Julio Lossio Filho chama manifestantes que não usaram máscara, de idiotas

O candidato a prefeito de Petrolina pelo PSD, derrotado na última eleição, Julio Lossio Filho, detonou nas redes sociais alguns manifestantes que participaram neste domingo (14) das manifestações contra governadores e em apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

Julinho, como é mais conhecido, disse que o momento atual não é favorável a realização de manifestações e que o manifestante que desrespeitou os protocolos e orientações das autoridades sanitárias “é um idiota”.

PSB pede que filiados não participem de atos por temor de instrumentalização por Bolsonaro

A direção do PSB decidiu solicitar aos seus afiliados e apoiadores que não participem das manifestações em defesa da democracia marcadas para o domingo (7) em diversas cidades pelo país.

Em nota assinada pelo seu presidente, Carlos Siqueira, e intitulada “Ainda não é hora de tomar as ruas”, o partido diz que sua decisão é embasada pelas limitações sanitárias exigidas e também pelo temor de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aproveite as manifestações para ter uma reação radical e antidemocrática.

A nota destaca que a realização de grandes aglomerações no momento pode fazer com que a disseminação do novo coronavírus piore, o que seria preocupante “diante da flagrante fragilidade da atenção à saúde”, diz a nota.

O PSB pondera que grupos infiltrados podem criar situações que favoreceriam uma “repressão proporcional aos movimentos” e também “uma reação governamental, que pode implicar o uso de medidas de exceção, o que este governo autoritário demonstra ser de seu interesse”.

O pedido do partido, então, é para que as manifestações em defesa da democracia sejam mantidas nas redes sociais, “que tem sido até aqui o principal e mais efetivo veículo para a mobilização dos democratas”.

“Para vencer neste momento delicado da vida política nacional, o campo democrático deve ser o mais amplo possível e articular estratégias próprias, evitando cair nas armadilhas que propõem os defensores do arbítrio. Neste momento eles desejam disseminar a desordem, e nós precisamos, ao contrário, da serenidade firme e do comedimento dos que sabem que são maioria”, conclui a nota.

Durante prêmio Fórum Nordeste 2017, Fernando Filho enfrenta protesto contra privatização da Chesf

Fernando Filho deve debater com os senadores a proposta de privatização da Eletrobras. (Foto: Reprodução)

O ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, recebeu, na manhã desta segunda-feira (25), o prêmio Fórum Nordeste 2017. O reconhecimento é entregue para lideranças que contribuem em favor dos setores de biocombustíveis, etanol e energias limpas.

Durante o evento, cerca de 10 funcionários da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) fizeram um protesto contra a privatização da estatal. Na ocasião, o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, dissidente do PSB, afirmou que que está aberto ao diálogo sobre o assunto.

Em conversa com os manifestantes, Fernando Filho disse que iria até a Chesf esclarecer as dúvidas, desde que o debate não tivesse teor político e nem que seja motivo de palanque.

Com informações do Jamildo

Confronto entre policiais e manifestantes deixa 45 feridos durante protestos em Brasília

(Foto: G1)

Durante os protestos desta quarta-feira (24), 45 pessoas recorreram a rede pública para tratar de ferimentos causados durante confronto com a polícia em Brasília.  Quatro continuam internados em estado grave.

Vitor Rodrigues Fregulia, o estudante de 21 anos que teve parte da mão dilacerada por uma explosão de rojão passou por procedimento cirúrgico e já respira sem a necessidade de aparelhos, sem previsão de receber alta hospitalar.

Os nomes das outras três pessoas ainda não foram confirmados. Um paciente, que sofreu ferimentos no maxilar, respira com a ajuda de aparelhos e está internado no Centro de Trauma do Hospital de Base, sob cuidados intensivos e sedado.

Os outros dois pacientes, respiram espontaneamente, mas continuam internados no Centro de Trauma, onde a evolução dos quadros clínicos segue sendo avaliadas.

Ao todo, 45 pessoas que estavam na Esplanada dos Ministérios durante o confronto entre policiais e grupos de manifestantes mascarados recorreram à rede pública de saúde do Distrito Federal por conta de ferimentos ou por estarem passando mal.

Do total de pessoas atendidas, 35 pessoas tiveram que ser encaminhadas ao Hospital de Base e dez para o Hospital Regional da Asa Norte – sendo que 31 delas receberam atendimento e foram liberadas em seguida.

Com informações do FolhaPE

35 mil manifestantes ocupam a Esplanada dos Ministérios neste momento

(Foto: G1)

Segundo boletim da Secretaria de Segurança do DF, a Esplanada dos Ministérios está sendo ocupada por 35 mil manifestantes, contrários ao governo Temer. Há registro de incêndio na área interna do Ministério de Agricultura.

(Foto: G1)

O protesto está sendo marcado pelos atos de vandalismo nos prédios do Ministério do Turismo, Ministério da Fazenda, Ministério do Planejamento, Catedral Metropolitana, Museu da República e Ministério de Minas e Energia. Por volta das 15h os manifestantes entraram em conflito com a polícia.

Durante a confusão, entre manifestantes e a polícia, um homem teve o olho perfurado. O Corpo de Bombeiros ainda não confirma o que houve. O homem ainda não foi identificado, mas já está sendo atendido.

Com informações do G1

Protesto contra a vaquejada sai em caminhada pelo Bairro do Recife

a-favor-do-fim-da-vaquejada

Manifestantes protestam contra a vaquejada e saem em caminhada pelo Bairro do Recife/ Foto: Tato Rocha JC Imagem

Um protesto contra a vaquejada reuniu cerca de 40 pessoas ontem (27) numa concentração na Avenida Rio Branco, no Bairro do Recife. Munidos de faixa e gritando palavras de ordem como: “vaquejada não é esporte, não é cultura, é tortura”. “Não aceitamos que a vaquejada seja transformada em cultura, porque isso abre precedente para maus tratos aos animais e outras práticas como a rinha de galo e a farra do boi – no qual o animal desfilava e era apedrejado –”, conta a presidente da Federação das Associações Organizadas da Sociedade de Proteção aos Animais de Pernambuco (FAO), Luciane Nascimento.

Representantes de 11 entidades filiadas a FAO participaram do protesto, fazendo uma pequena caminhada na tarde deste domingo pelas ruas do Bairro do Recife. “A vaquejada pode continuar como evento, show. O que queremos é o animal seja substituído por outra forma de entretenimento, tirando o animal do picadeiro. Pode continuar a parte de shows e gastronomia”, defende Luciane. Ela argumenta que em alguns lugares fora do País já está sendo usado um boi mecânico.

Com informações do Ne10

Maia determina prisão de invasores do Plenário da Câmara Federal

manifestantes-camara-federal

Manifestantes invadem Plenário e sessão é suspensa

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse há pouco que não aceitou negociar com os invasores do Plenário, que chamou de baderneiros irresponsáveis. Ele afirmou ainda que determinou à Polícia Legislativa que buscasse o apoio da Polícia Federal para prender todos eles.

“A ordem que eu dei ao diretor do Depol [Departamento de Polícia Legislativa] é que todos saiam daqui presos e que sejam levados, com o apoio da Polícia Federal”, disse Maia. Segundo ele, os manifestantes serão indiciados por crimes contra o patrimônio público.

Maia afirmou que não aceitaria esse tipo de abuso e agressão ao Parlamento. “Não há negociação. Eu fui procurado para fazer uma negociação. Falei que negociação a gente faz antes de os baderneiros quebrarem o Plenário da Câmara dos Deputados. A partir deste momento, não há o que negociar. Há que se cumprir a lei.”

Temer ironiza protesto e sugere que ofereçam emprego a manifestantes

(Foto: Internet)

(Foto: Internet)

O presidente Michel Temer ironizou nesta quinta-feira (27) protesto de centrais sindicais realizado desde o início da semana contra a flexibilização dos direitos trabalhistas na Praça dos Três Poderes, em frente ao Palácio do Planalto.

Em discurso durante sanção de projeto que amplia prazo de parcelamento de dívidas tributárias, o peemedebista disse que os manifestantes que protestavam com vuvuzelas “aplaudem este grande momento do governo federal”.

“Neste auditório, ouvimos palavras de incentivo e aplausos entusiasmados. E eu verifico que, lá fora, aqueles que não puderam entrar, para comemorar esse grande ato do governo, com suas vuvuzelas também aplaudem este grande momento”, disse.

LEIA MAIS

Dilma faz “turnê” ’em defesa da democracia e contra o golpe’ pelo nordeste

turnê dilma

Em Salvador, manifestantes com bandeiras do PT e do Brasil apoiam Dilma. Foto: A Tarde

Dilma está percorrendo o nordeste, com sua “turnê em defesa da democracia e contra o golpe”. Na quarta, 15, ela participou de uma audiência pública em João Pessoa (PB) e na sexta, 17, estará em Recife (PE) capitaneando o referido ato.

Dilma Rousseff (PT) agora a tarde está em Salvador na  Assembleia Legislativa da Bahia, onde receberá o título de cidadã baiana. A petista chegou acompanhada do governador da Bahia, Rui Costa, e do ex-ministro Jaques Wagner.

Do lado de fora, com faixas, cartazes e gritos de “Fora Temer”, manifestantes favoráveis a Dilma já estão concentrados para apoiar a presidente e para protestar contra Michel Temer (PMDB), que ocupa o cargo de presidente interino.

A expectativa é que Dilma também participe da manifestação, depois da cerimônia oficial, no estacionamento da Assembleia. Antes, o ato estava marcado para acontecer no Terreiro de Jesus, no Pelourinho, mas teve o local modificado por conta da previsão de chuva para esta quinta, segundo o presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação.

 

Manifestações durante a passagem da Tocha Olímpica por Petrolina (PE)

A passagem da Tocha Olímpica por Petrolina, nesta quinta (26), não foi marcada apenas pela alegria dos condutores do fogo simbólico e pela animação dos que foram às ruas vibrar com o evento. Alguns aproveitaram a movimentação para fazer manifestos contra o governo interino de Michel Temer (PMDB). Mais cedo, aliás, algumas avenidas da cidade que faziam parte do percurso da tocha, como a Monsenhor Angelo Sampaio, amanheceram pichadas com os dizeres “Fora Temer”.

Foto: Waldiney Passos

Foto: Waldiney Passos

Foto: Waldiney Passos

Foto: Waldiney Passos

Ato em avião contra deputados pró- impeachment tem 73 detidas no DF

As mulheres, que ficam na cidade entre os dias 10 e 13 de maio para a 4ª Conferência Nacional de Políticas para Mulheres, foram depois de uma hora e meia levadas para a sala da Polícia Federal no aeroporto/Foto:Jéssica Sinai

As mulheres, que ficam na cidade entre os dias 10 e 13 de maio para a 4ª Conferência Nacional de Políticas para Mulheres, foram depois de uma hora e meia levadas para a sala da Polícia Federal no aeroporto/Foto:Jéssica Sinai

A Polícia Federal deteve em Brasília, na tarde desta terça-feira (10), 73 mulheres que protestavam contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff a bordo de um avião da TAM. A confusão começou quando dois deputados federais que votaram pelo afastamento da petista – Jutahy Magalhães Júnior (PSDB-BA) e Tia Eron (PRB-BA) – entraram na aeronave, ainda em Salvador (BA). Não houve agressão física. Todas foram liberadas após depoimento.

O grupo conta que reagiu à entrada dos parlamentares com gritos “contra o golpe” antes da decolagem e repetiu os cantos após a aterrissagem, às 13h. O comandante do voo avisou então que acionou a polícia e que ninguém deixaria o avião até que os agentes chegassem.

Os outros passageiros foram liberados com a chegada da PF, e as mulheres precisaram apresentar documentos pessoais. Parte do grupo passou mal, e uma das manifestantes foi atendida dentro da aeronave por ter tido aumento de pressão.

LEIA MAIS

Manifestantes interditam estrada da Tapera em Petrolina-PE

img-20160123-wa0011

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que vivem no Assentamento José Almeira, localizado às margens da PE-627, na estrada da Tapera, Zona Rural de Petrolina, no Sertão pernambucano, bloquearam a rodovia neste sábado (23). A reivindicação era pela construção de casas, segundo eles, prometidas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

No assentamento vivem cerca de 100 famílias. Eles utilizaram galhos de árvore e pneus para interromper a passagem dos veículos. De acordo com os trabalhadores rurais, o Incra teria pedido para que eles mudassem do local onde estavam e que as casas que seriam entregues, começariam a ser construídas no dia 8 de janeiro deste ano. Mas, até o momento a construção ainda não teria começado.

O que agravou ainda mais a situação é que o espaço onde os trabalhadores estão assentados alagou com a chuva dos últimos dias e muitos não podem entrar nas casas. A Polícia Militar foi chamada e desobstruiu a rodovia. (Fonte: G1 Petrolina)

Caso Beatriz: publicitário agradece participação de manifestantes em mais um protesto

 

DR. MARCOS BRASIL

Um dos organizadores de mais uma manifestação que clamou por justiça no caso Beatriz no último sábado (09), onde cerca de 150 pessoas percorreram as principais ruas da cidade partindo da Ponte Presidente Dutra, o publicitário Marcos Brasil postou em sua página no face a seguinte mensagem de agradecimento:

Queria nesse momento agradecer a Deus por fazer parte desse grupo, por ele ter me dado a oportunidade de cerrar fileira com pessoas tão dignas, pessoas que se importam, pessoas que fazem diferença, pessoas que sabem que só podemos avançar se for pela luta, a luta contra a injustiça e contra a indiferença, a luta em favor dos fracos e oprimidos, a luta que tem a intenção de nos proteger contra o mal que sempre esteve a espreita, a batalha que Deus reservou para os fortes de espírito, por isso agradeço a Deus e me sinto privilégiado, por ter vivido tanto para compartilhar com vocês homens e mulheres de honra, esse momento de gloria, onde Deus separa os bons dos ruis e permite a um simples mortal fazer parte da história. E tenho dito!

Publicitário Marcos Brasil