Maria Elena cobra melhorias na infraestrutura do Hospital Dom Malan/IMIP

Maria Elena cobrou melhorias no Hospital Dom Malan/IMIP (Foto: ASCOM/Jean Brito)

A vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) apresentou o Requerimento n° 020/2020 na sessão de quinta-feira (6), na Casa Plínio Amorim, cobrando melhorias no Hospital Dom Malan/IMIP. A edil denunciou uma série de irregularidades que estariam acontecendo na unidade, especialmente o constrangimento sofrido por mães que acabaram de dar à luz.

Segundo Elena, não há uma estrutura adequada ao banho das genitoras e dos bebês. “Mães estão sendo constrangidas com a presença de homens em suas enfermarias. Não podemos colocar homens e mulheres, acompanhantes, com mães que precisam fazer sua higiene àquele estado de constrangimento. Nós vimos o IMIP dizendo que tinha água quente, mas o que se vê são bebês chorando porque tomam banho na água gelada“, destacou.

O pedido de Elena foi direcionado ao superintendente da unidade, Etiel Tavares Lins. “É uma questão de competência de se resolver esse problema e de se oferecer o mínimo de conforto a esses bebês recém-nascidos“, disse a vereadora. Ela reconheceu que há superlotação na unidade, porém, isso não justifica a falta de estrutura física na unidade que é referência na região.

“A gente sabe das circunstâncias que rodeiam esse hospital quando ele atende tantas cidades, não só de Pernambuco, mas da Bahia e do Piauí. Mas não se pode admitir que os governos não tenham tomado providências para suprir suas necessidades. Ainda se verifica um declínio muito grande em relação aos serviços prestados“, finalizou.

Incomodada com “excessos” em eventos na Areia Branca, vereadora convoca reunião com PM

(Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

A vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) está irritada com a situação que vem acontecendo no bairro Areia Branca, seu reduto eleitoral. A edital convocará nesta segunda-feira (23) uma reunião em caráter de urgência com a Polícia Militar e secretaria da Mulher, para discutir a fiscalização nas festas públicas na Avenida São Francisco.

O que motivou Elena a tomar essa decisão foi a presença de menores de idade em eventos na via, consumindo bebida alcoólica. “Com vistas a se impor uma organização mais rigorosa e qualificada para evitar os excessos e vandalismos que normalmente  vem acontecendo em dias de festas comemorativas, a exemplo do que aconteceu ontem depois do jogo do Flamengo na Av São Francisco, Av Paraíba e ruas e avenidas adjacentes”, explicou a edil.

Além dos órgãos já citados deverão participar do debate a Justiça e moradores do bairro. Confira a seguir uma nota da vereadora sobre o tema:

LEIA MAIS

Maria Elena levanta bandeira e cobra valorização de artistas locais

Vereadora quer cumprimento de lei já no carnaval 2020 (Foto: ASCOM/Jean Brito)

Depois da rusga com Gilmar Santos (PT) na sessão passada, a vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) apresentou nessa quinta-feira (5) o Requerimento n° 412/2019, no qual solicita à Prefeitura de Petrolina o cumprimento da Lei Municipal n° 2.851/2016.

Conforme Elena lembra, a lei busca valorizar os artistas locais em eventos patrocinados pelo poder público. A edil destacou que já ouviu o grupo e inclusive tem um abaixo-assinado para apresentar ao secretário de Cultura. “Esse abaixo assinado tem assinatura de todos os grandes artistas locais”, destaca.

Ainda segundo Elena, é relevante o cumprimento dessa lei já no carnaval de 2020. “Que a gestão possa realmente cumprir a Lei Municipal que dispõe sobre a contratação e valorização dia artistas locais, em relação a cachês, número de artistas contratados e tratamento que são dado a eles”, conclui.

Audiência pública sobre cultura gera atrito entre Gilmar Santos e Maria Elena

Audiência foi realizada no CEU das Águas, no Rio Corrente (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Câmara de Vereadores de Petrolina promoveu uma audiência pública na segunda-feira (2), no bairro Rio Corrente para debater as políticas públicas da cultura. Contudo, o autor do pedido, Gilmar Santos (PT) se disse triste por não ter a presença dos colegas e de representantes da Prefeitura.

“Lamentamos muito a ausência dos colegas vereadores. Essa Casa aprovou o Requerimento, estava previsto para o dia 29/11 e realizamos ontem [segunda-feira]. Lá registramos a ausência de representantes da Prefeitura Municipal, não teve um representante [do Executivo] para ouvir os artistas”, afirma Gilmar.

Falta de comunicação

Defensora da cultura, Maria Elena de Alencar (PRTB) interferiu na fala e defendeu a Casa. “Os gabinetes não receberam convite oficial sobre essa audiência, eu o vi fazendo o convite aqui. Seria um assunto que não teria o porquê de não participar. Também falei com o secretário Cássio Lucena e ele disse que não foi avisado oficialmente“, pontua.

LEIA MAIS

Vereadores aprovam Moção de Solidariedade a Gilmar Santos, mas Elias Jardim se abstém

Vereadores se solidarizaram com vereador Gilmar (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Como era de se esperar, a Câmara de Vereadores de Petrolina deu destaque à ocorrência do último domingo (24), quando o edil Gilmar Santos (PT) foi algemado e levado para a delegacia. Membros da bancada da Oposição e Situação se uniram para apoiar o colega, pela forma que ele foi tratado.

Companheira de partido, Cristina Costa apresentou uma Moção de Solidariedade a Gilmar e a Companhia Biruta. Na justificativa, Costa alegou que a ação do 2º Batalhão Integrado Especializado (BIEsp) foi “desnecessária, gratuita e repugnante ação”. Maria Elena de Alencar (PRTB) lembrou que o vereador é uma autoridade que sabe dialogar com todos os poderes, mas foi vítima do abuso da Polícia Militar de Pernambuco.

LEIA TAMBÉM:

Tenente do 2º BIEsp explica ação da PM no Rio Corrente e nega abuso dos policiais

Gilmar Santos critica truculência de policiais; PM rebate e diz que agentes foram agredidos

Alvoerlande Cruz (PSL) cobrou uma investigação da PM sobre a ação dos policiais da ROCAM. Seu irmão, o líder do Governo na Câmara, Aero Cruz (PSB) foi categórico: a solidariedade a Gilmar não diz se a polícia está certa ou errado.

LEIA MAIS

Após recomendação do MPPE, Maria Elena afirma que comunidade evangélica está sendo perseguida

MPPE quer mais fiscalização sonora nos templos evangélicos (Foto: Reprodução/Facebook)

Depois de o vereador Elias Jardim (PHS), membro da Bancada Evangélica da Câmara de Vereadores de Petrolina criticar o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) sobre a fiscalização da Lei do Silêncio em uma igreja evangélica da cidade, ontem (22) Maria Elena de Alencar (PRTB) também criticou o MP.

Na visão da edil, há uma perseguição com a comunidade evangélica. “Estou solicitando à AMMA que juntamente com a Ordem Pública amenizem as exigências do controle do som dos cultos evangélicos. Quero me solidarizar com essa comunidade, fui procurada por várias amigas pessoais e eleitoras da Vila Eduardo, que estão se sentindo perseguidas na hora do culto entre 20h e 22h. Existe uma campanha de desavisados, como você está no seio de sua comunidade e você não pode manifestar sua fé como ele quiser?“, questionou.

No último dia 15 o MPPE solicitou da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Sedurbh) medidas necessárias para cessar os ruídos e garantam a saúde dos moradores em volta da igreja Assembleia de Deus Plenitude El Shaday.

LEIA MAIS

Após longo debate, Câmara derruba Requerimentos da Oposição

Vereadores discutiram Requerimentos da Oposição (Foto: Blog Waldiney Passos)

A votação dos projetos de Lei que estavam na pauta na sessão dessa terça-feira (24) foram escanteados para os vereadores de Petrolina discutirem dois Requerimentos apresentados pela Bancada de Oposição. Gilmar Santos (PT) solicitou a realização de uma audiência pública para debater a regularização fundiária no município.

Líder da bancada, Paulo Valgueiro (MDB) pediu informações ao prefeito Miguel Coelho sobre as empresas contratadas pela Prefeitura que estão sendo investigadas na Operação Lava Jato, citadas após a nova investigação contra o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) e o deputado federal Fernando Filho (DEM).

Os Requerimentos foram votados em destaque a pedido da Situação, que recebeu críticas dos colegas opositores. Gabriel Menezes (PSL) citou a necessidade de realizar uma CPI da Agiotagem e questionou os investimentos em Petrolina. “Pra fazer a pavimentação tem que estar pedindo empréstimo?”, questionou o edil.

Autor de um dos pedidos, Gilmar criticou a postura dos vereadores governistas pela “forma que essa Casa trata os pedidos de audiência pública sobre interesses do povo”. Ronaldo Souza, o Ronaldo Cancão (PTB) condenou as duas solicitações.

“Vou contra o Requerimento que já foram entregues 5 mil escrituras e por prudência, é necessário embasamento político no pedido”, justificou Cancão. Já Maria Elena de Alencar (PRTB) disse que os pedidos, em especial o de Valgueiro, é “maldoso”.

Depois de quase duas horas de discussão, os Requerimentos foram derrubados por 14×6 (de Gilmar Santos) e por 16×4 (Valgueiro). Agora estão sendo votados os projetos de Medalha e Título de Cidadão Petrolinense.

Câmara de Petrolina aprova projeto que cria 15 cargos de professor alfabetizador na rede municipal

Professores devem suprir demanda no município (Foto: ASCOM)

Os vereadores de Petrolina aprovaram ontem (19) o projeto de Lei n° 018/2019, criando 15 vagas do cargo de Professor Alfabetizador na rede municipal de ensino. A matéria enviada pelo Poder Executivo foi aprovada por 20×0, com apoio das duas bancadas.

Presidente da Comissão de Educação, Maria Elena de Alencar (PRTB) comentou a importância do projeto aprovado, apresentado com a intenção de atender a uma demanda na rede municipal. “Desde quando foi feito concurso público na gestão do prefeito Julio Lóssio, esses concursados foram nomeados. Todas as vagas foram preenchidas e a secretaria fez um levantamento e que professores serão aposentados, prevendo o preenchimento dessas vagas a secretária de Educação pediu ao prefeito para criar o projeto. Serão nomeadas 10 e cinco ficarão aguardando”, disse a edil.

Segundo a Prefeitura de Petrolina, as despesas decorrentes da execução da lei serão custeadas com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e recursos da educação municipal. A matéria ainda precisa da sanção do prefeito Miguel Coelho para ter validade.

Maria Elena pede que faixas de sinalização de ciclistas sejam reflexivas

Vereadora pede tinta reflexiva nas faixas de sinalização (Foto: Reprodução)

Mais segurança aos ciclistas de Petrolina. Foi esse o pedido da vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB). Na sessão da última quinta-feira (5) Elena reivindicou à Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) a pintura das faixas de ciclista em cor reflexiva.

Estou solicitando ao presidente da AMMPLA, o nosso querido Edilson Leite para que ele providencie a pintura das faixas das vias compartilhadas para que essas tintas sejam reflexíveis. A tinta não aparece, durante a noite ela fica embaçada durante à noite“, justificou a vereadora.

Segundo a vereadora, a demanda foi apresentada por um grupo de ciclistas e é urgente, tendo em vista que na Avenida Guararapes eles dividem espaço com os ônibus de transporte coletivo. “Um grupo veio ao meu gabinete e pediu, um deles ia se acidentando à noite”, destacou Elena.

Chamado de “oportunista”, Alex de Jesus ironiza colegas: “Para fazer Indicação tenho que perguntar se posso?”

Vereadores divergiram sobre pedidos na sessão de ontem (5)

Quem é o pai da obra? Essa foi a principal discussão na Câmara de Vereadores na sessão de ontem (5) em Petrolina. Tudo porque Alex de Jesus (PRB) apresentou a Indicação nº 945/2019, na qual solicitava a pavimentação das ruas 16 e 17 do bairro Cosme e Damião.

Manoel da Acosap (PTB) discordou do pedido e criticou o colega por reivindicar algo já em processo licitatório. “Obra que está licitada e em andamento não cabe mais. O vereador Alex de Jeus está solicitando duas ruas que já estão licitadas. Acho que os nobres vereadores devem procurar um órgão e saber o que está acontecendo na rua“, disparou.

Alex não gostou da colocação do colega e rebateu. “Para eu fazer Indicação eu tenho que perguntar se eu posso ou não posso?”. Manoel continuou e classificou como “analfabetismo” a atitude do companheiro de bancada. Presidente da Câmara, Osório Siqueira (PSB) tentou amenizar o clima hostil.

LEIA MAIS

Com debate acalorado, Situação derruba Requerimento apresentado por Paulo Valgueiro

Situação derrubou Requerimento por 14×4 (Foto: Blog Waldiney Passos)

Mais uma vez as bancadas da Oposição e Situação se dividiram para votar um Requerimento. Dessa vez a proposta era Paulo Valgueiro (MDB), pedindo uma audiência pública para tratar da demissão dos professores da rede municipal.

LEIA TAMBÉM:

Câmara de Petrolina analisará pedido de audiência sobre reorganização do quadro de professores

O Requerimento número 272/2019 foi derrubado por 14×4 votos, a pedido do líder da Situação, Aero Cruz (PSB) o qual classificou a solicitação de “politicagem”. Durante as justificativas para derrubar o pedido, os vereadores governistas alegaram que a Comissão de Educação da Câmara já havia se reunido com a secretária Margareth Zapponi.

LEIA MAIS

Maria Elena cobra de secretário mais ações para o esporte e lazer

Vereadora é da base, mas cobrou ações nos bairros (Foto: Secretaria Executiva de Esportes)

Conhecida por suas cobranças nas pautas femininas e culturais, a vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) chamou atenção por um pedido voltado ao esporte em Petrolina. Na sessão de quinta-feira (29), a edil – que é da base governista e ex-secretária de Cultura, Turismo e Esportes – cobrou o atual titular de Esportes, Ferson, mais ações no município.

“Peço a sua secretaria que cada vez mais apoie e esteja presente na vida esportiva da cidade, de forma que o município possa cumprir também o seu papel em relação ao esporte na cidade, que é uma necessidade“, argumentou a edil.

Pelc em Petrolina

A solicitação de Elena diz respeito ao Programa Esporte e Lazer da Cidade (Pelc), desenvolvido pelo Governo Federal, o qual proporciona a prática de atividades físicas e culturais nas comunidades. Segundo a vereadora, existem hoje “10 núcleos para receber a demanda Pelc”.

Contudo, Elena deixou um recado à população petrolinense. “Temos também que informar a população para cuidar com carinho dos equipamentos públicos”, já que todos são beneficiados com o programa e é dever da comunidade zelar pelo espaço.

Na última sessão do semestre, vereadores aprovam 17 projetos em Petrolina

Matérias seguem para sanção do prefeito (Foto: Blog Waldiney Passos)

Além do Título de Cidadão Petrolinense a Sérgio Moro, a última sessão do primeiro semestre legislativo na Casa Plínio Amorim, realizada na manhã de terça-feira (18), teve em pauta 17 projetos de Lei, todas proposições do Poder Legislativo.

Entre os temas menos relevantes estavam um Título de Cidadão Petrolinense – proposto por Osinaldo Souza (PTB) – duas Medalhas de Honra ao Mérito, de autoria de Osinaldo e outro de Gilmar Santos (PT); Denominação de via pública cujos autores foram José Batista da Gama (PDT), Ronaldo Cancão (PTB) e Ronaldo Silva (PSDB), além de uma denominação de espaço público, cujo autor é Rodrigo Araújo (PSC).

Os outros 12 PLs tratavam de temas de relevância social e juntamente com os citados anteriormente, foram aprovados por 20 votos a zero.  Agora as matérias seguem para sanção do prefeito Miguel Coelho. Confira a seguir os projetos aprovados na sessão de ontem na Câmara de Petrolina:

LEIA MAIS

Câmara de Vereadores de Petrolina entrega Medalha de Honra ao Mérito a Lu Vaqueira

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Vaqueiros vestidos a caráter, casa cheia e ao som da sanfona. Foi assim que Lucimar Lima Freitas, a Lu Vaqueria foi recepcionada na sessão de hoje (30), para receber a Medalha de Honra ao Mérito Legislativo Dom Malan, concedida pela Câmara de Vereadores de Petrolina.

A homenagem é de autoria de Elismar Gonçalves (MDB) e Maria Elena de Alencar (PRTB) a uma pessoa que contribui para a valorização da cultura sertaneja. A honraria foi presenciada por amigos, familiares a admiradores de Lu, que entrou no Plenário da Casa cantando, acompanhada por sanfoneiros.

Confira:

 

A sessão foi aberta pouco antes das 11h30 e conta com a presença de políticos e autoridades de Casa Nova (BA), Dormentes, Lagoa Grande e Afrânio, em Pernambuco, que vieram prestigiar Lu Vaqueira. A homenagem foi proposta através do projeto de Decreto Legislativo nº 590/2018.

Vereadores aprovam projeto que fortalece a produção de orgânicos em Petrolina

Petrolina também terá um Mercado específico aos orgânicos, no segundo semestre

Além do projeto do Executivo aprovado na Câmara de Vereadores na sessão de terça-feira (28), os edis também discutiram matérias do Legislativo. Uma delas foi o PL nº 137/2019, regulamentando as feiras de produtos orgânicos no âmbito do município de Petrolina e dispõe sobre a comercialização destes produtos.

Maria Elena de Alencar (PRTB) foi a autora da matéria que ainda contou com o apoio do vereador Gilmar Santos (PT). O projeto beneficia não apenas os produtores de orgânicos, representados pela Associação de Produtores Orgânicos do Vale do São Francisco (Aprovasf), mas também consumidores, garantindo “maior segurança ao adquirir produtos orgânicos em feiras exclusivas”.

LEIA TAMBÉM:

Com votos da Oposição, vereadores autorizam Executivo a destinar recurso para saneamento de Petrolina

“No meu mandato anterior eles expunham uma vez por semana no térreo do Centro de Convenções, nós conversávamos com os produtores e eles falavam da necessidade de o município fazer um trabalho mais efetivo a todos que estavam nessa luta”, destacou Elena ao defender seu projeto.

LEIA MAIS
123