Petrolina: médico que atuava na linha de frente morre vítima da covid-19

O novo coronavírus fez mais uma vítima fatal em Petrolina. O médico Aldo Simões, de 54 anos, morreu na tarde de quarta-feira (23), após mais de 15 dias internado por conta da doença.

Ele trabalhava no Hospital Neurocárdio, era hipertenso e mesmo assim continuou atuando na linha de frente. Segundo o programa Viva Bem Petrolina, Dr. Aldo havia contraído a forma mais grave da covid-19.

Contudo, vinha em boa evolução do quadro. Mas piorou, sofreu uma parada cardíaca e veio a óbito. Ele deixa esposa e dois filhos.

Entidades médicas lamentam

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) emitiu uma nota de profundo pesar pela morte. Aldo era paraibano de nascimento e adotou Petrolina como sua cidade. “Neste momento de tristeza, o CRM-PB presta solidariedade e condolências aos familiares e amigos”.

O Sindicato dos Médicos da Paraíba (SIMED-PB) também se manifestou. “O SIMED-PB, em nome de todos os associados, presta solidariedade à família e aos amigos neste momento de tamanha tristeza. Nossos sentimentos e que Deus conforte o coração de todos“, afirma a nota.

“Brasil é o país da hipocrisia”, diz médico que interrompeu gravidez de menina de 10 anos sobre protestos

Segundo o médico Olimpio Barbosa, cerca de 50 interrupções de gravidez são feitas por ano no Cisam-UPE (Foto: Reprodução/Globonews)

O médico Olímpio Barbosa, responsável pelo procedimento que interrompeu a gravidez de uma criança de 10 anos que foi estuprada pelo tio, reagiu com indignação à manifestação na porta do hospital, tentando impedir que o aborto, autorizado pela Justiça, fosse realizado.

“Foi de tristeza, pessoas que defendem a vida chamando a criança de assassina, querendo fazer justiça dessa forma, logo em uma maternidade que acolhe mulheres em risco, fazendo barulho em um hospital com 104 mulheres internadas. Nunca passei por nada parecido”, frisou o médico, em entrevista à Bandnews.

A interrupção da gravidez aconteceu no último domingo, 16, no Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam-UPE), em Recife, que é referência estadual nesse tipo de procedimento.

Segundo o médico, cerca de 50 interrupções de gravidez são feitas por ano no Cisam-UPE e é comum meninas de 11 a 12 anos procurarem assistência médica para uma gravidez vinda de uma violência sexual. “O mais importante é que ela não queria, foi torturada, obrigar uma criança a ter uma gravidez forçada é um absurdo”, disse.

O médico Olímpio Barbosa disse também que há uma “hipocrisia” no assunto de interromper gestações vindas de estupros. “A classe alta procura o aborto com maior frequência do que a classe desfavorecida. O Brasil é o país da hipocrisia. A defesa da vida é uma falácia. Se consideram que o embrião tem vida, deveriam estar nas portas das clínicas de reprodução humana, que descartam milhares de embriões”, pontuou.

Covid 19: Curado se emociona ao receber alta em Petrolina

Acolhido ao deixar o Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco, após se recuperar da Covid 19, o senhor José Alves se emocionou ontem (12).

Ao deixar a unidade de saúde ele foi recepcionado pela noiva, familiares, amigos e profissionais de saúde que acompanharam o momento em que foi pedido em casamento.

O pedido teve a trilha sonora do músico Elisson Castro.

O vídeo viralisou nas redes sociais da cidade.

Paulo Afonso: Médico é flagrado com carro roubado e é preso pela Polícia Rodoviária Federal 

(Foto: Polícia Rodoviária Federal)

Um médico de 35 anos foi preso com um carro roubado no Km 01 da BR-110, no trecho da cidade de Paulo Afonso, no norte da Bahia. O caso aconteceu ontem, sexta-feira (31). O acusado também estava com documentos adulterados e o veículo tinha placas trocadas.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o médico recebeu ordem de parada em um ponto de fiscalização. Os agentes federais consultaram o sistema e constataram que o certificado de registro e licenciamento de veículo, apresentados por ele, tinha caracteres impressos divergentes dos documentos que são emitidos pelos órgãos de trânsito.

Com isso, os policiais descobriram que o veículo tinha registro de roubo feito em janeiro de 2017, em Salvador. A PRF detalhou ainda que as placas do carro estavam trocadas para tentar burlar as fiscalizações da polícia.

O médico foi levado, juntamente com outro passageiro que estava no carro, para a Delegacia de Polícia Civil de Paulo Afonso, onde o caso foi registrado. A documentação e o veículo foram apreendidos e levados para o local. Ele deve responder por suspeita de receptação e uso de documento falso.

Unidade Móvel de Atendimento Médico contemplará 20 comunidades rurais de Petrolina

Com o objetivo de garantir os serviços de saúde para as comunidades mais distantes do centro de Petrolina, a prefeitura continua com os serviços da Unidade Móvel de Atendimento Médico. Neste mês de junho, a equipe de saúde vai atender a 20 localidades do interior. Nesta segunda-feira, 1º de junho, a comunidade Porto da Ilha já foi beneficiada.

Na Unidade Móvel, são ofertados serviços de aferição de pressão arterial, teste de glicemia, entrega de medicamentos, além da solicitação de exames e consultas especializadas, caso necessário. Para ser atendido, não é preciso agendamento, basta comparecer com um documento de identificação e o cartão SUS, a partir das 8h.

Confira o Cronograma

02/06 – Atalho

03/06 – Boa Vista

04/06 – Mudubim

05/06 – Assentamento N. Senhora de Fátima

08/06 – Garça

09/06 – Serra da Santa

10/06 – Santo Antônio

12/06 – Água Viva II

15/06 – Cabaceira

16/06 – Salinas

17/06 – Sítio Coelho

18/06 – Satisfeito II

19/06 – Garcinha

22/06 – Vila 12

23/06 – Cristália

25/06 – Almas

26/06 – Muquém

29/06 – KM 45

30/06 – Santa Fé

Paciente que dançou com médico ao som de ‘Asa Branca’ recebe alta

Nesta semana o vídeo de uma paciente dançando com o médico em Petrolina, Sertão do São Francisco, ganhou a internet. A paciente, que foi a primeira vítima da covid-19 a dar entrada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) por conta do novo coronavírus, recebeu alta nesta quarta-feira (22).

Ao som de ‘Asa Branca’,  a paciente dançou com o médico Pedro Diniz, que atua no Hospital Universitátio da Universidade Federal do Vale do São Francisco.

O anúncio da cura clínica foi feito pela Prefeitura de Petrolina nesta quinta-feira (23). A mulher, teve alta hospitalar nesta quarta-feira (22). Ela também teve H1N1. Antes da alta, a paciente fez um teste rápido e deu negativo para o novo coronavírus. Com isso, Petrolina agora tem 5 casos considerados curados clinicamente.

A paciente que tem 29 anos, foi internada no dia 2 de abril e passou 14 dias entubada.

Dormentes: Prefeitura abre seleção para contratação de médicos

(Foto: Ilustração)

A Prefeitura de Dormentes, no Sertão de Pernambuco, está contratando médicos para atuarem na rede municipal de saúde. Há duas vagas para o programa Saúde da Família.

A contratação tem caráter de urgência. Interessados nas vagas devem procurar a sede da secretária que fica localizada na Rua José Clementino Rodrigues Coelho, S/N. Mais informações pelo número (87) 99976-0023.

Médico é preso com cocaína no Caminho do Sol, em Petrolina

Material apreendido durante abordagem policial.

Na madrugada desse domingo (08), por volta das 2h50, uma guarnição do 2º BIEsp realizava rondas de patrulhamento pelo bairro Caminho do Sol, zona leste de Petrolina (PE), quando avistou um veículo estacionado com quatro ocupantes em atitude suspeita.

Após abordagem aos indivíduos e ao interior do automóvel, os policiais encontraram quatro pinos, dois vazios e dois com cocaína, três petecas do mesmo entorpecente. Além disso, a equipe policial encontrou um invólucro plástico contendo maconha, um dichavador e papéis de seda.

LEIA MAIS

Após ser destratada, paciente denuncia descaso de médico na Maternidade de Juazeiro

Como se não bastasse ter que encarar a falta de estrutura, atraso em alguns procedimentos e deficiências na execução de serviços, a população de Juazeiro (BA) tem que enfrentar a arrogância, prepotência e descaso de alguns profissionais que atuam em unidades de saúde do município.

Hoje (13), a vez foi da gestante Vanessa Lopes Pereira, de 24 anos. Ela contou ao Blog Waldiney Passos, que após sentir fortes dores na barriga, procurou o posto de saúde do bairro Perda do Lorde, onde mora. No entanto, ao chegar na unidade, foi informada que não havia médico para atendê-la, e que ela deveria procurar atendimento no Hospital Materno Infantil de Juazeiro.

Na maternidade de Juazeiro, através da triagem, a jovem foi encaminhada para o Médico Alexandre Mariano. Durante o atendimento, o médico destratou a paciente, e afirmou que a mesma deveria procurar o posto e não a maternidade, ainda segundo a paciente, o médico criticou a gestão municipal.

“Eu vou ficar atendendo aqui, corrimento vaginal, você é a terceira pessoa seguida que eu atendo com corrimento. Eu não sou obrigado a ficar atendendo isso não. Aqui é um hospital, não é um posto de saúde. Se não tem médico no posto de saúde, procura em outro posto de saúde”, diz o médico em gravação feita pela própria paciente, durante o atendimento.

LEIA MAIS

Inscrições abertas para concurso com vagas para técnico em enfermagem e médico do HU-Univasf

As inscrições podem ser realizadas até o dia 10 de dezembro. (Foto: Internet)

Estão abertas as inscrições para o concurso nacional da Rede Ebserh, que oferece 1.660 vagas para 39 unidades hospitalares distribuídas nas cinco regiões do país, além da sede da instituição. Para Petrolina (PE), na unidade do Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf), estão sendo ofertadas vagas para técnico em enfermagem e médico anestesiologista.

Os editais foram publicados nessa segunda-feira (04) no Diário Oficial da União (DOU), no site da banca organizadora do concurso e no portal da Rede Ebserh. Os interessados nas vagas para Petrolina devem conferir os editais 2 e 3.

LEIA MAIS

Corpo de médico da cidade de Campo Alegre de Lourdes (BA) assassinado em Recife será enterrado neste sábado

Carro do IML saindo do condomínio em Aldeia. (Foto: Paullo Allmeida/Folha de Perambuco)

Quase dois meses depois da provável data do assassinato, o corpo do cardiologista e advogado Denirson Paes da Silva foiliberado no início da noite desta sexta-feira (27), pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Pernambuco, no Recife.

Os restos mortais do médico – encontrados pela Polícia Civil de Pernambuco dentro de uma cacimba na residência onde morava com a família em condomínio no km 13 de Aldeia, em Camaragibe – seguiram para Campo Alegre de Lourdes, no Estado da Bahia, onde o corpo será enterrado. O sepultamento, previsto para as 17h deste sábado (28), acontecerá no cemitério municipal da cidade.

Os suspeitos do crime – a esposa do médico, Jussara Paes, e um dos filhos do casal, Danilo, 23 – estão presos provisoriamente.

LEIA MAIS

Moradores do Residencial Vivendas recebem atendimento médico gratuito no aniversário do bairro

Três clínicos gerais foram atendimentos. (Foto: ASCOM)

Os moradores do Residencial Vivendas, em Petrolina, receberam nesta quinta-feira (15), diversos serviços de saúde durante o Festival Cultural que está sendo promovido para comemorar o aniversário do bairro.

Durante a ação, a Secretaria de Saúde de Petrolina disponibilizou três clínicos gerais para atendimento médico, avaliação de contato para hanseníase e orientações nutricionais e físicas com especialistas do Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF).

Para a Secretária executiva de Atenção à Saúde, Ana Carolina Freire, a ação foi bastante proveitosa. “Levar atendimentos médicos à comunidade é uma forma de fortalecer o nosso trabalho diário. Essa oferta faz parte de um planejamento da prefeitura, prestando uma saúde de qualidade à população” ressalta.

As ações seguem nesta sexta-feira (16) quando a Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos estará no bairro realizando atendimento  para atualização de dados e novos cadastros para programas sociais.

UPAE/IMIP de Petrolina está contratando médico hematologista

A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/IMIP) informa que está contratando médico hematologista. A vaga está disponível e a oportunidade é para contratação imediata.

Os interessados devem entrar em contato com a instituição para maiores informações pelo telefone (87) 3866-9603.

A convocatória excepcional tem caráter emergencial e visa preencher as vagas destinadas ao cargo.

Outubro Rosa: Médico mastologista responde dúvidas mais comuns sobre o câncer de mama

(Foto: ASCOM)

Ocupando o segundo lugar entre os mais diagnosticados nas mulheres, o câncer de mama também figura entre os mais incidentes na região. No último ano de 2016, o Centro de Oncologia/Apami atendeu aproximadamente 7 mil pessoas com a doença, destes, 175 foram novos diagnósticos. Até agosto deste ano foram diagnosticados 120 novos casos da doença.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) em valores absolutos, o câncer de mama responde por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. A doença é relativamente rara antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos.

Acompanhe o que diz o médico mastologista da Centro de Oncologia/Apami Jomário Macedo sobre a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Quais são os fatores de risco para o câncer de mama?

Dr. Jomário – Primeira menstruação antes dos 10 anos de idade, menopausa após os 55 anos, não gestar, não amamentar, uso de terapia de reposição hormonal de forma desordenada na menopausa, histórico familiar de câncer de mama em parentes de primeiro grau e etilismo são os principais fatores de risco.

Qual a principal forma de diagnóstico do câncer de mama?

Dr. Jomário – A mamografia é o exame inicial de rastreamento da doença, que deverá ser realizado anualmente a partir dos 40 anos, conforme preconizado pela Sociedade Brasileira de Mastologia e pelo Colégio Americano de Radiologia. A partir desta, os casos suspeitos podem necessitar de outros exames de imagem e até mesmo de biópsia. O autoexame é uma medida acessória que ajuda no sentido da mulher conhecer melhor o seu próprio corpo.

LEIA MAIS

Petrolina: Família acusa clínica da Cohab Massangano por omissão de socorro

Jovem faleceu após médico negar atendimento. (Foto: Arquivo Família)

No dia 20/07/2017, o jovem Steneo Anderson faleceu após passar mal enquanto esperava uma consulta com o neurologista da Clinical Center, uma clínica de atendimento médico localizada no bairro Cohab Massangano, em Petrolina (PE), segundo sua família.

Por meio de nota, divulgada nesta terça-feira (12), os familiares da vítima, se pronunciaram sobre o acontecido, a fim de esclarecer os fatos. De acordo com a família, o jovem passou mal um dia antes e foi socorrido para a UPAE de Petrolina, onde teria sido atendido com excelência. Os médicos do plantão pediram que Steneo fosse avaliado por médicos clínicos.

A consulta foi marcada para o dia 20/07/2017, às 14h, na Clinical Center da Cohab Massangano com o neurologista Dr. Ezir Araújo. Segundo a nota, o paciente chegou exatamente às 14h na clínica, mas o médico só veio chegar às 18h49, com mais de quatro horas de atraso.

Pouco tempo depois da chegada do médico, Steneo passou mal. Seu irmão, Stenferson, que estava presente, chamou o Dr. Ezir para socorrer o seu irmão. Contudo, após negar as primeiras chamadas, o médico afirmou, sem a realização de qualquer exame, que se tratava apenas de um ataque de nervos.

Infelizmente, o jovem Steneo veio a óbito pouco tempo depois. Na ocasião, o SAMU foi acionado e constatou a morte do paciente.

A família acusa o médico e a clínica de omissão de socorro por negligência, já que não foram prestados os atendimentos imediatos e necessários a Steneo. Além disso, a clínica teria se negado a emitir o recibo do pagamento da consulta realizada pela vítima.

O blog tentou entrar em contato com a clínica, mas as ligações não foram atendidas.

Confira a íntegra da nota da família

Nota de esclarecimento

Petrolina – PE, 12 de setembro de 2017.

Em nome da família do jovem Steneo Anderson, falecido no dia 20/07/2017, nas dependências da Clinical Center do bairro Cohab Massangano, vem, através desta, esclarecer a verdade dos fatos para a sociedade petrolinense.

Inicialmente, cumpre esclarecer que o jovem Steneo Anderson não possuía nenhum vício, quer seja em drogas lícitas ou ilícitas. Rapaz dedicado a família e aos seus estudos. Aluno dedicado ao curso de Engenharia Elétrica, na UNIVASF com um brilhante futuro promissor, este interrompido por omissão de socorro.

No dia anterior ao fato ocorrido, o jovem Steneo passou mal, sendo socorrido por seus familiares no plantão da UPAE de Petrolina. Nesta ocasião, foi atendido com excelência, sendo realizados todos os exames preliminares necessários para investigar as causas do seu mal-estar.

Diante dos resultados de exames negativos, os médicos do plantão acharam por bem que o paciente deveria ser avaliado por médicos clínicos das seguintes especialidades: Neurologista, Cardiologista e Clínico Geral.

LEIA MAIS
12