Profissionais de saúde de Pernambuco começam a ser vacinados contra gripe nesta segunda-feira

(Foto: Miva Filho/SES/Divulgação)

Os profissionais de Saúde de Pernambuco começam a ser vacinados contra a gripe nesta segunda-feira (26). A Fase 1 da Campanha Nacional de Imunização contra Influenza começou no último dia 12 de abril e também engloba crianças, gestantes, puérperas e indígenas.

LEIA TAMBÉM

1ª Fase de vacinação contra gripe seguirá até maio em Petrolina

Os profissionais de saúde aguardaram até esse momento por conta da vacinação contra a covid-19. No balanço da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), até o último sábado (24), 156.996 doses já foram aplicadas no grupo prioritário, o que representa 19% do total enviado ao estado.

“A população também precisa fazer sua parte e, tomando todos os cuidados, deve procurar os serviços de Saúde do seu município para ser imunizada. A vacina é um direito que traz benefícios para toda a sociedade. Todos precisam se proteger“, diz a nota da SES-PE.

Juazeiro: Prazo para vacinação contra a gripe é prorrogado até 24 de julho e público alvo ampliado

(Foto: Internet)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe que seria encerrada nesta terça-feira (30/06) foi prorrogada pelo Ministério da Saúde até o dia 24 de julho. As vacinas continuarão sendo aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde da sede e interior de Juazeiro, disponibilizadas para todos os públicos alvos contemplados ao longo da campanha e também para profissionais de serviços essenciais e população em geral em datas preestabelecidas.

A partir desta quarta-feira (01), a aplicação das vacinas será da seguinte forma: até o dia 10 de julho público alvo já contemplado anteriormente; a partir do dia 13 de julho, profissionais de serviços essenciais, que devem apresentar comprovante de vínculo trabalhista ativo como  carteira de trabalho ou contrato de trabalho e a partir do dia 20 de julho a população em geral. A SESAU ressalta que estes públicos serão contemplados conforme estoque final da vacina disponível no município.

LEIA MAIS

Última fase de vacinação contra a gripe, em Juazeiro, começa na próxima segunda-feira (18)

(Foto: Ascom/PMJ)

A partir da próxima segunda-feira (18) adultos de 55 a 59 anos e professores da rede pública e privada já podem procurar um posto de saúde de Juazeiro (BA) para se vacinar contra a Influenza. Esse público será contemplado na segunda etapa da terceira fase que vai até 05 de junho. A vacina protege contra as influenzas H1N1, H3N2 e B, mas não protege contra o novo coronavírus.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Município, a vacinação será realizada nos 54 postos de saúde do município. As Unidades Básicas de Saúde na sede funcionam nos dois turnos e na zona rural apenas no período da manhã.  A secretaria  lembra que para imunização é necessário apresentar documento oficial com foto, cartão do SUS e caderneta de vacinação, caso não disponha desta última, os profissionais da unidade emitirão na hora. Os professores deverão levar documento para comprovação da profissão.

O superintendente de Atenção Básica, Gilberto Libório, lembra que “a vacina contra Influenza não protege contra o novo coronavírus e a população precisa manter os hábitos de higiene bem como o isolamento social”, frisou.

Secretaria da Saúde retoma vacinação contra a influenza em Juazeiro esta semana

(Foto: Ascom/PMJ)

Idosos e acamados que não conseguiram se vacinar contra a gripe na primeira etapa da campanha em Juazeiro, poderão ser imunizados a partir da próxima quarta-feira (22). A informação é da Secretaria da Saúde do município (SESAU) que vai iniciar a segunda etapa da vacinação contra a Influenza.

Segundo a SESAU, o município recebeu do Núcleo Regional de Saúde da Região Norte duas entregas de doses, viabilizando, assim, a conclusão da imunização do público da primeira etapa, em especial o público idoso. Será possível ainda iniciar a vacinação dos grupos pertencentes a segunda etapa.

Nesta primeira etapa da segunda fase serão priorizados os pacientes com doença crônicas ou condições clínicas especiais e membros das forças de segurança e salvamento. A vacina estará disponível nas 54 Unidades Básicas de Saúde do município. Na Zona Urbana a vacinação ocorrerá nos dois turnos e na zona rural somente pela manhã.

O Ministério da Saúde antecipou a campanha de vacinação para proteger os grupos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. Esta vacina não protege contra o novo coronavírus, mas segundo o Ministério da Saúde, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico da gripe, uma vez que os sintomas são parecidos.

Idosos continuam reclamando da falta de vacina contra a gripe H1N1 em Juazeiro

(Foto: Ilustração)

A primeira etapa da campanha de vacinação contra a gripe H1N1 já terminou. Nela deveriam ser vacinados profissionais da saúde e pessoas idosas com idade a partir de 60 anos. Mas em Juazeiro (BA) as doses da vacina não chegaram para todos. Muitos idosos, até hoje, não conseguiram se imunizar contra a Influenza.

É o caso do sociólogo Roberto Malzzevi, mais conhecido como Gogó. Com 66 anos de idade, ele já foi ao posto de saúde três vezes e sempre escuta a mesma resposta. “Dizem que chegam poucas doses e logo acabam. Enfim, não chega o suficiente”, informa Malvezzi.

Procurada pela produção do Blog Waldiney Passos, a Secretaria da Saúde de Juazeiro (SESAU) informou que, os que não se vacinaram ainda , serão vacinados. A nota diz ainda que a secretaria vai vacinar os idosos e acamados e que o público da segunda etapa só será vacinado quando o público da primeira etapa estiver totalmente imune. A SESAU disse também que a prioridade é imunizar todos da primeira etapa e que quando as vacinas estiverem disponíveis nas UBS irão informar.

O Blog procurou também a coordenação do Núcleo Regional de Saúde Norte (antiga 15ª Dires), que é dirigido em Juazeiro pelo Dr. Pedro Alcântara, órgão responsável para viabilizar a chegada dos lotes de vacinas da capital até os municípios do interior do Estado. Perguntamos quando as próximas doses irão chegar à cidade, mas até o fechamento dessa matéria não tivemos resposta.

Nesta etapa, que deveria ter iniciado na última quinta-feira (16), podem se imunizar contra a gripe caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo, portuários, presos, funcionários do sistema prisional, agentes da segurança pública, como policiais militares, civis e bombeiros, além de adolescentes em medidas de ressocialização, povos indígenas e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis.

A vacina, que é composta por um vírus inativado, é trivalente e tem o objetivo de proteger contra Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). É obrigatório apresentar documento com foto para receber a dose.

Casos da gripe H1N1 continuam aumentando em Juazeiro

(Foto: Ilustração)

Dados divulgados pela Secretaria da Saúde de Juazeiro neste sábado (04), informam que a quantidade de casos confirmados da gripe H1N1 continua aumentando. De ontem (03) para hoje (04) mais duas pessoas testaram positivo para a Influenza, somando agora 15 casos confirmados de H1N1, incluindo dois óbitos.

Na mesma proporção aumenta também a quantidade de notificações. No mesmo período, mais duas pessoas com sintomas de H1N1 foram notificadas, subindo para 56 o número de notificações. Atualmente, 19 casos suspeitos já foram descartados e 22 estão em investigação.

Para o coronavírus, o município registra 29 notificações com dois casos confirmados e curados clinicamente. 15 casos suspeitos já foram descartados, 12 estão  em análise pelo Laboratório Central (LACEN) em Salvador e não há nenhum óbito.

Vacinação contra gripe em Petrolina terá esquema ‘drive-thru’ para idosos neste sábado

(Foto: ASCOM/PMP)

A vacina contra a gripe (Influenza) será fornecida no sistema ‘drive thru’ em Petrolina, neste sábado (4). Os idosos não precisarão sair do veículo para receber a dose, um profissional da saúde aplicará a vacina no local. Trata-se de mais uma estratégia elaborada pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, com o objetivo de evitar aglomerações de pessoas nesse momento de pandemia do coronavírus.

As aplicações serão feitas a partir das 8h, em dois pontos do município: Avenida da Integração (em frente à loja Lucia Gomes) e na Avenida Dayse Kelly (avenida principal da Vila Eulália). Agentes da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) orientarão o trânsito nos locais.

LEIA MAIS

Juazeiro: Idosos acamados estão sendo vacinados contra a gripe em casa

(Foto: ASCOM/PMJ)

A Secretaria de Saúde começou a vacinar os idosos acamados do município dentro da Campanha Nacional contra Influenza. Como o número de doses disponíveis neste momento é insuficiente para retomada da campanha nos postos de vacinação, a gestão optou por priorizar esse público. A previsão é que 718 idosos acamados sejam vacinados no município.

A iniciativa vai atender os pacientes já acompanhados pelas equipes de saúde e que não conseguem chegar até as unidades. O médico Salvador Carvalho destaca a importância do serviço oferecido pelo município.

“Essa ação é relevante por garantir acesso desses pacientes às vacinas de forma facilitada, já que eles não conseguem se deslocar. Não fosse esse serviço, muitos ficariam sem essa proteção. Vacinados, eles ficam imunizados contra o H1N1 que é tão perigoso quanto o coronavírus”, pontuou.

Edileuza de Oliveira, filha de uma idosa de 86 anos que foi vacinada em casa, acredita que dessa forma é possível evitar exposição desnecessária a doenças. “Ela é asmática, diabética e tem labirintite, então quanto mais evitar sair nessa época, melhor para ela e para toda família. Além da saúde debilitada, como moramos um pouco distante do posto, teríamos que pegar um transporte. A dificuldade seria maior ainda”, ressaltou.

O superintendente de Atenção Básica, Gilberto Libório, pontua a importância de retomar a vacinação com este público. “Neste momento, não temos como atender todas as pessoas incluídas no grupo prioritário da campanha pela quantidade baixa de doses, mas é preocupação da secretaria que a vacinação não pare. Estamos atendendo os idosos acamados, por entendermos que são prioridade, pela dificuldade de locomoção que eles têm, por ser um público mais vulnerável, com dificuldade de locomoção e por já conhecermos o quadro de cada um deles. Facilitar o acesso dessas pessoas à vacina é essencial para evitarmos possíveis complicações de saúde no futuro. Logo que tivermos doses suficientes, a campanha será retomada em todos os pontos de vacinação”, destacou.

Influenza A causou a morte de adolescente de 15 anos registrado em Petrolina; revela exame

O boletim da Prefeitura de Petrolina desta quarta-feira (01) permanece sem alterações quanto aos dados relacionados à Covid-19. Restam 7 casos suspeitos, enquanto 12 já foram descartados. A cidade continua com 2 confirmações do novo coronavírus e nenhum óbito.

Quanto aos dados relacionados à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o boletim aponta que 14 casos foram descartados, 9 estão em investigação e 7 testaram  positivo. Desses 7 casos positivos, um resultado saiu nesta terça-feira.

Trata-se do exame realizado na adolescente de 15 anos que faleceu no último dia 26 de março, no Hospital Universitário (HU). O resultado do teste foi positivo para Influenza A, um dos tipos de gripe. É importante ressaltar que a Secretaria Municipal de Saúde continua monitorando todos os casos suspeitos e confirmados dessas doenças.

Campanha de vacinação contra a gripe continua suspensa em Juazeiro

(Foto: ASCOM/PMJ)

A Campanha de Vacinação contra a Influenza (gripe) começou em todo o país no dia 23 de março, uma segunda-feira. Na terça-feira, dia 25 de março, a Secretaria de Saúde de Juazeiro (SESAU), divulgou a seguinte nota:

“Em razão de não ter recebido o número de doses suficientes para a Campanha de Vacinação contra a Influenza, a Prefeitura de Juazeiro informa que só retomará a imunização quando seus estoques forem reabastecidos na quantidade mínima necessária para atendimento ao público alvo. O primeiro lote recebido foi de somente 12 mil doses, correspondente a apenas 19% da demanda para idosos de Juazeiro.”

Nove dias se passaram e a SESAU, na tarde desta quarta-feira (01), emitiu mais uma nota a imprensa que diz o seguinte:

“A Secretaria da Saúde de Juazeiro informa à população que continua com número de doses insuficientes para retomada da campanha contra a Influenza nos postos de vacinação. Por este motivo, neste momento, o município irá priorizar os idosos acamados. A Sesau pede a compreensão de todos e informa ainda que, tão logo, sejam enviadas doses suficientes pelo Núcleo Regional de Saúde, a vacinação será retomada nas unidades de saúde e todo o público prioritário da campanha será atendido”.

O Núcleo Regional de Saúde, antiga de 15ª DIRES, informou a produção do Blog Waldiney Passos que na última sexta-feira (27), a Secretaria de Saúde recebeu 3.500 novas doses e outra remessa deverá chegar entre hoje (01) e amanhã (02). Segundo o coordenador do órgão, Dr. Pedro Alcântara, isso está acontecendo porque o Ministério da Saúde está enviando vacinas em pequenos lotes.

Mas, uma pergunta é inevitável ficar no ar. Por que não falta vacina contra a Influenza em Petrolina?

Prefeitura de Petrolina disponibilizará 1500 doses da vacina da gripe em duas unidades de saúde

A Prefeitura de Petrolina disponibiliza, a partir desta segunda (2), nas unidades de saúde dos bairros Cohab Massangano e Vila Mocó, cerca de 1500 doses da vacina contra a influenza para o público geral. A decisão foi tomada após a Secretaria de Saúde garantir a imunização para o público alvo, além da segunda dose para as crianças.

Com a composição recomendada anualmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com base nas informações recebidas de todo o mundo sobre a prevalência das cepas circulantes, as vacinas da gripe imunizam contra três tipos de vírus diferentes.

De acordo com a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, durante a campanha, Petrolina superou a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde e atingiu 92,21%.

A vacina da gripe é essencial para todas as pessoas acima de seis meses que não possuam contraindicação em recebê-la anualmente. Porém, para o público-alvo, é ainda mais importante, pois para essas pessoas as chances de complicações como consequência da infecção pelo vírus da gripe são muito mais frequentes”, frisou.

Para se vacinar, é importante levar a caderneta de vacinação, além do cartão SUS e documento de identificação.

Influenza: Juazeiro tem estoque apenas para segunda dose do público infantil

As vacinas restantes em Juazeiro (BA) não serão liberadas ao público geral. De acordo com a secretaria de Saúde (SESAU), o quantitativo está sendo guardado para a aplicação da segunda dose das crianças, integrantes do grupo prioritário.

De acordo com a Superintendente de Vigilância em Saúde de Juazeiro, Tatiane Malta, a procura durante a campanha nacional de vacinação na cidade baiana foi grande, resultado em poucas doses disponíveis após a sexta-feira (31), último dia da mobilização.

LEIA TAMBÉM:

Salgueiro: vacinas restantes serão destinadas a segunda dose de crianças

“As doses que sobraram foram mínimas para atender à população”, afirma secretaria de Saúde de Petrolina

“Na sexta-feira nós recebemos uma nota técnica do Ministério da Saúde, dando possibilidade ao município de acordo com o seu estoque abrir para o público geral. O nosso estoque foi utilizado, as nossas doses são suficientes apenas para suprir a segunda dose do público infantil”, disse em entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina.

Malta explicou que os pais precisam retornar aos postos de saúde 30 dias após a aplicação da primeira dose. Ainda segundo a Superintendente, o município atingiu 85%, acima da meta de imunização imposta pelo Governo Federal.

“As doses que sobraram foram mínimas para atender à população”, afirma secretaria de Saúde de Petrolina

(Foto: ASCOM)

A campanha nacional de vacinação contra a gripe foi encerrada na sexta-feira (31) e Petrolina atingiu a meta de 90%, estipulada pelo Ministério da Saúde. Contudo, a recomendação do Governo Federal era que os municípios continuassem a fornecer a imunização, o que não será o caso na cidade.

Em nota enviada ao Blog, a secretaria de Saúde informou que Petrolina “atingiu mais de 92% do público-alvo durante a Campanha” e as “doses que sobraram foram mínimas para atender a população”. As 1.351 restantes no município ainda serão utilizadas em membros do grupo prioritário.

“Há ainda alguns grupos prioritários que precisam fazer uso da vacina, como no caso de algumas crianças que precisam da segunda dose. Em tempo, a prefeitura informa que o Ministério da Saúde já afirmou que não irá enviar novas doses para reabastecer os municípios”, destacou a nota.

Confira a seguir a nota completa:

LEIA MAIS

Mesmo atingindo meta da campanha contra Influenza, Pernambuco abrirá vacinação a todos os públicos

(Foto: ASCOM)

A campanha nacional de imunização contra a Influenza foi encerrada na última sexta-feira (31) e mesmo assim o Ministério da Saúde recomendou aos municípios que forneçam vacina a quem não fazia parte dos grupos prioritários. Em Pernambuco, a partir de amanhã (3) a vacina será disponibilizada, conforme prevê a recomendação Federal.

Segundo a Folha de Pernambuco, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou a informação, mesmo atingindo a meta imposta de 90% continuará fornecendo as vacinas. Pernambuco o primeiro do Nordeste e o terceiro do país a alcançar o objetivo da iniciativa.

De 184 municípios pernambucanos, além de Fernando de Noronha, apenas 56 (30%) estão abaixo da meta mínima. No total, foram 2.432.086 vacinas aplicadas no Estado, um total de 91,96% da população pernambucana. A vacina é distribuída gratuitamente nos postos de saúde dos municípios.

Campanha nacional de vacinação entra na última semana

(Foto: ASCOM)

A campanha nacional de vacinação termina nesta sexta-feira (31) e quem faz parte do público alvo deve procurar um posto de saúde para se imunizar o quanto antes. A campanha foi iniciada em 10 de abril e segundo o Ministério da Saúde, até o dia 21 de maio, 63% do público já havia se vacinado.

LEIA TAMBÉM:

Campanha de vacinação contra Influenza começa hoje em Petrolina; até dia 19 grupo prioritário é formado por crianças

Devem receber a dose crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos; grávidas em qualquer período gestacional; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; povos indígenas; idosos; professores de escolas públicas e privadas; pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Também devem tomar a vacina profissionais das forças de segurança e salvamento. Em Petrolina os postos de saúde funcionam das 7h às 17h, na sede e no interior, das 8h às 13h. É necessário levar o cartão de vacinação. (Com informações da Agência Brasil).

123