Líder comunitário afirma acreditar na cassação do mandato do vereador Domingos de Cristália

Júlio César Monteiro, líder comunitário do Distrito de Izacolândia, em Petrolina/Foto: Waldiney Passos

O clima continua acirrado entre Domingos de Cristália (PMDB) e o líder comunitário do Distrito de Izacolândia, em Petrolina, Júlio César Monteiro, que denunciou o vereador junto ao Ministério Público, acusando-o de ter cometido abuso de poder econômico durante o período eleitoral em 2016.

Dizendo-se inclusive ameaçado pelo vereador, motivo pelo qual já registrou boletim de ocorrência (BO) na polícia, Júlio César, disse ao participar do programa Super Manhã, da rádio Jornal, que Domingos entrou em contradição diversas vezes na audiência realizada semana passada pelo Ministério Público e que a principal testemunha do caso, senhora Ceilda, que teria recebido cascalho durante a campanha, terminou confessando o crime eleitoral, apesar de ter sido procurada pelo edil para negar os fatos diante da justiça.

“Ele tenta omitir algumas situações, mas a verdade os fatos mostram, o áudio que foi gravado pela própria sobrinha da Ceilda, que ele pediu para que a Ceilda negasse a própria sobrinha e a Ceilda chegou a negar a sobrinha durante o Tribunal, mas depois a sobrinha confirmou e as duas começaram a confirmar que uma era tia da outra e a outra era sobrinha e assim sucessivamente. Então houve um trabalho articulado do candidato para que a Ceilda pudesse depor em favor dele e ele contava com essa situação”, disse.

Ainda de acordo com Júlio César, outra contradição do vereador foi afirmar que foram feitos patrolamento de ruas. “Para fazer um patrolamento e melhoramento de rua não se faz com a retro e com a caçamba, se faz com a motoniveladora, se faz com a utilização de um rolo compressor, se faz também com a utilização de um carro pipa, então teria que ter esses cinco elementos. Então vale ressaltar que nem o teor técnico ele estudou para chegar no Tribunal”, ressaltou.

César afirmou ainda não ter medo de ameaças. “Se a nossa vida tiver que ser ceifada, nossa vida vai ser ceifada por denunciar uma irregularidade por esse cidadão que achava que as coisas funcionavam no tempo de Lampião”.

Devido os fatos, Júlio César disse acreditar na cassação do mandato de Domingos. “Nós acreditamos na cassação, até por que nós apresentamos elementos ‘provas’, ele apenas apresentou fala. Até o deputado Lucas Ramos ele citou como sendo responsável e disse que pediu de boca, ou seja, mais uma mentira colocar o nome de deputado Lucas Ramos para poder se sair, e de Adalberto Cavalcanti e de outros políticos que ele saiu atirando, jogando para tentar mentir lá diante do Tribunal, quando ele mesmo disse nas rádios que foi ele, então ele mentiu várias vezes”, concluiu.

Júlio César explica por que trocou o Náutico pelo Santa Cruz e minimiza reencontro

(Foto: Internet)

Dia 29 de janeiro será marcado por uma cena incomum nos Clássicos das Emoções. Náutico e Santa Cruz vão se enfrentar na Arena de Pernambuco, pelo Campeonato Pernambucano, com goleiros que construíram trajetórias sólidas no rival.

Após dois anos e meio no Timbu, Júlio César vestirá a camisa coral, enquanto Tiago Cardoso (há seis temporadas no Arruda) estará do lado alvirrubro. Júlio minimiza este primeiro reencontro com o ex-clube.

Assegura foco no time coral, que o ofereceu um convite que se tornou irrecusável devido a um conjunto de três fatores listados pelo próprio atleta: a “grandeza” do clube, o projeto apresentado pela direção e a chance da permanência dele no Recife, onde está bem adaptado.

Jogar contra o Náutico no fim do mês, no entanto, será estranho para o goleiro. Mas ele minimiza o reencontro. “Até hoje, nunca joguei contra um ex-clube. Depois que saí do Corinthians, nunca joguei contra o Corinthians. Além disso, vai ter uma coisa muito maior que é o Santa Cruz.

LEIA MAIS

Futebol: Santa Cruz negocia novo goleiro

Após a saída de Tiago Cardoso, goleiro Júlio César, ex-Náutico, está bem perto de ser o mais novo contratado do Santa Cruz para a temporada 2017. Segundo o atleta, restam poucos detalhes para a negociação ser concretizada e ele espera que até o final desta semana tudo seja resolvido.

O goleiro de 32 anos, tem passagem pelo o Corinthians, desde a base, fazendo parte do elenco campeão mundial e da Libertadores.

Júlio César foi um dos destaques do Náutico na Série B, e chega ao Santa para ser um dos líderes da equipe, que perdeu jogadores importantes como Grafite, Keno e o ídolo Tiago Cardoso, que foi para o Timbu.

Com informações do Coralnet