Prefeitura de Juazeiro retoma obra da Avenida Adolfo Viana semana que vem

(Foto: Ascom/PMJ)

A informação é da Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (SEDUR) do município. De acordo com a pasta a partir do dia 8 de fevereiro, próxima segunda-feira, a obra de requalificação da Avenida Adolfo Viana será retomada.

Para que isso possa acontecer, o trecho entre o semáforo da Rua Oscar Ribeiro até o entroncamento com a Orla sofrerá intervenções nas calçadas, para a retirada do antigo pavimento e colocação de piso intertravado e piso tátil para acessibilidade.

LEIA MAIS

Compesa suspende abastecimento de água em vários bairros devido Intervenção em rede de abastecimento

(Foto: Ascom/Compesa)

A Compesa informa que realizará obra, nesta quarta-feira (2), a partir da 08h30, para interligação de nova rede de abastecimento de água da Rua 11, do bairro Ouro Preto, em Petrolina. Em virtude da intervenção, será preciso suspender o abastecimento nos bairros Jardim Maravilha, Ouro Preto, Vale do Grande Rio e Antônio Cassimiro. A previsão é de que os serviços sejam concluídos às 17h desta quarta (02), quando o abastecimento será retomado, gradativamente, para as áreas afetadas.

A Companhia reforça que a ação tem como objetivo a remoção de redes clandestinas de abastecimento existentes na área e a devida regularização da  situação, a partir da implantação de rede de distribuição executada dentro dos padrões técnicos da companhia. A medida vai permitir que 12 mil moradores da localidade recebam água com qualidade e de forma igualitária.

CSTT realiza intervenção no trecho urbano da BA-210 em Juazeiro

(Foto: Ascom)

A Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) iniciou ontem (25), uma intervenção no trecho urbano da BA-210, em Juazeiro. Com o objetivo de evitar acidentes, serão implantadas duas lombadas na rodovia, dois canteiros e duas torres de iluminação nos acessos das Avenidas Edésio Santos, no bairro Dom José Rodrigue, e Irmã Dulce II, na Malhada da Areia.

O presidente da Associação de Moradores do bairro Dom José Rodrigues, Valter Júnior, acompanhou o início das obras. “Essa ação é de grande importância porque o índice de acidentes nesse trecho é grande, inclusive com vítimas fatais. Mesmo sabendo que a rodovia não é de competência do município, fizemos essa solicitação ao diretor-presidente da CSTT Damião Medrado e ao prefeito Paulo Bomfim, que acataram nosso pedido”, destacou.

O diretor-presidente da CSTT, Damião Medrado, explica que após o requerimento da Associação de Moradores, solicitou um estudo estatístico e foi constatado o alto índice de acidentes nesse trecho. “Apresentei o estudo ao prefeito Paulo Bomfim, que imediatamente autorizou a intervenção. O objetivo do nosso setor de Engenharia de Tráfego é elaborar estratégias para prevenir os acidentes de trânsito e melhorar a mobilidade das pessoas”, ressalta Damião, acrescentando que a ação será realizada com recursos próprios do município.

Prefeitura de Petrolina realiza intervenção em canal que acumula esgoto no bairro Dom Avelar

Obra é um paliativo a fim de diminuir os transtornos causados pela falta de saneamento no bairro. (Foto: ASCOM)

Equipes da Prefeitura de Petrolina (PE) começaram a semana com trabalho intenso no bairro Dom Avelar. Por falta de saneamento básico, um canal na Avenida dos Minérios estava represando esgoto e por isso uma intervenção foi necessária. A fim de amenizar os transtornos causados para a população, a Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (SEINFRA) começou a fazer nesta segunda-feira (14) um desvio no canal para facilitar o escoamento do esgoto.

Ao mesmo tempo, a Prefeitura de Petrolina convocou a Compesa, responsável pela gestão do sistema de abastecimento de água e tratamento de esgoto na cidade, para que possa desobstruir a rede que se encontra entupida na Avenida dos Minérios. A expectativa da Prefeitura é retomar o diálogo com a Compesa visando o bem estar da população.

LEIA TAMBÉM:

Após protesto de moradores, Compesa afirma que não opera sistema de esgotamento do bairro Dom Avelar

Prefeitura de Petrolina e Compesa se unem para amenizar transtornos no bairro Dom Avelar

De acordo com o secretário-executivo de Serviços Públicos, Alisson Oliveira, é fundamental que as instituições trabalhem em conjunto para diminuir o esgoto que se acumula no Dom Avelar. “A prefeitura não conta com equipamentos para resolver problemas de saneamento, pois existe uma empresa concessionária desse serviço. Por isso a nossa ideia é trabalhar em conjunto para amenizar os transtornos, mesmo que de forma paliativa, até que o sistema de saneamento da Bacia do Dom Avelar possa ser construído”, destaca Oliveira.

LEIA MAIS

Governo vai liberar crédito extraordinário para intervenção no Rio de Janeiro

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O presidente Michel Temer reuniu-se com ministros na noite deste domingo (18) no Palácio da Alvorada, em Brasília, para tratar do tema segurança pública. Na saída da reunião, o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, disse que o governo irá liberar um crédito extraordinário para a intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro. Também serão liberados mais recursos para o Ministério Extrordinário da Segurança Pública. O ministro afirmou que ainda não foram definidos os valores, nem as fontes do Orçamento que serão usadas.

“Ficou encaminhado da seguinte maneira: nós teremos para o Rio de Janeiro um crédito extraordinário, cujos valores ainda estão sendo levantados pelo Ministério da Segurança Pública e pelo interventor.  Deveremos ter isso até o final desta semana enviado ao Congresso Nacional”, disse.

“Além disso, teremos recursos para o Ministério da Segurança Pública nas suas atividades e para implementar sua política junto aos estados e ao sistema de segurança pública. Será feito através de um projeto de lei de crédito especial que também será enviado até o final da semana. As fontes desse crédito extraordinário ainda não foram completamente definidas. Estaremos nos próximos dias elaborando as fontes dentro do Orçamento que serão remanejadas para atender a essa demanda da área de segurança”, informou.

Participaram do encontro os ministros Extraordinário da Segurança Pública, Raul Jungmann; da Justiça, Torquato Jardim; do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira; da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco; da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha; e do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Sérgio Etchegoyen.

Fernando Bezerra Coelho vota pela aprovação da intervenção federal no Rio e critica a segurança em Pernambuco

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. Foto: (Marcos Oliveira/Agência Senado)

Vice-líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) subiu à Tribuna do Senado, nesta tarde (20), para afirmar que a intervenção federal no Rio de Janeiro é “necessária e corajosa”, motivada pela rotina de descontrole da segurança pública e o comprometimento da ordem pública naquele estado.

Ao defender que o decreto de intervenção seja apoiado pelo Senado, a exemplo da aprovação da matéria pela Câmara dos Deputados, Fernando Bezerra observou que as medidas adotadas no Rio sinalizam para a abertura de precedentes a ações similares em outras regiões do país, como em Pernambuco.

“No meu estado, por exemplo, a criminalidade tem avançado de modo alarmante, com indicadores até piores”, destacou o senador, reforçando que a questão da segurança pública é um problema “que precisa ser encarado de frente, com seriedade, sem demagogia”, afirmou o Senador.

LEIA TAMBÉM

Senado aprova decreto presidencial de intervenção no Rio de Janeiro

Fernando Bezerra Coelho externou preocupação com o número de assassinatos divulgado pela Secretaria de Defesa Social, quando Pernambuco registrou o recorde histórico de mais de 5,4 mil homicídios, ano passado. Para Bezerra Coelho, o atual cenário no estado também não demonstra melhorias em curto prazo. “Este foi o segundo janeiro mais violento na história do Pacto pela Vida, criado em 2007”, ressaltou.

Na Tribuna, o senador ainda analisou o que ele classificou de “acentuada deterioração da segurança pública” em Pernambuco, também ocasionada pela “ineficiência da atividade investigativa” no estado. “Somente 32% dos quase 5,1 mil inquéritos de homicídios abertos em 2017 foram solucionados”, observou Fernando Bezerra, reafirmando incondicional apoio a ações que possam melhorar a segurança pública pernambucana. O Decreto 4/2018 está na pauta do Senado para ser votado, esta noite, em sessão extraordinária.

LEIA MAIS

Senado aprova decreto presidencial de intervenção no Rio de Janeiro

Presidente do Congresso deve autorizar nomeação do general Walter Braga Netto. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O Senado aprovou, por 55 votos a 13 e uma abstenção, o decreto de intervenção federal no Rio de Janeiro para a área da segurança pública. Com a aprovação da medida pelos deputados e, agora, pelos senadores, o governo federal foi autorizado a nomear um interventor no estado devido ao “grave comprometimento da ordem pública”, como solicitado pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (16).

A votação no Senado durou pouco mais de três horas, a metade do tempo utilizado pela Câmara para discutir e aprovar o decreto, por 340 votos a 72, na madrugada de hoje (20). É a primeira vez que a União intervém em um estado desde 1988.

Durante a sessão, cinco oradores discursaram favoravelmente ao decreto, e cinco contra. Além de questões de ordem para que a votação não ocorresse, a oposição solicitou a criação de uma comissão externa temporária para fiscalizar os desdobramentos da intervenção.

Após a confirmação dos parlamentares, cabe agora ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), publicar um decreto legislativo referendando o decreto e autorizando a nomeação do general Walter Braga Netto.

Fonte Agência Brasil

Deputados federais de Pernambuco apoiaram decreto de intervenção no Rio de Janeiro

(Foto: Arquivo)

A aprovação da intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro, na noite da segunda-feira (19), na Câmara dos Deputados, teve apoio dos representantes pernambucanos. Todos os 17 deputados federais do estado votaram ‘sim’ e a matéria será analisada ainda hoje (20) no Congresso Nacional.

LEIA MAIS

Câmara aprova decreto de intervenção no Rio; senadores votam medida nesta terça

(Foto: Arquivo)

A Câmara dos Deputados aprovou, por 340 votos a 72, o decreto legislativo que autoriza a intervenção federal na área de segurança pública do estado do Rio de Janeiro. Após mais de seis horas de discussões e táticas de obstrução pelos contrários à medida, os deputados acataram o parecer da deputada Laura Carneiro (MDB-RJ) favorável à medida, anunciada pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (16).

Nesta terça-feira (20), o Senado deve realizar, às 18h, uma sessão extraordinária destinada a votar o decreto. Caso o texto que estipula a intervenção seja aprovado pela maioria simples dos senadores presentes, o Congresso Nacional poderá publicar o decreto legislativo referendando a decisão de Temer de intervir no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS

Temer diz que vai suspender intervenção no Rio de Janeiro para votar Reforma da Previdência

(Foto: Internet/aquivo)

Depois de ter informado através de sua assessoria, que assinaria, no início da tarde desta sexta-feira (16), o decreto de intervenção das Forças Armadas, no Rio de Janeiro, o presidente Michel Temer surpreendeu a todos e anunciou, ao vivo, em cadeia nacional que vai suspender a intervenção.

Durante o pronunciamento, Temer afirmou que vai suspender o decreto que estabelece intervenção das Forças Armadas no Rio de Janeiro para votar a Reforma da Previdência.

Segundo ele, a iniciativa já foi acertada com os presidentes da Câmara e do Senado e deve ser tomada quando houver condições para apreciação da matéria.

Governo Federal vai usar Forças Armadas para conter onda de violência no Rio de Janeiro

O presidente Michel Temer vai assinar no início da tarde desta sexta-feira (16), no Palácio do Planalto, o decreto de intervenção das Forças Armadas, na segurança do Rio de Janeiro. A informação é da Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Temer e assessores, acertam os detalhes do decreto de intervenção na segurança pública do estado do Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (16).

O presidente Temer, fará às 20h30 um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, para explicar à população os motivos que levaram à intervenção no Rio de Janeiro e detalhes do decreto. O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, retorna do Rio de Janeiro para Brasília, para participar de reunião no Planalto que deve ter também a presença de ministros e parlamentares.

Desde o início desta manhã, a cúpula do Exército está reunida em Brasília discutindo detalhes da intervenção. Com a medida, o comando das forças de segurança pública do Rio de Janeiro ficará a cargo do Exército. Entre os participantes da reunião está o comandante militar do Leste, general Walter Souza Braga Netto, convocado às pressas pelo comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas.

Na noite da quinta-feira (15), Temer recebeu Pezão no Palácio do Jaburu, além de ministros das áreas de política e de segurança e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Eunício Oliveira. Na reunião, que durou quase cinco horas, foi discutida a intervenção na segurança pública do Rio de Janeiro e a criação do Ministério da Segurança Pública.

Mais cedo, Rodrigo Maia confirmou, em entrevista a jornalistas, a intervenção do governo federal na segurança do Rio de Janeiro. Segundo ele, o decreto irá direto ao plenário da Câmara e pode ser votado na segunda-feira (19) à noite ou na terça-feira de manhã. Em seguida, será apreciado pelos senadores.

Intervenção na Orla de Petrolina impede queda de esgoto no Rio São Francisco

A ação visa impedir que esgoto caia no rio. (Foto: ASCOM)

A Orla I de Petrolina está recebendo uma obra de ampliação do sistema de esgotamento sanitário. A ação é resultado de um estudo feito pela Prefeitura de Petrolina, em que foi diagnosticado que a rede de esgoto, por conta das ligações clandestinas, não suportava mais a demanda e, com isso, precisava de uma ampliação.

O diretor-presidente da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), Rafael Oliveira, explica que o diagnóstico faz parte do projeto Orla Nossa. “Essa é uma medida realizada para que o sistema possa receber as ligações que eram desviadas clandestinamente para vias pluviais e caiam diretamente no rio. É uma das ações do Programa de Revitalização de Áreas Degradadas, o PRAD”, disse.

Sem a devida reforma, o esgoto transbordaria e iria voltar a cair no rio, como comenta o diretor de Projetos da AMMA, Victor Flores. “Essa intervenção vai contribuir na recuperação do rio no trecho, a medida é para evitar que, pelo aumento da vazão, estoure a rede e volte a cair no Velho Chico”, esclarece.

O estudo foi feito pela diretoria de projetos da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) e pela Diretoria de Saneamento da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade (SEINFRAHM). A obra é realizada em parceria da Prefeitura com a Compesa.

Após contratar funcionários temporários com concurso válido em andamento, TCE pode intervir em Floresta

(Foto: Nando Chiappetta)

O procurador geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco, Cristiano Pimentel, solicitou algumas medidas contra o prefeito de Floresta, Ricardo Ferraz, em razão de irregularidades nas contratações de servidores.

Segundo o procurador, a atual gestão do município contratou centenas de funcionários temporários ao invés de nomear os concursados aprovados, desobedecendo medida cautelar do próprio Tribunal.

O Ministério Público de Contas ainda destacou que os atos do prefeito põem em risco o prestígio do Tribunal e, caso não ocorra a nomeação dos concursados, deverá ser decretada a intervenção do Município.

O conselheiro do TCE, Ruy Harter, atendeu ao pedido do procurador geral e expediu medida cautelar determinando ao atual prefeito a prorrogação do prazo na validade do concurso, deferindo ao mesmo o prazo de cinco dias para sua defesa, sob pena de implantação de novas medidas que garantam a convocação dos concursados.

Moradores pedem rotatória na entrada que dá acesso ao Nova Petrolina

Local tem sido alvo de reclamação de condutores. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Alguns moradores dos bairros próximo ao Nova Petrolina têm reivindicado a instalação de uma rotatória na estrada que dá acesso à área. De acordo com a população, a ação iria melhorar o trânsito e prevenir acidentes.

É possível perceber a dificuldade de entrar e sair no local que dá acesso a grande parte dos novos bairros da Zona Oeste da cidade. Nos horários de maior movimentação de veículos, o cruzamento fica ainda mais perigoso, já que fica logo após uma curva da Av. Luís de Souza, no início do Distrito Industrial seguindo para o Centro.

Prefeitura de Petrolina e Compesa intervém no saneamento do bairro Dom Avelar

Para o secretário, Coronel Leite, a ação foi eficaz por conta do diálogo. (Foto: ASCOM)

Depois de receber diversas reclamações de populares, a Prefeitura de Petrolina articulou junto à Compesa uma operação para resolver um problema que tirou a paciência de quem mora na Avenida dos Minérios e ruas próximas, no bairro Dom Avelar, zona norte da cidade.

É que na semana passada uma quantidade significativa de esgoto extravasou da rede e foi parar ao longo da via. Para resolver todo o transtorno causado, a Compesa enviou na última sexta-feira (20) uma equipe para desobstruir a rede de esgoto.

Usando um caminhão hidrojateador, as equipes da Compesa drenaram boa parte do esgoto que se acumulou nas vias. Além disso, realizaram uma intervenção em alguns poços de visita que estavam obstruídos. Uma grande quantidade de sujeira foi retirada das tubulações, incluindo pedras, madeira e até restos de material de construção.

LEIA MAIS
12