Guarda Civil de Juazeiro flagra festas na zona rural da cidade

Em um evento pelo menos 50 jovens estavam se aglomerando e bebendo (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Apesar dos 1.793 casos positivos de covid-19 em Juazeiro (BA) ainda há muitos juazeirenses descumprindo o isolamento social. No sábado (18), equipes da Guarda Civil Municipal foram flagraram festas particulares em plena pandemia.

Os eventos aconteciam nos distritos de Mandacaru e Maniçoba, com boa parte dos participantes sendo menor de idade. No Jatobá, em Maniçoba 50 jovens estavam aglomerados em volta de um paredão e também consumiam bebida alcoólica.

Nessa ocorrência a GCM também apreende uma motocicleta com documento irregular. Aos teimosos de plantão, a Guarda deixou um recado. “A Guarda Civil Municipal continuará fiscalizando o cumprimento dos decretos municipais, que visam combater a Covid-19. Mas precisamos do apoio da população para obtemos êxito nessa luta contra o novo coronavírus”, afirma a instituição.

Comitê critica decreto municipal que fecha comércio de Petrolina a partir de hoje

Empresários e comerciantes não apoiam decisão do prefeito de Petrolina (Foto: ASCOM PMP)

A decisão de fechar o comércio não essencial pelos próximos 14 dias não deixou empresários e comerciantes de Petrolina contentes. O “Comitê de Petrolina no Combate ao Coronavírus” emitiu uma nota (confira aqui) e se disse surpreso pela exclusão da tomada de decisão.

Criado em abril, o Comitê é formado por 22 entidades vinculadas ao setor produtivo da economia local. Eles alegam terem sido ignorados e que a Prefeitura erra ao impor o isolamento social mais rígido a partir dessa segunda-feira (13).

“O poder público falha no processo de conscientização da população e ao não exercer adequadamente o poder de polícia. Está claro que somente uma campanha maciça de conscientização; uma maior oferta de transporte público, ao invés de sua redução em uma tábua de horários que mitigue os picos; a instituição e aplicação de penalidades, além de outras medidas são capazes de disciplinar as aglomerações”, diz a nota.

Isolamento social mais rígido

O Decreto n° 50/2020 seguirá até 26 de julho. Somente os serviços classificados como essenciais (veja aqui) estão autorizados a funcionar. Os impedidos de abrir as portas (confira aqui) podem ser punidos caso descumpram as medidas municipais.

MPPE recomenda cumprimento do decreto municipal em Petrolina

(Foto: Ascom/CDL)

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) emitiu uma recomendação a entidades de Petrolina para que façam cumprir o decreto municipal anunciado pelo prefeito Miguel Coelho (MDB) na última sexta-feira (10). A partir desta segunda-feira (13), somente poderá funcionar o comércio essencial.

LEIA TAMBÉM

Miguel Coelho decide fechar comércio de Petrolina novamente

No texto, fica determinado a necessidade de adotar “providências necessárias para fazer cumprir as normas sanitárias municipais, notadamente as medidas de isolamento social já impostas no âmbito do Decreto Municipal”. O MPPE ressalta que nesse momento, a determinação municipal deve prevalecer em relação a estadual por ser “mais restritivas”.

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindilojas são mencionados, para que ambos cumpram o decreto no segmento da economia classificado como essencial. As Polícias Civil e Militar devem fazer valer o isolamento mais rígido e fiscalizar a quarentena.

Polícia Civil lança canal para denúncia de bares funcionando durante pandemia em Dormentes

Visando endurecer a fiscalização contra a população que não está respeitando o isolamento social em Dormentes (PE), a 217ª Circunscrição de Polícia Civil criou um núcleo para atender denúncias referentes a bares e estabelecimentos comerciais não essenciais abertos.

O número (87) 98153-1658 é de WhatsApp e está disponível 24 horas. As denúncias do “Dormentes em Alerta” são anônimas e serão repassadas ao núcleo de combate à propagação da covid-19 no município. Os casos serão investigados pela Polícia Civil e se houver a comprovação do descumprimento aos decretos estadual e municipal, o proprietário será punido criminalmente.

“A comprovação da prática de descumprimento do decreto estadual/municipal acarretará responsabilização criminal por conduta ilícita descrita por desobediência ou infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa”, orienta a PC.

Cedro prorroga lockdown até 7 de julho

Lockdown foi anunciado na última semana de junho e prorrogado nesse mês

Cedro, no Sertão de Pernambuco, ficará em lockdown até 7 de julho. A medida mais rígida deveria vigorar entre 24 e 30 de junho, contudo, diante do surgimento de novos casos de covid-19, a Prefeitura prorrogou o isolamento social mais rigoroso.

Com pouco mais de 10 mil habitantes, segundo o último censo do IBGE, já são 36 casos confirmados da doença. “A decisão se deu pelo aumento nos casos de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus. Os números são preocupantes. Caso o município não tome medidas rígidas, poderemos mais que dobrar os números existentes nos próximos dias”, informa a Prefeitura.

População não compreendeu momento

No entendimento do Comitê de Coronavírus, a população não aderiu de forma suficiente ao isolamento mais rígido. Para tentar controlar a disseminação do vírus a Prefeitura adotará uma fiscalização mais rígida e reforçará as barreiras sanitárias nas entradas do município.

“A população precisa entender que o isolamento social, evitando circulação de pessoas e veículos, principalmente, os veículos de outros municípios, vai evitar um aumento na proliferação de infecções pelo coronavírus no município“, pontua a Prefeitura.

Idosos representam 54% das mortes por Covid-19 em Petrolina e prefeitura reforça necessidade de isolamento social

(Foto: Ascom/PMP)

Das 22 mortes registradas em Petrolina em decorrência do novo coronavírus, 12 delas foram de pessoas acima de 60 anos. Isso representa 54,5% dos casos, fato que corrobora que os cuidados com os idosos, público considerado grupo de risco, devem ser redobrados. Diante do cenário, a prefeitura acende um alerta para a necessidade do grupo manter o isolamento social e reforça medidas preventivas em relação ao vírus.

A orientação da prefeitura é que familiares ou vizinhos (caso o idoso more sozinho) se disponibilizem para fazer compras e resolver pendências fora de casa. Neste momento, estes familiares devem estar ainda mais atentos, monitorando a saúde física e mental dos idosos e incentivando que permaneçam ativos, mas dentro de casa. Junto a isso, reforçar medidas de higiene, como lavar sempre as mãos e higienizar mercadorias.

Ainda em março, quando foram adotadas as primeiras medidas de prevenção ao novo coronavírus, os idosos foram lembrados como público a ser protegido.  As atividades nos Centros de Convivência do Idoso foram suspensas, para evitar a exposição dos assistidos, e kits alimentares mensais estão sendo distribuídos pela prefeitura aos que dependiam da alimentação fornecida no serviço. Além disso, a equipe do Centro de Atenção à Pessoa Idosa vem atuando com ações voltadas para o grupo, dentre elas, a conscientização dos que ainda circulam nas ruas. Foram mais de 7 mil abordagens nas feiras, centro comercial e bairros do município.

Paulo Câmara anuncia primeiros setores da economia que poderão retomar as atividades

Paulo Câmara, governador de Pernambuco.

Em pronunciamento divulgado hoje (1°), o governador Paulo Câmara avaliou os últimos dados da saúde, que indicam a estabilização dos casos da pandemia do novo coronavírus, e anunciou a retomada das atividades econômicas. Na próxima segunda-feira (08), a construção civil e o comércio atacadista estarão liberados a operar em todo o Estado.

Semanalmente, o comportamento da epidemia será avaliado, com critérios técnicos e sanitários, e novos setores poderão ser liberados a partir dos dados desse monitoramento. Caso ocorra uma nova onda da epidemia, ou mesmo um recuo na estabilização, o Governo poderá voltar a adotar medidas restritivas mais rígidas, além das que continuam vigentes.

Por fim, Paulo Câmara reforçou a importância de manter o isolamento social e o uso máscaras de proteção em todo o Estado para garantir a redução dos casos de Covid-19.

Rodrigo Maia diz em pronunciamento que isolamento social não derruba economia

(Foto: Internet)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), usou a tribuna da Casa, nesta terça-feira (26), para um pronunciamento pedindo “pacificação dos espíritos”, a preservação da democracia e a luta contra o coronavírus. O discurso do parlamentar acontece em meio a uma crise institucional entre o presidente Jair Bolsonaro, e chefes de outros poderes, em especial o judiciário.

Maia iniciou o pronunciamento se dirigindo às famílias que perderam parentes e pessoas internadas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em decorrência da pandemia do novo coronavírus.

LEIA MAIS

PL 2571/20 de Eduardo da Fonte que ajuda artistas e setor cultural deve ser votado nesta terça-feira

A Câmara dos Deputados deve votar nesta terça-feira (26) o projeto de lei 2571/2020, de autoria do deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE), que prevê ajuda ao setor cultural enquanto durarem as medidas de isolamento social. O projeto da Lei de Emergência Cultural é relatado pela deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ), que vai apresentar relatório pela aprovação do PL.

Eduardo da Fonte destaca que o projeto é um importante socorro para o setor da cultura e deve beneficiar espaços culturais e os trabalhadores do ramo, como produtores, artistas, maquiadores, técnicos e etc.

“Precisamos garantir o socorro para o setor e a renda de todos os 5 milhões de trabalhadores da cultura. São famílias que estão sem renda, impedidas de trabalhar por causa da pandemia do coronavírus. O socorro é para dar o mínimo de dignidade para que essas pessoas possam sobreviver”, explicou Eduardo da Fonte.

Juazeiro inicia toque de recolher com 70% do comércio funcionando, diz prefeito

Como medida de contenção em relação ao novo coronavírus, o município de Juazeiro iniciou na noite desta terça-feira (19), toque de recolher entre 22h e cinco horas da manhã do dia seguinte. Dezenas de viaturas e homens das forças de segurança estão patrulhando as ruas neste período com o objetivo de orientar as pessoas a irem pra casa.

Porém, durante o dia, o fluxo de pessoas no centro e nos bairros de Juazeiro é intenso. Durante entrevista coletiva nesta segunda-feira (18), o prefeito Paulo Bomfim, informou que não tomará nenhuma medida, pelo menos por enquanto, para diminuir o movimento no centro da cidade.

O novo decreto, também não flexibiliza a abertura das lojas, mas segundo o próprio prefeito, 70% do comércio já está funcionando. “Entendemos que ainda não é a hora de abrir. Se a gente for avaliar friamente, mais de 70% do comércio de Juazeiro está aberto. A gente tem farmácia aberta, a gente tem casa lotérica aberta, a gente tem bancos abertos, supermercados, casas de peças, casas de rações… então muitos dos nossos comércios estão abertos. Infelizmente alguns serviços que a Organização Mundial de Saúde e os infectologistas da nossa rede entendem que não são essenciais para o momento, a gente entendeu de deixar por hora fechado, mas acompanhando e avaliando a necessidade de ir abrindo gradualmente”, justificou Paulo Bomfim.

O decreto que obriga o fechamento do comércio em Juazeiro tem validade até dia 30 de maio.

Com fiscalizações mais rígidas, Petrolina reduz em 50% a circulação de veículos no centro da cidade

(Foto: Ascom/PMP)

A pandemia provocada pela Covid-19 também provocou mudanças na mobilidade dos petrolinenses. Dez dias após adotar medidas mais rígidas incluindo a restrição de estacionamentos no centro da cidade, a prefeitura já registra uma redução de 50% no fluxo de veículos na região central. Entre as medidas para reduzir o fluxo de pessoas e veículos nas ruas está a proibição do estacionamento na região central de Petrolina, estando sujeito à multa e guincho.

Segundo levantamento da Autarquia Municipal de Mobilidade (Ammpla), as novas medidas tem trazido resultados positivos com a redução pela metade do fluxo de veículos por ruas estratégicas como a Souza Junior, Dom Vital, Souza Filho e adjacências. A autarquia reforça que há exceção de vagas em serviços essenciais como farmácias, bancos, loterias, mercados, clínicas e moradores da região.

Todas as ações seguem as recomendações do Governo do Estado e fazem parte da ‘Operação Impacto Integrado Covid-19’ que conta com a colaboração do Ministério Público de Pernambuco, Polícia Civil, Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina e Agência Municipal de Vigilância Sanitária.

A aglomeração de pessoas e o uso de espaços públicos que foram fechados, como Orla e quadras poliesportivas também continuam proibidos. A fiscalização vem atuando de forma intensa, principalmente, para orientar os cidadãos acerca das medidas preventivas. Mas vale lembrar que, em casos de desobediência ou desacato, o cidadão pode ser conduzido à delegacia para adoção de medidas legais cabíveis.

Prefeitura de Senhor do Bonfim volta a fechar comércio e feira livre para evitar proliferação do novo coronavírus

Em novo decreto, a vigorar a partir de zero hora de segunda-feira (18), o comércio será fechado mais uma vez. A suspensão dessa atividade será, a princípio, por 07 dias. Sábado próximo, dia 23, também não será realizada a feira livre.

O Prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro, usou mais uma vez o Facebook oficial da prefeitura para dar novas informações a respeito do trabalho do governo municipal de combate ao novo coronavírus.

O gestor inciou falando sobre o Portal da Transparência e explicou porque os vereadores da base decidiram votar contra um Projeto de Lei na Câmara Municipal na última quinta-feira, dia 14, que previa a criação de um portal municipal para divulgar receitas e despesas relacionadas ao combate à Covid-19.

Segundo afirmou, no Portal da Transparência da Prefeitura Municipal já consta uma aba referente a todos os recursos aplicados no combate à pandemia, podendo ser acessada por todos os munícipes.

Isolamento mais rígido em Pernambuco começa a valer a partir deste sábado (16)

(Foto: Tarciso Augusto/Esp.DP)

A quarentena em cinco cidades pernambucanas – Recife, Olinda Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata – começa neste sábado (16) e vai alterar a rotina dos quase 3 milhões de habitantes dos municípios que receberão as novas medidas para o enfrentamento ao novo coronavírus. Essas cidades concentram mais de 70% dos casos registrados da Covid-19 no estado.

A partir deste sábado (16), haverá restrição no trânsito de veículos, incluindo rodízio, e controle na circulação de pessoas com a exigência de documento e comprovante de residência.

LEIA MAIS

Governador Paulo Câmara prorroga fechamento do comércio até 31 de maio

Governador Paulo Câmara. (Foto: Aluísio Moreira /SEI)

A suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais e prestadores de serviço em Pernambuco foi prorrogada até o dia 31 de maio, por determinação do governador Paulo Câmara. A exceção fica para as atividades consideradas essenciais, previstas no decreto estadual nº 49.024/2020, que estabelece o período de quarentena em cinco municípios da Região Metropolitana do Recife, entre os dias 16 e 31 de maio, como estratégia para ampliar o isolamento social e reduzir a curva de transmissão do novo coronavírus no Estado.

A prorrogação do prazo de fechamento do comércio, indústria e empresas prestadoras de serviços está prevista no artigo 15º do decreto estadual, publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (15). O mesmo documento trata da intensificação de medidas restritivas da quarentena determinada pelo Governo do Estado no início da semana, e que entrará em vigor a partir deste sábado (16) no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata.

Entre as medidas adotadas está o rodízio de veículos em dias alternados, de acordo com o último numeral da placa (par ou ímpar). A restrição à circulação de veículos e o fortalecimento da fiscalização nas ruas e em estabelecimentos comerciais são medidas que visam coibir ao máximo a circulação de pessoas nessas cinco cidades, que concentram mais de 70% das notificações de contaminação pela Covid-19 no Estado. O isolamento social é cientificamente comprovado como a forma mais eficiente de evitar a transmissão do vírus.

Leitores detonam petrolinenses que desrespeitam distanciamento para jogar bola: “Sem noção”

Agentes da Prefeitura seguem com fiscalizações, mas população desrespeita orientações (Foto: Ascom/PMP)

A Prefeitura de Petrolina já orientou diversas vezes, mas alguns petrolinenses ainda teimam em não seguir o distanciamento social durante a pandemia do coronavírus. Somente nessa semana o Blog Waldiney Passos recebeu queixas de vários moradores sobre pessoas se reunindo para jogar bola.

Isso está acontecendo com frequência no bairro Dom Avelar e no Povoado da Tapera, zona rural da cidade. Os jovens ignoram a recomendação e ficam nos famosos “babas” até o final da noite. “Era bom fiscalizar a zona rural, todos os dias o jovens se reúnem na quadra de esportes pra jogar bola à noite a partir das 18h“, contou um leitor que preferiu permanecer anônimo.

Já no Dom Avelar a situação é recorrente.“Já comunicamos, a equipe da Guarda Municipal veio na semana passada, mas o povo continua sem noção. Todos os dias começa por volta das 16h e segue até 22h, 23h da noite. Sempre muita pessoas e gritaria devido aos jogos”, relatou um outro leitor.

Fiscalização

A Prefeitura de Petrolina afirmou em nota que “é de responsabilidade de cada indivíduo, o descumprimento significa assumir a responsabilidade por colocar em risco a saúde pública”. O Poder Executivo também destacou suas atuações de fiscalização, inclusive com o fechamento de quadras.

Leia a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS
123