Em votação unânime, Câmara de Petrolina aprova prestação de contas de Odacy Amorim, Julio Lossio e Miguel Coelho

(Foto: Ascom PMP)

Os vereadores de Petrolina aprovaram, nesta quinta-feira (14), por 22×0, as prestações de contas dos ex-prefeitos Odacy Amorim (PT) e Julio Lóssio (PSD), além do atual gestor, Miguel Coelho (DEM). A votação em bloco ocorreu de forma rápida e tranquila.

LEIA TAMBÉM

Comissão de Finanças e Orçamento segue orientação do TCE para aprovação com ressalvas das contas na Câmara de Petrolina

As contas de Odacy são referentes a 2008. As de Lóssio, de 2012-2015, excluindo o ano de 2016; e as de Miguel, dizem respeito ao biênio 2017-2018. Todas receberam orientação – mantida pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara – do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) para aprovação com ressalvas.

LEIA MAIS

Comissão de Finanças e Orçamento segue orientação do TCE para aprovação com ressalvas das contas na Câmara de Petrolina

Plenário da Câmara de Vereadores. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Comissão de Finanças e Orçamento, formada pelo vereador Osório Siqueira (MDB) no cargo de presidente, Josivaldo Barros (Republicanos), relator e César Durando (DEM), secretário seguiu as orientações do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), na elaboração dos pareceres sobre os projetos de leis que tratam das prestações de contas de Odacy Amorim (PT), Julio Lóssio (PSD) e Miguel Coelho (DEM).

Dessa forma, as matérias estão aptas para entrarem em votação no plenário da Casa Plínio Amorim. Todas as prestações de contas dos ex-prefeitos e do atual gestor, têm recomendação do TCE para aprovação com ressalvas. A Comissão deu pareceres da seguinte forma:

  • Manutenção do parecer prévio do TCE, que concluiu pela aprovação com ressalvas das contas do ex-prefeito Odacy Amorim (PT), referente ao exercício financeiro de 2008;
  • Manutenção do parecer prévio do TCE, que concluiu pela aprovação com ressalvas das contas do ex-prefeito Julio Lóssio (PSD), referentes aos anos de 2012, 2013, 2014 e 2015;
  • Manutenção do parecer prévio do TCE, que concluiu pela aprovação com ressalvas das contas do atual prefeito Miguel Coelho (DEM), referente aos anos de 2017 e 2018.

“O que nós fizemos foi acompanhar a orientação do órgão que nos fiscaliza”, afirmou Osório. O presidente também rebateu as críticas sobre a demora em pautar as prestações de conta. “Tem conta aqui com mais de mil dias, isso pode ser questionado“, reconheceu. “Foi mais do que justo colocar em bloco”, salientou.

Câmara analisa conta de ex-gestores e do atual prefeito de Petrolina nesta quinta-feira

(Foto: Ascom PMP)

A sessão desta quinta-feira (14) na Câmara de Vereadores de Petrolina contará com sete projetos de lei em pauta. Todos são do Poder Executivo e tratam da prestação de contas do atual prefeito Miguel Coelho (DEM) e ex-gestores. A sessão começa às 9h.

Além das contas de Miguel (2017 e 2018), referentes à primeira gestão, estão na pauta as contas de Odacy Amorim (PT) referente ao ano de 2008; de Julio Lóssio (PSD) de 2012, 2013, 2014 e 2015.

Antes de votarem as prestações de contas, os vereadores vão debater os pareceres das Comissões Parlamentares e votar e aprovar as Indicações e Requerimentos que constam na pauta de hoje.

Em nota, Odacy diz ser contra aumento de combustíveis

Odacy Amorim, ex-deputado estadual. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ex-deputado estadual Odacy Amorim (PT) disse, em nota de esclarecimento, que não é a favor do aumento dos combustíveis para os vereadores de Petrolina (PE).

A declaração veio após o blog Waldiney Passos divulgar uma matéria em que o deputado se mostra favorável ao aumento de mil reais da cota para os parlamentares.

Como o trabalho do blog Waldiney Passos é de informar e não de desinformar, abaixo seguem o áudio da entrevista concedia à Rádio Jornal na manhã desta segunda-feira (19) e a nota de esclarecimento do petista.

Áudio da Entrevista

Odacy Amorim em entrevista a Waldiney Passos.

Nota de Esclarecimento

Ao contrário do que foi divulgado pelo Blog de Waldiney Passos na manhã desta segunda-feira (19), durante a entrevista concedida à Rádio Jornal Petrolina, o ex-prefeito do município e ex-deputado estadual Odacy Amorim, em nenhum momento, declarou apoio ao aumento da cota de combustíveis dos vereadores da cidade. Diferente do recorte feito pela reportagem do Blog, o que Odacy fez foi uma série de ponderações sobre a polêmica envolvendo a Casa Plínio Amorim.

Considerando que ele não tem apoio de nenhum parlamentar municipal, Odacy destacou que houve sim um aumento significativo no preço dos combustíveis, inclusive Petrolina se destaca no Estado com os valores de gasolina ultrapassando os R$ 6,30, além de ser uma cidade de grande extensão territorial. No entanto, Odacy reconhece que esse não é momento para aumento dos gastos públicos, já que a população está cada vez mais empobrecida, como resultado de políticas públicas nocivas do Governo Federal e que contam, infelizmente, com o apoio de alguns parlamentares sertanejos.

Para Odacy Amorim é preciso olhar para todos os problemas, principalmente para aqueles mais graves como, por exemplo, o absurdo aumento do fundo eleitoral para R$ 5,7 bilhões, aprovado pelo Congresso Nacional no projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022. Odacy destaca que é preciso tomar cuidado para que polêmicas menores não sirvam como cortina de fumaça para os votos controversos de parlamentares da região que apoiam o presidente Jair Bolsonaro. Por isso, ele colocou o nome à disposição para compor a Câmara dos Deputados e ser voz ativa do povo do Sertão a partir de 2023 como deputado federal.

Odacy Amorim diz ser a favor do aumento da cota de combustível para vereadores de Petrolina

Odacy Amorim em entrevista a Waldiney Passos.

Em entrevista ao programa de Waldiney Passos, na Rádio Jornal, Odacy Amarim (PT) disse ser a favor do acréscimo de mil reais para os vereadores da cidade. Segundo o ex-deputado, os parlamentares que andam pelo município gastam muito se deslocando para o interior da cidade.

LEIA TAMBÉM

Justiça determina suspensão de verba adicional para combustível dos vereadores de Petrolina

Presidência sanciona aumento na cota de combustível para vereadores de Petrolina

De acordo com Odacy, “estão fazendo muito barulho com esses mil reais que aumentou”. “O que quero dizer com isso é que são 23 vereadores, então aumentou R$ 23 mil por mês. No ano, esse valor é de R$ 230 mil”, afirmou.

Petrolina é um dos maiores municípios de Pernambuco. Eu não tenho vereador me apoiando, mas eu ando por aí e encontro alguns no interior se movimentando. Daqui para Rajada é longe, daqui para o Caititu é longe, e você aumentar mil reais para um vereador que anda no interior, com o preço da gasolina que está?”, disse.

LEIA MAIS

Políticos prestam homenagem a Raimunda Sol Posto durante sessão desta terça-feira

Câmara respeitou um minuto de silêncio a Raimunda Sol Posto (Foto: Ascom CMP)

A sessão desta manhã na Casa Plínio Amorim ganhou contornos de homenagem. Logo no início dos trabalhos desta terça-feira (6), o presidente Aero Cruz (MDB) convidou os colegas a prestarem um minuto de silêncio em memória de Raimunda Sol Posto.

LEIA TAMBÉM

Luto: morre Raimunda Sol Posto, ex-vereadora de Petrolina

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros (PP) que está em Petrolina se solidarizou com os petrolinenses. “Venho trazer meus pêsames ao povo desse município pela notícia recente“, afirmou.

Dulci e Odacy Amorim emitem nota de pesar

O casal Dulci e Odacy Amorim (PT) emitiram uma nota de pesar, lembrando o legado de Raimunda na política petrolinense. A nota lembra que a cidade perde “uma das suas guerreiras mais valorosas”. “Agora só nos resta pedir a misericórdia de Deus. Que Ele conforte a todos os familiares, amigos e admiradores. Seu legado permanecerá e sua lembrança seguirá nos nossos corações”, destaca o texto.

Ex-prefeito de Santa Cruz (PSB) visita a deputada estadual Dulci Amorim (PT)

(Foto: Ascom)

O encontro aconteceu na manhã desta sexta-feira (12), na casa da Deputada Dulci Amorim, do Partido dos Trabalhadores. O ex-prefeito de Santa Cruz e agora liderança política de Santa Filomena, Paulo Sérgio, do PSB, estava acompanhado de sua esposa, Maria do Carmo.

Já deputada, estava na companhia do esposo, o ex-deputado estadual e ex-prefeito de Petrolina, Odacy Amorim, também do PT. Mesmo com os dois partidos rompidos politicamente a nível estadual, Paulo Sérgio se colocou à disposição para debater as principais necessidades dos dois municípios.

A deputada não esboçou uma coligação de fato, mas se colocou aberta ao diálogo. “É muito bom dialogar com pessoas comprometidas com o desenvolvimento do seu município. E nós temos um carinho especial por Santa Filomena e Santa Cruz, assim como por todas as cidades do nosso Sertão. Por isso, estamos renovando nosso compromisso de lutar por benefícios pela região como um todo”, afirmou Dulci Amorim.

Em Petrolina, deputada estadual Dulci Amorim se reúne com representantes do HU

(Foto: Divulgação)

A deputada estadual Dulci Amorim (PT) visitou o Hospital Universitário de Petrolina nessa semana e buscou ouvir as principais demandas da gestão, para buscar melhorias no atendimento ao público. Dulci esteve acompanhada do ex-prefeito e ex-deputado Odacy Amorim (PT), que inaugurou a unidade.

O casal foi recebido pelo gerente administrativo, Heitor Leite e pela dra. Kátia. Desde o início da pandemia do novo coronavírus o HU da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está sendo utilizado também no tratamento de pacientes.

“Nossa luta não começou agora e nem pode parar. Sem saúde, não sairemos dessa crise econômica. E sem garantias de que o povo terá suas necessidades básicas asseguradas, ficará cada vez mais difícil manter as medidas de prevenção à Covid-19“, afirmou a parlamentar.

Derrota de Marília na capital define caminho de petistas de Petrolina em 2020

Odacy é suplente de Marília, mas não herdará vaga

A derrota de Marília Arraes (PT) para João Campos (PSB) no Recife (PE) também foi sentida por dois políticos petrolinenses. Em primeiro lugar, por Odacy Amorim (PT), que é 1º suplente de Marília na Câmara dos Deputados e caso a neta de Miguel Arraes fosse eleita, herdaria a cadeira em Brasília (DF).

Mas Marília somou apenas 348.126 votos (43,73%), contra 447.913 votos (56,27%) de João. Vale lembrar que Odacy foi candidato a prefeito em Petrolina nesse ano e obteve apenas o terceiro lugar, totalizando 15.345 votos (9,64%).

A outra a sentir com a derrota da petista foi Cristina Costa (PT). Aliadas de longa data, especulava-se que Cristina poderia ganhar algum cargo com a vitória de Marília. Assim como Odacy, a vereadora de Petrolina não obteve sucesso em 2020 e conseguiu apenas a suplência em 2021.

Mesmo com a derrota, Costa destacou que companheira de partido é o presente e futuro do partido. “Ela resgatou a autoestima da militância petista, injetou energia positiva no Partido dos Trabalhadores, demonstrou coerência, firmeza em suas propostas e convicções […] Você é só orgulho para nós do PT“, escreveu nas redes sociais.

Em carta aberta, Odacy Amorim fala em pleito desleal por poderio econômico

Odacy Amorim durante campanha eleitoral.

O candidato à prefeitura de Petrolina (PE), Odacy Amorim (PT), emitiu uma carta aberta nesse domingo (15) após a derrota nas eleições municipais. O petista foi o terceiro mais votado, com 222 votos a menos que o segundo colocado, Júlio Lossio Filho (PSD). Ao todo, Odacy teve 15.345 votos.

Para o ex-deputado, o pleito foi desleal devido ao “poderio econômico envolvido“. Odacy disse reconhecer o resultado das eleições e desejou sucesso ao prefeito reeleito Miguel Coelho (MDB).

O petista ainda falou sobre a decisão de disputar o pleito. “Entrei na disputa com muita coragem e embalado pelo sonho servir Petrolina, quando outros quadros políticos oposicionistas preferiam apenas se afastar da eleição“.

LEIA MAIS

Odacy Amorim votou no Distrito de Rajada no meio da tarde

(Foto: Ascom/Odacy Amorim)

O candidato a prefeito de Petrolina (PE), Odacy Amorim (PT) votou por volta das 14h30 no Distrito de Rajada, zona rural do município. Ele disse que acredita no reconhecimento do povo de Petrolina. “Minha expectativa é que Deus possa ter marcado na mente e no coração do povo e que esse povo tenha apertado o 13, e que a g tenha um bom resultado no final do dia”, disse o petista.

Amorim, classificou a eleição como o momento difícil e adverso por causa da pandemia do novo coronavírus, por causa do poderio econômico de alguns candidatos e por conta do isolamento social. Mesmo assim ele se mostrou confiante em ir para o 2º turno.

“Estamos confiante em ir para o 2º turno e aí enfrentaremos um novo projeto nas mãos de papai do céu. Sou muito confiante. Eu trabalho, eu tenho uma história política, mas como sempre eu dependo de papai do céu tocar na mente e no coração das pessoas”, concluiu Odacy.

Ipespe: Miguel lidera em Petrolina com 80% dos votos válidos

O Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) divulgou mais uma pesquisa sobre as intenções de voto em Petrolina. E o prefeito Miguel Coelho (MDB) aparece com 73% das menções. No levantamento feito em parceria com a Folha de Pernambuco, levando em conta apenas os votos válidos, Miguel amplia a vantagem para 80%.

Com isso, garantiria a vitória ainda no 1º turno das eleições municipais. De acordo com o Ipespe, na segunda colocação está Odacy Amorim (PT) com 9% das citações e 10% dos votos válidos; seguido de Julio Lossio Filho (PSD), que contabiliza 6% de citações também nos votos válidos.

Gabriel Menezes (PSL) tem 3% das menções e votos válidos. Candidato do PSOL, Marcos Heridjânio soma 1% em ambos os cenários. Por fim, Deomiro Santos (PV) não pontuou. Os eleitores que não sabem ou não responderam e os que afirmaram votar em branco ou ainda anular o voto representam são 4%, respectivamente. A margem de erro da pesquisa é de 4,5% para mais ou menos.

Oscilação

Ainda segundo o Ipespe, Miguel cresceu 2% em relação ao último levantamento, quando tinha 71% das menções. Por outro lado, Odacy que tinha 10% caiu para 9%. Julio Lossio Filho cresceu de 5% para 6%. Julinho também é o candidato com maior rejeição: 53%, enquanto Miguel tem a menor porcentagem, totalizando 13%.

Odacy percorre periferia de Petrolina com “Acelera 13”

Evento foi o último presencial na campanha do petista (Foto: Ascom)

No último compromisso lado a lado dos eleitores, na noite de quinta-feira (29), Odacy Amorim (PT) promoveu o Acelera 13 na periferia de Petrolina. O candidato a prefeito percorreu o Santa Luzia, Mandacaru, São Joaquim, Terras do Sul, Dom Avelar, Padre Cícero e Vila Rotary.

“Petrolina sabe que vamos governar dos bairros para o Centro. Precisamos cuidar deles que estão há anos deixados de lado. Pensar na economia das comunidades, pensar na segurança e garantir que a qualidade das obras do Centro e dos bairros seja a mesma”, disse Odacy que esteve ao lado do vice, Vinícius de Santana e da deputada estadual Dulci Amorim (PT).

Apesar de ter programado diversas ações para hoje (30), Odacy cancelou seus compromissos para cumprir a determinação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Agora os candidatos apenas poderão promover atividades virtuais, por conta da pandemia da covid-19.

Após decisão do TRE, candidatos a prefeito de Petrolina suspendem agendas dessa sexta

Eleições 2020

As campanhas de rua dos candidatos em Pernambuco estão proibidas pela Justiça Eleitoral, após determinação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE). Além das caminhadas, comícios, passeatas, bandeiraços e até mesmo drive-thru estão vetados nos 184 municípios pernambucanos.

LEIA TAMBÉM

TRE-PE proíbe atos presenciais de campanha que causem aglomeração

Diante da proibição, alguns candidatos de Petrolina tiveram que cancelar seus compromissos previstos para essa sexta-feira (30). A única candidatura a não ser afetada por conta da medida foi a de Gabriel Menezes (PSL), pois o vereador optou por não promover atos que resultem em aglomerações.

LEIA MAIS

Durante programação na zona rural de Petrolina Odacy Amorim promete criar o Bolsa Água

(Foto: Divulgação)

A campanha do candidato a prefeito de Petrolina (PE), Odacy Amorim (PT) e seu vice Vinícius de Santana (PC do B) neste domingo (25) se concentrou na zona rural do município. Durante a manhã, participaram de um café da manhã no Assentamento José Almeida.

Na ocasião, Odacy destacou alguns dos projetos, a exemplo do Bolsa Água, onde o município garante uma cota mensal para carro-pipa nos locais onde não há abastecimento regular. O candidato também falou sobre a criação da Patrulha Rural, que dará suporte ao interior na prevenção de desastres naturais.

Durante a tarde, em carreata percorreu as ruas do N-8. “A zona rural sabe que nosso olhar sempre foi atento a ela. E as pessoas retribuem mostrando que a verdadeira pesquisa está nas ruas”, comentou Odacy após as atividades de campanha.

123