Brasil atinge 600 mil mortes por Covid com pandemia em desaceleração

O Brasil chegou a 600.077 mortos pela Covid, divulgou o consórcio de veículos de imprensa em boletim extra na tarde desta sexta-feira (8). Em casos confirmados, são 21.533.752.

A marca foi atingida num momento em que a pandemia está em desaceleração no país. A média de mortes diárias está em 438, o menor número desde novembro do ano passado, e em queda.

Essa desaceleração se expressa também no tempo que a doença levou para tomar mais 100 mil vidas ao Brasil desde que atingimos a trágica marca de 500 mil mortes: foram 111 dias, o dobro dos 51 dias que o país levou para passar de 400 mil para 500 mil óbitos.

17.512 morreram de covid depois de tomar 2ª dose da vacina no Brasil

Um levantamento do site Poder360 mostra que, desde o começo da imunização, 17.512 já morreram de covid depois de tomar a 2ª dose do imunizante. A análise inclui registros de 562 mil mortes no banco de dados do SUS, atualizado nessa 4ª feira (22.set.2021). Só foram considerados totalmente imunizados aqueles que haviam recebido a 2ª dose pelo menos 14 dias antes de apresentarem os primeiros sintomas da doença. Parte dos registros sobre morte não traz informação sobre vacinação. Isso significa que o número de óbitos por covid de totalmente imunizados pode ser maior.

LEIA MAIS

Delegado afirma que tumulto não foi motivo da morte de detentos na Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes

O delegado Dr. Gregorio Ribeiro, descartou nesta terça-feira (27), que os dois detentos da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina, que morreram na manhã da última segunda-feira (26), tenham sido vítimas de princípio de tumulto no presídio.

Segundo Gregório, o caso está em fase de investigação, a delegacia está realizando algumas diligências, ouvindo testemunhas, para esclarecer o que teria ocorrido de fato.

Romário Mendes da Silva, 35 anos, e Noel Correa Matias, de 24, passaram mal na cela e foram socorridos por enfermeiros da penitenciária, eles chegaram a ser levados para uma Unidade de Pronto Atendimento da cidade, mas já chegaram sem vida.

COVID-19: Petrolina registra dois óbitos pela doença; Número de mortos chega a 545

O boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde informa que nesta segunda-feira (19), duas pessoas morreram vítimas da covid-19. Tratam-se de uma pessoa do sexo masculino, de 74 anos, e outra do sexo feminino,  de 55 anos, ambos sem histórico de comorbidades. As mortes ocorreram dia 3 e 16 de julho em hospitais públicos da região. Com isso, o município encontra-se com 545 mortes ocasionadas pela COVID-19.

O boletim registra ainda que dos 82 leitos de UTI’s disponíveis, 25 estão ocupados. 14 pacientes são de Petrolina e 11 de outras cidades da região, isso representa um índice de 30,5% de ocupação.

Há o registro de 34 novos casos. São 19 pessoas do sexo masculino, com idades de 13 a 74 anos, e 15 pessoas do sexo feminino, de dois a 67 anos. Dos resultados, 33 foram obtidos por meio de exames realizados pela Prefeitura de Petrolina e um através de exame laboratorial. Assim, Petrolina passa a registrar 30.907 pessoas já infectadas pelo novo coronavírus. Desse total, 27.912 já estão recuperadas da doença, isso representa 90,3% de cura clínica.

LEIA MAIS

Pernambuco notifica mais 99 mortes por Covid-19 e repete segunda maior marca de óbitos do ano

(Foto: Michael Dantas / AFP)

Pernambuco registrou, nesta quinta-feira (29), mais 99 mortes por Covid-19, segundo balanço da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

O total é a segunda maior marca de óbitos do ano, alcançada pela segunda vez. Em 23 de abril, o Estado também registrou 99 óbitos em decorrência do coronavírus.

Na quarta-feira (28), Pernambuco registrou o recorde anual de mortes por Covid-19 ao notificar 106 óbitos. O índice é também o quinto maior desde o início da pandemia – a marca mais alta é 140, contabilizada em 27 de maio de 2020.

LEIA MAIS

Brasil chega a 400 mil mortos por Covid-19

Com o desprezo do governo federal e da população pelos riscos da Covid-19, passando pela insistência do presidente em investir em remédios sem eficácia contra a doença até a demora na compra de vacinas, entre outros tropeços, o Brasil ultrapassou nesta quinta-feira (29) a marca de 400 mil mortes provocadas pelo coronavírus, 14 meses após a deteccão da doença no Brasil e apenas 37 dias depois de registrar 300 mil óbitos.

Às 12h41 desta quinta, o consórcio de veículos de imprensa formado por Folha, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1, Extra e UOL registrava 400.021 mortes no país, com mais de 14,5 milhões de casos desde fevereiro de 2020. É o segundo maior saldo absoluto de mortos no mundo, superado apenas pelos mais populosos Estados Unidos (574 mil), onde a epidemia já dá sinais de declínio.

LEIA MAIS

Juazeiro registra um óbito e 31 novos casos da Covid-19 no boletim deste sábado

Juazeiro registrou um óbito por complicações da Covid-19 e 31 novos casos da doença nas últimas 24 horas. A informação está no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) deste sábado (17).

 De acordo com o levantamento, 12.840 moradores foram infectados desde o início da pandemia na cidade, dos quais 12.298 já estão recuperados. Os casos descartados somam 23.516. Juazeiro tem 220 casos ativos do novo coronavírus.

LEIA MAIS

Pernambuco registra 68 óbitos e 2.531 novos casos de Covid-19 nesta terça-feira

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta terça-feira (13), 2.531 novos casos e 68 óbitos por Covid-19.

Entre os confirmados desta terça, 178 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.353 (93%) são leves. Já as mortes aconteceram entre o dia 23 de outubro de 2020 e essa segunda-feira (12).

Agora Pernambuco totaliza 372.756 casos confirmados da doença, sendo 37.924 graves e 334.832 leves, e também 12.905 mortes pela Covid-19.

Brasil registra 340 mil óbitos em decorrência da Covid-19

O Brasil registrou, nesta quarta-feira (7), segundo o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde (MS), 3.829 notificações de novas mortes por Covid-19, nas últimas 24 horas. No total, já são 340.776 óbitos desde o início da pandemia.

De ontem para hoje, também foram registrados 92.625 novos casos da doença. Desde o início da pandemia, 13.193.205 pessoas em todo território brasileiro já foram infectadas com o vírus.

O número de recuperados é de 11.664.158. No total, 1.188.271 pessoas estão em acompanhamento, segundo o MS.

Ouricuri registra mortes por falta de UTI, Rede PEBA está com com 44 pacientes à espera de uma Unidade de Terapia Intensiva

Aumenta a preocupação das autoridades sanitárias com a situação de colapso no sistema de saúde de nossa região. Com a capacidade de ocupação de leitos de UTI oscilando entre 90% e 100%, o risco de pessoas irem a óbito é iminente.

Na cidade de Ouricuri, por exemplo, duas pessoas faleceram com quadro grave da covid-19 a espera de leito de UTI.

LEIA MAIS

Brasil tem 2º pior dia de pandemia com 2.815 óbitos por Covid-19 registrados em 24h

(Foto: Michael Dantas / AFP)

Pelo quarto dia consecutivo o Brasil registrou mais de 2,5 mil mortes em um único dia. Nesta sexta-feira (19), o Ministério da Saúde notificou 2.815 novos óbitos em 24 horas. É o segundo pior dia em número de mortos desde que o vírus chegou ao Brasil. O número de mortos por Covid-19, desde o início da pandemia já passa de 290 mil – ao todo, são 290.314.

Nos quatro últimos dias foram registradas os quatro maiores números de óbitos e mais de 11 mil pessoas perderam a batalha para a Covid-19.

Além disso, 90.570 pessoas foram infectadas pelo coronavírus nas últimas 24 horas em território brasileiro. Já são 11.871.390 casos confirmados até o momento.

O número de pessoas recuperadas do vírus é de 10.383.460. Outros 1.197.616 estão em acompanhamento.

Com restrições sob protesto de comerciantes, Pernambuco registra 2.211 casos e 51 óbitos por Covid-19 em 24h

(Foto: Internet)

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (19), 2.211 novos casos e 51 óbitos por Covid-19 em Pernambuco. Essa é a terceira maior marca de mortes e também o quarto maior número de contaminados pelo vírus no Estado em 2021.

Agora Pernambuco totaliza  11.614 mortes pela Covid-19 e 327.526 casos confirmados da doença, sendo 34.247 graves e 293.279, leves. Entre os novos casos confirmados, 197 (9%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.014 (91%) são leves.

Os óbitos registrados nesse boletim ocorreram entre o dia 2 de outubro de 2020 e essa quinta-feira (18).

No primeiro dia de lockdown Pernambuco registra 53 óbitos e 2.139 casos por Covid-19

(Foto: Internet)

A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (18), 2.139 novas infecções e 53 óbitos por Covid-19.

O registro de mortes é o segundo maior deste ano no Estado – dois dias antes, na última terça-feira (16), haviam sido registrados 60 óbitos. Agora Pernambuco totaliza  11.563 mortes pela Covid-19 e 325.315 casos confirmados da doença, sendo 34.050 graves e 291.265 leves.

Entre os casos confirmados nesse boletim, 130 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.009 (94%) são leves. As mortes aconteceram entre 22 de julho de 2020 e essa quarta-feira (17).

Pernambuco ultrapassa 11.500 mortes pela Covid-19 a 1 dia do fechamento das atividades não essenciais

(Foto: Michael Dantas / AFP)

Com o registro de mais 39 óbitos nas últimas 24 horas, Pernambuco chegou, nesta quarta-feira (17), a 11.510 mortes pela Covid-19 desde o início da pandemia, em março do ano passado.

Os dados são do boletim divulgado nesta quarta pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), que registrou também, nessas últimas 24 horas, 2.245 casos da Covid-19.  O número de casos é o segundo maior deste ano em Pernambuco. O maior havia sido registrado nessa terça-feira (16) – nesse dia, o boletim trouxe 2.482.

LEIA MAIS

Brasil registra novo recorde diário de mortes por covid: 2.286

Imagem ilustrativa

O Brasil registrou, nesta quarta-feira (10), um novo recorde do número diário de mortes por covid: 2.286, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde). Pela primeira vez, desde o início da pandemia, o país ultrapassa 2 mil óbitos causados pela doença em apenas um dia. O número de novos casos diagnosticados foi de 79.876.

O último recorde havia sido registrado ontem, quando o país contou 1.972 mortes. Com o balanço de hoje, o Brasil chega à marca de 270.656 óbitos e um total de 11.202.305 pessoas que já foram infectadas pelo coronavírus. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os estados com maior número de mortes.

A média móvel de mortes diárias também registrou um novo recorde ao atingir 1.626 nesta quarta-feira. A média móvel de novos casos diários chegou em 69.096. Ontem, a média de mortes era de 1.573 e de novos casos, 67.929.

123