Após receber orientação do Centro Pop, morador de rua conquista benefício social

(Foto: ASCOM)

Quem vive nas ruas sabe a importância de ter um benefício social aprovado. Nesta semana, um caso registrado pelas equipes da Prefeitura de Petrolina trouxe esperança para pessoas em situação de vulnerabilidade e que se encaixam no perfil social do Benefício de Prestação Continuada (BPC). O beneficio garante um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprove não possuir meios de prover a própria manutenção.

Em fevereiro deste ano, após receber orientação das equipes do Programa ‘Consultório na Rua’, coordenado pela Secretaria de Saúde, o senhor Jucelino Raimundo Barbosa, de 41 anos, foi informado que poderia se encaixar no perfil do BPC, pois foi diagnosticado clinicamente com esquizofrenia.

Através do apoio da equipe do Centro POP, o morador de rua fez o levantamento de todos os documentos e se dirigiu para o INSS. Na última terça-feira (7), ele recebeu a notícia tão esperada: que seu benefício havia sido aprovado. A informação trouxe ânimo para ele e também para outras pessoas que desejam ter uma vida mais digna.

LEIA MAIS

Ação voluntária leva autoestima à população em situação de rua em Petrolina

(Foto: Divulgação)

Os usuários do Centro Pop de Petrolina (PE) receberam, nesta quarta-feira (9), um tratamento especial promovido por uma equipe de voluntários. A turma do curso de Barbeiros do Senac foi ao local para fazer cortes de cabelo e barba aos moradores de rua assistidos no espaço.

O instrutor do curso, Gilvaldo Conceição Santos, explica como surgiu a parceria. “A gente sempre está à procura de espaços com grande público para que nossos alunos possam aperfeiçoar o que aprendem em sala de aula. A preferência é sempre para locais que precisam, como o Centro Pop. Estamos com essa parceria e a ideia é manter um intervalo de cerca de quinze dias para realizar essa ação”, diz.

Atuando no acolhimento de pessoas em vulnerabilidade social, o Centro de Referência Especializado para a População de Rua (Centro Pop), é mantido com recursos do governo federal, com uma contra partida da prefeitura.

Entre os serviços oferecidos, além do acolhimento, estão o café da manhã e tickets de refeição para o almoço e janta no Restaurante Popular de Petrolina. O espaço oferece ainda guarda de pertences, higiene pessoal, alimentação, acesso à documentação civil, benefícios socioassistenciais e atendimento com psicólogos e assistentes sociais.

Para a supervisora do Centro Pop, Lilian Cavalcanti, parcerias como essa são importantes para fortalecer o trabalho. “Toda a ajuda é sempre bem vinda para que eles se sintam mais valorizados diante da sociedade, e com isso, a sua autoestima seja renovada. Sempre buscamos o melhor para que os nossos assistidos tenham um pouco mais de dignidade” destaca Lilian.

O Centro Pop funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h. O espaço fica localizado na Rua Padre Fraga, nº 395, Centro de Petrolina. Telefone para contato: 3983-1016.

Homem que se diz perdido procura por familiares em Petrolina

(Foto: Whatsapp)

Esse homem que aparece na foto está nas ruas do bairro Quati, em Petrolina (PE), há dias. Ele diz que está perdido. Não se lembra de onde é, em que lugar mora e não lembra também quem é sua família.

Se alguém conhecer parentes ou amigos que possam ajudá-lo, informem eles para que os mesmos possam procurá-lo. Segundo informações de moradores, geralmente ele fica próximo a Padaria Primor, no bairro Quati.

Moradores de rua furtam casa de policial Militar em Petrolina

(Foto: Ilustração)

(Foto: Ilustração)

Nesta segunda-feira (14) dois moradores de rua invadiram e roubaram a casa de um policial militar da Bahia no bairro Ouro Preto, em Petrolina (PE).

De acordo o 5º BPM, os acusados arrombaram a porta da casa do PM e levaram dois mostruários de jóias, com 100 pares de brinco, 200 gargantilhas e 50 anéis banhados a ouro.

Buscas foram realizadas e os acusados foram encontrados usando alguns objetos do furto. Os dois foram conduzidos e apresentados na delegacia, juntamente com os objetos do furto.