Incêndio destrói caatinga no interior de Juazeiro desde terça-feira

Chamas destruíram caatinga desde a terça-feira (Foto:9º GBM/Cortesia)

Um incêndio registrado na região do Salitre, na zona rural de Juazeiro (BA), vem destruindo a caatinga desde a terça-feira (20). Os moradores relataram, em áudios divulgados no WhatsApp, uma suposta negligência do Corpo de Bombeiros.

Diante da situação, os próprios moradores iniciaram o combate às chamas da forma como puderam. Apesar de não haver residências próximas ao local do incêndio, há flora e fauna típicas da região sendo destruídos pelo fogo. Veja um dos vídeos gravados pela comunidade na quarta-feira (21):

Trabalho de combate segue nessa quinta-feira

O tenente coronel Tarcísio Ribeiro, comandante do 9º GBM negou negligência da equipe, que prontamente foi encaminhada. “Nosso combate é contra o fogo e não contra as comunidades. Fomos chamados e uma equipe se deslocou. O deslocamento foi em estradas são muito ruins e demorou um pouco para [a equipe] se deslocar. Durante o combate a água se esgotou”, relatou.

Foi solicitado o apoio da Prefeitura de Juazeiro para levar carros pipas e uma retroescavadeira, na manhã dessa quinta-feira (22). Atualmente ainda há chamas e as equipes seguem no combate. “Ainda existem focos de incêndio, a vegetação está muito devastada“, destacou.

Incêndio atinge área de caatinga na região de Cristália, em Petrolina

Animais silvestres ficaram feridos

Um incêndio florestal foi registrado no interior de Petrolina, na tarde de quarta-feira (14). As chamas atingiram a região de Cristália, nas proximidades do Assentamento Maria Gorete e Poço do Angico. Além da destruição da flora, animais também ficaram feridos e alguns morreram queimados.

Equipes do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Petrolina estiveram ainda no local ontem, para combater o incêndio. Eles precisaram retornar ao local por volta das 8h30 dessa quinta-feira (14), pois houve um novo registro das chamas.

Os bombeiros ainda estão no combate ao fogo, portanto não é possível precisar o tamanho na área queimada. Sabe-se apenas que a queimada foi extensa. Não há informações sobre feridos.

Ação conjunta entre Bombeiros e equipes da CPRH controla incêndio na Mata da Pimenteira, em Serra Talhada

(Foto: CPRH)

O incêndio que começou no último domingo (11) no Parque Estadual Mata da Pimenteira, no município de Serra Talhada, Sertão de Pernambuco, finalmente começou a ser controlado. Na madrugada desta quarta-feira (14), as chamas foram contidas. A operação, que conta com equipes da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e do Corpo de Bombeiros recebeu, ontem, o reforço de uma equipe do Prev-Fogo, do Ibama. As equipes trabalharam durante toda a noite para conter as chamas.

“Desde o último domingo nós estamos nesta operação de exterminar o incêndio no Parque. As condições são adversas, por conta dos fatores naturais do local e, ontem pela manhã, o fogo já ultrapassava o limite da unidade de conservação. Mas, hoje damos a boa notícia de que as chamas estão controladas. Evidentemente, vamos continuar fazendo o resfriamento da área”, comentou o diretor presidente da CPRH, Djalma Paes.

O Parque Estadual Mata da Pimenteira foi criado em 2012, por meio do Decreto Estadual nᵒ 37.823 e é a primeira unidade de conservação do bioma Caatinga em Pernambuco, em uma área de quase 900 hectares. A área atingida pelo incêndio é de difícil acesso, por ser montanhosa.

Serra Talhada: Parque Estadual Mata da Pimenteira está sendo destruído pelo fogo

(Fotos: CPRH-PE)

As chamas começaram no final da manhã do último domingo (11) e se espalharam pela caatinga. Até o início da tarde desta terça-feira (13), ainda não teriam sido controladas. Ainda não se sabe o tamanho da área afetada pelo fogo, nem o que possa ter causado o mesmo.

O incêndio, considerado de grande proporção, atinge o Parque Estadual Mata da Pimenteira, primeira unidade de conservação de Pernambuco no bioma Caatinga, que fica localizada  no município de Serra Talhada, Sertão do Pajeú a cerca de 415 km da capital pernambucana.

LEIA TAMBÉM

Após três dias de trabalho, Bombeiros encerram combate a incêndio em Campo Alegre de Lourdes

Uma equipe do Corpo de Bombeiros de Pernambuco e da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) está na área, combatendo as chamas. “Na tarde de ontem (12), o incêndio parecia  controlado. Porém, os ventos da noite fizeram as chamas aumentarem e, hoje, o fogo se alastrou, saindo dos limites da unidade de conservação”, explicou o diretor presidente da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Djalma Paes.

Como a área onde está ocorrendo o incêndio é montanhosa, considerada de difícil acesso, a partir de hoje, um avião ajuda no combate as chamas fazendo lançamento de água.

Incêndio destrói mata e provoca morte de animais em Sento Sé

Incêndio começou na sexta (Foto: Grupo de Brigada Força e Resgate de Sento Sé)

Brigadistas conseguiram controlar o incêndio que destruiu a vegetação e também matou animais na região de Brejo de Fora, em Sento Sé (BA). As chamas tiveram início na sexta-feira (2) e foi totalmente controlado durante o final de semana. De acordo com a Brigada Força e Resgate, a suspeita é que as chamas tenham sido provocadas.

O trabalho de combate ao incêndio teve início no final da sexta-feira. Moradores da região ajudaram os brigadistas e depois de 13h de trabalho, a situação foi controlada. As condições de mata seca e vento forte contribuíram para que o fogo se espalhasse com maior rapidez.

Na estimativa da Brigada, uma extensão de 1.300 metros de largura por 3.400 de comprimento foi destruída. (Com informações do G1 Bahia).

Juazeiro: incêndio destrói residência no bairro Malhada da Areia

Não havia ninguém na residência no momento do incêndio (Foto: 9º GBM/Cortesia)

Um incêndio registrado por volta de 2h30 dessa quarta-feira (30), destruiu uma residência localizada na Rua 05, no bairro Malhada da Areia, em Juazeiro (BA). O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para controlar a situação e informou que as chamas começaram após um curto-circuito na rede elétrica.

Após análise das equipes ficou constatado que as chamas tiveram início na área da cozinha. A estrutura física do imóvel foi comprometida e por sorte, não havia ninguém na residência no momento do incêndio. O fogo foi controlado ainda durante a madrugada pelo 9º Grupamento, de Juazeiro.

Incêndio florestal é registrado na UNEB de Juazeiro

Bombeiros conseguiram extinguir incêndio (Foto: 9º GBM/Cortesia)

Um incêndio foi registrado na noite de segunda-feira (28), no campus da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) de Juazeiro. As chamas atingiram uma área verde da instituição, mas rapidamente foram controladas. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar da cidade, a ocorrência foi provocada por fogos de artifício disparados durante uma carreata política que era realizada no bairro São Geraldo.

A equipe do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar (9º GBM) foi acionada por volta de 201h5 e de pronto conseguiu combater o incêndio florestal. Populares chegaram a filmar o incêndio, que assustou a população. Confira a seguir o vídeo:

De acordo com a assessoria da campanha da candidata Suzana Ramos (DEM), foi a própria equipe política que acionou o 9º Grupamento para conter as chamas. “Durante uma queima de fogos de artifício, faíscas atingiram uma mata seca do Campus da Uneb, provocando o fogo numa pequena área. O candidato a vice prefeito Leonardo Bandeira, acionou imediatamente o Corpo de Bombeiros, que controlou a situação, sem maiores danos. Ninguém se feriu”, destaca a nota encaminhada ao Blog.

Há dez dias Bombeiros trabalham para controlar incêndio no município de Barra (BA)

(Foto: Divulgação/SSP)

Há exatos 10 dias o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia atua para controlar os incêndios que tem consumido a vegetação da zona rural do município de Barra, no oeste de da Bahia. O trabalho ocorre dentro da operação Bahia sem fogo e conta com o apoio de brigadistas voluntários e aeronaves.

Coordenador das ações, o tenente Álvaro Serrão explica que o local onde se concentram os principais focos é de difícil acesso e o incêndio é de grande proporção. De acordo com ele, não há para dimensionar ainda a área consumida pelo fogo e a situação ainda requer bastante atenção.

LEIA TAMBÉM

Incêndio é registrado próximo à Ilha do Sol, em Petrolina

Após dias de intenso trabalho, incêndio na zona rural de Pilão Arcado foi extinto

Leitor flagra seringas descartadas em terreno; Prefeitura de Petrolina orienta pacientes

Nesta quinta-feira (24), vídeos que circularam nas redes sociais mostraram o desespero de moradores que viram o fogo no quintal de suas casas. No entanto, a assessoria do Corpo de Bombeiros explicou que o incêndio não está mais próximo das casas e que o trabalho da corporação evitou danos aos moradores.

No total, 30 bombeiros estão na cidade, segundo informou o prefeito da cidade, Deonisio Ferreira. Outros quatro aviões de combate às chamas foram deslocados para o município, enviados pelo Governo do Estado, duas já estavam lá desde o início da semana.

Ainda segundo o prefeito, nenhuma casa chegou a ser atingida pelo fogo e nenhum morador quis deixar sua residência. O incêndio atinge os povoados de Porto Novo, Simão e Itacoatiara, onde vivem cerca de 300 pessoas.

Incêndio é registrado próximo à Ilha do Sol, em Petrolina

Um incêndio foi registrado nessa quinta-feira (24) nas proximidades da Ilha do Sol, em Petrolina (PE). Segundo informações, as pessoas que passavam pela estrada da Tapera viam uma área enorme em chamas.

Por volta das 18h20, o Corpo de Bombeiros foi acionado para conter o fogo. Ainda de acordo com informações, por volta das 22h, ainda existia vários pontos incendiados. Não foi possível identificar quem causou o incidente.

Após dias de intenso trabalho, incêndio na zona rural de Pilão Arcado foi extinto

Chamas foram controladas na quarta-feira, dois dias após incêndio começar (Foto: 9º GBM)

O trabalho do Corpo de Bombeiros Militar de Juazeiro (BA) nos últimos dias tem sido intenso. As equipes do 9º Grupamento estão sendo acionadas para atender a ocorrências de incêndio na própria cidade e nas comunidades vizinhas.

LEIA TAMBÉM

Bombeiros combatem incêndio na caatinga, em Pilão Arcado

Na quarta-feira (23) o Blog mostrou o trabalho dos bombeiros na zona rural de Pilão Arcado. Desde segunda-feira (21), um incêndio de média proporção foi registrado no Alto do Gavião. Após dias de trabalho, ontem de tarde as equipes finalmente conseguiram extinguir todas as chamas.

Segundo o 9º Grupamento, o incêndio foi criminoso, provocado pela ação humana. Apesar do tamanho do estrago à natureza, não há registro de feridos.

Bombeiros combatem incêndio na caatinga, em Pilão Arcado

Equipes tiveram trabalho intenso na terça-feira (Foto: 9º GBM)

O Corpo de Bombeiros Militar de Juazeiro (BA) foi acionado para combater um incêndio de média proporção, registrado na localidade do Alto do Gavião, zona rural de Pilão Arcado. As chamas foram registradas na segunda-feira (21), na vegetação da caatinga.

De imediato as equipes do 9º Grupamento se deslocaram ao local. Mas por conta da existência de vários focos de incêndio, o serviço deve ser finalizado apenas na manhã dessa quarta-feira (23). Segundo os Bombeiros, a ocorrência foi criminosa.

Ou seja, provocada pela ação humana. Veja a seguir o trabalho da equipe, que precisou entrar na caatinga para debelar as chamas:

Incêndio destrói estabelecimento comercial em Uauá

Chamas logo se espalharam pelo prédio

Um incêndio destruiu um estabelecimento comercial localizado no Povoado Caldeirão da Serra, zona rural de Uauá (BA). As chamas foram registradas na segunda-feira (21). De acordo com o Portal Uauá, o fato aconteceu em uma casa de ração.

Apesar dos danos materiais, não houve registro de feridos. O Corpo de Bombeiros Militar de Juazeiro (BA), cuja área de atuação também abrange Uauá, afirmou não ter sido acionado sobre essa ocorrência. Veja a seguir um vídeo gravado por populares:

Incêndio no Vale do Salitre em Juazeiro é controlado pelo Corpo de Bombeiros

(Foto: 9º GBM)

O incêndio, considerado de média proporção, teria começado na tarde deste domingo (20), nas imediações da fazenda Santa Rita, na comunidade de Campos dos Cavalos, zona rural de Juazeiro, norte da Bahia, e se propagou por uma área extensa no Vale do rio Salitre.

Equipes do 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros foram deslocadas para o local e de acordo com o Ten. Cel. Tarcísio Ribeiro, comandante do 9º GBM, as chamas foram contidas ainda durante a madrugada desta segunda-feira (21) e feito o rescaldo, para evitar novos focos, hoje pela manhã.

Também segundo o comandante, não há registro de feridos e as causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Incêndio é registrado no interior de Casa Nova

Incêndio foi registrado em cemitério (Foto: Cortesia)

Um incêndio foi registrado em Casa Nova (BA), no domingo (20). Segundo o Corpo de Bombeiros de Juazeiro, as chamas teriam começado por conta da imprudência de populares. As chamas começaram após uma pessoa não identificada soltar fogos de artifício em um cemitério no Distrito de Belmonte, zona rural da cidade.

O fogo foi controlado pela própria população. A informação foi repassada pelo secretário de Meio Ambiente de Casa Nova. Uma moradora que estava no local contou como as chamas começaram. “Soltaram uns fogos de artifício e atingiu a caatinga que é fechada“, disse.

Domingo agitado

De acordo com o 9º Grupamento do Corpo de Bombeiros, de Juazeiro, entre domingo e hoje (21) foram registradas quatro ocorrências desse tipo na corporação. Na manhã de ontem as equipes precisaram debelar um incêndio de um veículo na Rua Raul Alves, em Juazeiro.

Em seguida, o 9º GBM atuou para conter chamas em uma fazenda no Projeto Senador Nilo Coelho e na Fazenda Santa Rita, em Campo dos Cavalos. No final da tarde, a ocorrência foi no Posto Angary. Não houve registro de feridos.

Paciente provoca incêndio no Sanatório Nossa Senhora de Fátima, em Juazeiro

Quarto ficou completamente queimado.

Um incidente, na noite dessa quinta-feira (17), assustou os pacientes e funcionários do Sanatório Nossa Senhora de Fátima, que fica em Juazeiro (BA). Um paciente ateou fogo em alguns colchões e causou um pequeno incêndio em um dos quartos da unidade.

Segundo a administração do sanatório, após o tumulto, os próprios funcionários utilizaram extintores para tentar conter as chamas. O 9º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) foi acionado e controlou as chamas.

LEIA MAIS
123