Vereadora Maria Elena responde nota do Seepe: “Em nenhum momento falei algo contra os profissionais que lá atuam”

 

A vereadora Maria Elena (MDB encaminhou resposta sobre a nota emitida pelo Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambuco (SEEPE) repudiando uma uma fala dela. A nota do Sindicato saiu em defesa dos servidores da saúde que, segundo o SEEPE, foram alvo das críticas da vereadora.

 

No entanto, ao Blog Tribuna do Nordeste, da Jornalista Sinara Marques, a vereadora Maria Elena disse que em nenhum momento de sua fala, quis atingir os servidores da Unidade Básica de Saúde Manoel Possídio, bairro Areia Branca, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

 

A vereadora explicou que a sua fala foi em defesa de usuários da UBS do bairro que constantemente fazem chegar ao seu conhecimento, alguns relatos do maus tratos no atendimento aos que procuram a unidade.

LEIA MAIS

Sindicato emite nota de repúdio à vereadora Mª Elena por críticas a profissionais da UBS do bairro Areia Branca

Na sessão do dia 16 de novembro a vereadora Maria Elena de Alencar (MDB) teceu críticas aos profissionais da saúde que atuam na Unidade Básica de Saúde Dr. Manoel Possídio, no bairro Areia Branca, em Petrolina. Mas a fala da edil não passou batida pela categoria, que emitiu uma nota de repúdio à edil.

Na terça-feira retrasada, a vereadora subiu até a Tribuna Livre e afirmou que “Quando você vai pra UBS de Areia Branca têm umas funcionárias que acham que são eternas, porque são concursadas, porque tratam as pessoas mal, com desdém. A pessoa fotografa e [a funcionária] fala que vai processar”.

Elena disse que visitou a UBS e presenciou “informações desencontradas, principalmente em relação às vacinas” e que, por exemplo, na Unidade da Vila Eduardo o “atendimento é uma maravilha”.

A fala não repercutiu positivamente. O Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco emitiu uma nota, alegando que a fala de Elena “atinge de forma acintosa, o trabalho dos servidores municipais”.

Confira a seguir a nota:

LEIA MAIS

Coletivo de docentes e Pró-Reitoria de Ensino da UNIVASF emitem nota de repúdio por atraso no pagamento de bolsas do PIBID e RP

(Foto: Internet)

O coletivo de docentes dos Programas Institucionais PIBID e RP conjuntamente com a Pró-Reitoria de Ensino da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) emitiram uma nota de repúdio pelo não pagamento de bolsas do PIBID e RP à alunos da instituição.

De acordo coma  nota, no dia 07/10 a CAPES informou que os pagamentos das bolsas iriam ser adiados por causa da necessidade de aprovação do Projeto de Lei 17/2021. No entanto, os bolsistas até agora estão sem o receber as bolsas de setembro e sem previsão de pagamento.

LEIA MAIS

Prefeitura de Juazeiro repudia episódio de transfobia contra cidadão juazeirense ocorrido em Petrolina

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), manifesta o seu repúdio ao ato de transfobia institucional sofrido pelo juazeirense Eduardo Príncipe de Lira Rocha. Homem trans, Eduardo foi demitido de uma empresa da região, antes mesmo de assumir a sua função e apesar de ter qualificação para o cargo.

LEIA MAIS

LGBTfobia: Após ser contratado, homem trans é demitido de empresa em Petrolina: “Minha cota de pessoas diferentes já está atendida”

Em um momento de diversas conquistas para a comunidade LGBTQIAP+, como a implantação do Ambulatório Trans em Juazeiro, a garantia da alteração de prenome, casamento civil entre pessoas do mesmo sexo, reconhecimento do nome social, é inaceitável que as transidentidades permaneçam marcadas por violências, estruturadas social e institucionalmente.

Assistência jurídica, psicológica e socioassistencial

A Prefeitura de Juazeiro e a SEDES repudiam qualquer forma de violência transfóbica ou homofóbica e manifestam o seu apoio a Eduardo Príncipe de Lira Rocha, assim como disponibilizam assistência jurídica, psicológica e socioassistencial. A gestão municipal reitera, ainda, o apoio à construção de espaços que respeitem e reconheçam as pessoas em sua integralidade, livres de preconceitos.

OAB Petrolina diz que STF comete “gravíssimas violações” contra defesa de Yuri Batista, preso por suposto megavazamento de dados

(Imagem: Divulgação)

A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseccional Petrolina-PE, emitiu nota de repúdio, nesta quinta-feira (17), por meio das Comissões de Defesa das Prerrogativas, Direito Penal e Direitos Humanos, contra, segundo a instituição, as violações de prerrogativas da defesa de Yuri Batista Novaes Goiana Ferraz, preso pelo suposto megavazamento de dados.

Confira a nota da Ordem dos Advogados do Brasil, Subseccional Petrolina-PE

A Ordem dos Advogados do Brasil, Subseccional Petrolina-PE, por meio das Comissões de Defesa das Prerrogativas, Direito Penal e dia Direitos Humanos, vem a público emitir Nota de Repúdio às gravíssimas violações de prerrogativas e dos direitos e garantias constitucionais cometidas pelo Supremo Tribunal Federal em face do Dr. Yuri Batista Novaes Goiana Ferraz e da advogada e advogado constituídos para o patrocínio da sua defesa, a Dra. Aline Batista Duarte e o Dr. Jônatan Nunes Meireles.

Dentro desse contexto, mostra-se ilegal e inadequada a manutenção da constrição de liberdade do Dr. Yuri Batista pela Suprema Corte, quando comprovado nos autos o excesso de prazo de sua prisão (preso há mais de 90 dias), sem oferecimento de denúncia e tampouco tramitação de processo criminal. Destaca-se, também, que a Procuradoria Geral da República já se manifestou, por duas vezes, de forma favorável ao pleito de liberdade do Dr. Yuri Batista.

LEIA MAIS

Sport quer perícia em estádio; Juazeirense nega “má fé”

(Foto: Divulgação)

No campo o placar foi 3×2 para a Juazeirense contra o Sport. Mas fora dele, ainda na noite de quarta-feira (10) a batalha seguiu para as redes sociais. A diretoria do Leão da Ilha emitiu uma nota e exige uma perícia no Estádio Adauto Moraes. Os pernambucanos querem saber se houve de fato, problema no refletor, ou se alguém mandou apagar a luz.

LEIA TAMBÉM

Jogo ‘interminável’ dá vaga para Juazeirense contra Sport na Copa do Brasil

Por outro lado, a diretoria do Cancão de Fogo rebateu e repudiou as falas dos dirigentes pernambucanos. Ainda durante a partida, membros do alto escalão do Sport acusaram cartolas da Juazeirense sobre os apagaões. “A diretoria da Juazeirense vem através desta, repudiar a fala o Diretor de Futebol do Sport Club do Recife, Augusto Caldas, que, de forma leviana, acusa a Sociedade Desportiva Juazeirense de atitudes antidesportivas durante o jogo da noite desta quarta-feira (10) pela Copa do Brasil. O diretor chegou a nos acusar de reincidência em atitudes como essa e isso não faz parte dos nossos princípios e nos causa estranheza”, diz a nota.

LEIA MAIS

Casa Nova: Câmara de Vereadores repudia “coronelismo” do PL em impedir vereador de disputar eleições

Vereador Paulo Sergio foi impedido de estar na disputa de 2020 (Foto: Cortesia)

A Câmara de Vereadores de Casa Nova (BA) emitiu uma nota de repúdio contra o presidente do diretório municipal do PL, Solon Xavier. Segundo a nota, na terça-feira (15), Solon impediu o vereador Paulo Sérgio de colocar seu nome na disputa eleitoral de 2020.

“O gesto autoritário de um dirigente onde exige que seus filiados comunguem do seu mesmo posicionamento político, motivado por razões não republicanas, demonstra total desrespeito à vontade da população e o apego a um “coronelismo” que não tem mais espaço nos dias atuais“, destaca a nota.

A Câmara de Vereadores demonstrou apoio a Paulo Sergio e espera que a Justiça reverta o impedimento imposto pelo diretório do PL. Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Netos de Luiz Gonzaga repudiam o uso da canção do avô em live de Bolsonaro

Presidente durante live que rendeu nota de repudio.

Uma nota de repúdio, assinada por Amora Pêra Gonzada, Nanan Gonzaga e Daniel Gonzaga, netos do cantor e compositor Luiz Gonzaga, foi publicada nessa sexta-feira (3) nas redes sociais. O documento repudia o uso da canção Riacho do Navio, composição de Gonzagão e Zé Dantas, em uma transmissão ao vivo do presidente Jair Bolsonaro no dia 2 de julho.

“Apresentamos uma NOTA DE NOJO diante desse governo mortal e suas lives”, afirma a nota publicada pelo músico Daniel Gonzaga, neto de Gonzagão, em uma rede social. “Não autorizamos ao Governo Federal o uso das canções assinadas por nenhum de nossos familiares”, completa.

LEIA MAIS

Vereadores de Petrolina repudiam mensagem disseminada em grupos de WhatsApp sobre “farra de diárias”

Uma publicação nos grupos de WhatsApp da região repercutiu de forma negativa perante os vereadores de Petrolina, na sessão de terça-feira (30). A postagem dizia respeito a uma suposta “farra de diárias” para viagem, praticada por edis da atual legislatura. O fato conseguiu unir Oposição e Situação, que repudiaram a disseminação da informação.

“Nós não podemos agredir as pessoas de forma injusta, agredir a Casa Legislativa banalizando, fazendo um crime contra os edis. É uma injustiça o que estão fazendo, tem o meu repúdio“, disse o vice-presidente Ronaldo Cancão (DEM) já na abertura da sessão.

Requerimento para mostrar transparência

Cristina Costa (PT) que na semana passada havia apresentado um Requerimento cobrando transparência do Poder Legislativo propôs o Requerimento nº 175/2020 e foi enfática. “Solicito que seja encaminhado cópia detalhada de todas as diárias recebidas por minha pessoa nesses três anos e seis meses do meu mandato e aí possamos notificar, a qual trabalho e serviço nós fizemos. A partir do momento que sai farra das diárias parece que a gente está recebendo pra gastar a mercê“, afirmou.

LEIA MAIS

Juazeiro: entidades ligadas ao comércio criticam decisão do prefeito de fechar o comércio

Entidades ligadas ao comércio em Juazeiro (BA) emitiram uma nota conjunta demonstrando indignação com o prefeito Paulo Bomfim de suspender o plano de reabertura do setor. As instituições lembraram ter se engajado no cumprimento das medidas necessárias para funcionamento do comércio durante a pandemia.

Erro da gestão

Segundo a nota assinada por instituições como a CDL e Sindilojas, o crescimento de casos em Juazeiro não tem relação com a reabertura do comércio e sim com a intensificação dos testes rápidos feito pela Prefeitura. Para eles, o fechamento é um erro.

LEIA TAMBÉM

Prefeitura de Juazeiro divulga regras gerais para funcionamento do comércio essencial de Juazeiro

URGENTE: Prefeitura de Juazeiro anuncia fechamento do comércio a partir de segunda-feira

“O comércio varejista de Juazeiro está morrendo, sucumbindo por erros sucessivos de decisões equivocadas do poder público municipal. Enquanto isso, Petrolina com um número de casos superior, está com o seu comércio funcionando, inclusive o shopping da cidade, valendo-se dos procedimentos sanitários adequados para que a vida, a economia e o emprego possam continuar diante do presente cenário”, diz a nota.

Outro lado

O Blog procurou a Prefeitura de Juazeiro para saber o que a gestão tem a comentar, mas até o encerramento dessa matéria não obtivemos resposta. O espaço segue aberto. Leia a seguir a íntegra do texto:

LEIA MAIS

PT de Petrolina divulga nota de repúdio por agressões à profissionais da imprensa

O Partido dos Trabalhadores de Petrolina (PT) emitiu nota de repúdio em apoio aos profissionais da imprensa por agressões sofridas pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, nos últimos dias. Confira a nota na íntegra.

NOTA DE REPUDIO

O Partido dos Trabalhadores Diretório Municipal de Petrolina por meio da executiva municipal e de todo o Diretório, vem tornar público o seu repúdio às agressões cometidas pelo presidente da república para com os profissionais da imprensa que vem se repetindo constantemente em suas aparições públicas, chegando a tentar cercear a voz da imprensa no seu direito legitimo de trazer a informação para a sociedade, ao mandar um profissional a calar a boca, durante entrevista na manha desta terça-feira, mostrando total despreparo e desequilíbrio para conduzir o país.

Lembramos que a nossa democracia e a liberdade de expressão são temas caros à nossa sociedade e não podemos permitir que, principalmente, aquele que deveria ser o chefe maior da nação, eleito inclusive pelo voto democrático, açoite de volta aos porões escuros de um tempo não muito distante, essas conquistas em que muitos deram a vida para que as tenhamos hoje.

Queremos também nos solidarizar com os companheiros profissionais de saúde que, neste momento de crise sanitária colocam suas vidas em risco e se isolando, em muitos casos, de suas famílias, para atuar na linha de frente no combate à pandemia, ao reivindicarem respeito à vida, às normas internacionais de prevenção à disseminação do vírus por parte do governo federal e buscar melhores condições de trabalho para melhor atender a população, foram agredidos covardemente por fascistas apoiadores do presidente, durante ato pacifico organizado por estes profissionais na manhã deste domingo na capital do país.

Petrolina, 05 de maio de 2020.
Partido dos Trabalhadores.
DM Petrolina.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Orocó (PE) emite nota de repúdio contra a administração municipal

(Foto: Internet)

A nota foi divulgada nesta sexta-feira, 1º de maio, Dia do Trabalho. Os servidores manifestam repúdio ao modo que a Administração Pública Municipal tem dispensando a toda a categoria dos trabalhadores em educação do município.

Confira a íntegra da nota:

“HOJE, NO DIA DO TRABALHO, OS TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE OROCÓ-PE NÂO TÊM O QUE COMEMORAR

Os servidores da educação municipal de Orocó-PE , indignados com a forma de como o Poder Público Municipal tem tratado  a categoria, vem a público externar através de uma nota de repudio a sua insatisfação.

LEIA MAIS

DCE da Univasf critica intervenção do MEC e faz abaixo-assinado contra reitor pro tempore

Estudantes fazem abaixo-assinado contra reitor pro-tempore (Foto: Arquivo)

O anúncio de um reitor pro tempore à Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) provocou reação da comunidade acadêmica. O Diretório Central Estudantil (DCE) emitiu uma nota criticando a intervenção do Ministério da Educação (MEC) que passou por cima da eleição interna.

De acordo com o DCE, o Governo Federal nomeou um “interventor”, favorecendo a chapa perdedora na eleição de 2019. “A Univasf está sofrendo um ataque à sua autonomia e à sua democracia. Um grupo de professores que tem alinhamento político com o governo Federal e com o ministro da Educação está tentando sujar de todas as formas o processo eleitoral de escolha de reitor da Univasf”, afirmou o diretor do DCE, Bruno de Melo.

LEIA TAMBÉM

UNIVASF sofre intervenção do MEC em sua reitoria

Telio Leite encabeçará lista tríplice para reitor da Univasf e Lúcia Marisy a de vice

Segundo o DCE, mesmo os estudantes não sendo apoiadores da candidatura de Télio Leite, vencedor do pleito, a decisão da maioria deve ser respeitada. “O candidato Télio venceu em todas as categorias, o professor Télio venceu novamente na lista-tríplice e a chapa perdedora impetrou uma ação na Justiça. No atual momento a lista-tríplice está suspensa”, destacou o presidente.

Indignados com a intervenção do MEC, o DCE criou um abaixo-assinado virtual para que o nome indicado pelo Governo Federal seja removido. Leia a seguir uma nota emitida pelos estudantes:

LEIA MAIS

Caso Beatriz: Lucinha Mota e Sandro Romilton repudiam afastamento da delegada Poliana Nery

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Já são quase cinco anos sem respostas para o crime brutal que vitimou a pequena Beatriz Angélica Mota. O caso ganhou um novo capítulo, a delegada Poliana Nery, quinta autoridade policial responsável pelas investigações do caso, foi afastada.

LEIA TAMBÉM

Delegada Poliana Nery confirma saída do Caso Beatriz

Lucinha Mota e Sandro Romilton, pais de Beatriz, divulgaram uma nota de repúdio ao Governo de Pernambuco pelo afastamento da Delegada. “É preocupante a saída da delegada Poliana Nery, pois a mesma tem uma linha de investigação muito forte e que acreditamos que leva a conclusão do caso. OOu será porque ela indiciou mais dois funcionários do colégio Maria Auxiliadora?”, questionaram.

LEIA MAIS

Deputado Roberto Carlos repudia ação da prefeitura de Juazeiro contra ambulantes

(Foto: Reprodução/Instagram)

A fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano contra ambulantes, realizada ontem (20), no Centro de Juazeiro (BA), foi alvo de críticas da população de Juazeiro, que diante dos fatos, se revoltou contra a prefeitura municipal.

LEIA TAMBÉM

Juazeiro: após repercussão de ação contra ambulantes, titular da SEMAURB é exonerado

População de Juazeiro se revolta contra prefeitura durante apreensão de mercadorias de ambulantes

Contudo, além dos populares, algumas figuras políticas e cidadãos comuns usaram as redes sociais para repudiar a ação fiscalizadora, que teve como objetivo, deter a comercialização de ambulantes, e, em consequência, a apreensão de suas mercadorias.

O repúdio, no entanto, não partiu apenas da sociedade civil, as críticas à execução da ação, partiu da base do governo municipal, como o deputado Roberto Carlos (PDT), um dos apoiadores do prefeito Paulo Bomfim no âmbito estadual, que repudiou a ação da SEMAURB, através de uma nota divulgada nas redes sociais oficias do deputado. O que já era esperado dele, que é um parlamentar originalmente camelô.

LEIA MAIS
12