Após morte de criança, UPAE/IMIP reforça cuidados ao utilizar celular ligado na tomada

Cuidados para evitar acidentes com aparelho (Foto: Reprodução)

A morte de uma criança de apenas três anos de idade deixou a população de Petrolina chocada. O fato registrado na quinta-feira (24) teria acontecido após a garota manusear um aparelho celular que estava ligado na tomada. Ela foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE/IMIP), mas já chegou em óbito.

Mesmo assim as equipes tentaram por 1 hora reanimar a garota. “Não há palavras para descrever tamanha tragédia. Aqui na Unidade nós não atendemos criança, mas eventualmente chegam casos como esse. Fazemos de tudo para tentar salvar vidas, mas nem sempre é possível”, lamentou a coordenadora geral da UAPE/IMIP, Graziella Franklin.

LEIA TAMBÉM:

Tragédia em Petrolina: criança morre eletrocutada ao mexer em carregador de celular ligado na tomada

Para evitar tragédias como essa a unidade emitiu um alerta com orientações à comunidade. “Manuseá-los durante o carregamento da bateria pode provocar o superaquecimento, especialmente em celulares com as opções de carga rápida ou turbo, devido à grande quantidade de energia e volts utilizadas na ação”, explica o técnico em segurança do trabalho, José Guilherme Castro.

Cuidados

Enquanto o aparelho está carregando a dica é não mexer no objeto. É importante evitar deixar o celular em carga em cima de camas enquanto dorme, pois há risco de incêndios caso haja um curto-circuito. Se houver choque elétrico a recomendação é cortar ou desligar a fonte de energia; afaste a pessoa da fonte elétrica que estava provocando choque (use materiais não condutores e secos, como madeira, plástico, panos grossos ou borracha); chame uma ambulância ligando para o 192; se a pessoa estiver consciente a acalme; se estiver inconsciente, mas respirando, deite-a de lado colocando-a em posição lateral de segurança; se estiver inconsciente e não respirando inicie a manobra de reanimação até a chegada da ajuda médica (se estiver apto a isso).

TRE-PE divulga orientações para evitar dúvidas no dia da eleição

As orientações falam sobre a possibilidade do uso de camisa de candidatos. (Foto: Ilustração)

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador Luiz Carlos Figueirêdo, e o corregedor do Tribunal, desembargador Alexandre Pimentel, assinaram, nesta quarta-feira (03), uma orientação conjunta para o dia da Eleição que pode ser acessada clicando aqui.

O documento trata do uso de camisa de candidatos, partidos ou coligação por parte do eleitor no dia da Eleição. A orientação conjunta nº 1/2018 também esclarece pontos como a padronização do vestuário de fiscais e a prioridade na votação. Na sessão plenária desta quarta-feira, o presidente do TRE  leu as orientações para os demais membros da Corte para dar ainda mais transparência.

“Como a própria nomenclatura já anuncia, não se trata de uma inovação normativa, mas tão somente de orientação, baseada na prática de outras eleições e na jurisprudência, que visa padronizar o entendimento a ser adotado pelos juízes eleitorais em todo o Estado, evitando-se tumultos e desgastes desnecessários no dia da votação”, disse.

LEIA MAIS

Prodecon orienta consumidores sobre compras em período de promoções

O Prodecon orienta que os estabelecimentos comerciais não podem exigir um valor mínimo para os pagamentos em cartões.

Os consumidores que gostam de economizar ganharam um atrativo para sair às compras em Petrolina: é que tem sido comum ver lojistas realizando promoções nesta época do ano para tentar zerar seus estoques. Mas, especialmente agora, é importante que os consumidores fiquem atentos para não terem seus direitos violados.

Para orientar os petrolinenses, o diretor do Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon), Dhiego Serra, listou algumas dicas importantes para assegurar compras tranquilas  neste período. A primeira delas diz respeito à troca de mercadorias. Segundo Dhiego, o consumidor tem  direito de trocar produtos com algum defeito, mesmo em promoções.

“É comum alguns estabelecimentos fixarem informativos de que não aceitam trocas de produtos que estão em promoção. Mas, segundo o Código de Defesa do Consumidor, o cliente tem direito de trocar produtos quando estes apresentam qualquer defeito ou vício. O consumidor só precisa ficar atento aos prazos e à política de cada estabelecimento”, explica Dhiego.

LEIA MAIS

Atividades educativas de combate à poluição sonora chegam a bares e restaurantes de Juazeiro

(Foto: Ascom)

Nessa semana a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB) iniciou os trabalhos educativos juntamente aos bares e restaurantes de Juazeiro. O objetivo é combater à poluição sonora na cidade e para isso serão contemplados a zona urbana e rural.

Na quinta-feira (19) 27 estabelecimentos foram orientados pelas equipes de fiscalização. Os proprietários receberam cópias da Lei Complementar 018/2016 e informações sobre os decibéis e horários permitidos para som alto.

De acordo com o secretário Agenor Souza a educação é o primeiro passo para a convivência em harmonia. “A secretaria dispõe do mecanismo de emissão de licença sonora e os empreendedores são orientados sobre o que pode e não pode ser realizado, a quantidade de decibéis permitidos para cada turno, locais que são proibidos e qualquer perturbação sonora. Nosso objetivo é de resguardar o sossego público sem prejudicar as atividades econômicas na cidade, resguardando o respeito”, afirmou.

O trabalho educativo seguirá durante esse final de semana na sede e depois seguirá para a zona rural de Juazeiro. Ainda não foi divulgada a programação das atividades no interior.

Polícia Civil orienta efetivo para atuação no São João de Petrolina

Na tarde dessa quarta-feira (13), a diretoria Integrada do Interior 2, através do Diretor Bruno Vital, a Gerente de Controle Operacional Polyanna Neri e Seccional Marceone Jacinto, realizaram orientações e instrução as equipes que irão atuar no São João de Petrolina 2018.

Durante o encontro, foram transmitidas orientações quanto à postura a apresentação visual dos policiais como trajes e distintivos, recepção dos turistas e guarnições da PM para realização de BOEs, TCOs e APFD.

Além disso, as equipes policiais foram orientadas sobre a instalação e consultas no alerta celular, horários de trabalho e preenchimento das planilhas no link específico para este evento, relatórios de plantão entre outros assuntos.

Delegacia móvel

O evento contará mais uma vez com a delegacia móvel da Polícia Civil que ficará na entrada da festa. O ônibus é equipado para atender a comunidade com o registro de ocorrências e confecção procedimentos.

Petrolina: Vigilância Sanitária orienta sobre cuidados com a alimentação no período junino

Em 2017, além das orientações, os fiscais recolheram produtos sem registro.

A Agência Municipal de Vigilância Sanitária, após diversas capacitações com os ambulantes que devem atuar no São João de Petrolina, elaborou orientações para garantir a segurança alimentar dos consumidores durantes as festividades juninas.

A vigilância alertou para os aspectos a serem observados nos estabelecimentos que estarão comercializando comidas e bebidas durante os festejos que começam na próxima sexta-feira (15).

De acordo com a fiscal sanitária, Islanne Soares, é importante que a população fique atenta para as condições higiênico-sanitárias na hora de escolher um local para se alimentar.

“As pessoas devem dar preferência a comidas leves e saudáveis. Verificar se o local escolhido é limpo, se o manuseio dos alimentos é feito com luvas e se está com o fardamento completo. Lembrar que é proibida a utilização de colheres de pau e coadores de pano. Com relação a bebidas, não aceitar gelo-escama durante o fornecimento. Caso perceba que esses itens estão sendo descumpridos, procurar outro local e denunciar aos fiscais presentes”, ressaltou.

LEIA MAIS

Profissionais da área da saúde em Petrolina recebem orientações sobre doenças causadas pelo trabalho

(Foto: ASCOM)

Para capacitar os profissionais da Atenção Básica acerca de doenças ocupacionais, a Prefeitura de Petrolina (PE) tem realizado oficinas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Atendimento Multiprofissional Especializado (AMES).

Na manhã desta quinta-feira (12), as AMES Amália Granja de Alencar, na Vila Mocó, e Roza Maria Ribeiro, no Gercino Coelho receberam a capacitação, ministrada pelo Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (CEREST), que orienta os servidores sobre notificações de acidentes e agravos relacionados ao trabalho, além de discutir assuntos como o funcionamento e papel do CEREST e a política nacional da Saúde do Trabalhador.

De acordo com a coordenadora do CEREST, Daise Brecci, a ação é voltada para sensibilizar os profissionais quanto às doenças causadas pelo trabalho. “É uma oficina de educação permanente que visa orientar os servidores quanto à sensibilidade de perceber, durante o acolhimento e consulta, se os sintomas dizem respeito a uma doença ocupacional, para que o encaminhamento seja realizado de forma correta”, explica a coordenadora.

Prefeitura reunirá agricultores para orientar sobre Programa Nacional de Alimentação Escolar

A reunião acontecerá na Associação dos Moradores, às 9h. (Foto: ASCOM)

Com o objetivo de orientar os agricultores sobre a compra direta de produtos da agricultura familiar para a merenda escolar desde ano, a Prefeitura de Petrolina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário, desenvolveu um cronograma de reuniões com agricultores familiares do município.

O calendário inicia nesta sexta-feira (16), com agricultores do Sítio Coelho em Izacolândia, zona rural do município. A reunião acontecerá na Associação dos Moradores, às 9h e contará com a presença do Secretário da pasta, José Batista da Gama e equipe técnica.

“Quero convidar os agricultores familiares do Sítio Coelho para participarem desse encontro, pois na ocasião iremos apresentar informações sobre a inclusão dos produtores na compra para a merenda escola da rede municipal de ensino e as documentações necessárias para participar do processo que em breve será publicado em edital”, disse o secretário José Batista, que na ocasião, adiantou que na próxima semana será a vez dos projetos irrigados, N-9 e C-3. O encontro vai acontecer sempre na Associação de Moradores.

O PNAE

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) é um programa de assistência financeira suplementar com vistas a garantir, no mínimo, uma refeição diária aos alunos beneficiários, suprindo ao menos parcialmente as necessidades nutricionais dos alunos beneficiários, no período em que estes se encontram na escola.

Do total de recursos repassados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), no mínimo, 30% deve ser utilizado na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar. Em Petrolina, 30% dos recursos são utilizados para esse tipo de aquisição.

Médico do SAMU de Petrolina orienta sobre os cuidados com a saúde durante o carnaval

A equipe do Samu estará presente durante os quatro dias de festa com ambulâncias na Orla de Petrolina e no bairro Areia Branca. (Foto: Internet)

O clima de festa, a decoração do comércio, a estrutura sendo montada no circuito e o frevo tocando nas rádios, anuncia que já é carnaval em Petrolina. Então, nada melhor que estar preparado para enfrentar e aproveitar a folia com alguns cuidados simples com a saúde.

O primeiro passo, segundo o coordenador médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do município (SAMU), Vinícius Araújo, é o cuidado com a hidratação. Devido ao clima quente da nossa região, curtir carnaval requer muitos litros de água, principalmente para quem estiver ingerindo bebidas alcoólicas, o que facilita a desidratação. Ele orienta também o consumo de sucos naturais e água de coco.

“O nosso maior problema é que durante todo o ano as pessoas não se preparam, não realizam atividades físicas e não fazem uma alimentação correta. Porém, quando chega o carnaval é a maratona dos quatro dias de folia. A gente vive em uma região quente com temperaturas elevadíssimas, então é preciso ter muito cuidado com a hidratação”, frisou.

LEIA MAIS

Protocolo define orientações para tratamento da chikungunya

Carlos Brito

Médicos pernambucanos, entre eles Carlos Brito, membro do Comitê Técnico de Arboviroses do Ministério da Saúde (MS) e professor de Clínica Médica da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), concluíram um protocolo para o tratamento da chikungunya. O documento, que será divulgado oficialmente em breve pelo MS, alerta para o cuidado na administração de alguns tipos de medicamentos que podem causar o agravamento do quadro e até mesmo a morte de pacientes acometidos por esta arbovirose que tem como principais características fortes dores e inflamações nas articulações.

A medida foi tomada após relatos de automedicação e mesmo de prescrição médica de drogas como antiinflamatórios ou corticóides durante a fase aguda da doença e que seria um risco para a saúde dessas pessoas. Nas emergências, pacientes vêm recebendo injecções de dexametasona para aliviar, mais rapidamente, os sintomas de inchaço de que se queixam, inadvertidos do perigo que a droga representa, quando administrada entre o 10º e 14º dias da doença, quando geralmente acontece a fase aguda.

“A medicação com antiinflamatórios e corticóides nesta fase pode levar a complicações porque aumenta o risco de sangramento, complicando para casos de hemorragia e, principalmente nos idosos, podendo levar a um dano renal. Em outros países, como a Colômbia, já se faz essa associação. Aqui os médicos prescrevem por desconhecimento. É natural, é uma doença nova e também as pessoas se automedicam porque sentem muita dor nas articulações”, explica Brito, enfatizando a importância do protocolo. Na fase aguda, segundo o especialista, são indicados apenas os analgésicos que podem ser tylenol, dipirinona, paracetamol. “As dores também regridem com o bloqueio de analgésicos e a inflamação tende a regredir”, garante.

 Nesta quarta-feira, a Secretaria de Saúde do Recife inicia a capacitação de profissionais de saúde com base no protocolo de atendimento aos casos de chikungunya. Os cerca de 400 profissionais da rede municipal estarão reunidos a partir das 8h30, no auditório do Banco Central. Entre as novidades, a aplicação de um questionário sobre a intensidade da dor e a introdução de analgésicos mais potentes a serem distribuídos pela atenção básica de acordo com a prescrição médica.

Com informações do DP