Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

PM acusado de matar adolescente em Parnamirim é condenado a 16 anos de prisão

Felipe Anderson atirou na vítima após uma briga

O policial militar da Bahia, Felipe Anderson Souza foi condenado a 16 anos de prisão pela morte da jovem Katarine Ferreira, de 17 anos. O crime aconteceu em 2017, em Parnamirim, Sertão de Pernambuco quando a adolescente teria tentado apartar uma briga do PM com sua namorada, prima de Katarine.

O julgamento foi realizado na segunda-feira (20), no Fórum Thomaz de Aquino, no Recife. Em sua decisão,  o juiz  Abner Apolinário, da 4ª Vara do Tribunal do Júri da Capital, condenou o policial a 13 anos de reclusão pelo homicídio e a mais três anos e seis meses por embriaguez ao volante.

No dia do crime, 1º de abril, ele estava de folga visitando parentes quando teria discutido com sua namorada, Katarine foi apaziguar e deixou o bar onde estavam, abraçada a sua prima. Foi então que o policial sacou sua arma e disparou, atingido fatalmente Katarine. Felipe foi reencaminhado a Salvador, onde estava preso.