Moro defende isolamento de líderes de organizações criminosas

Cinquenta e oito apenados foram assassinados no início desta semana no PA. (Foto: Reprodução)

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, disse nessa quarta-feira (31) que o “remédio” para evitar novos confrontos entre membros de organizações criminosas e a morte de pessoas que cumprem pena ou aguardam julgamento em unidades carcerárias brasileiras é isolar os integrantes destas facções. Moro fez a declaração durante a solenidade em comemoração aos 91 anos da Polícia Rodoviária Federal.

“O remédio para isto é isolar as facções e não soltar criminosos”, disse Moro ao ser perguntado sobre as mortes ocorridas após uma rebelião no Centro de Recuperação Regional de Altamira (PA). “Não se resolve o problema dos crimes violentos simplesmente libertando estes presos. Temos, sim, é que isolar estas lideranças criminosas”, acrescentou o ministro.

LEIA MAIS

Vítimas de incêndio no CT do Flamengo tinham entre 14 e 17 anos

Atletas dormiam no momento do incêndio (Foto: Globoesporte.com)

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) adiou a partida entre Flamengo e Fluminense, marcada para este sábado (9) pela semifinal da Taça Guanabara. A decisão foi tomada após o incêndio no Centro de Treinamento do Flamengo na manhã de hoje (8), que deixou 10 mortos.

Jogadores com idade entre 14 e 17 anos dormiam no local no momento do incêndio. Ainda não há informações sobre o que teria provocado as chamas e segundo o Corpo de Bombeiros Militar do RJ, os jovens estariam dormindo e não conseguiram fugir das chamas. Outras três pessoas ficaram feridas.

Um dos atletas mortos é o goleiro Christian Esmério, de 15 anos. Ele havia defendido a Seleção Brasileira nas categorias de base e vinha sendo monitorado por clubes do exterior. Dos 10 mortos, seis eram atletas e quatro funcionários do clube. As vítimas estão sendo identificadas pela Polícia Civil do RJ.

LEIA MAIS

Grave acidente com três mortos é registrado na BR-116, em Salgueiro

(Foto: Reprodução)

Na noite de sábado (2) três pessoas morreram em um acidente, envolvendo um carro e uma carreta, na BR-116, em Salgueiro.

Segundo informações, o carro onde as vítimas estavam, que tem placa da Bahia, colidiu com uma carreta, com placa de Minas Gerais. Os três ocupantes foram identificadas como Damião Alves de Carvalho, 40 anos, Cícero Henrique da Silva, 65, e João Lima Soares, 52 anos. Eles ficaram presos nas ferragens e morreram no local.

O motorista da carreta foi levado para hospital da cidade, mas passa bem. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Petrolina (IML).

Terremoto deixa mais de 400 mortos no Irã

(Foto: Reprodução)

Equipes de resgate iranianas procuravam nesta segunda-feira (13) possíveis sobreviventes do terremoto de 7,3 graus de magnitude, que sacudiu o oeste do país e várias regiões iraquianas na noite de domingo (12), deixando mais de 400 mortos e milhares de feridos.

A maior parte das vítimas da catástrofe foi registrada no Irã, onde o balanço provisório subiu à noite para 421 mortos e mais de 7.300 feridos, todos na província ocidental de Karmanshah, fronteiriça com o Iraque.

O epicentro do tremor se situou a 50 km ao norte de Sar-e Pol-e Zahab, cidade mais afetada pelo terremoto, onde morreram 280 pessoas. De acordo com a imprensa iraniana, uma mulher e um bebê foram resgatados com vida entre os escombros durante a manhã nesta cidade de 85.000 habitantes.

INSS gastou R$ 1,1 bilhão em benefícios pagos a mortos, diz relatório

(Foto: Internet)

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) registrou, em 2016, um rombo de pelo menos R$ 1,1 bilhão em aposentadorias e pensões pagas a beneficiários mortos – o deficit previdenciário fechou 2016 em R$ 149,73 bilhões, pior patamar desde 1995.

A informação consta de um relatório elaborado por técnicos do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União. O documento indica que o rombo pode ser ainda maior e que há casos em que benefícios foram pagos em nome de pessoas mortas em 2005.

A constatação dos gastos irregulares surge em meio às tentativas do governo federal de aprovar no Congresso Nacional sua proposta de Reforma da Previdência.

LEIA MAIS

No México, sobre para 61 o número de mortos no maior terremoto em 32 anos

O terremoto de magnitude 8,1 ocorrido no litoral sul na noite de quinta-feira (7) foi mais forte do que um tremor devastador de 1985 (Foto: Reprodução)

Pelo menos 61 mortos, mais de 250 feridos e 159 municípios em estado de emergência é o saldo preliminar do terremoto que na noite da última quinta-feira (7) atingiu o México e uma parte da América Central.

De acordo com presidente Enrique Peña Nieto, 45 pessoas morreram em Oaxaca (sul), 12 em Chiapas (sudeste) e quatro em Tabasco (sudeste). As estimativas iniciais indicam que até 50 milhões de pessoas foram expostas ao terremoto no México e 37 milhões perceberam de maneira moderada ou forte.

A magnitude do terremoto, cujo epicentro ficou a 133 quilômetros ao sudoeste de Pijijiapan, em Chiapas, superou o que foi registrado em 19 de setembro de 1985 (de 8,1 na escala Richter). Embora não haja mortes ou danos maiores na capital, o som do alerta sísmico fez com que voltassem os fantasmas de 1985, quando milhares de pessoas morreram na cidade.

O Ministério do Interior emitiu uma declaração de emergência para 41 municípios do estado de Oaxaca. A região mais atingida pelo terremoto é a do Istmo de Tehuantepec, especialmente Juchitán.

As informações da Agência EFE

Sobe para 58 o número de mortos em terremoto no México

O terremoto de magnitude 8,1 ocorrido no litoral sul na noite de quinta-feira (7) foi mais forte do que um tremor devastador de 1985 (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (8) aproximadamente 58 pessoas morreram quando um terremoto, o maior registrado em 8 décadas, atingiu o México. De acordo com as informações oficiais, foram 45 mortos no estado de Oaxaca, 10 em Chiapas e três em Tabasco.

O terremoto de magnitude 8,1 ocorrido no litoral sul na noite de quinta-feira (7) foi mais forte do que um tremor devastador de 1985 que arrasou partes da Cidade do México e matou milhares de pessoas. Desta vez os danos à cidade foram limitados, já que o tremor foi mais profundo e mais distante da capital, mas ainda assim chocante.

Um porta-voz dos serviços de emergência disse que nove pessoas morreram no Estado de Chiapas, onde milhares de pessoas que moram na costa foram retiradas de suas casas como precaução quando o sismo desencadeou alertas de tsunami. Ao menos 250 habitantes de Oaxaca também ficaram feridos, de acordo com o ministro da Agricultura, José Calzada.

Com informações do R7

Sobe para 19 o número de mortos em acidente com lancha em Salvador

Lancha ficou presa nos arrecifes próximo ao local onde virou. (Foto: Reprodução)

No final da tarde de domingo (27) um corpo do sexo masculino foi encontrado na Praia de Barra do Pote, em Vera Cruz, Salvador. Com a confirmação, sobe para 19 o número de mortos na tragédia da última quinta-feira (24) na Baía de Todos-os-Santos.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT), através do Instituto Médico Legal (IML), confirmou a informação nesta segunda-feira (28), de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP). As buscas realizadas continuam nesta segunda, já que familiares de um adolescente de 12 anos também registram o desaparecimento dele.

O corpo de Salvador foi achado a sete quilômetros de distância do local do acidente, mas dentro do perímetro de busca, que é de 25 km. O filho dele, Márcio Santos, prestou denúncia sobre o desaparecimento na sexta-feira (25).

Com informações do G1

Mar Grande: Marinha revisa número de mortos em naufrágio para 18

O número de mortos foi revisado pela Marinha do Brasil

A quantidade de pessoas mortas durante o naufrágio de uma lancha na travessia Mar Grande-Salvador,ocorrida na manhã desta quinta-feira (24), caiu para 18. A informação foi divulgada pelo comandante do 2º Distrito Naval, Flávio Almeida. Inicialmente, acreditava-se em 23 mortos.

Mais cedo, a Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab) também divulgou um novo número, sobre os passageiros que estavam a bordo no momento do acidente. Primeiramente foi informado que 133 pessoas, incluindo quatro tripulantes, estavam na embarcação. Depois foi divulgado que, na verdade, 120 passageiros estavam na lancha, que suportava 160 passageiros, um número maior do que a quantidade que estava a bordo.

A embarcação saiu às 6h30 do Terminal de Vera Cruz, na ilha de Mar Grande, em direção à Salvador; 10 minutos depois, o acidente aconteceu. 89 pessoas foram resgatadas, sendo que 70 foram levadas à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Mar Grande, 15 para o Hospital Geral de Itaparica, enquanto quatro vítimas estão na capital baiana, distribuídas entre os hospitais do Subúrbio e Geral do Estado (HGE).

Tentativa de furto de cabos deixa três mortos e causa apagão em Juazeiro do Norte, Crato e Nova Olinda

(Foto: Ilustração)

Durante a noite desta segunda-feira (21) três municípios localizados na Região do Cariri, sofreram um apagão devido a uma tentativa de furto de cabos dentro da subestação de Juazeiro do Norte. Três envolvidos no crime morreram eletrocutados.

Juazeiro do Norte, Crato e Nova Olinda, sofreram um apagão por volta de 18h30 durante a tentativa de furto dos cabos de transmissão da subestação. Quatro homens participaram do crime, três morreram no local e o quarto conseguiu fugir.

A energia foi restabelecida por volta de 19h10, e a polícia está dando apoio para investigar o caso.

Marquise desaba e deixa três mortos em Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho

ma outra pessoa também foi atingida e segue internada, em estado grave, em uma unidade saúde. (Foto: Reprodução)

No final da tarde deste sábado (5), três pessoas morreram no desabamento da marquise de uma pousada, na avenida Laura Cavalcante, em Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife.

As vítimas uma criança de 11 anos, dois homens, de 21 e 28 anos estavam sentados embaixo da marquise e foram atingidos pelos destroços. A criança chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou o socorro dos feridos. Ainda não há informações sobre o motivo do desabamento.

Fonte FolhaPE

Três meses depois de massacre em presídio do RN, corpos e cabeças aguardam DNA

(Foto: Internet)

Mais de três meses depois do início da disputa entre facções rivais que resultou em duas semanas de rebelião e 26 mortos, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, Rio Grande do Norte, as consequências do massacre ainda perduram. Três corpos e 15 cabeças aguardam exame de DNA. A polícia científica do estado não tem laboratório com tecnologia para a análise do código genético. O exame deve ser feito ainda este mês, no laboratório da Polícia Científica da Bahia.

As cabeças foram encontradas em buscas sucessivas, depois da rebelião. Antes disso, 11 corpos foram identificados e liberados, sem cabeça, para as famílias. Com a identificação por meio do DNA, o diretor-geral do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), Marcos Brandão, informou que as cabeças vão ser entregues aos familiares para que decidam o destino dos restos mortais. “Não era certeza que essas cabeças apareceriam, foram aparecendo, por sinal, de forma gradativa, algumas só posteriormente. É igual acidente aéreo, a vítima vai ser enterrada com o que foi encontrado.”

LEIA MAIS

Petrolinenses morrem em acidente na BR 316 no Piauí

A PRF não soube informar o que teria acontecido, provavelmente o motorista teria desviado de algum animal e perdido o controle do veículo

Duas pessoas morreram em um acidente na BR-316, município de Inhuma, a 238 km de Teresina-PI. O delegado Otony Nogueira explica que caminhão reboque transportava um trator, saiu da pista e o peso da carga esmagou os ocupantes da cabine.

O acidente ocorreu na manhã do último domingo (12). Os corpos foram levados para o Hospital Regional Justino Luz, em Picos.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para remover as vítimas das ferragens. As causas do acidente serão apuradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), os nomes das vítimas não foram divulgados.

O caminhão, placa HVI-4172, era do município de Petrolina-PE. Familiares das vítimas foram localizados e seguiram para fazer o reconhecimento dos corpos no Piauí e providenciar o sepultamento.

Após peixes aparecerem mortos, Prefeitura de Petrolina realiza limpeza da lagoa do bairro Jatobá

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Petrolina (PE) realizou a limpeza da lagoa do bairro Jatobá, que estava coberta por peixes mortos devido à poluição do local. O serviço, que havia começado na sexta-feira (20), foi concluído após três dias de trabalho com a retirada de 45 sacos de lixo de 100 litros contendo todos os peixes mortos que foram encontrados na lagoa.

Entenda

Centenas de tilápias apareceram mortas na manhã do último dia 17 na lagoa do bairro Jatobá, o que deixou moradores da localidade assustados. No mesmo dia, uma equipe técnica da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) foi enviada ao local para avaliar o que aconteceu.

LEIA MAIS

Sobe para 26 o número de mortos em rebelião no Rio Grande do Norte

(Foto: Sejuc/divulgação)

Pelo menos 26 presos foram mortos durante a rebelião que aconteceu neste sábado (14) na Penitenciária de Alcaçuz, em Natal (RN). A informação é da Secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Norte.

Inicialmente, o governo informou que havia pelo menos dez mortos, e depois subiu o número de vítimas para 27. No começo da noite deste domingo (15), no entanto, informou que um corpo havia sido contado duas vezes, baixando o total de presos assassinados no motim para 26.

O estado alugou um caminhão-frigorífico para transportar e abrigar as vítimas do massacre. Os corpos continuam dentro do presídio 24 horas depois do conflito, que começou no fim da tarde de sábado e foi controlado por volta das 8h (horário de Brasília) deste domingo (15), de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública.

Durante a tarde, som de bombas de efeito moral foram ouvidos do lado de fora da penitenciária. Presos gritaram dizendo que estavam sem água.

Em frente, mulheres dizem que vão dormir na porta do presídio até o governo forneça informações mais completas sobre quantos estão vivos e mortos. Há relatos de corpos decapitados e mutilados o que deve dificultar o trabalho de identificação.

Mulheres de presos ligadas ao PCC e ao Sindicato do Crime, facções envolvidas no motim, dizem ter armas e ameaçam confronto entre rivais na área externa do presídio.

Com informações do FolhaPE

12