Em nota, Compesa esclarece falta d’água no Centro de Petrolina

(Foto: Ascom)

O Blog Waldiney Passos publicou, nesta quinta-feira (5), uma matéria sobre a falta de água no Centro de Petrolina e no N-7, zona rural da cidade. Em nota, a Compesa esclareceu o desabastecimento na área central de Petrolina.

LEIA TAMBÉM

Sem água em casa, moradores do Centro de Petrolina e do N-7 cobram providências da Compesa

“[…] O abastecimento do Centro de Petrolina já está sendo normalizado de forma gradativa. A distribuição foi interrompida,  para realização do conserto de um vazamento, na Avenida Fernando Góes”, explicou a Companhia.

Sobre o N-7, a Compesa afirmou que não atua na localidade. “Com relação ao abastecimento no Projeto N -7, a Companhia esclarece que não opera o sistema de abastecimento de água na comunidade”, conclui a nota.

Compesa afirma que em até 24 horas abastecimento será restabelecido em Petrolina

Mais cedo o Blog mostrou as queixas de leitores sobre a falta d’água em diversos bairros de Petrolina. Em nota, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) informou que o serviço na Avenida da Integração já foi concluído na sexta-feira (29).

LEIA TAMBÉM:

Leitores criticam Compesa por demora no abastecimento de bairros atingidos pelo serviço na Av. da Integração

Ainda ontem o sistema foi reativado e levará 24 horas até que todas as pressões voltem ao normal. “O abastecimento após a reativação do sistema está sendo retomado gradativamente. Dentro de 24h todas as pressões devem estar restabelecidas”, destaca a nota.

O problema na Avenida da Integração foi identificado no meio da semana, mas somente concluído ontem. Para fazer o reparo, a Zona Leste ficou sem água por pelo menos dois dias.

Após matéria do Blog, Compesa desobstrui esgoto no Loteamento Rafael

De acordo com Compesa, problema foi solucionado hoje (Foto: Reprodução/WhatsApp)

No sábado (16) o Blog mostrou a queixa de um morador do Loteamento Rafael, em Petrolina, sobre um esgoto estourado há mais de uma semana. Hoje (18) em nota, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) afirmou ter solucionado a demanda.

LEIA TAMBÉM:

Morador do Loteamento Rafael cobra resposta da Compesa sobre esgoto

“A Compesa informa que não existe mais extravasamento no Loteamento Rafael. Uma equipe esteve hoje (18) no local e realizou a desobstrução da rede de esgoto da via”, disse a Companhia.

Nossa Produção procurou o morador que fez a denúncia. Via WhatsApp ele confirmou que uma equipe da Compesa foi até o endereço mencionado.

Polícia Militar de Pernambuco instaura procedimento administrativo disciplinar para averiguar agressões contra estudante

Camila levou soco no olho. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, a estudante secundarista e diretora da União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE), Camila Rabelo relatou que foi agredida por um policial com um soco no rosto, no último sábado (16).

LEIA TAMBÉM

Violência: estudante universitária afirma ter sido agredida por PMs em Petrolina

Ainda segundo a estudante, que estava na companhia de duas colegas, a abordagem foi feita por quatro policiais militares, na Rua das Laranjeiras, Centro. Ela conta que durante a ação policial, os PMs esconderam suas identificações.

Após o Blog publicar matéria sobre o caso, a Polícia Militar de Pernambuco informou que instaurou um procedimento administrativo disciplinar, para averiguar as “supostas agressões”. Confira a íntegra da nota:

“A Polícia Militar, através do comando do 5 BPM, esclarece que diante da denúncia, instaurou um procedimento administrativo disciplinar, paralelo ao inquérito da polícia civil, para averiguar as supostas agressões e os  possíveis envolvidos.”

Leitor reclama e Hospital Universitário esclarece dificuldades no atendimento

(Foto: Internet)

Usuários do Hospital Universitário (HU), em Petrolina (PE) entraram em contato com o Blog Waldiney Passos para reclamar da nova modalidade de atendimento executada pelo Hospital via telefone.

“O HU atualizou modalidade de atendimento pelos telefones a partir de hoje [11], mas ninguém atende e nem completa a ligação”, relatou um denunciante.

Diante da reclamação, o Blog entrou em contato com o HU, para saber como funciona essa nova modalidade, e qual a resposta do Hospital sobre as queixas dos usuários.

LEIA MAIS

Juazeiro: em nota, SAAE desmente boato de reajuste na conta de água

Não houve reajuste na tarifa de água em Juazeiro (BA). O setor comercial do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE) rebateu as informações que estão circulando nas redes sociais sobre um suposto aumento abusivo na conta de água.

De acordo com o SAAE, o que houve foi uma “mudança no sistema da emissão do boleto que passou a ser simultânea”. Com essa alteração, informa a Prefeitura de Juazeiro, o consumidor já recebe a leitura na hora e não mais 20 dias após a emissão.

LEIA TAMBÉM:

Decreto autoriza reajuste nas tarifas de água e esgoto do SAAE

Por fim, o SAAE esclareceu que a única mudança na cidade tem sido a substituição de hidrômetros os quais não realizavam a medição como precisão. O último reajuste na conta de água de Juazeiro veio em dezembro de 2018, anunciada previamente no Diário Oficial do município.

Confira a seguir a íntegra da nota do SAAE:

LEIA MAIS

Em nota, Compesa afirma que encaminhará equipe para avaliar situação de terreno

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Após publicação de um matéria feita pelo Blog Waldiney Passos sobre os transtornos provocados pela situação de abandono de um terreno da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), localizado no Centro de Petrolina, a empresa encaminhou uma nota afirmando que tomará as devidas providências.

LEIA TAMBÉM

Morador vizinho a terreno abandonado da Compesa desabafa: “Essa situação é complicada”

Os moradores que residem no entorno do terreno, reclamam de lixo acumulado, queima constante dos resíduos, insegurança, proliferação de mosquitos, entre outros problemas. Para resolver a situação, a Compesa afirmou em nota, que uma equipe será enviada até o local, para avaliação. Confira a íntegra da nota:

“A Compesa destaca que realiza frequentemente a limpeza da área, onde está localizada a caixa de água, para evitar o acúmulo de lixo. No entanto, apesar do espaço estar isolado, a população continua acessando o local pelo muro e lançando lixo e entulhos, bem como fazendo a queima destes. Uma equipe será encaminhada novamente ao espaço para fazer o diagnóstico e adotar as devidas providências para solução da questão.”

“O estado de superlotação é constante”, afirma Hospital Universitário sobre vídeo de leitor

Segundo leitor, há pacientes em macas perto da lanchonete do hospital (Foto: Reproduçã/WhatsApp)

O Blog Waldiney Passos publicou na manhã desta quarta-feira (6), uma matéria sobre o flagrante feito por um leitor, no Hospital Universitário, em Petrolina (PE). As imagens mostram pacientes em macas espalhadas pelos corredores da Unidade.

LEIA TAMBÉM

Leitor flagra pacientes nos corredores do Hospital Universitário de Petrolina e classifica situação como “horrível”

Segundo o relato do leitor, no local haviam pacientes internados há mais de 30 dias, aguardando por cirurgia. Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, o HU afirma que a superlotação é constante, ressalta o número de acidentes de trânsito como um dos principais fatores para tal situação, além da constante provocação feita aos órgãos competentes sobre a realidade do Hospital.

“Enquanto aguardam que as devidas medidas sejam tomadas, os profissionais do HU continuarão, diariamente, enfrentando a sobrecarga de trabalho para oferecer a melhor assistência aos seus pacientes”, diz a nota.

Confira a íntegra da nota

É de conhecimento de toda a sociedade do Vale do São Francisco que o Hospital Universitário trabalha muito acima da sua capacidade física e de pessoal. O estado de superlotação é constante e é resultado, entre outros fatores, do grande índice de acidentes de trânsito na região e da ineficiência de unidades públicas de saúde que compõem a Rede Interestadual de Atenção à Saúde do Vale do Médio São Francisco – Rede PEBA.

As autoridades públicas que têm competência para resolver essa situação são constantemente provocadas pelo HU, entre elas, secretarias estaduais de saúde de Pernambuco e Bahia, as 53 secretarias municipais de saúde integrantes da Rede PEBA, além do Ministério Público Federal.

Enquanto aguardam que as devidas medidas sejam tomadas, os profissionais do HU continuarão, diariamente, enfrentando a sobrecarga de trabalho para oferecer a melhor assistência aos seus pacientes. Salientando que a unidade possui apenas 130 leitos, mas, hoje (06), existem 215 pessoas internadas, o que corresponde a uma taxa de ocupação de 176%.

Lossio fala em equívoco em decisão do TCE-PE e diz confiar em aprovação de contas

Após o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) emitir um parecer prévio recomendando à Câmara Municipal de Petrolina a rejeição das contas do ex-prefeito de Petrolina, Julio Lossio, referentes ao exercício financeiro de 2016, o ex-gestor disse ter recebido com surpresa a decisão unânime da Segunda Câmara do Tribunal.

LEIA TAMBÉM

Tribunal de Contas do Estado recomenda rejeição das contas de Júlio Lossio de 2016

De acordo com o parecer do TCE-PE, o ex-prefeito de Petrolina desrespeitou a Lei de Responsabilidade Fiscal quando contraiu despesa, nos últimos dois quadrimestres do seu mandato, sem que pudesse cumpri-la integralmente dentro do mandato, ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa para este efeito.

Além disso, o tribunal apontou outras considerações, como o aumento do passivo do município perante o Regime Geral de Previdência Social referente à contribuição dos servidores, e ainda o não repasse de R$ 5.816.133,03 ao Regime Próprio de Previdência Social.

LEIA MAIS

Compesa esclarece falta de água no bairro Quati e Centro de Petrolina; abastecimento deve ser normalizado em até 48h

(Foto: Ilustração)

Desde ontem (5), moradores do bairro Quati e do Centro de Petrolina (PE) estão sem água. O desabastecimento provocou transtornos e tirou o sossego da população afetada.

“Todo dia falta água. Tem oito anos que eu moro aqui e sempre falta água, deve ter algum problema, ou na tubulação da Compesa ou algum prédio que tá puxando água”, disse um morador do Centro da cidade.

No bairro Quati, a população está sem água há três dias. Os moradores entraram em contato com o Blog Waldiney Passos para denunciar o problema e cobrar providências.

LEIA MAIS

Compesa envia nota sobre demanda no São José e afirma que situação será normalizada até 17h

(Foto: Arquivo)

Mais cedo o Blog mostrou a queixa de moradores do bairro São José, que estavam na bronca com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). O motivo da falta d’água na comunidade, segundo a Compesa, foi uma manutenção emergencial.

Em nota enviada à nossa equipe, a Companhia disse que dois vazamentos surgiram nos bairros Jardim Amazonas e no próprio São José, dessa forma, outras cinco localidades estão sem água hoje (4): Alto do Cocar, Pedro Raimundo, Quati, Jardim São Paulo e Vila das Imbiras.

“As equipes já trabalham no conserto das redes e a previsão é de que até às 17h os serviços sejam finalizados o e abastecimento retomado gradativamente”, continua a nota.

Compesa afirma que pavimentação da Estrada da Banana será recuperada nessa semana

Na sexta-feira (25) o Blog mostrou a situação da Estrada da Banana, via que está sendo duplicada pela Prefeitura de Petrolina. Em suas redes sociais o prefeito Miguel Coelho criticou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) devido a um vazamento que está prejudicando os trabalhos do município.

LEIA TAMBÉM:

Miguel Coelho expõe indignação diante de mais um vazamento de água em obras da prefeitura

Em nota, a Compesa explicou o que houve. Segundo a Companhia, na sexta foi realizado um serviço de manutenção na rede coletora de esgoto, mas que não há novos extravasamentos. “Para realizar as intervenções, foi necessário abrir a pavimentação da via e a previsão é de que a mesma seja reposta até sexta-feira (01)“, informou em nota.

Confira a seguir a resposta da Compesa:

LEIA MAIS

Em nota, Compesa afirma que reposição de pavimento em Izacolândia será feita o mais rápido possível

(Foto: Ascom/PMP)

Na última quarta-feira (23) a  prefeitura de Petrolina notificou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), por estragar o pavimento da Avenida Clementino Coelho, no distrito de Izacolândia, zona rural do município.

LEIA TAMBÉM

Vazamento da Compesa danifica obra de pavimentação em Petrolina e prefeitura notifica empresa

A obra de pavimentação estava sendo realizada pela prefeitura, e por conta dos danos provocados pelo vazamento, a entrega da Clementino Coelho será adiada. A Compesa foi notificada, e segundo a gestão municipal, a companhia tem 10 dias para fazer o reparo e entregar a obra como estava.

Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, a Compesa informou que não existe mais vazamento na referida Avenida e que “a reposição do pavimento será realizada o mais breve possível.”

Wilker Torres afirma que denúncia sobre terreno é “fake”

O prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres enviou uma nota ao Blog para rebater as acusações feitas contra sua gestão. Um advogado denunciou na imprensa que a Prefeitura falsificou uma lei para garantir benefícios da venda de um terreno no centro da cidade.

Na nota, Wilker alega que sancionou a Lei 259/2017 autorizando a venda de um terreno após a mesma não ter qualquer indício de ilegalidade, pois não passou pelas comissões competentes e foi aprovada pelos edis. O prefeito classificou como fake a denúncia e subiu o tom contra o denunciante.

“Essa turma sabe que vai perder e se une na inconsequência de intentar um golpe que foi desmoralizado hoje na Câmara e será sepultado pela Justiça“, destacou o gestor.

Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Compesa emite nota sobre falta de água no bairro Pedra Linda

(Foto: Ilustração)

O Blog Waldiney Passos publicou nesta terça-feira (22), uma matéria sobre a falta de água no bairro Pedra Linda, em Petrolina (PE). Há três dias a população sofre com o desbastecimento, que segundo a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), foi provocado para possibilitar a realização de manutenção no sistema.

LEIA TAMBÉM

Moradora do Pedra Linda solta o verbo contra Compesa

Em nota enviada ao Blog, a Compesa ratificou a causa da falta de água no referido bairro, e informou que o abastecimento deve ser normalizado até amanhã. Confira a íntegra da nota:

“A Compesa esclarece que os bairro Pedra Linda estava entre os que, no final da última semana, tiveram uma paralisação no abastecimento para manutenção programada no sistema, conforme amplamente divulgado. O sistema já foi reativado e o abastecimento está sendo retomado gradativamente. A previsão é de que amanhã as pressões estejam normalizadas em toda a cidade.”

123