Salgueiro vira nos acréscimos e derrota Sport fora de casa

Carcará ganhou com gol nos acréscimos (Foto: Anderson Stevens/Sport)

O Salgueiro segue 100% e lidera o Campeonato Pernambucano 2021. Jogando fora de casa, na noite de quarta-feira (3), o Carcará do Sertão virou nos acréscimos contra o Sport e garantiu a segunda vitória em dois jogos. Os gols da partida foram marcados por Mikael, para o Sport aos 12 da etapa inicial, Leozão aos 14 do 1° Tempo e Raimundinho aos 49 do 2° Tempo.

O Carcará havia vencido o Afogados por 1×0 na estreia e lidera com seis pontos. Na rodada de ontem, apenas o Salgueiro triunfou. Os demais duelos – Central x Santa Cruz e Retrô x Afogados – terminaram em 1×1.

O próximo desafio do Salgueiro é neste domingo (7), contra o 4 de Julho. O duelo é válido pela 2ª rodada da Copa do Nordeste. O Carcará perdeu por 3×2 para o Bahia e busca somar seus primeiros pontos, mas fora de casa.

Salgueiro encara Sport fora de casa nesta quarta-feira, pelo Pernambucano

(Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press)

Depois de conhecer seu adversário na Copa do Brasil 2021, o Salgueiro vai a campo na noite desta quarta-feira (3) para mais um compromisso pelo Campeonato Pernambucano. Às 18h o Carcará do Sertão encara o Sport, na Ilha do Retiro.

Ambas as equipes estão se dividindo entre o estadual e a Copa do Nordeste. No final de semana o Leão empatou com o Sampaio Corrêa, enquanto o Carcará perdeu para o Bahia. No Pernambucano 2021, a dupla começou com vitórias.

Daniel Neri não terá alguns atletas. Sérgio Tanaka segue se recuperando de lesão, então Lucas será o titular. Evandro que se lesionou no domingo (28) ficará fora dos gramados por pelo menos 90 dias. Richard e Daniel Passira estão com covid.

Diego Fernando Silva de Lima será o árbitro do jogo. Ele terá como auxiliares Ricardo Bezerra Chianca e Humberto Martins Dias Silva.

Salgueiro é dominado pelo Sport e cai na semifinal do Pernambucano

(Foto: Daniel Gomes/Twitter)

Não deu pro Salgueiro. O Carcará do Sertão mais uma vez caiu na semifinal do Campeonato Pernambucano, dessa vez para o Sport. Jogando fora de casa nesse domingo (7), o time de Sérgio China sucumbiu ao Leão da Ilha, por 3×1 fora de casa.

O Leão saiu na frente com Hernane aos 19 do primeiro tempo. Aos sete da etapa final novamente o atacante rubronegro balançou as redes de Gideão. Igor João deu sobrevida ao Carcará, aos 26, mas quando o relógio marcava 45 Ronaldo de falta decretou a vitória do Sport.

Com o resultado o time da capital enfrentará o Náutico, atual campeão pernambucano, nas duas finais. O primeiro jogo será na casa do Timbu. A decisão será na Ilha do Retiro.

Salgueiro encara Sport na Ilha por vaga na final do Pernambucano

Na Fase de Grupos o Carcará foi goleado (Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press)

Eliminado da Copa do Nordeste, o Salgueiro volta a campo nesse domingo (7), às 16h para a semifinal do Campeonato Pernambucano da Série A1. Fora de casa o Carcará do Sertão enfrenta o Sport, que eliminou o Petrolina nas quartas também na Ilha do Retiro.

Por ser partida disputada em jogo único, caso após os 90 minutos o placar esteja igualado, a decisão será nos pênaltis. O Leão da Ilha teve a melhor campanha da Fase de Grupos, somando 21 pontos e a liderança da competição.

Já o Salgueiro avançou em quarto, com 16 pontos. Na primeira fase o Sport goleou o Carcará por 4×0. O árbitro da partida será Diego Fernando Silva de Lima e seus assistentes, Clóvis Amaral da Silva e Francisco Chaves Bezerra Júnior. O quarto árbitro será José Woshington da Silva.

Salgueiro e Sport duelam em jogo único por 3º lugar do Pernambucano 2018

(Foto: Williams Aguiar/Divulgação/Sport)

A Ilha do Retiro será palco da disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Pernambuco 2018, nessa segunda-feira (2), às 20h. Salgueiro e Sport buscam o título de terceira melhor equipe do estadual, em partida única.

Para o Sport o jogo tem como objetivo a manutenção de um feito histórico na competição. Desde 1952 o Leão da Ilha do Retiro figura entre os três melhores do Pernambucano, mas em 2018 a instabilidade dentro e fora de campo custaram uma boa campanha.

Já o Carcará do Sertão, caso vença, pode assegurar vaga na Copa do Brasil de 2019, garantindo uma renda extra do time do interior. Como a partida é única, se no tempo normal o placar terminar empatado, a decisão vai para os pênaltis.

FICHA TÉCNICA

SPORT: Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Léo Ortiz (Henriquez) e Sander; Anselmo, Neto Moura e Everton Felipe; Marlone, Gabriel e Índio. Técnico: Nelsinho Baptista. Esquema: 4-3-3.

SALGUEIRO: Mondragon; Escuro, Maurício, Luís Eduardo e Juninho; Peu, Jaíldo, Fabiano, Alexon e Dadá Belmonte; William. Técnico: Sérgio China. Esquema: 4-5-1.

Local: Estádio da Ilha do Retiro, no Recife.

Horário: 20h.

Árbitro: Luiz Cláudio Sobral (PE).

Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira e John Andson Alves Ribeiro (ambos de PE).

Juazeirense leva a pior e perde para o Sport na Ilha do Retiro

Com o resultado, o Sport é o primeiro time a garantir a classificação às quartas de final do Nordestão (Foto: Divulgação)

Não foi desta vez, o Juazeirense viajou até Recife para enfrentar o Sport, pela Copa do Nordeste, na Ilha do Retiro e perdeu com um placar de 5×0. Com o resultado o Cancão amarga a última colocação no grupo C.

Com o resultado, o Cancão segue na quarta colocação do Grupo C, com três pontos e o Sport lidera o grupo com 13 pontos. Pela 6ª rodada o Juazeirense entrenta o River (PI), no Adauto Moraes.

Empate marca a reestreia de André no Sport

(Foto: Folha PE)

Na noite deste sábado (11) o Sport enfrentou o River (PI), na Ilha do Retiro. A partida marcou a reestreia de André no time do Leão. Após sair perdendo, o Sport conseguiu virar a partida, mas acabou tomando um gol no final e cedeu o empate em 2×2.

André começou no banco de reservas e viu River abrir o placar para os piauienses e o Leão empatar ainda no primeiro tempo. Quando entrou, conseguiu marcar seu gol no rebote de um pênalti que perdeu, mas River deixou tudo igual novamente, com um placar final de 2 x 2.

 Com o resultado, o Leão permanece na segunda posição do Grupo C da Copa do Nordeste, com os mesmos sete pontos do próprio River, que leva a melhor nos critérios de desempate. O Leão volta a campo na próxima quarta-feira (15), contra o Belo Jardim, pelo Campeonato Pernambucano.

Hoje: Sport enfrenta o América na Ilha do Retiro

sport

Hoje o Leão tem a chance de cravar uma marca histórica, com a maior sequência de triunfos seguidos na elite nacional./ Foto: Folha de Pe

Após um começo de Série A com o freio de mão puxado, o Sport pode embalar ainda mais com a chance de engatar a quarta marcha e quarta vitória consecutiva hoje, diante do América/MG, às 19h30, na Ilha do Retiro. E se inspirando com a chegada das Olimpíadas, o time de Oswaldo de Oliveira não só poderá pular da 12ª para a oitava colocação, como também tem a chance de cravar uma marca histórica, com a maior sequência de triunfos seguidos na elite nacional desde a implantação dos pontos corridos, em 2003.

Ano passado, o elenco da excelente campanha que rendeu o sexto lugar final chegou ao máximo de três vitórias sucessivas, diante de Avaí, Atlético/MG e Palmeiras.

Com informações e Folha de PE

Em jogo eletrizante, Sport empata com Atlético-MG: 4X4

Sport 00

Rubro-negros reclamaram muito da arbitragem por conta dos pênaltis do Atlético-MG/Foto: JC Imagem

O rubro-negro que foi para a Ilha do Retiro, neste domingo, na partida entre Sport e Atlético-MG, e não passou mal pode dizer que está com o check-up em dia. Isso porque o empate em 4×4 foi um jogo para cardíacos. Melhor para os donos da casa, que foram buscar a igualdade depois de estarem perdendo por 4×2. Um jogo do jeito que os torcedores rubro-negros gostam, com muita luta e emoção. Mas além da luta, vale o destaque para uma das melhores apresentações do Leão em termos ofensivos.

Com o empate, o Sport sai da zona de rebaixamento da competição. Tem cinco pontos em seis rodadas. Já o Atlético-MG fica em 14º com sete. No próximo domingo, o Leão tenta melhorar sua classificação contra o Coritiba, fora de casa. O Galo tem o clássico com o Cruzeiro no mesmo dia.

Com informações do jconline.

Em final emblemática, Sport e Santa Cruz decidem o estadual

Os momentos das duas equipes são bastante distintos. Enquanto o Leão vive um momento de esperança em 2016, após a chegada do técnico Oswaldo de Oliveira, os tricolores estão em lua de mel com a torcida, devido ao título do Nordestão /JC Imagem

Os momentos das duas equipes são bastante distintos. Enquanto o Leão vive um momento de esperança em 2016, após a chegada do técnico Oswaldo de Oliveira, os tricolores estão em lua de mel com a torcida, devido ao título do Nordestão/JC Imagem

Uma decisão emblemática e do tamanho da grandeza do centenário do Clássico das Multidões. Sport e Santa Cruz decidem neste domingo (8), às 16h, na Ilha do Retiro, o título do Campeonato Pernambucano.

Como venceu o jogo de ida por 1×0, os tricolores têm a vantagem do empate. Qualquer resultado por um gol de diferença para os rubro-negros – 1×0, 2×1 ou 3×2, por exemplo – leva a decisão para os pênaltis. Em vitória do Leão por mais de dois gols, o título fica na

Para o Sport, a conquista do título é o estímulo perfeito para o decorrer do ano, já que o início de temporada não foi dos melhores, com as eliminações consecutivas na Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Pelo lado do Santa Cruz, vale a ratificação do excelente momento e o segundo troféu em duas semanas, já que conquistou a Copa do Nordeste no último domingo. Além disso, os corais ainda podem igualar a conquista de títulos em cima dos rubro-negros. Atualmente, o Leão já levou a melhor em 12 finais e os tricolores em 11.

LEIA MAIS

Sport enfrenta a Aparecidense sob o olhar de Oswaldo

Na partida que marcará a última vez do assistente-técnico Thiago Gomes comandando o time à beira do gramado, o Sport vai a campo com uma formação ofensiva/Foto: JC imagem

Na partida que marcará a última vez do assistente-técnico Thiago Gomes comandando o time à beira do gramado, o Sport vai a campo com uma formação ofensiva/Foto: JC imagem

A partida contra a Aparecidense-GO cresceu de importância para os atletas rubro-negros que vão ganhar uma chance de entrar em campo daqui a pouco, às 19h15, na Ilha do Retiro, pela volta da 1ª fase da Copa do Brasil. É que eles terão a primeira chance de mostrar serviço ao novo técnico do Sport, o carioca Oswaldo de Oliveira, que chegou ontem ao Recife. O comandante vai acompanhar o confronto de um camarote no estádio.

Apesar de a diretoria ter emitido um comunicado no fim do mês passado dizendo que o Sport não tem o interesse de ir além da 3ª fase da Copa do Brasil, para poder disputar a Sul-Americana no segundo semestre, os rubro-negros entram em campo focados em reverter a vantagem da Aparecidense. Com perderam a ida por 2×0, os rubro-negros precisam agora vencer por três ou mais gols de diferença para avançar e garantir a premiação de R$ 480 mil. “É sempre bom para o clube ter um dinheiro a mais entrando. Sabemos disso e isso acaba nos servindo como motivação extra”, disse o meia Clayton, que não está inscrito no Pernambucano e vai fazer a sua segunda partida com a camisa do Leão.

Na partida que marcará a última vez do assistente-técnico Thiago Gomes comandando o time à beira do gramado, o Sport vai a campo com uma formação ofensiva. Serão dois volantes (Ronaldo e Neto Moura), que vão se revezar fazendo o papel de terceiro zagueiro para dar liberdade maior aos laterais: Maicon e Christianno, na direita e na esquerda, nessa ordem.

LEIA MAIS

Salgueiro exalta favoritismo do Sport na semifinal

 

As duas equipes se enfrentam na tarde  desta quinta (21), na Ilha do Retiro

As duas equipes se enfrentam na tarde desta quinta (21), na Ilha do Retiro

Já foram duas vitórias contra o Sport no Pernambucano 2016, todas pelo placar simples de 1×0. Mas, mesmo com o bom retrospecto, o Salgueiro se mantem isento do favoritismo no jogo de hoje. Para o Carcará, o importante é trabalhar para um terceiro bom resultado esse ano e assim, quem sabe, levar um novo triunfo diante do Leão. “O Salgueiro tem suas qualidades e esperamos que amanhã (hoje) possamos ter sorte para sair do Recife com um resultado interessante para o próximo jogo”, avaliou o goleiro Mondragon, que ainda não enfrentou o Sport esse ano.

Os jogadores do Salgueiro veem a responsabilidade maior em campo do time rubro-negro, com mais necessidade de um resultado que agrade à torcida. “Sabemos que é um jogo difícil, contra um time grande da capital, mas estamos preparados”, garantiu Mondragon.  O goleiro havia lesionado o músculo posterior da coxa na última semana e já está melhor. No treino de ontem, dividiu a posição com o reserva Gleybson, realizando as mesmas atividades. Se o atual número 1 do Carcará inicia o jogo, ainda é uma questão para o técnico Sérgio China definir.

O time de Salgueiro tem apenas 11 anos e já participou de uma Série B. Os torcedores no Sertão cobram o elenco. “A torcida está acostumada a isso, até alguns momentos acha que a equipe é mais do que é, como Sport, Santa Cruz e Náutico, que são centenárias e tem uma tradição. É uma equipe em ascensão. Temos os pés no chão, porque temos limites, mas estamos sempre tentando ultrapassá-los”, concluiu o comandante.