Durante ocupação, MST critica edital para Projeto Pontal: “vai atender uma minoria”

(Foto: MST Petrolina)

Na manhã dessa terça-feira (20) trabalhadores rurais ligados ao Movimento Sem Terra (MST) ocuparam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Petrolina. Durante o ato, integrantes do movimento falaram sobre as reivindicações do grupo, sendo a principal delas o edital da Codevasf para a aquisição de lotes no Projeto Pontal.

De acordo com o MST, agricultores e agricultoras dos Acampamentos Democracia, Dom Tomás, José Almeida 1 (Lagoa Grande) e José Almeida (Petrolina) participaram da ocupação.

LEIA MAIS

MST ocupa a sede do INCRA em Petrolina

(Foto: Arquivo)

Trabalhadores Rurais ligados ao Movimento Sem Terra ocuparam a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), em Petrolina (PE), na manhã desta terça-feira (20). Eles chegaram ao prédio por volta das 10h30 da manhã e “tomaram” as dependências da unidade.

Estamos em contato com os manifestantes para informarmos o motivo da ocupação. Também entraremos em contato com a assessoria do INCRA, para saber que providências serão tomadas. Em breve mais informações.

MST fecha ponte Presidente Dutra em prol do ex-presidente Lula

Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) estão, neste momento, realizando protesto na ponte Presidente Dutra, que liga as cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Em todo o país, manifestantes têm fechado estradas para protestar contra a possível condenação do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Um dos representantes do MST, Florisvaldo Araújo, informou que a interdição acontece “em defesa da democracia, contra a condenação do ex-presidente Lula, para que todos possam continuar sonhando com um país mais igualitário”.

A ocupação já começa a causar congestionamentos nas vias de acesso à ponte, tanto em Petrolina, quanto em Juazeiro. Não há previsão para o término da manifestação.

Curaçá

Na BA-210, que segue de Juazeiro para o município de Curaçá, manifestantes espalharam pedaços de árvores e atearam fogo. Nenhum motorista consegue passar pelo local. Vários ônibus com pessoas do MST pararam no acostamento. Eles ocuparam a ponte da Barra Grande, que fica a 15km de Curaçá.

Casa Nova

Há informações de que na BR-235, que segue de Petrolina para Casa Nova (BA), integrantes do MST também interditaram a via. Assim como em Curaçá, foram espalhados pedaços de plantas na estrada e ateado fogo.

Superintendente do Incra considera desnecessária ocupação do órgão pelo MST

“A ocupação de uma certa forma é uma violência ao atendimento às pessoas que precisam diariamente do Incra”, Bruno Medrado – Superintendente do Incra em Petrolina

Apesar de reconhecer a pauta nacional com a ocupação de todas as superintendências do Brasil, o Superintendente do Incra em Petrolina, Bruno Medrado, avaliou como desnecessária a ação do MST em revindicar pontos que já são discutidos diariamente. “No Incra a gente tem os problemas que estão em andamento. Problemas de títulos provisórios, a gente tem uma meta de vinte e quatro mil títulos provisórios e já estamos com três mil e cem. A gente tem uma meta de dois mil créditos e vamos passar de cem. Então assim, de uma forma geral a pauta que nos foi passada é uma pauta que a gente discute diariamente, tem avançada diariamente”.

Bruno acredita que o movimento nacional do MST objetivou mais chamar a atenção do Governo Federal devido a discussão do orçamento de 2018, no entanto, afirmou ser contra ocupação. “Eu sou contra ocupação por que quando você faz ocupação você prejudica aquele usuário do dia a dia, existem pessoas que se deslocam de Petrolândia, Serra Talhada e voltam sem ter sido atendidas, então a ocupação de uma certa forma é uma violência ao atendimento às pessoas que precisam diariamente do Incra”.

O grupo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) desocupou a sede do  Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Petrolina (PE) na manhã da última quarta-feira (18).

Com a desocupação, que veio após dois dias de reuniões com negociação sobre os pontos de pautas apresentados pelo MST, o atendimento na sede foi restabelecido.

MST desocupa sede do Incra em Petrolina

(Foto: Internet)

O grupo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) desocupou a sede do  Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Petrolina (PE) na manhã desta quarta-feira (18).

Com a desocupação, que veio após dois dias de reuniões com negociação sobre os pontos de pautas apresentados pelo MST, o atendimento na sede foi restabelecido.

Nova reunião para desocupação do MST no Incra deve ser realizada nesta terça

(Foto: Internet)

O grupo do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) continua ocupando a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) em Petrolina (PE).

De acordo com o instituto, o atendimento permanece suspenso. Ainda segundo o Incra, na tarde dessa segunda-feira (16) foi realizada uma reunião que se estendeu até as 20h, quando os pontos de pautas regionais e nacional foram apresentados. Contudo, nem todos foram discutidos e uma nova reunião será realizada nesta manhã às 11h, para finalizar os pontos de reivindicações.

Entre os pontos apresentados estão o orçamento para 2017/2018 em reivindicação nacional; nos pontos regionais há Pontal Sul; novas áreas para aquisição de novos assentamentos; cadastro de novas famílias; infraestrutura; e Créditos Apoio Mulher, Semiárido, e Apoio Inicial; Pronera, Kits Feiras e Feiras da Reforma agrária, só após o encaminhamento de todos os pontos da pauta será iniciada a desocupação do prédio da Autarquia.

Sindsemp ocupa prédio da prefeitura de Petrolina por reajuste salarial

(Foto: ASCOM)

O Sindicato dos Servidores Municipal de Petrolina (Sindsemp) ocupou o prédio da prefeitura de Petrolina na manhã desta segunda-feira (3). Centenas de servidores participaram da manifestação em mais um dia de mobilização reivindicando o reajuste salarial.

Logo no início da manhã, o sindicato informou aos servidores presentes que não houve nenhum avanço em relação ao que já é de conhecimento de todos, o que os levou a deliberar pela ocupação da prefeitura. O saguão em frente ao gabinete do prefeito foi o local escolhido pelos servidores, na tentativa de que o prefeito recebesse os dirigentes sindicais.

Ao ser informado de que o desejo dos servidores era de que os seus líderes fossem recebidos, o prefeito Miguel Coelho, através do procurador geral do município, exigiu que apenas dois diretores do sindicato fossem atendidos. A base outorgou o presidente Walber Lins e o diretor de política sindical, Edson Santos, para expressar o anseio das categorias.

LEIA MAIS

Sede do Incra em Petrolina é ocupada por integrantes do MST

(Foto: Internet)

Desde a manhã desta segunda-feira (20), integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem terra (MST) estão ocupando a sede  do Incra do Médio São Francisco, que fica na Avenida da Integração, em Petrolina (PE).

A assessoria de comunicação da autarquia federal emitiu uma nota afirmando que foi solicitada pelo movimento uma reunião com o Superintendente Bruno Medrado, às 15:00 horas, para apresentação da pauta de reivindicação.

Confira a nota

“O Incra do Médio São Francisco vem a público informar que os integrantes do MST ocuparam a sede da autarquia, na Avenida da Intergração N° 412 – Jardim Colonial, desde a manhã desta segunda-feira (20). O movimento solicitou uma reunião com o Superintendente e chefes de divisão para às 15h de hoje, quando será apresentada a pauta.

Diante do exposto o superintendente da autarquia, Bruno Ferreira Medrado, esclarece que enquanto a Sede estiver ocupada os serviços e atendimentos estarão suspensos”.

UFPE deverá pedir reintegração de posse de prédios ocupados por estudantes

No dia 10 deste mês, os docentes poderão deflagrar uma greve por tempo indeterminado./ Foto: Foto: UFPE/ Divulgação

Ao todo, 10 unidades acadêmicas de seis centros (quatro no Recife e dois no interior) da UFPE estão ocupadas. / Foto: Foto: UFPE/ Divulgação

Após a reitoria da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) pedir aos alunos que ocupam as unidades acadêmicas da instituição para liberar o acesso de servidores aos prédios, os estudantes do Centro de Ciências Biológicas abriram as portas para os funcionários de empresas terceirizadas. A entrada de outros servidores, porém, continua restrita e só acontece mediante a liberação dos próprios estudantes.

A UFPE informou que aguarda que o acesso seja liberado até as 17h de hoje e prometeu entrar com uma ação de reintegração de posse na Justiça caso não haja acordo.

Uneb em Juazeiro volta a ter aulas nesta segunda

uneb

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) situada em Juazeiro, retoma o semestre nesta segunda-feira (28). Segundo A assessoria de imprensa, as aulas serão retomadas após ocupação de estudantes que protestavam, entre outros pontos, contra a PEC 55.

Confira Nota:

Comunicamos a todos os estudantes do Departamento de Ciências Humanas (DCH) da Universidade do Estado da Bahia, (UNEB),

campus de Juazeiro, que as aulas serão reiniciadas hoje, dia 28 de novembro, após a finalização da ocupação do Campus III.

Estudantes desocupam a Faculdade de Direito do Recife após uma semana

estudantes

Em acordo firmado na quarta-feira (16), os estudantes haviam aceitado deixar o prédio da FDR – da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – até 18h desta sexta-feira (Foto: Folha de PE)

Os estudantes que ocupavam a Faculdade de Direito do Recife (FDR) começaram a desocupar a instituição de ensino na tarde desta sexta-feira (18). A ocupação começou na noite de 10 de novembro e serviu como protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55, antiga PEC 241. A expectativa é de volta às aulas na FDR na segunda-feira (21).

Durante a tarde, grupos de jovens começaram a deixar o prédio carregando sacolas de lixo da ocupação – os últimos a saírem deixaram o prédio por volta das 17h15, uma hora antes do prazo final.  “Eu estive aqui todos os dias e vi que eles estão tendo todo o cuidado com o imóvel, que é tombado como patrimônio público. Eles devem demorar mais por causa da arrumação que estão fazendo, passando pano no chão, varrendo as salas, deixando tudo tal qual encontraram”, aponta a Luani Melo, defensora pública federal responsável por articular a vistoria que será feita antes do prazo estipulado.

LEIA MAIS

Frente Brasil Popular realiza manifestação em Petrolina

O Ato em Petrolina contou com a participação de diversas entidades e movimentos, como o Sindsemp, Sindunivasf, ACOSAP, Levante Popular da Juventude, entre outros. (Foto: Whats APP)

O Ato em Petrolina contou com a participação de diversas entidades e movimentos, como o Sindsemp, Sindunivasf, ACOSAP, Levante Popular da Juventude, entre outros. (Foto: Whats APP)

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (11) como parte dos eventos do Dia Nacional de Paralisação contra a PEC 55, um ato da Frente Brasil Popular em Petrolina.
Os manifestantes ocuparam a Praça do Bambuzinho a partir das 8h30, saindo em caminhada pelas principais ruas do centro de Petrolina. O conteúdo dos discursos e das conversas com a população foram os impactos da PEC 55, que congela o orçamento federal pelos próximos 20 anos.
LEIA MAIS

Estudantes continuam ocupando o Instituto Federal de Juazeiro nesta segunda-feira

If está ocupado desde a última sexta./ Foto: divulgação

If está ocupado desde a última sexta./ Foto: divulgação

O Instituto Federal da Bahia (IFBA), em Juazeiro, continua ocupado por um grupo de estudantes nesta segunda-feira (07).  Os alunos ocuparam o campus  na última sexta-feira (04) e permanecem no local. O grupo protesta contra a Proposta de Emenda à Constituição que estabelece um teto para o aumento dos gastos públicos pelas próximas duas décadas, a PEC 241.

Desde o dia 26 de outubro os alunos estão fazendo diversas mobilizações em Juazeiro, com palestras sobre os impactos da PEC 241 na educação e na saúde, e promoveram passeata também com o objetivo de chamar a atenção da sociedade contra as medidas do governo na educação e saúde. Depois de assembleia na noite da última quinta-feira, os estudantes decidiram ocupar a instituição por tempo indeterminado.

LEIA MAIS

MST ocupa Incra em Petrolina

(Imagem ilustrativa)

(Imagem ilustrativa)

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST),ocuparam a sede do  Incra de Petrolina (PE) nesta segunda (07). Cerca de 300 pessoas estão no local.

O motivo da ocupação são as pautas pendentes deste ano e as metas para 2017, que o instituto tem com o movimento. Entre eles está a instalação de creches e sistemas de irrigação nos assentamentos. Eles devem permanecer no local até a quarta-feira (09).

Sobe para 240 mil número de alunos que terão Enem adiado

(Foto: Internet)

A lista foi ampliada para incluir locais que foram ocupados após a divulgação da primeira lista pelo Inep (Foto: Internet)

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será adiado em 364 locais de prova, o que atingirá 240.304 candidatos. O número foi atualizado hoje (4) pelo Ministério da Educação (MEC) em coletiva de imprensa. A lista com os locais em que a prova será cancelada neste final de semana (5 e 6), estará disponível na internet, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A lista foi ampliada para incluir locais que foram ocupados após a divulgação da primeira lista pelo Inep, na última terça-feira (1º). Esses estudantes farão as provas nos dias 3 e 4 de dezembro e serão informados do adiamento por SMS.

LEIA MAIS
123