, justificou Osório Siqueira (MDB).

Manoel da Acosap (Foto: Blog Waldiney Passos)

Requerimento retirado de pauta

Em seguida o vereador Manoel da Acosap (DEM) solicitou a retirada do Requerimento n° 308/2020, de Paulo Valgueiro (PSD). “Acho que é importante que a Comissão de Justiça e Redação se manifeste. Queria que pudesse incluir esse Requerimento na próxima sessão, porque tem um projeto da Previdência e tem que ser analisado com esse Requerimento. Que retire o Requerimento para discutir nas Comissões”, sugeriu.

Vereador questiona decisão unilateral

Osório acatou a reivindicação, mas a contragosto de Valgueiro. O autor da proposição questionou tal decisão. “São [proposições] diferentes. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Já tendo iniciado as discussões, só quem pode tirar a proposição é o autor. Requerimento não passa pelo crivo de Comissão. O que passa é Projeto de Lei“, argumentou.

Osório manteve-se firme e destacou ser autonomia da Mesa Diretora para retirar o Requerimento de pauta. O documento busca adiar a cobrança da alíquota no novo percentual de 14% na contribuição mensal dos servidores públicos municipais, ativos, aposentados e pensionistas.

IGEPREV lamenta morte de servidora aposentada

(Foto: ASCOM)

O Instituto de Gestão Previdenciário de Petrolina (IGEPREV) emitiu uma nota de pesar pela morte de uma servidora pública aposentada.

Alaíde Maria de Amorim veio a óbito na quarta-feira (2). Ela lutava contra um câncer, mas não resistiu ao tratamento.

“Alaíde era Nossa Aposentada, e lutava contra um câncer. Neste momento de pesar, prestamos sinceros sentimentos de solidariedade aos familiares, colegas de trabalho e amigos de Alaíde“, lamenta o IGEPREV.

Petrolina: IGEPREV adianta pagamento do salário do mês de junho

(Foto: ASCOM)

O Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV), depositou nesta segunda-feira (22), o pagamento do salário referente ao mês de junho, para aposentados e pensionista do município.

O instituto informou que a ação foi movida em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) e tem como objetivo atenuar todo transtorno causado pela doença.

IGEPREV antecipa salário de maio aos aposentados e pensionistas de Petrolina

Salário foi antecipado para ajudar grupo (Foto: ASCOM/PMP)

O Instituto de Gestão Previdenciária de Petrolina (IGEPREV) anunciou nessa quinta-feira (21) a antecipação salarial referente ao mês de maio, aos aposentados e pensionistas do município. Foram liberados R$ 3.417.909,29 que já estão nas contas desse grupo.

A medida anunciada pela Prefeitura de Petrolina busca “garantir injeção de renda” na economia local, afetada pela pandemia do novo coronavírus. 1.163 aposentados e 290 pensionistas foram contemplados com essa antecipação salarial.

“O valor já está disponível para saques, contudo, o instituto faz um alerta para que os aposentados e pensionistas utilizem os serviços bancários online e evitem a ida às agências bancárias, quando possível“, orienta a Prefeitura.

IGEPREV antecipa pagamento a 1.444 segurados nessa quinta-feira

1.444 segurados foram contemplados pela antecipação (Foto: ASCOM)

O Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV) antecipou o salário de abril dos servidores aposentados e pensionistas. O pagamento já está liberado na conta dos funcionários nessa quinta-feira (23). A medida, segundo o órgão, busca atenuar os transtornos causados pela pandemia do novo coronavírus.

1.444 pessoas – das quais 1.160 são aposentados e 284 pensionistas – foram contemplados com a antecipação. De acordo com o IGEPREV, foram injetados R$ 3.119.039,07 na economia local. O diretor-presidente da instituição, Wíllames Barbosa conversou com nossa equipe e destacou que o órgão está sempre atento às necessidades dos servidores.

“O prefeito sempre nos pede para que tenhamos muito carinho e cuidado com essas pessoas, principalmente os aposentados e pensionistas que são pessoas de risco, são idosas. A gente precisa atenuar diante da pandemia que assola nossa cidade“, disse.

Além da antecipação de abril, o IGEPREV já anunciou que em maio também liberará o valor aos aposentados e pensionistas antes do prazo normal.

IGEPREV reforça que atendimento presencial durante a pandemia somente em caso de extrema urgência

(Foto: ASCOM)

O Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV) divulgou nota nos últimos dias informando que por causa dos decretos estadual e municipal que determinam medidas para conter a transmissão do novo coronavírus, o órgão fará o atendimento dos assegurados, exclusivamente, pelos canais online.

Segundo o documento, os atendimentos públicos deverão ser efetivados, exclusivamente, por meio de requerimento eletrônico junto ao sistema de processos eletrônicos do Município de Petrolina, através do sítio eletrônico: http://petrolina.pe.gov.br/petro-online/protocolos.

LEIA MAIS

IGEPREV antecipa 13º dos aposentados e pensionistas

Medida contemplará quase 2000 aposentados e pensionistas

O Instituto de Gestão Previdenciária do Município de Petrolina (IGEPREV) liberou nessa segunda-feira (6) 50% do 13º salário dos servidores aposentados e pensionistas do município. Mais de R$ 2 milhões serão injetados na economia local, dando um aporte a esse grupo considerado vulnerável durante a pandemia do coronavírus.

“Cumprindo a determinação do prefeito Miguel Coelho em sua fala nos últimos dias de março, ele determinou o pagamento de 50% do 13º salário dos aposentados e pensionistas em virtude dessa pandemia causada pelo novo coronavírus. A gente está disponibilizando na data de hoje“, explicou o diretor-presidente do IGEPREV, Willames Barbosa no programa Super Manhã com Waldiney Passos.

Na entrevista à Rádio Jornal Petrolina, Barbosa contou ainda que 1.153 aposentados e 285 pensionistas estão sendo contemplados. “O objetivo é atenuar essa triste moléstia, essas pessoas são vulneráveis e precisam de certo carinho e conforto. A gente está cumprindo essa determinação a partir de hoje. O dinheiro já está creditado na conta desde a manhã de hoje“, finalizou.

Petrolina antecipa pagamento da primeira parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do IGEPREV

(Foto: Ascom/PMP)

O prefeito Miguel Coelho anunciou, nesta sexta-feira (20), medidas para amenizar os impactos econômicos que podem afetar a vida dos cidadãos, em razão da pandemia do novo coronavírus.

LEIA TAMBÉM

Prefeitura de Petrolina prorroga prazo de desconto do IPTU até 15 de abril

Entre as medidas, destaca-se a antecipação da 1ª parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do IGEPREV. O pagamento que seria efetuado em junho, agora, será feito no dia 6 de abril.

Outra medida beneficia os empresários e comerciantes de Petrolina. De acordo com o anúncio feito pelo gestor municipal, o ISS será parcelado pelos próximos meses. O valor de março que vence em abril, será pago metade em abril e a outra metade em agosto. O valor de abril, que vence em maio, vai ser pago metade em maio e metade em setembro, já o valor de maio, que vence em junho, vai ser pago metade em junho e metade em outubro.

Prefeitura sanciona novo regime previdenciário dos servidores de Petrolina

(Foto: ASCOM)

Aprovado na sessão do dia 17 de dezembro, o novo Regimento Próprio de Previdência Social dos servidores da Prefeitura de Petrolina já está valendo. A Prefeitura sancionou na quinta-feira (26) o projeto de lei complementar votado na Câmara de Vereadores com urgência.

LEIA TAMBÉM:

Em resposta ao Sindsemp, Prefeitura de Petrolina afirma que projeto aprovado na Câmara “se faz necessário para que se adeque à Legislação Previdenciária”

Sindsemp não descarta buscar Justiça após falta de diálogo antes da votação do novo regime previdenciário

Petrolina: líderes divergem sobre projeto que altera regime previdenciário dos servidores municipais

A Lei 3.629/2019 revoga o regime em vigência desde 2007. Dessa forma, tanto os servidores ativos e inativos das secretarias, autarquias e demais órgãos municipais deverão contribuir com 14%. O Poder Executivo encaminhou a matéria à Câmara, seguindo os passos do Governo Federal, que em 2019 sancionou a reforma da Previdência.

Em resposta ao Sindsemp, Prefeitura de Petrolina afirma que projeto aprovado na Câmara “se faz necessário para que se adeque à Legislação Previdenciária”

Prefeitura afirmou que município tem que fazer reforma (Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Petrolina emitiu uma nota encaminhada ao Blog, acerca da queixa apresentada pelo presidente do Sindicato dos Servidores Municipais (Sindsemp) durante a votação do projeto que alterou o regime previdenciário dos funcionários públicos.

LEIA TAMBÉM:

Sindsemp não descarta buscar Justiça após falta de diálogo antes da votação do novo regime previdenciário

Walber Lins alegou ter procurou a gestão municipal, para retirar o projeto de pauta e só recolocá-lo após o sindicato promover uma assembleia da categoria. Contudo, o pedido não foi ouvido. Segundo a Prefeitura, o Projeto de Lei n° 025/2019 “se faz necessário para que Petrolina se adeque à Legislação Previdenciária”.

A nota destaca ainda que “não cabe ao município optar ou não pela mudança que como prevê a Constituição não é opção dos Regimes Próprios de Previdência, e sim, um enquadramento necessário dentro de um requisito que diz respeito ao déficit atuarial do município”.

Confira a íntegra da nota:

LEIA MAIS
123