Miguel Coelho abona filiação de Osório Siqueira ao MDB

Único a ter a ficha abonada por Miguel Coelho, o presidente da Câmara Municipal de Petrolina, vereador Osório Siqueira, assinou nesta quarta-feira (1/4) sua filiação ao MDB, mesmo partido do prefeito.

Osório é um aliado de muitos anos do senador Fernando Bezerra Coelho e mais uma vez mostra fidelidade ao ingressar no MDB, partido que terá uma chapa forte nas eleições proporcionais deste ano. Há quem diga que com o fim das coligações na proporcional, o MDB vai ser o partido mais forte, portanto a disputa vai ser acirrada entre os candidatos a vereador.

“Me sinto muito honrado em assinar minha filiação ao MDB, sou um político de grupo e não poderia faltar neste momento tão importante em que Petrolina está avançando muito na gestão do prefeito Miguel Coelho”, disse Osório.

Aero Cruz e Zenildo Nunes se filiam ao MDB

Líder seguiu passos de Miguel e foi para o MDB

Aero Cruz e Zenildo Nunes, o Zenildo do Alto do Cocar, deixaram o PSB e se filiaram ao MDB, mesmo partido do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho. Aero concretiza o que já havia antecipado ao Blog Waldiney Passos no começo do ano: seguiria os passos que o líder local lhe recomendasse.

LEIA TAMBÉM

Homem de grupo, Aero Cruz afirma que irá ao partido que Miguel Coelho sugerir

A dupla utilizou as redes sociais para confirmar a novidade. Aero é líder do Governo na Casa Plínio Amorim e já havia dito ao Blog, em fevereiro, que iria para onde Miguel solicitasse.

“Meu partido é o partido do grupo de Fernando Bezerra e o partido que Miguel Coelho disser. Estou no PSB, mas aonde o prefeito Miguel Coelho dizer ‘Aqui é onde nós vamos marchar e andar’, é para esse partido que eu vou“, afirmou.

Fora do MDB, Valgueiro deve se filiar a novo partido no final do mês

Vereador Paulo Valgueiro saiu do MDB (Foto: Blog Waldiney Passos)

De olho na eleição de outubro, Paulo Valgueiro deixou o MDB e seguirá para o partido de Julio Lóssio, o PSD. Lóssio e Valgueiro são aliados de longa data e caminharão lado a lado novamente nas eleições de 2020.

“Estou há 12 anos fazendo política e trabalhando junto com o ex-prefeito Julio Lóssio. Hoje sou vereador graças a projeção que consegui na gestão do ex-prefeito. Tenho tudo para continuar marchando com Julio, não tem porque ser diferente“, contou ao Blog Waldiney Passos.

A filiação deve acontecer ainda nesse mês, disse o vereador. Foram quase três décadas na mesma casa, por isso o sentimento é um pouco estranho, explica Valgueiro.

“Lá no final do mês a gente vai marcar um horário para anunciar a filiação. A gente sai, não tem como dizer que estou saindo insatisfeito, a gente tem uma história com o partido. Infelizmente com a entrada de outras pessoas que comandam o partido em Petrolina não era mais possível eu estar dentro do partido”, concluiu.

Eleições: Paulo Valgueiro confirma desfiliação ao MDB

(Foto: Ascom)

Líder da Bancada de Oposição na Câmara de Vereadores de Petrolina, Paulo Valgueiro anunciou sua desfiliação partidária do MDB. A confirmação veio na quarta-feira (11), quando o edil enviou seu pedido ao presidente da Executiva Estadual da sigla em Pernambuco, Raul Henry.

LEIA TAMBÉM

Com janela partidária aberta, líderes das bancadas em Petrolina seguirão seus líderes políticos

Valgueiro confirma saída do MDB em 2020: “Vamos buscar uma sigla partidária que tenha mais a nossa ideologia”

Valgueiro estava no MDB há mais de 25 anos, vivenciando praticamente toda sua vida política na sigla. Contudo, a chegada de membros da família Coelho ao partido motivaram a saída do vereador eleito em 2016. Ainda ontem Valgueiro entregou seu pedido de desfiliação à Juíza da 83ª Zona Eleitoral de Petrolina, Elane Brandão.

Conforme anunciado anteriormente no Blog Waldiney Passos, o vereador deve se filiar ao partido do ex-prefeito Julio Lóssio, o PSD. Lóssio e Valgueiro são aliados de longa data, o que motiva caminhar mais uma vez lado a lado em 2020.

Valgueiro acredita em candidatura de Lóssio e afirma que ex-prefeito “vai estar jogando para ganhar”

Valgueiro caminhará ao lado de Lóssio, antigo aliado político (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os trabalhos na Câmara de Vereadores foram retomados na última terça-feira (4), com a primeira sessão do ano. Em meio às expectativas de debates acalorados, por ser ano eleitoral, as conversas nos bastidores da Casa Plínio Amorim giram em torno das possíveis candidaturas em outubro.

LEIA TAMBÉM

Líderes afirmam que bancadas de Oposição e Situação não vão mudar postura em 2020

Líder da Oposição e aliado político de Julio Lóssio, Paulo Valgueiro (MDB) disse acreditar na candidatura do ex-prefeito, apesar de Lóssio. “Ele deixou mais ou menos claro no café da manhã, respondeu através da imprensa. Ele perguntava se o pessoal acreditava se Miguel ia disputar em 2020, se Odacy [Amorim] ia e a mesma coisa servia para ele também. Com certeza a gente vai estar no jogo, vai estar jogando para ganhar, não só para disputar”, disse.

Saída do MDB

Com a chegada de Miguel Coelho ao MDB, Valgueiro já havia dito que deixaria o partido no qual estava há anos. O próximo partido deve ser o PSD, atual casa de Lóssio. “A gente vai ter esse mês de fevereiro para aprofundar as conversas e em março a gente busca a nossa agremiação para disputa das eleições, que deverá ser a mesma em que milita o ex-prefeito Julio Lóssio”, destacou.

Eleições: Miguel Coelho defende nome de Raul Henry para Prefeitura do Recife

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB) esteve no Recife na sexta-feira (24) e participou de uma entrevista na TV JC. Agora aliado de Raul Henry (MDB), o gestor aposta na candidatura do colega de partida nas eleições de 2020. Segundo Miguel, isso não seria uma afronta ao PSB e aos demais integrantes da Frente Popular.

A candidatura de Raul não significa uma afronta ao PSB ou acabar com a Frente Popular. O que o senador (Fernando Bezerra Coelho) defende é o fortalecimento de um nome que já foi comprovado e testado, tanto na parte de gestão, quanto na parte de política. Raul já teve oportunidade de ser vice-governador, todo mundo conhece a história de Raul“, afirmou.

Ainda sobre a votação na capital pernambucana, Miguel destacou que a falta de união na Oposição representa mais uma preocupação de egos do que no melhor para Recife. “Não é o momento de discutir nomes, é o momento de se juntar em torno de projetos e propostas, quais são os problemas que assolam os recifenses aqui na região metropolitana, que são problemas corriqueiros. Só depois que você identifica o problema, você precisa encontrar um CPF que resolva eles”, disse.

A íntegra da entrevista está disponível na internet. Confira:

LEIA MAIS

Jarbas mantém apoio a Câmara, mas optaria por votar em Henry na eleição da capital

Jarbas mantém apoio ao PSB (Foto: Hélia Scheppa/Divulgação)

Muita coisa ainda pode acontecer até outubro nos bastidores da política e em Pernambuco o senador Jarbas Vasconcelos (MDB) já sinalizou que se manterá aliado ao governador Paulo Câmara (PSB), mas caso seu companheiro de partido Raul Henry seja lançado a algum posto, votará nele.

Ou seja, um nome indicado por Câmara à Prefeitura seria preterido. Contudo, em entrevista à Rádio Jornal Recife nessa quinta-feira (9), Jarbas destacou que Henry, hoje deputado federal e ex-vice de Câmara não sinalizou se disputará o pleito na capital pernambucana. “Raul não me disse hora nenhuma que era ou não candidato”, disse o senador.

O posicionamento de Jarbas é diferente da outra liderança partidária do MDB, o também senador Fernando Bezerra Coelho que é opositor a Câmara. Mas Jarbas lembrou que a sigla “faz parte hoje da Frente Popular inclusive dando contribuição para a gestão do governador Paulo Câmara, é um apoio político e administrativo”.

TSE cassa prefeito e vice em Pilão Arcado e determina novas eleições

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu, nesta terça-feira (19), cassar os mandatos do prefeito e do vice-prefeito do município baiano de Pilão Arcado, Afonso (PP) e Daltro Melo (MDB). A corte reverteu o entendimento do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), que tinha decidido manter os mandatos, mesmo reconhecendo a prática de abuso de poder político e econômico na campanha de 2016.

Na denúncia, o antecessor de Afonso, João Ubiratan, teria contratado 500 servidores temporários às vésperas das eleições para ajudar o então candidato à sucessão. Além da de perda mandato, o TSE determinou, ainda, a realização imediata de novas eleições em Pilão Arcado.

Advogado denunciante Tiago Ayres comemorou a decisão. “O abuso que hoje conseguimos combater foi a única coisa que garantiu a absurda eleição do atual prefeito e vice de Pilão Arcado. Hoje isso chegou ao fim. Basta”, falou.

Com informações do site Bahia Notícias.

Jarbas Vasconcelos opta por sessão no Senado e se ausenta do ato de filiação de Miguel Coelho ao MDB

O evento contou com as presenças do presidente estadual, Raul Henry, do presidente nacional do partido, Baleia Rossi, do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha e do Senador Fernando Bezerra Coelho. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em grande estilo, o prefeito Miguel Coelho se filiou oficialmente ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB). O evento que ocorreu na última segunda-feira (11), no auditório da Fundação Senador Nilo Coelho, contou com uma mega estrutura, participação expressiva da população e a presença de políticos.

LEIA TAMBÉM

Miguel Coelho se filia ao MDB em grande evento em Petrolina

Um das presenças mais aguardadas da noite era a do Senador Jarbas Vasconcelos (MDB), no entanto, segundo o prefeito Miguel Coelho, por questões de cumprimento de agenda em Brasília, Vasconcelos não pôde se fazer presente.

“Essa semana em Brasília é uma semana reduzida por causa do feriadão. Teve sessão hoje (11) no Senado e ele tem a tradição de não faltar às sessões os dois mandatos dele, então ele pediu a compreensão, mas acho que a gente foi muito bem representado aqui hoje. Eu estive com ele e sei que ele aprova nossa chegada”, explicou durante coletiva de imprensa.

Questionado sobre as desavenças entre FBC e Jarbas Vasconcelos, Miguel Coelho exclamou com firmeza que o problema ficou no passado. “Eu nunca tive desavença com ele [Jarbas Vasconcelos], isso é coisa do passado, do Senador Fernando Bezerra com Jarbas, acho que até a própria fala de Fernando aqui, prova que são águas passadas e que a gente tem que olhar pra frente”, afirmou.

Valgueiro confirma saída do MDB em 2020: “Vamos buscar uma sigla partidária que tenha mais a nossa ideologia”

Valgueiro teceu críticas a licitação do novo transporte público (Foto: Blog Waldiney Passos)

A filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao MDB representará uma nova etapa no partido que até então estava nas mãos de aliados do ex-gestor, Júlio Lóssio. Para o vereador Paulo Valgueiro (MDB) a mudança de ares da sigla culmina em sua saída após mais de duas décadas de filiação.

LEIA TAMBÉM:

Miguel Coelho se filia ao MDB em grande evento em Petrolina

“Até março vamos estar militando no mesmo partido, mas vou continuar batendo em tudo que tem de errado que tiver na gestão. Sou MDB hoje por força de ocasião, mas em março a gente toma um novo destino”, afirmou o vereador.

LEIA MAIS

Fernando Bezerra Coelho convida Raul Henry para disputar eleições municipais de Recife

Raul henry e Fernando em evento em Petrolina.

Durante o evento de filiação do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), líder do governo federal no Senado, fez um convite ao deputado federal Raul Henry para disputar as eleições para prefeitura de Recife, capital pernambucana, ressaltando a retomada do protagonismo do partido no estado.

“O MDB, para se preparar para a disputa de 2022, para recuperar o tamanho da sua bancada, não pode deixar de disputar as capitais do Brasil. Portanto, Raul, pense com carinho, considere, (…) poucos quadros em Pernambuco têm a sua biografia e o Recife quer um novo tempo e Raul pode ser o instrumento da construção desse novo tempo na capital pernambucana”, afirmou.

LEIA MAIS

Miguel Coelho se filia ao MDB em grande evento em Petrolina

Miguel Coelho comemora filiação ao MDB em Petrolina.

O ato de filiação do prefeito de Petrolina Miguel Coelho ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB) aconteceu na noite desta segunda-feira (11), durante evento no Auditório da Fundação Nilo Coelho, Centro da cidade.

Muitas pessoas participaram da cerimônia, que contou com a presença do senador Fernando Bezerra Coelho, dos deputados Fernando Filho (DEM) e Antônio Coelho, federal e estadual, respectivamente, do presidente nacional do partido, Baleia Rossi, do presidente estadual, Raul Henry, e do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

No seu discurso, Miguel fez questão de ressaltar a importância do partido na história do Brasil e identificação com a sigla. “Você tem que escolher um partido que você possa se identificar com sua história. (…) Não estou chegando para ser mais um prefeito do MDB. Quero vir para poder somar. Chego aqui para trazer os resultados da nossa gestão”, disse.

O prefeito cutucou, ainda, a gestão anterior e deixou um questionamento aos eleitores de Petrolina. “Petrolina quer continuar avançando, seguindo em frente, ou Petrolina quer voltar ao passado?”, afirmou.

Ato de filiação de Miguel Coelho ao MDB acontece nesta segunda

É esperado um público de mais de mil pessoas para o evento.

Conforme já havia sido anunciado, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, se filia, nesta segunda-feira (11), ao Movimento Democrático Brasileiro (MDB). O evento acontece às 18h no Auditório da Fundação Nilo Coelho, Centro da cidade.

O evento contará com as presenças do presidente nacional do partido, Baleia Rossi, e do presidente estadual, Raul Henry. Ainda do senador Fernando Bezerra Coelho (FBC), que é pai do prefeito, e do também senador Jarbas Vasconcelos.

A mudança vem após rompimento do grupo do senador FBC com o Partido Socialista Brasileiro (PSB), do governador Paulo Câmara, no final de 2017. Após queda de braço com Jarbas para disputar as eleições de 2018 para governador, o grupo mostra união e deve se fortalecer para as próximas eleições municipais.

Vereador Zenildo Nunes confirma filiação ao MDB e conclama demais vereadores para o novo partido do prefeito Miguel Coelho

Zenildo Nunes segue os passos do prefeito Miguel Coelho e se filiará ao MDB.

Em entrevista exclusiva ao Blog Waldiney Passos, Zenildo Nunes, um dos vereadores mais votados de Petrolina (PE), confirmou neste sábado (9), sua migração para o partido MDB. Seguindo os passos do prefeito Miguel Coelho, Zenildo deixa o PSB para ingressar no Movimento Democrático Brasileiro.

“A gente se colocou à disposição do prefeito Miguel Coelho para que a gente possa realmente seguir o partido ao qual ele vai se filiar,  a gente está à disposição. Vamos esperar ano que vem para abrir a janela e a gente evidentemente, vamos ter que ir para o PMDB”, afirmou Zenildo.

Para Zenildo Nunes, apenas sua filiação não basta. Visando os próximos pleitos, o vereador conclama os colegas parlamentares para filiação ao MDB, no intuito de somar forças para a base do prefeito Miguel Coelho.

“Espero que os demais colegas, principalmente, aqueles que recebem recursos nas suas bases, muitas ações do prefeito Miguel Coelho, espero que venham também para o MDB no sentido de reforçar e aumentar mais ainda a força política do prefeito Miguel Coelho”, ressaltou.

LEIA MAIS

Filiação de Miguel Coelho ao MDB será realizada na próxima segunda-feira, em Petrolina

Lideranças do MDB estarão em Petrolina para acompanhar filiação de Miguel (Foto: Blog Waldiney Passos)

Conforme o prefeito Miguel Coelho havia anunciado no programa Super Manhã com Waldiney Passos na semana passada, o ato de filiação do gestor petrolinense ao MDB acontecerá na próxima segunda-feira (11), às 18h na Fundação Nilo Coelho, Centro de Petrolina.

LEIA TAMBÉM:

Miguel Coelho confirma ato de filiação ao MDB para novembro

A solenidade contará com a participação das principais lideranças estaduais e nacionais do partida, como Baleia Rossi (presidente nacional) e Raul Henry (presidente estadual), além dos senadores Fernando Bezerra Coelho e Jarbas Vasconcelos.

Miguel ingressa ao novo partido com a missão de fortalecer o MDB e trazer novos filiados. “Nesse ato já abriremos espaço para filiar novos componentes partidários para iniciar uma fase de reconstrução da legenda. Petrolina será decisiva nesse processo de renovação, pois é a maior cidade do interior e a presença dos presidentes Baleia Rossi, Raul Henry e de nossos senadores comprova a prioridade que será dada para o fortalecimento do MDB no Sertão“, disse o prefeito.

1234