Morre jornalista e colunista político Inaldo Sampaio, aos 64 anos

Inaldo deixa esposa, dois filhos e um neto.

O jornalista e colunista político Inaldo Sampaio faleceu aos 64 anos, no Recife. Inaldo, que assinou a coluna Fogo Cruzado na Folha de Pernambuco, morreu na madrugada desta segunda-feira (11). Inaldo Sampaio lutava havia anos contra um câncer e, nesta madrugada, sofreu uma parada cardíaca, falecendo no Hospital Português.

O velório será realizado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, onde será realizado também o enterro, às 17h.

LEIA MAIS

Jornalista morre com suspeita de meningite severa em Teresina-PI

O jornalista Egídio Brito, repórter da Rede Meio Norte, teve morte cerebral. Ele estava internado no Hospital  Unimed, no bairro Primavera, na zona Norte de Teresina.

A assessoria do Hospital Unimed informou que foram iniciados os protocolos médicos, onde o jornalista passa por exames que vão atestar se realmente não existe mais qualquer atividade cerebral.

Segundo nota, Egídio Brito continua internado na UTI. O quadro é de morte cerebral e os médicos continuam com os protocolos e em contato direto com a família.

LEIA MAIS

Sobrevivente da tragédia da Chapecoense morre após infarto

Henzel sobreviveu à tragédia do avião da Chapecoense em 2016. (Foto: Internet)

O jornalista Rafael Henzel, de 45 anos, faleceu na noite desta terça-feira (26) após sofrer um infarto durante um jogo de futebol em Chapecó (SC). Rafael foi levado ao Hospital Regional do Oeste, ainda com sinais vitais, mas não resistiu.

Em 2016, o jornalista sobreviveu à tragédia da equipe da Chapecoense, quando o avião que transportava toda a delegação do clube caiu na Colômbia, deixando 71 mortos – entre jornalistas, atletas e funcionários da companhia aérea.

Em 2017, Rafael Henzel lançou o livro “Viva Como se Estivesse de Partida”. Na obra, ele fala sobre o incidente e a mensagem de importância à vida. Ele deixa filho e esposa.

Regina Rodrigues é eleita presidente da Cohab VI, em Petrolina

Eleição aconteceu na escola Jornalista.

A Central Única dos Bairros de Petrolina (CUBAPE) realizou, nesse domingo (17), a eleição para presidente da Cohab VI para o quadriênio 2019/2022. O pleito aconteceu devido ao falecimento do presidente do bairro, Sr. Arruda, vítima de acidente automobilístico.

Ao todo, 252 compareceram para a votação. A Chapa 1, encabeçada pelo morador Ênio Mesquita obteve 74 votos, e a Chapa 2, encabeçada por Regina Rodrigues, conseguiu 174 votos, sendo eleita para presidir o bairro. Além disso, houve dois votos nulos e dois brancos.

Para a nova presidente, a hora é de retomar a posição de destaque da Cohab VI na cidade com a realização de grandes eventos culturais e proporcionar aos moradores uma melhor representatividade para levar as ações do poder público municipal para o bairro.

A solenidade de posse será agendada em parceria com a diretoria da CUBAPE.

Hospital desmente boato de morte da jornalista Graça Araújo

(Foto: JC Imagem)

A apresentadora do TV Jornal Meio Dia e do programa Rádio Livre, na Rádio Jornal, Graça Araújo sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) na noite de quinta-feira (6) e ao contrário do que muitos boatos diziam, ela segue internada e sua morte foi desmentida.

Graça está internada no Hospital Esperança, na capital Recife. De acordo com os médicos, seu estado é grave e a jornalista respira com ajuda de aparelhos. O próximo boletim médico será divulgado às 11h dessa sexta-feira (7).

Graça Araújo passou mal enquanto se exercitava numa academia em Boa Viagem. De acordo com Pedro Henrique, personal trainer da jornalista e que a acompanhava no momento em que ela sofreu o AVC, o Serviço Médico de Urgência (SAMU) foi acionado de imediato.

Jornalista atingido por bala perdida em Caruaru recebe alta

(Foto: Reprodução)

O jornalista Alexandre Farias recebeu alta do Hospital Esperança Recife no final da tarde dessa quinta-feira (24). Ele foi atingido por uma bala perdida no dia 16 de setembro de 2017, quando voltava para casa, após apresentar um telejornal da região.

LEIA TAMBÉM

Jornalista é vítima de bala perdida no bairro no Alto do Moura, em Caruaru

Alexandre foi transferido para o Hospital Esperança Recife no dia 18 de setembro, ficando internado na UTI até o dia 6 de dezembro, quando foi para um apartamento individual.

No dia 2 de março, Alexandre foi submetido à cirurgia de colocação de uma prótese craniana (cranioplastia), que proporcionou a evolução do quadro neurológico, físico e cognitivo.

Princesa do Carnaval de Juazeiro acusa jornalista de cometer crime de injúria racial contra ela

Thaise Haila, segunda princesa do Carnaval de Juazeiro 2018. (Foto: Blog Waldiney Passos)

“Ele me chamou de suja, feia, ridícula e negrinha”. Palavras da atriz e bailarina Thaise Haila, 19 anos, uma das Princesas do Carnaval de Juazeiro (BA).

Em entrevista ao Programa Super Manhã, com Waldiney Passos, na Rádio Jornal Petrolina, Thaise Haila, disse que se sentiu agredida e ameaçada pelo jornalista Glauber Dantas, depois de uma festa neste domingo (21), em Juazeiro (BA).

Thaise Haila, disputou o título de Rainha do Carnaval de Juazeiro (BA), com outras oito candidatas, no último dia 19, no Juá Garden Shopping. Thaise não conseguiu se eleger Rainha da festa, mas ficou entre as três primeiras colocadas, ocupando assim, um dos postos de Princesa do Carnaval.

O resultado frustrou a expectativa da candidata e de parte do público presente e a insatisfação foi parar nas redes sociais. O ator e diretor de teatro Dewilles Sena, por exemplo, que acompanhou Thaise durante sua entrevista à Rádio Jornal, postou um vídeo criticando a escolha da Rainha.

Para Dewilles, a vencedora não atendia aos requisitos estabelecidos no edital. Segundo ele, o vídeo teve mais de 40 mil acessos na internet e vários compartilhamentos, o que causou muitos comentários na cidade.

O jornalista Glauber Dantas, teria feito parte do júri que escolheu a Rainha e o Rei Momo do Carnaval de Juazeiro e segundo Haila, teria manipulado outros membros que estavam avaliando as candidatas para não escolherem ela como Rainha.

Incomodado com os comentários, o jornalista teria chamado a atenção da Princesa na noite deste domingo (21), em um bar da cidade. Durante a conversa, os dois trocaram acusações e Glauber Dantas teria chamado a bailarina de suja, feia, ridícula e negrinha. Ainda segundo Haila, o mesmo também teria ameaçado dar um murro no rosto dela.

Os amigos de ambas as partes teriam tentando acalmá-los e tiraram cada um para um lado diferente do ambiente. Thaise disse também que o jornalista estava alcoolizado, o que segundo ela, não justifica as agressões.

“Quando eu cheguei em casa desabei no choro, porque eu não aceito que ele me trate assim. Você tratar uma pessoa e julgar pela sua cor? Não tem nada a ver. Nós somos todos iguais. Ele vai ter que responder pelo o que ele fez”, concluiu a Princesa.

Nossa redação conversou com o jornalista Glauber Dantas por telefone e ele disse que em breve vai se pronunciar sobre o assunto.

A Corte Real do Carnaval de Juazeiro ficou formada da seguinte maneira:

– Rei Momo: Josalan Gomes, 27 anos

– Rainha: Paula Barros, 20 anos

– Primeira Princesa: Jéssica Xavier, 19 anos

– Segunda Princesa: Thaise Haila, 19 anos

Alexandre Farias passa por traqueostomia e segue apresentando melhoras

(Foto: Reprodução)

O Jornalista Alexandre Farias passou por uma traqueostomia. A informação foi divulgada no boletim médico deste sábado (23). De acordo com os médicos, o procedimento foi realizado para “poupar a via respiratória superior”.

Ainda segundo o boletim, Alexandre “vem evoluindo com quadro clínico estável”. A pressão intracraniana do apresentador está normal. Ele não apresentou febre e também está com os sistemas renal, cardíaco e pulmonal normais.

Na tarde da sexta-feira (22) o boletim revelou que o jornalista apresentou o que os médicos chamam de “movimentos de localização”.

O neurocirurgião Ronaldo Menezes explicou como são feitos estes movimentos. “Nós realizamos um estímulo e ele localizou este estímulo com algum membro. Isso faz com ele ganhe pontuação nessa escala de coma. É algo positivo”, detalhou.

Entenda o caso

O apresentador do ABTV 2ª edição, da TV Asa Branca, foi vítima de uma bala perdida na noite do sábado (16) no bairro Alto do Moura, em Caruaru. O ator e jornalista tinha apresentado o telejornal e, quando saiu, foi jantar em um supermercado da cidade.

Ele ia para a casa dele quando foi atingido por um disparo na cabeça. De acordo com informações da Polícia Militar, assaltantes estavam em um carro roubado quando houve perseguição e troca de tiros.

Jornalista vítima de bala apresenta melhora, segundo boletim

O apresentador do ABTV 2ª edição, da TV Asa Branca, foi vítima de uma bala perdida na noite do sábado (16) no bairro Alto do Moura, em Caruaru. (Foto: Reprodução)

Segundo boletim médico divulgado na tarde desta sexta-feira (22) com o estado de saúde de Alexandre Farias. A sedação foi retirada e o jornalista apresentou o que os médicos chamam de “movimentos de localização”.Os médicos ainda ressaltaram que o apresentador vem evoluindo de forma satisfatória, dentro da gravidade do estado.

O neurocirurgião Ronaldo Menezes explicou como são feitos estes movimentos. “Nós realizamos um estímulo e ele localizou este estímulo com algum membro. Isso faz com ele ganhe pontuação nessa escala de coma. É algo positivo”, detalhou.

A expectativa é que os efeitos dos sedativos saiam do corpo de Alexandre em três ou quatro dias. O apresentador ainda foi avaliado por um oftalmologista, mas os exames devem ser complementados na tarde desta sexta.

Com informações do G1

Caruaru: Polícia prende suspeitos de atirar em jornalista

(Foto: Ilustração)

Foram presos, na tarde de hoje, três dos cinco suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias, em Caruaru, Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, as prisões ocorreram após mais um tiroteio, desta vez no Sítio Maniçoba, na Zona Rural do município. A polícia também informou que, durante a ação, um criminoso foi morto.

A troca de tiros entre policiais e bandidos durou cerca de 15 minutos. Os suspeitos foram presos após a polícia receber uma denúncia.

Equipes da Polícia Civil se dirigiram até uma casa da Zona Rural e foram atendidos por uma mulher, que informou que não havia mais ninguém no local. Após ouvirem barulhos, os policiais entraram na residência e trocaram tiros com os criminosos. Os suspeitos devem ser encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Caruaru.

Com informações do G1

Em Caruaru, polícia divulga retratos falados de suspeitos de atirar em jornalista

Os dois foram reconhecidos por testemunhas. (Foto: Reprodução)

Polícia Civil de Pernambuco divulgou na manhã desta segunda-feira (18) os retratos falados de dois suspeitos de atirar no jornalista Alexandre Farias, no último sábado (16) em Caruaru. O jornalista foi atingido por uma bala perdida na cabeça e segue internado em coma induzido no Hospital da Unimed.

De acordo com o chefe da Polícia Civil em Pernambuco, Joselito Amaral, cinco pessoas participaram da ação, sendo que dois foram reconhecidos por testemunhas.

“As investigações avançaram e hoje estamos apresentando dois retratos falados dos assaltantes que participaram da ação. Os crimes são tentativa de homicídio, no caso do jornalista Alexandre Farias. Eles tentaram atirar nos policiais a atingiram o jornalista. Os demais crimes são por roubo qualificado e lesão corporal grave. Testemunhas estão nos ajudando e ajudaram a fazer os retratos falados”, disse.

Ainda de acordo com o chefe da Polícia Civil, os números 994887099 e 994887527 serão usados para ajudar a polícia com informações via Whatsapp.

Com informações do G1

Jornalista Jaquelyne Costa lança primeiro livro de poesias em Petrolina

Inspirada na relação que tinha com a mãe, Alcineide Almeida (in memoriam), vítima de câncer renal em 21 de outubro de 2012, a jornalista Jaquelyne Costa escreveu o seu primeiro livro de textos e poesias intitulado “Oratório da Moça que Sente Saudade”.

O projeto reúne 53 poesias e pequenos textos que trazem a temática da ausência e todo investimento para publicação foi custeado pela própria poetisa.

O livro será lançado em Petrolina nesta sexta-feira (25), na Biblioteca do Sesc Petrolina, a partir das 19h. Toda a verba arrecadada com as vendas será revertida em doações para o Movimento de Combate ao Câncer (MCC) de Petrolina.

Formada em Jornalismo pela Universidade do Estado da Bahia (2010) e pós-graduada em Assessoria de Comunicação e Novas Tecnologias da Informação pela Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (FACAPE), Jaquelyne Costa concedeu entrevista ao nosso blog sobre a obra literária.

Brasil é um dos países mais perigosos para jornalistas, diz organização

O processo seletivo é composto por análise curricular, entrevista individual e avaliação da gravação de uma notícia (em formato stand-up) produzida pelo candidato./ Imagem ilustrativa

 Imagem ilustrativa

Com quatro jornalistas mortos este ano, o Brasil é o segundo país do mundo que mais matou esses profissionais em 2016, ficando atrás apenas do México, que contabiliza 12 mortes, e empatado com o Iraque (4 mortes).

Até o dia de hoje (13), a organização Repórteres Sem Fronteiras (Reporters Sans Frontieres – RSF) mapeou 47 mortes de jornalistas no mundo em 2016. A Síria contabiliza 7 mortes este ano; o Iêmen, cinco; a Líbia, três; e o Afeganistão e a Somália, duas. Países como Ucrânia, Turquia, Sudão do Sul e outros registraram uma morte.

A violência contra os jornalistas, a independência da mídia, o meio ambiente e a autocensura, o enquadramento legal, a transparência, a infraestrutura e a extorsão são critérios usados pela organização independente RSF para determinar o Ranking Mundial de Liberdade de Imprensa. O Brasil ocupa a 104ª posição entre 180 países avaliados.

LEIA MAIS

Justiça condena Joaquim Barbosa a indenizar jornalista em R$ 20 mil

(Foto: Carlos Humberto)

Após ser questionado, Barbosa respondeu jornalista com rispidez. (Foto: Carlos Humberto)

A Justiça do Distrito Federal condenou o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa a indenizar o jornalista Felipe Recondo, por supostas ofensas proferidas em 2013. A decisão atende a um recurso do jornalista, mas Barbosa ainda pode recorrer no Tribunal de Justiça do DF. A indenização por danos morais foi fixada em R$ 20 mil.

Em março de 2013, Barbosa saía de reunião do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) quando foi abordado por Recondo – à época, repórter do jornal “O Estado de S. Paulo”. O jornalista começou a fazer uma pergunta, e foi respondido com rispidez por Barbosa.

LEIA MAIS

Jornalista Ney Vital é eleito para o Conselho de Cultura do Parque Asa Branca em Exu

Ney Exu13

O jornalista Ney Vital é o mais novo membro do Conselho de Cultura da ONG-Parque Aza Branca, Exu, Pernambuco. O Parque Aza Branca é um patrimônio cultural do povo brasileiro e nele está o Museu de Luiz Gonzaga.

O dia da posse ainda não foi divulgado. Na justificativa, o nome de Ney Vital foi proposto pelos relevantes serviços prestados a cultura. Ney Vital já foi secretário de comunicação da prefeitura de Petrolina, Pernambuco,  ex-secretário de cultura de Areia, Paraiba, cidade Patrimônio Nacional da Cultura e assessor de imprensa do Incra Submédio São Franscisco.

LEIA MAIS
12