Lula rebate Ciro: ‘Perdoai, Pai, os ignorantes, eles não sabem o que fazem’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou de “banal” e “grosseiro” o ataque de Ciro Gomes (PDT) contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Em entrevista à Rádio Grande FM de Dourados (MS), nesta quinta-feira (14/10), o político afirmou não ser possível um presidenciável agir desta forma.
“O que ele [Ciro] fez ontem foi tão banal, tão grosseiro, que às vezes eu penso no que Jesus disse na cruz: ‘Pai, perdoai os ignorantes, eles não sabem o que fazem’. Não sei se ele [Ciro] teve covid, mas dizem que quem tem covid tem problemas de sequela, problemas no cérebro, algumas sequelas de esquecimento. Porque não é possível que um homem que pleiteia a Presidência da República possa falar o que ele falou ontem. Não sei o que ele está querendo, mas quem planta vento colhe tempestade”, disse.
LEIA MAIS

“Lula conspirou pelo impeachment de Dilma”, diz Ciro Gomes

(Foto: Arquivo)

Pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes disse, em entrevista ao O Estado de S. Paulo, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) conspirou a favor do impeachment de Dilma Rousseff (PT). De acordo o ex-ministro, o petista está fazendo alianças com os responsáveis pela saída da ex-presidente do poder. “Estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma. Estou seguro disso por tudo que eu tinha visto lá dentro nas tratativas para impedir o impeachment e eu não compreendia”, afirmou Ciro….

Para o pedetista, Lula foi o responsável por impulsionar Jair Bolsonaro (sem partido) na corrida presidencial de 2018 ao apoiar Dilma como sua sucessora. Segundo o ex-ministro, ela “destruiu a economia brasileira” como “ninguém no passado histórico brasileiro”. “Jamais acreditei que Bolsonaro teria qualquer chance, a mais remota possível, e eu mordi a língua porque eu conhecia de perto o Bolsonaro. Eu não sabia que ele utilizaria de estrangerismo aos montes com orientação dessa gente do Trump que desceu aqui, e fazer esse processo de internet que nós também não conhecíamos no Brasil”, disse o pedetista.

LEIA MAIS

Datafolha: Lula segue à frente de Bolsonaro e, no 2º turno, tem 56% contra 31%

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira (17) pelo site do jornal “Folha de S.Paulo” revela os índices de intenção de voto para a eleição presidencial de 2022. A corrida está estagnada, se comparada com o levantamento realizado pelo instituto em julho deste ano. Lula tinha 26% e agora tem 27% das intenções de voto na pesquisa espontânea. Jair Bolsonaro tinha 19% e agora tem 20%. No segundo turno, o ex-presidente tem 56% (58% no último relatório), contra 31% (os mesmos 31% na pesquisa anterior) de Bolsonaro.

A pesquisa ouviu 3.667 pessoas entre os dias 13 e 15 de setembro em 190 cidades brasileiras. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95%.

LEIA MAIS

Segundo pesquisa, Lula tem o dobro de votos de Bolsonaro em Pernambuco

Nova pesquisa do instituto Paraná Pesquisas mostra as intenções de voto em Pernambuco para presidente da República nas eleições de 2022.

O levantamento mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, provável candidato do PT no ano que vem, tem a preferência de metade dos eleitores de Pernambuco já no primeiro turno.

Ele aparece com 49,9% dos votos. Em segundo lugar, ficou o presidente Jair Bolsonaro, ainda sem partido para a corrida presidencial, com 20,7% O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) ficou com 5,5%, o melhor posicionado fora Lula e Bolsonaro.

LEIA MAIS

Lula mantém chance de vitória no 1º turno, diz pesquisa

A mais recente pesquisa de intenção de voto para as eleições presidenciais de 2022 mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com vantagem ampla sobre o atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (sem partido), segundo levantamento da Genial Investimentos e Quaest para o mês de setembro.

Os dados mostram o petista com quase a metade dos votos para presidente no primeiro turno, indo para o segundo turno com Bolsonaro, e vencendo a disputa.

Em cinco cenários de primeiro turno, Lula lidera oscilando entre 44% e 47% das intenções de voto. Já Bolsonaro tem entre 25% a 26%.

LEIA MAIS

ALBA sedia encontro de Lula com políticos e movimentos sociais

O Auditório Jornalista Jorge Calmon, da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), abrigou, na tarde desta quarta-feira (25), o primeiro compromisso de agenda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Salvador, com o PT estadual e os movimentos sociais do campo e da cidade. O evento, com o tema ‘Combater a Fome e Reconstruir o Brasil’, integra a caravana do líder petista pelo Nordeste, promovida pelo Instituto Lula e o PT, que visitou, nesse mês, os estados do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Piauí, Maranhão e Ceará. O PT comunicou à militância, previamente, que o ato não era aberto, em respeito às normas sanitárias por conta da pandemia; porém a reunião foi transmitida, ao vivo, pela TV ALBA, tanto no canal aberto 12.2 e 16 na Net, quanto nas plataformas sociais.

LEIA MAIS

Pesquisa XP/Ipespe diz que Bolsonaro perderia no 2º turno para qualquer dos adversários

Presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) perderia em um eventual segundo turno para diversos candidatos, como Lula (PT), Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), além do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro. Os dados são da pesquisa XP/Ipespe, divulgada nessa terça-feira (17).

Segundo a pesquisa, caso Bolsonaro fosse para o segundo turno com qualquer um dos possíveis candidatos, o resultado seria o seguinte:

  • Lula 51% x 32% Bolsonaro; branco/nulo: 17%
  • Ciro Gomes 44% x 32% Bolsonaro; branco/nulo: 24%
  • Sergio Moro 36% x 30% Bolsonaro; branco/nulo: 35%
  • Luiz Henrique Mandetta 38% x 34% Bolsonaro; branco/nulo: 28%

Bolsonaro ainda aparece atrás de João Doria (PSDB) e Eduardo Leite (PSDB), mas dentro da margem de erro. Os tucanos disputam internamente para decidir quem será o candidato à presidência do partido em 2022.

  • João Doria 37% x 35%; branco/nulo: 28%
  • Eduardo Leite 35% x 33% Bolsonaro; branco/nulo: 32%

Além disso, segundo a pesquisa, Lula venceria qualquer outro candidato em um eventual segundo turno. Foram realizadas 1.000 entrevistas em todo o país entre 11 e 14 de agosto. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Lula acredita que mesmo com Auxílio Brasil povo vai votar contra Bolsonaro

De passagem por Pernambuco em um giro que iniciou no último domingo (15) pelo Nordeste, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comentou as mudanças promovidas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no programa Bolsa Família, que passará a se chamar Auxílio Brasil.

Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (16) o petista afirmou que ficará feliz se a população pobre do País puder receber mais dinheiro, mas disse que apenas mudar o nome de um programa social é “uma coisa pequena“.

Eu jamais vou falar contra qualquer aumento que signifique melhoria na qualidade de vida do povo. O que vai acontecer e a grande lição que ele vai aprender é que o povo vai receber e vai votar contra ele“, disse Lula.

PT de Pernambuco diz a Lula que pode fazer aliança se isso ajudar disputa presidencial

Em uma reunião com o ex-presidente Lula (PT) na tarde desse domingo (15), o PT de Pernambuco afirmou que a sigla está disposta a abrir mão de uma candidatura própria e se aliar ao PSB, se essa for a melhor estratégia para que ele tenha mais votos na corrida presidencial.

Foi o que afirmou o presidente estadual do PT, Doriel Barros, ao JC, após o encontro, que reuniu todas as principais lideranças da agremiação no Estado. “O que for melhor para garantir o voto em Lula, seja ter candidatura própria ou integrar uma frente, nós vamos construir“, disse.

O presidente estadual do PT voltou a afirmar, ainda, que se a sigla vai “buscar protagonismo em 2022, mesmo que seja dentro de uma coligação“. A estratégia estadual também passa por ampliar as bancadas estadual na Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional, lembrou Doriel.

Lula visita Pernambuco no domingo e outros estados do Nordeste durante a próxima semana

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chega ao Nordeste neste domingo (15) para debater a conjuntura e os rumos do Brasil com lideranças políticas e sociais de seis estados. Lula passará por Pernambuco, Piauí, Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Bahia.

Na agenda, estão previstos encontros com governadores, movimentos sociais e sindicais e lideranças regionais. Por causa das restrições da pandemia, não haverá ato público de massa em nenhum dos estados.

Esta será a primeira vez que Lula volta ao estados Piauí, Maranhão, Ceará e Rio Grande do Norte, após os 580 dias de prisão em Curitiba. Em Pernambuco e na Bahia, ele esteve em 2019.

LEIA MAIS

‘Vamos derrotar Bolsonaro’, diz Lula após encontro com Dilma

Lula e Dilma, ex-presidentes do Brasil.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) encontrou ontem (09) a também ex-presidente Dilma Rousseff (PT) para conversar sobre “o momento que atravessa o país”.

Em publicação nas redes sociais, Lula ainda disse que eles derrotarão o “desastre” que é o governo Jair Bolsonaro (sem partido). Lula já admitiu que disputará as eleições presidenciais de 2022.

LEIA MAIS

Lula tenta abrir canal com militares, mas ainda enfrenta resistências

Após os militares ganharem uma nova força política com o mandato de Bolsonaro, o ex-presidente Lula (PT) tem buscado reestabelecer um diálogo com o grupo. A estratégia de Lula mira nas eleições do próximo ano. No entanto, o petista têm encontrado resistência.

Em conversa com um general da reserva, segundo a Folha de SP, o tópico Lula ficou bem claro. Os militares respeitam o pré-candidato institucionalmente, mas descartam qualquer tipo de aproximação.

Procuradoria do DF ratifica denúncia da Lava Jato contra Lula

O procurador da República do Distrito Federal, Frederico Paiva, ratificou à Justiça a denúncia contra o ex-presidente Lula (PT) na ação penal por supostas propinas pagas pela Odebrecht, alvo da Operação Lava Jato. Antônio Palocci e o empresário Marcelo Odebrecht e outros também foram denunciados.

A acusação foi anulada pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), em junho, em função da suspeição do ex-juiz Sergio Moro.

LEIA MAIS

Nova pesquisa para Presidente da República aponta Lula como vencedor no 2º turno

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera as intenções de voto, tanto em primeiro quanto em segundo turno, em todos os cenários pesquisados caso as eleições fossem hoje, aponta pesquisa divulgada nesta quarta-feira (28) pelo banco Modalmais e instituto de pesquisa Futura Inteligência.

No cenário de pesquisa estimulada que reuniu o maior número de presidenciáveis, 13 no total, Lula tem a menor vantagem sobre o atual presidente Jair Bolsonaro: 33,8% do petista contra 25,2% do atual chefe do Executivo. Na sequência aparecem Ciro Gomes (PDT) com 6,6% das intenções de voto e o ex-ministro Sérgio Moro com 6,3%.

LEIA MAIS

Lula deve visitar Pernambuco no próximo dia 25 de julho

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve visitar Pernambuco no próximo dia 25 de julho. A informação é da Folha de Pernambuco e deve esquentar os bastidores da política regional. A passagem de Lula pelo estado é aguardada pelo governador Paulo Câmara (PSB), que espera contar com os petistas na eleição de 2022.

Ainda segundo a Folha, Lula deve ir à mesa com a cúpula do PSB, selando uma reaproximação já prevista entre as duas siglas. Desta forma, Marília Arraes (PT) deve, novamente, ser rifada pelo PT.

Em entrevista ao Super Manhã com Waldiney Passos, na última semana, Lucas Ramos (PSB) afirmou que o partido espera sim contar com o PT no próximo pleito. E que o apoio da sigla é crucial para o sucesso do projeto do PSB em Pernambuco.

123