Pedra Linda recebe serviços de saúde masculina dentro da campanha ‘Novembro Azul’

Serviços de saúde serão oferecidos à população masculina.

Nesta quinta-feira (28), a prefeitura de Petrolina, em continuidade às atividades da campanha ‘Novembro Azul’, voltada à prevenção do câncer de próstata e cuidados com a saúde do homem, levará diversos serviços de saúde ao bairro Pedra Linda. As atividades acontecem na UBS Josefa de Souza Silva, às 18h.

Durante a ação serão realizadas diversas atividades de orientação sobre a saúde do homem e atendimentos médicos, aferição de pressão arterial, atendimento em saúde bucal, orientações sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), entre outras atividades voltadas ao público masculino. É necessário levar o RG e cartão SUS.

LEIA MAIS

Próximo do fim de novembro, médico urologista afirma que cuidado com a saúde do homem deve se estender pelo ano inteiro

Médico urologista comenta importância do diagnóstico precoce (Foto: Blog Waldiney Passos)

Novembro é o mês de conscientização sobre o câncer de próstata, que no Brasil é responsável por cerca de 15 mil mortes por ano, em cerca de 65 mil registros anuais. Um caso novo da doença é registrado a cada sete minutos, resultando em uma morta a cada 34 minutos. No Vale do São Francisco, a doença se assemelha às estatísticas nacionais.

Segundo o médico urologista Nathanael Modesto, a doença no seu início não apresenta sintomas específicos e é necessário trabalhar a prevenção. “Os principais fatores de risco a gente não consegue modificar. Ele ocorre mais comumente após 50 anos de idade, cerca de 40% são antes disso. Como a maioria dos tumores, a idade é um fator importante, a questão de genética também conta”, disse ao Blog Waldiney Passos.

Além da idade, um fator de risco é a predisposição genética – se alguém da família já teve a doença – e pessoas negras são mais propícias a desenvolverem tumores na próstata. “A mortalidade é grande porque a incidência é muito grande. Se você pega o câncer no começo, é 90% de chance de cura. Se você pega em um estágio mais avançado, diminui essa porcentagem”, ressaltou.

LEIA MAIS

STTAR realiza ação com mais de 500 procedimento no Novembro Azul

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Petrolina (STTAR) abriu sua sede e o centro médico dos trabalhadores e trabalhadoras assalariados rurais, nessa sexta-feira (23), para uma ação especial em alusão ao Novembro Azul.

Ao todo, foram realizados mais de 500 procedimentos no Centro Médico da Instituição. Foram realizados 100 exames de ultrassom de próstata, 109 consultas, 102 testes rápidos de HIV, 102 testes rápidos de Sífilis, 70 solicitações de exames PSA,  81 testes de acuidade visual.

LEIA MAIS

STTAR realiza ação do Novembro Azul com associados

Ação lembra importância da prevenção (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Novembro é o mês de conscientização da saúde do homem, com as atenções voltadas ao câncer. E para incentivar os trabalhadores rurais de Petrolina sobre a importância da prevenção das doenças, o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Petrolina (STTAR) está realizando hoje (22) um dia especial a eles.

Até 15h os associados poderão receber orientações, passarão participar de palestras e também realizar exames médicos. A ação acontece na própria sede do STTAR. Para ser atendido basta comparecer ao Sindicato munido de dos seguintes documentos: carteirinha de sócio, contra cheque e Carteira de Trabalho.

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens brasileiros. A doença tem grande incidência nas pessoas acima de 50 anos. Quem tem histórica na família é mais propício a sofrer desse mal, por isso a prevenção é importante. O STTAR está localizado na Avenida das Nações, 280, bairro Vila Mocó.

Novembro Azul será marcado por mutirão de serviços aos homens de Petrolina

Monumentos de Petrolina ganharam cor azul (Foto: Ascom/PMP)

A cor do laço mudou, mas a preocupação da Secretaria de Saúde de Petrolina continua a mesma. Em novembro a Prefeitura estará realizando um mutirão, mas voltado à saúde do homem dentro do Novembro Azul. Até o dia 30 ações de conscientização sobre o câncer de próstata serão realizadas gratuitamente na cidade.

O mutirão contará com exames de PSA total e livre, consultas com urologista e ampliação de ultrassonografia, além de atividades educativas em todas as unidades de saúde. “É importante aproximar esse público dos serviços de saúde, para que, não só em novembro, mas que esse cuidado e atenção à saúde seja contínuo“, disse a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque.

O câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros e as maiores vítimas são homens a partir dos 50 anos. Há o risco de a doença se manifestar em pessoas com histórico familiar – pai, irmão, avô – e o diagnóstico precoce é imprescindível.

Cor azul na cidade

Assim como no Outubro Rosa, a Prefeitura de Petrolina está iluminando os momentos da cidade na cor azul, em alusão ao Novembro de conscientização. Monumento da Integração, a Catedral e o Cruzeiro e a Prefeitura já ganharam a nova cor.

Hospital Regional de Juazeiro desenvolve atividades em alusão ao Novembro Azul

(Foto: Ascom)

Novembro Azul é uma campanha mundial que conscientiza sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. A doença é a segunda mais comum entre os homens brasileiros, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer. As estimativas apontaram mais de 68 mil novos casos da enfermidade em 2018.

Para intensificar as ações em alusão ao Novembro Azul, profissionais do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) realizaram nesta segunda-feira (4), atividades lúdicas com orientações sobre o exame para detecção do câncer de próstata que deve ser realizado a partir dos 50 anos de idade, mas antes disso o homem já pode se consultar com um urologista, visto que, há um grupo de risco em que o tumor é identificado mais cedo e que precisa iniciar o rastreio a partir dos 45 anos.

LEIA MAIS

Novembro Azul: a fase de tratamento e recomeço da vida 

Na última matéria do especial sobre o Novembro Azul o Blog Waldiney Passos visitou o Hospital Dom Tomás (HDT), que apesar de ainda estar com as portas fechadas vem atendendo pacientes em tratamento contra o câncer. Gerenciado pela Associação de Amparo à Materninidade e à Infância (Apami), o HDT está habilitado a receber repasse federal e atender pacientes via Sistema Único de Saúde (SUS), durante uma solenidade na semana passada na sede do hospital.

Durante nossa visita ao HDT conversamos com o médico urologista Josivan Amorim que nos explicou como é o atendimento na unidade. “Aqui a gente todo o suporte para [o tratamento de] diversos tipos de câncer, inclusive o de próstata. É o segundo câncer mais comum no homem, só pede para o câncer de pele e é o segundo tumor que mais mata, só perde para o de pulmão. Sua quantidade por ano no Brasil, cerca de 60 mil novos casos são diagnosticados”, comenta.

A escolha do tratamento

Na Apami ainda não é possível realizar o tratamento por meio da radioterapia, uma das formas indicadas para combater o tumor. Entre as disponíveis, o médico elenca as mais eficazes, a depender do estágio no qual a doença é descoberta.

LEIA MAIS

“Novembro Azul”: na luta para prevenir o câncer de próstata, especialista sugere hábitos saudáveis

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, o urologista, Juan Carlos López dá dicas para prevenir o câncer de próstata. (Foto: Arquivo Pessoal)

O câncer de próstata é o tipo mais comum entre os homens e causa da morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. Somente entre 2016 e 2017, mais de 61 mil novos casos foram registrados pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca). Para este ano, o Inca prevê 68 mil novos casos.

De acordo com o urologista, Juan Carlos López a prevenção é importante por que, através desses cuidados as chances de melhora aumentam. “A partir do momento que se faz a prevenção, consegue-se diagnosticar precocemente a doença e com isso conseguimos chegar à cura dos pacientes”, disse.

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, o especialista listou as principais dicas de prevenção. Confira:

Consulta anual

Se o tumor for detectado precocemente as chances de cura do câncer de próstata são de 90%, por isso, é fundamental ir ao médico regularmente. “A consulta com o urologista anualmente é importante. Nos casos suspeitos, recomenda-se que o paciente se consulte de seis em seis meses. Na consulta, são solicitados os exames responsáveis pelo diagnóstico da doença”.

LEIA MAIS

Em alusão ao “Novembro Azul” policiais militares de Juazeiro participam de ciclo de palestras

(Foto: ASCOM/PM)

No mês de combate ao câncer de próstata, o Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN) realizou na manhã de sexta-feira (23), um ciclo de palestras direcionadas a policiais militares de Juazeiro (BA). O evento contou com as presenças do coronel Anselmo Bispo, Comandante do CPRN, e comandantes das Organizações Policiais Militares de Juazeiro e da RONDESP-Norte.

As palestras, que ocorreram no auditório da CODEVASF, visam conscientizar os PMs, em especial os homens, sobre cuidados que devem ser observados quanto a preservação da saúde, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

O sucesso se deu pela inovação nos assuntos que circundam a temática do mês, explorando importantes temáticas, além do tema central do exame da próstata.  A organização foi feita pela Major Paula Crusoé, Chefe do SVP – Serviço de Valorização do Policial Militar.

LEIA MAIS

Hospital Regional de Juazeiro orienta pacientes e colaboradores sobre o Novembro Azul

(Foto: ASCOM)

Profissionais do Hospital Regional de Juazeiro intensificaram as ações de orientação e prevenção neste mês de novembro com a campanha “Novembro Azul”,  dando ênfase a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Na quarta-feira (22), diversas atividades foram desenvolvidas pela equipe do departamento de oncologia. Um dos palestrantes, o médico oncologista Alan Ribeiro, abordou o significado do Novembro Azul, destacando a importância da realização de exames para a prevenção do câncer de próstata.

LEIA MAIS

Prefeitura de Petrolina continua com programação do Novembro Azul para pessoas em situação de rua

O atendimento do ‘Consultório na Rua’ é realizado de segunda a sexta-feira, das 14h às 20h. (Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Petrolina (PE), através da Secretaria de Saúde, continua com a programação do “Novembro Azul “para as pessoas em situação de rua. Nesta terça-feira (20), foram atendidas aproximadamente 50 pessoas pelos profissionais do ‘Consultório na Rua’ e do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA).

As equipes percorreram diversos pontos conhecidos pela aglomeração desse público, entre eles, a Rua Padre Fraga, Avenida das Nações e Orla I. Durante a ação, que aconteceu no período noturno, foram realizados cerca de 30 testes rápidos para HIV e sífilis.

O programa Consultório na Rua, que atende um público de cerca de 300 pessoas por mês no município, tem o objetivo de levar serviços de saúde para pessoas em situação de vulnerabilidade social. De acordo com a coordenadora e psicóloga, Marla Gomes, o programa tem o objetivo de garantir que essa população seja assistida por uma equipe de saúde.

LEIA MAIS

“Novembro Azul”: exame de toque retal e PSA são fundamentais para diagnosticar o câncer de próstata e aumentar as chances de cura

Homens negros ou com casos da doença na família devem fazer os exames a partir dos 45 anos, os demais só a partir dos 50 anos (Foto: Internet)

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), mais de 68 mil casos de câncer de próstata serão diagnosticados no Brasil, neste ano. A campanha do “Novembro Azul” serve de alerta para esta que é considerada uma doença com grandes chances de cura, se o tumor for detectado em estágio inicial.

Anualmente, homens a partir dos 50 anos devem fazer o exame de próstata que abrange dois tipos distintos: o toque retal e o exame de sangue PSA (sigla oriunda do inglês Prostate Specific Antigen, ou APE, de Antígeno Prostático Específico, em português). De acordo com o Urologista, Juan Carlos López, para se chegar a um diagnóstico completo, é importante a realização dos dois exames.

“Na verdade, um exame complementa o outro, se o paciente faz apenas a dosagem do Antígeno Próstático Específico no sangue, ele tem 40% de chances de diagnóstico de um câncer de próstata; se faz o toque tem também 40%; isso significa que juntando os dois exames é possível detectar pelo menos 80% dos casos de cânceres de próstata, sabendo que 20% podem passar despercebidos, por isso é importante que esses exames sejam feitos anualmente”, afirma o especialista.

LEIA MAIS

Médico da UPAE/IMIP de Petrolina fala sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata 

(Foto: ASCOM)

Neste sábado (17), Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, o urologista da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (PE), Flávio Costa, fala sobre a importância do diagnóstico precoce como caminho para a cura de uma das doenças mais comuns no sexo masculino.

Quando excluídos os tumores de pele, o câncer de próstata figura como o mais incidente no grupo acima de 50 anos. Segundo estimativas, um a cada seis homens terá o problema, sendo este mais frequente em negros e naqueles que possuem parentes de primeiro grau que tiveram o câncer.

A doença, em geral, evolui lentamente, mas existem casos mais agressivos. “É preciso estar bastante atento, pois, na fase inicial, o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas. Nos tipos mais avançados, o paciente pode sentir dores nas costas, pernas, quadris e até ossos”, alerta o especialista.

Quando a doença é detectada em sua fase inicial, a chance de cura ultrapassa os 90%. “O diagnóstico rápido pode salvar vidas”, ratifica Flávio.  Para que isso aconteça os homens devem fazer dois exames essenciais: a dosagem no sangue do PSA e o toque retal. “O rastreamento deve ser iniciado após ampla discussão de riscos e potenciais benefícios, em decisão compartilhada entre médico e paciente”, ressalva.

Por fim, Dr. Flávio destaca que o tratamento é baseado nas características individuais do paciente e pode envolver cirurgia, radioterapia, hormonioterapia, quimioterapia e vigilância ativa: “O importante é que o paciente não deixe de ser acompanhado por um urologista. O tratamento ideal é personalizado e busca sempre a melhor forma de combater o câncer com o menor grau de agressão ao paciente”.

“Campanha Novembro Azul”: prefeitura leva serviços de saúde para pessoas em situação de rua em Petrolina

(Foto: ASCOM)

As pessoas em situação de rua tiveram uma tarde diferenciada ontem (13), em Petrolina (PE). Cerca de 50 pessoas foram atendidas pelos profissionais da Secretaria de Saúde, através das equipes do “Consultório na Rua” e do Programa Municipal de Tuberculose, dentro da programação da campanha ‘Novembro Azul’.

Durante a ação, que aconteceu em frente ao Restaurante Popular, foi feita a coleta de material para casos suspeitos de tuberculose; solicitações de exames laboratoriais e raios-X; aferição de pressão arterial; entrega de preservativos, além de informações sobre prevenção do câncer de próstata e saúde integral do homem.

LEIA MAIS

UPAE/IMIP de Petrolina promove roda de conversa sobre câncer de próstata

(Foto: ASCOM)

Aconteceu, nesta segunda-feira (12), na Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (PE) (UPAE/IMIP) uma roda de conversa sobre o câncer de próstata, com o urologista do serviço, Flávio Costa. A atividade foi proposta pela Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, em parceria com o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT), e faz parte das ações do “Novembro Azul” – campanha de conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce dessa neoplasia, que é a segunda mais comum entre os homens.

No momento, a ação foi voltada para os funcionários e colaboradores, mas outras atividades acontecerão ao longo do mês. “A CIPA e a Segurança do Trabalho têm como missão zelar pela saúde e segurança do trabalhador. Para isso, acreditamos que a educação em saúde seja o melhor caminho”, justifica a presidente da Comissão, Síngryd Lima.

Todo ano a UPAE/IMIP de Petrolina adere à campanha e faz uma alerta a população: O rastreamento deve ser realizado após ampla discussão de riscos e potenciais benefícios, em decisão compartilhada entre médico e paciente. Quanto mais cedo verificado, mais chance de cura.

123