COVID-19: taxa de ocupação de leitos permanece em 87% 

(Foto: Heudes Regis/SEI)

O boletim epidemiológico da Covid-19 divulgado pela Secretaria de Saúde de Petrolina, informa que a taxa de ocupação dos leitos de UTI desta sexta-feira (28),  permanece em 87,8%. Dos 82 leitos, 72 estão ocupados. 45 pacientes são de Petrolina e 27 de outras cidades da região.

Foram confirmados 149 novos casos, sendo 66 pessoas do sexo masculino, com idades de quatro meses a 83 anos, e 83 do sexo feminino, com idades de um mês a 58 anos. Dos resultados obtidos, 148 se deram através de exames realizados pela Prefeitura de Petrolina e um por exame laboratorial. Com isso, 27.604 pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus. O total de pacientes recuperados é 23.327, isso representa 84,5% do total.

LEIA MAIS

Covid-19: Não existe mais leitos de UTI em hospitais de Petrolina para tratar pacientes contaminados pelo coronavírus

O boletim epidemiológico da Covid-19 divulgado pela Secretaria de Saúde de Petrolina, informa que a taxa de ocupação leitos de UTI deste sábado (17), atingiu 100%. Todos os 82 leitos estão ocupados. 69 pacientes são de Petrolina e 13 de outras cidades da região.

LEIA TAMBÉM

Não existe mais leito de UTI disponível em Juazeiro para pacientes com Covid-19

O boletim também traz informações sobre uma nova confirmação de caso da Covid-19. Um novo caso foi registrado. O novo infectado foi confirmado através de exame laboratorial. Trata-se de uma pessoa do sexo feminino, parda, com 30 anos. Agora, 22.452 pessoas já foram infectadas pelo novo coronavírus.

Petrolina registrou três novas mortes. Tratam-se de dois homens e uma mulher, com idades de 85, 61 e 62 anos, respectivamente. Os óbitos aconteceram na terça-feira (13) e no sábado (17). Dois pacientes estavam internados em hospitais públicos e um em hospital da rede privada do município pernambucano.  Agora, a cidade passa a ter 319 mortes em decorrência da Covid-19.

Hospital de Campanha de Juazeiro é ampliado para 42 leitos 

(Foto: Ascom)

A área de suporte ventilatório do Hospital de Campanha de Juazeiro foi readequada e o local que era chamado de Sala Vermelha está com 13 pacientes de Covid-19 internados nesta segunda-feira (15). Com isso, após o pedido feito ao Governo do Estado, o número de leitos passou de 30 para 42 no hospital.

A área de suporte ventilatório tem 12 leitos equipados com aparelhos mais importantes para o atendimento a pacientes graves. A Secretaria de Saúde da Bahia cedeu 6 ventiladores mecânicos, remanejados dos municípios de Sento-Sé e Campo Alegre de Lourdes, e o Hospital SOTE de Juazeiro cedeu dois equipamentos.

LEIA MAIS

Dulci Amorim comemora abertura de leitos no Sertão do São Francisco

Ao comentar as ações de combate à pandemia, a deputada Dulci Amorim (PT) comemorou, na Reunião Plenária desta quinta (11), a abertura de dez leitos de UTI para pacientes com Covid-19 no Hospital Promatre, em Juazeiro, cidade baiana vizinha a Petrolina (PE). Conforme registrou, a unidade é vinculada à Rede Peba, que presta assistência à saúde nos Estados de Pernambuco e da Bahia.

“Há 15 dias, estive no Recife, fiz uma visita à Secretaria da Casa Civil e protocolei um ofício pedindo ao governador Paulo Câmara que ampliasse o número de leitos na região do Sertão do São Francisco. Hoje, estamos tendo a grata satisfação de receber as vagas no Promatre”, destacou a parlamentar.

LEIA MAIS

18 novos leitos de UTI devem ser abertos em Petrolina até a próxima sexta-feira, afirma Miguel Coelho

O prefeito Miguel Coelho informou ontem (09) que o município de Petrolina vai ampliar o número de leitos de UTI passando dos atuais 44 para 54 leitos. Serão 10 novos leitos abertos e contratados no Hospital Pro Matre, em Juazeiro/BA, com a Prefeitura de Petrolina fornecendo os respiradores e monitores, e o Governo de Pernambuco custeando as demais despesas.

De acordo com o prefeito, “até sexta-feira, outros 8 leitos devem ser abertos no Hospital Universitário, com o HU disponibilizando a estrutura e a prefeitura custeando as equipes com os profissionais envolvidos.

“Essas ações são imediatas e resultam dos esforços que temos feito desde o ano passado para a abertura de novos leitos. Somado a isso, solicitei ao Ministério da Saúde o envio de + 40 respiradores e monitores para a nossa cidade”, disse Miguel.

Mas, mesmos com essas novas conquistas, o prefeito deixou claro que todas essas medidas não podem significar um relaxamento dos cuidados.

“O uso da máscara, a higienização das mãos e evitar aglomerações continuam sendo necessários para todos, pois se a gente não fizer isso, os leitos podem novamente ficar cheios, colocando mais vidas em risco. É preciso um esforço coletivo. Com a participação de cada um, vamos vencer juntos!”, concluiu.

Veja vídeo:

Petrolina atinge 100% de ocupação dos leitos não existem mais leitos de UTI

A situação está ficando cada vez mais complicada em Petrolina. Ontem a noite, nas redes sociais, o prefeito Miguel Coelho fez o anúncio mais temido, afirmou que na cidade não existem mais leitos de UTI disponíveis para ninguém. “É muito triste saber que corremos o risco de ver sendo repetidas aqui as cenas que já vimos em outras cidades do país”, disse.

“Digo isso não só como prefeito, mas como ser humano. A dor de ver um parente, um amigo ou até você mesmo precisando de atendimento, e ouvir que não há o que fazer é inexplicável”, acrescentou Miguel.

O prefeito também informou que desde a semana passada está tentando ampliar a ofertas de leitos de UTI, mas isso infelizmente não é algo tão fácil. “Nos próximos dias, tenho muita esperança de que conseguiremos abrir mais leitos, mas feliz de verdade eu ficaria se ninguém precisasse deles”, comentou.

Por fim, Miguel reiterou a importância da população continuar colaborando no enfrentamento à pandemia.  “Entretanto, pessoal, isso não depende de mim; depende de cada pessoa entender a gravidade da pandemia e fazer a sua parte cuidando de si e cuidando do outro. Usar máscara, manter o distanciamento, higienizar as mãos. Enquanto não existe vacina disponível para todos, estas são as únicas formas que temos de vencer a pandemia. Não vamos superar essa crise sendo egoístas e tendo atitudes individuais; apenas com o senso de coletividade, com humanidade e vacinando a todos iremos conseguir acabar com essa pandemia, retomar as nossas atividades e preservar o maior número possível de vidas”, concluiu.

Assista vídeo:

Miguel negocia abertura de novos leitos de UTI para covid-19

O prefeito Miguel Coelho fez um novo pronunciamento, nesta quinta (04), sobre a situação da pandemia em Petrolina. O gestor voltou a pedir à população para colaborar no enfrentamento ao coronavírus evitando aglomerações e reforçando as medidas de proteção. Miguel ainda anunciou que Petrolina pode abrir 10 novas vagas de UTI nos próximos dias, mas isso ainda depende de negociações com o Governo Federal, do Estado e a rede particular de saúde.

Mesmo não sendo uma atribuição municipal, há mais de um mês, a Prefeitura de Petrolina busca a abertura de leitos para tratamento intensivo por conta do crescimento das internações. Hoje, a administração municipal investe com recursos próprios no funcionamento de 12 vagas contratadas na rede privada e no Hospital Universitário. A criação de mais vagas, contudo, segundo a Secretaria de Saúde, é um desafio em todo o País. Para a abertura desse tipo de leito de alta complexidade, atualmente, existem dificuldades que passam pela falta de equipamentos entre fornecedores, lotação de vagas em todas as regiões de Pernambuco, esgotamento dos profissionais da saúde – o que inviabiliza a criação de equipes -, entre outros fatores.

O prefeito Miguel Coelho, contudo, recebeu a sinalização nesta semana para a abertura de mais vagas de UTI em unidades particulares, nas redes estadual e federal. “Tenho negociado há semanas com hospitais, Governo do Estado, Governo Federal para abrir novos leitos. Esse é um problema infelizmente que não é só de Petrolina. Todo o Brasil está com dificuldade de absorver a demanda crescente. Temos nos esforçado ao máximo todos os dias, mas é uma situação de colapso em todo o País e que requer a união de todos”, explica o prefeito.

Petrolina segue com 95% de ocupação de leitos de UTI, sendo 25 pacientes locais e 17 de outros municípios. Nesta quinta, a rede chegou a preencher 100% das 44 vagas de tratamento intensivo, mas duas delas foram liberadas ao longo do dia. “Estamos na expectativa de abrir esses 10 leitos até segunda. Porém, sabemos que, nessa escalada, não serão suficientes essas vagas por muito tempo. Precisamos do apoio da população, uma união de toda a sociedade para conter a contaminação e preservar tanto as vidas quanto o funcionamento da economia”, defende Miguel.

Juazeiro registra dois óbitos e percentual de ocupação de leitos é de 90%

Juazeiro registrou dois óbitos por complicações da Covid-19 e 125 novos casos da doença nas últimas 24 horas. A informação está no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde desta quinta-feira (4).

O informativo mostra que 9.620 moradores foram infectados desde o início da pandemia na cidade, dos quais 7.381 já estão recuperados. Os casos descartados somam 19.563. São 2.070 casos ativos do novo coronavírus.

Com os dois óbitos do boletim desta quinta, Juazeiro soma o total de 169 registros. Faleceram dois homens – um de 58 anos e o outro de 76 -, ambos no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ).

Foram realizados desde o início da pandemia 26.666 testes rápidos pela prefeitura e 1.354 pelo Lacen, em Salvador.

Ocupação de leitos

LEIA MAIS

Alerta máximo: Pernambuco supera 90% de ocupação de leitos de UTI dedicados à Covid-19

(Foto: Divulgação)

A rede hospitalar pública de Pernambuco alcançou, nesta sexta-feira (26), 90% de ocupação dos leitos de UTI dedicados à Covid-19.

O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Paulo Câmara, ao divulgar novas medidas de restrição válidas para todo o território. Segundo a atualização mais recente da taxa de ocupação, feita pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) na quinta-feira (25), a ocupação era de 89%. Na rede privada, 84% dos 270 estavam ocupados.

LEIA MAIS

Hospital em Araripina chega a 100% de ocupação de leitos de UTI

Nesta quarta-feira (16) a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia intensiva (UTI) do Hospital e Maternidade Santa Maria, que fica em Araripina, no Sertão de Pernambuco, chegou a 100%.

A ocupação máxima dos leitos gerou apreensão por parte do Instituto Medianeiras da Paz, responsável pela direção da unidade hospitalar. Os 20 leitos de alta complexidade disponíveis na unidade estão todos ocupados com pacientes do novo coronavírus.

LEIA MAIS

Juazeiro não apresenta alteração nos números da Covid-19 neste domingo

(Foto: ASCOM)

Sem testes neste domingo (13), o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde não apresenta alterações no quadro da Covid-19 em Juazeiro, permanecendo os mesmos números de casos confirmados, testes realizados, curas clínicas, descartados é óbitos do boletim anterior.

Em isolamento domiciliar também permanecem 2.112 pessoas e a quantidade de internados regulados pela rede municipal continua com 19 pacientes, sendo 08 em UTIs e 11 em leitos intermediários.

A ocupação das Salas Vermelhas da UPA permanece com 02 pacientes e taxa de ocupação de 50%, assim como os leitos intermediários da Unidade de Pronto Atendimento também continuam com 58% de ocupação e 07 pacientes. O Hospital de Campanha de Juazeiro também se manteve em estabilidade com 01 internado e taxa de ocupação de 3%.

Confira a lista completa dos casos internados na Rede PEBA:

Leitos Ocupados 13 12

Hospital Universitário de Petrolina se pronuncia sobre idosa de 96 anos que aguarda cirurgia

(Foto: Ascom)

O Hospital Universitário de Petrolina (HU) atendeu solicitação deste Blog e enviou nota sobre o estado de saúde e previsão de realização de uma cirurgia de uma paciente que havia fraturado a perna.

Os familiares de Dona Ananda Simão de Lima, de 96 anos, procurou nossa produção na manhã desta quarta-feira (2), informando que a paciente havia sido levada para o Hospital Universitário por uma ambulância do do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), no início da tarde de terça-feira (1º), após sofrer uma fratura na perna.

Segundo parentes, a idosa deu entrada na recepção às 13h04 e ficou durante toda a tarde e parte da noite deitada na maca do SAMU, na recepção, a espera de transferência para um leito. A mesma foi transferida para a enfermaria durante o período noturno, mas até a final da manhã de quarta-feira (2), o hospital não havia informado uma previsão para a realização da cirurgia de Ananda, que é portadora do mal de Alzheimer.

Atendendo nossa solicitação, o Hospital Universitário enviou a seguinte nota:

NOTA SR ANANDA

Covid-19: Taxa de ocupação de leitos em Petrolina em inferior a 25%

O boletim epidemiológico da Prefeitura de Petrolina deste domingo (18) aponta que o município permanece com 6.290 casos confirmados da covid-19 e, destes, 4.963 já estão curados clinicamente.

Do total geral de positivados, 5.271 pessoas foram confirmadas com a doença através de testes rápidos da prefeitura, enquanto 1.019 moradores positivaram através de exames laboratoriais. Petrolina tem 99 óbitos por covid-19.

Ocupação de leitos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 24,59%. Dos 61 leitos disponíveis, 15 estão ocupados, sendo 11 pacientes de Petrolina e 4 de outras cidades da região.

Petrolina encerrou a semana com mais 5 casos positivos para a Covid-19 e taxa de ocupação de leitos de UTI em 21,31%

O boletim epidemiológico da Secretaria da Saúde de Petrolina deste sábado (12), registrou mais 5 casos confirmados da Covid-19, todos por exames laboratoriais, totalizando 4.754. São 3 pessoas do sexo masculino, com idades entre 23 a 42 anos, e duas pessoas do sexo feminino, de 25 e 32 anos.

Do total geral de confirmados, 3.879 pessoas já estão recuperadas. Esse quantitativo representa 81,6% dos casos. Dos positivados, 3.914 foram por testes rápidos da prefeitura e 840 diagnosticados através de exames laboratoriais. Petrolina tem 87 óbitos por covid-19.

Ocupação de leitos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 21,31%. Dos 61 leitos disponíveis, 13 estão ocupados, sendo que 11 pacientes são de Petrolina e 2 de outras cidades da região.

Taxa de ocupação de leitos de UTI em Petrolina cai de 35,7% para 32,14%

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 32,14%. Dos 56 leitos disponíveis, 18 estão ocupados, sendo que 11 pacientes são de Petrolina e 7 de outras cidades da região. Os dados completos podem ser acessados clicando aqui.

Bairros

Os dados deste sábado mostram que Petrolina continua com 139 comunidades com casos confirmados até o momento. Vale destacar que tem uma pessoa em situação de rua (já curada clinicamente) que não aparece na lista de bairros com casos confirmados. A lista completa pode ser acessada clicando aqui.

12345