Câmara de Vereadores de Petrolina classifica como “inverídica” informação sobre “farra das diárias”

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A Câmara de Vereadores de Petrolina emitiu uma nota de esclarecimento sobre a suposta “farra das diárias”, uma polêmica envolvendo os edis da atual legislatura que veio à tona nessa semana. De acordo com o presidente Osório Siqueira (MDB), a informação compartilhada nas redes sociais é “inverídica”.

LEIA TAMBÉM

Vereadores de Petrolina repudiam mensagem disseminada em grupos de WhatsApp sobre “farra de diárias”

Na nota, Osório afirma que “todas as viagens foram motivadas pelo interesse público, na busca de experiências exitosas e obtenção de conhecimentos com nossos pares de diferentes municípios, autoridades, técnicos e conselheiros”.

“Todos os eventos/audiências foram revestidos do mais absoluto interesse público, trazendo aos cidadãos petrolinenses práticas legislativas, sugestões de ações, troca de experiências e conhecimentos, materializados numa quantidade expressiva de Projetos de Lei, Requerimentos, Indicações e demais atos legislativos em favor de uma melhor qualidade de vida aos nossos munícipes”, pontua o presidente.

Leia a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Câmara de Vereadores de Petrolina manterá sessões no mês de julho

Recesso de julho foi suspenso por conta da pandemia da covid-19 (Foto: Blog Waldiney Passos)

O mês de julho tradicionalmente é destinado ao recesso legislativo, porém a pandemia do novo coronavírus alterou o cronograma de inúmeras casas. Na Casa Plínio Amorim, em Petrolina, a expectativa da Mesa Diretora é manter sessões extraordinárias, uma vez por semana até o início de agosto.

LEIA TAMBÉM

Vereadores de Petrolina repudiam mensagem disseminada em grupos de WhatsApp sobre “farra de diárias”

Presidente da Câmara de Vereadores, Osório Siqueira (MDB) explicou como isso funcionaria. “Já conversei com o vereador Rodrigo [Araújo que é 2º secretário], Ronaldo Souza que é o vice-presidente e com o vereador Osinaldo que é o 1º secretário. Nós estamos no recesso do mês de julho. A gente vai ter sessões extraordinárias porque para a gente dar continuidade com sessão ordinária teria que fazer uma mudança na lei orgânica“, afirma.

A sugestão é que às quartas-feiras, com a convocação ocorrendo na segunda-feira. “Estive conversando com o jurídico uma forma de não haver questionamento. Nessas sessões que fizemos fora do horário das 9h30 é porque estamos ainda no período extraordinário”, ressalta Osório.

LEIA MAIS

Vereadores de Petrolina repudiam mensagem disseminada em grupos de WhatsApp sobre “farra de diárias”

Uma publicação nos grupos de WhatsApp da região repercutiu de forma negativa perante os vereadores de Petrolina, na sessão de terça-feira (30). A postagem dizia respeito a uma suposta “farra de diárias” para viagem, praticada por edis da atual legislatura. O fato conseguiu unir Oposição e Situação, que repudiaram a disseminação da informação.

“Nós não podemos agredir as pessoas de forma injusta, agredir a Casa Legislativa banalizando, fazendo um crime contra os edis. É uma injustiça o que estão fazendo, tem o meu repúdio“, disse o vice-presidente Ronaldo Cancão (DEM) já na abertura da sessão.

Requerimento para mostrar transparência

Cristina Costa (PT) que na semana passada havia apresentado um Requerimento cobrando transparência do Poder Legislativo propôs o Requerimento nº 175/2020 e foi enfática. “Solicito que seja encaminhado cópia detalhada de todas as diárias recebidas por minha pessoa nesses três anos e seis meses do meu mandato e aí possamos notificar, a qual trabalho e serviço nós fizemos. A partir do momento que sai farra das diárias parece que a gente está recebendo pra gastar a mercê“, afirmou.

LEIA MAIS

Gabinetes dos vereadores voltam a receber o público com acesso limitado a partir de hoje, sessões virtuais continuam em novo horário

Osório Siqueira, presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em mais uma portaria publicada nesta manhã, o presidente da Câmara Municipal de Petrolina, Osório Siqueira, estabelece novas normas de segurança em matéria de saúde pública, em consonância com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), do Ministério da Saúde (MS), os Decretos Estaduais e os Decretos Municipais, em especial o Decreto nª 37/2020, de 31 de maio de 2020, que trata da retomada das atividades econômicas, em especial no tocante à Administração Pública.

Considerando que o Poder Executivo, o Poder Judiciário, o Poder Legislativo e outros Órgãos Públicos, não estão realizando reuniões presenciais, para evitar com que as pessoas corram o risco de se contaminar com a COVID-19, a Câmara Municipal resolveu reabrir os gabinetes dos vereadores a partir desta quinta-feira (04), funcionando com apenas dois servidores e limitando o acesso de duas pessoas por vez, sendo obrigatório o uso de máscara e prévia higienização controlado pelas recepcionistas da Câmara Municipal de Petrolina e lavatório situado próximo a recepção, a partir do dia 04/06/2020.

O horário de expediente será das 07h00min às 13h00min, de segunda a sexta-feira, sendo obrigatório a todos os vereadores e servidores o uso de máscaras e higienização com álcool gel na recepção, mantendo o distanciamento entre as pessoas de 2,0 (dois) metros.

Sessões plenárias

As sessões plenárias ordinárias, extraordinárias e solenes, todas na forma presencial, permanecem suspensas, mantendo-se as ordinárias de forma remota, em ambiente virtual, a partir da próxima segunda-feira (09), às terças e quintas feiras, iniciando-a às 14h30min, até o dia 02/07/2020.

Osório Siqueira analisa possibilidade de sessões presenciais ainda este mês

Sem sessões ordinárias desde março, quando foi decretado o isolamento social em todo o município de Petrolina com fechamento do comércio e paralisação de atividades na prestação de serviços e de órgãos públicos, de forma presencial, diante da pandemia do novo coronavírus, a Câmara de Vereadores retomou as sessões ordinárias em plenário nesta terça-feira (02), mas de forma virtual.

A reunião ordinária online é inédita na história da Casa que havia se reunido no dia 15 de maio, também remotamente, só que numa convocação extraordinária, para apreciação de projetos de lei de urgência enviados pelo Poder Executivo.

Na sessão desta terça-feira, transmitida pelo canal da Câmara Municipal de Petrolina no youtube, os vereadores encaminharam uma série de matérias entre requerimentos e indicações contemplando as mais variadas solicitações da população ao poder publico municipal.

Segundo o presidente da Casa, vereador Osório Siqueira (MDB), o mês de junho será avaliado para que o legislativo petrolinense possa analisar a possibilidade de voltar a realizar as sessões de forma presencial.

“Durante todo este mês, a gente vai discutindo a forma das reuniões voltarem a ser realizadas no plenário, com todas as adequações que esse novo momento exige diante dessa crise da doença provocada pelo novo coronavírus”, comentou.

Entre as matérias, houve rejeições de três requerimentos de autoria da bancada da oposição. As propostas foram apresentadas pelos vereadores Paulo Valgueiro (PSD), líder dos oposicionistas na Casa; Gilmar Santos (PT), e Gabriel Menezes (PSL). As demais matérias foram aprovadas por unanimidade.

A próxima reunião plenária online da Casa Plínio Amorim acontece nesta quinta-feira (4), a partir das 9h, transmitida pelo youtube.

Sessões na Câmara de Petrolina serão retomadas por videoconferência em junho

Grupo de vereadores cobrava realização dos encontros virtuais

As sessões ordinárias da Casa Plínio Amorim serão retomadas, de forma virtual, no próximo dia 2 de junho. A decisão foi anunciada nessa terça-feira (19), pelo presidente da Câmara, Osório Siqueira (MDB). Os trabalhos estão paralisados por conta da pandemia do coronavírus desde março.

LEIA TAMBÉM

Após 1ª sessão online, vereadores reforçam pedido para encontros virtuais em Petrolina

Há algumas semanas os vereadores iniciaram uma mobilização, cobrando a retomada dos trabalhos mesmo que de forma online. Na sexta-feira (15) os edis se reuniram virtualmente para analisar dois projetos de Lei do Poder Executivo, aprovados por unanimidade.

Câmara de Vereadores de Petrolina prorroga suspensão de sessões presenciais até 31 de maio

(Foto: Arquivo)

O Presidente da Câmara de Vereadores de Petrolina, Vereador Osório Siqueira, publicou uma portaria nesta sexta-feira (15) prorrogando o prazo das sessões ordinárias, solenes e outras, até o dia 31 deste mês. A portaria Nº. 1.605/2020 estabelece também que ficam suspensos o atendimento ao público neste período, na Sede do Poder Legislativo Municipal.

O documento estabelece ainda, que por conta do período em que a Câmara de Vereadores ficou sem ter sessões ordinárias, solenes  e outras reuniões que aglomera pessoas, no mês de julho, não haverá recesso parlamentar.

Para baixar a portaria, Osório Siqueira levou em consideração, dentre outras coisas, o Decreto nº 011/2020, reeditado em 31 de março pelo prefeito Miguel Coelho, que estabelece medidas temporárias no âmbito do Território do Município de Petrolina, de prevenção ao contágio pelo Coronavírus e a Portaria nº 188/2020 do Ministério da Saúde, que declarou emergência em saúde pública de importância nacional em decorrência de infestação humana pelo novo Coronavírus.

Mesa diretora suspende por mais 15 dias sessões na Câmara Municipal de Petrolina

(Foto: arquivo)

Em nova portaria publicada na tarde desta quinta-feira (30), a mesa diretora da Câmara Municipal de Petrolina resolver estender a suspensão de todas as sessões ordinárias, solenes e outras, até o dia 15 de maio, em virtude dos decretos dos governos estadual e municipal.

Ficam suspensos ainda o atendimento ao público neste período, na Sede do Poder Legislativo Municipal.

A novidade é que quando do retorno dos trabalhos, por conta do período em que a Câmara de Vereadores ficou sem ter sessões ordinárias, solenes e outras reuniões que aglomera pessoas, no mês de julho do ano em curso, não haverá recesso parlamentar.

Na portaria, o presidente Osório Siqueira lembra ainda que  o prazo de 15 (quinze) dias, pode ser prorrogado por igual período, em conformidade com o estado do aumento da calamidade da COVID-19.

Miguel Coelho abona filiação de Osório Siqueira ao MDB

Único a ter a ficha abonada por Miguel Coelho, o presidente da Câmara Municipal de Petrolina, vereador Osório Siqueira, assinou nesta quarta-feira (1/4) sua filiação ao MDB, mesmo partido do prefeito.

Osório é um aliado de muitos anos do senador Fernando Bezerra Coelho e mais uma vez mostra fidelidade ao ingressar no MDB, partido que terá uma chapa forte nas eleições proporcionais deste ano. Há quem diga que com o fim das coligações na proporcional, o MDB vai ser o partido mais forte, portanto a disputa vai ser acirrada entre os candidatos a vereador.

“Me sinto muito honrado em assinar minha filiação ao MDB, sou um político de grupo e não poderia faltar neste momento tão importante em que Petrolina está avançando muito na gestão do prefeito Miguel Coelho”, disse Osório.

Câmara de Vereadores de Petrolina destinará R$ 100 mil para combate ao coronavírus

Osório Siqueira, presidente da Câmara de Vereadores. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O presidente da câmara de Vereadores de Petrolina, Osório Siqueira, informou, nessa quarta-feira (25), à população que a Casa Legislativa doará R$ 100 mil para ações de combate ao coronavírus no município. Segundo Osório, a conversa com os parlamentares para a doação já acontecia há cerca de cindo dias.

“A gente fez esse levantamento e tinha um planejamento para construção de salas, de reforma, de equipamentos para melhorar a Casa Plínio Amorim, mas a gente entendeu que esse momento que estamos passando é muito difícil”, disse.

Ainda de acordo com o presidente do Legislativo municipal, a ajuda está sendo feita com responsabilidade e o valor vai ser descontado já em abril. “Estamos tirando dessa parte de estruturação, deixar isso para o final do ano. Não está fácil aqui na nossa cidade e a gente precisa fazer a nossa parte”, afirmou.

LEIA MAIS

Gabriel Menezes volta a criticar pauta da sessão; Membros da Mesa Diretora rebatem

Gabriel voltou a cobrar projetos relevantes na pauta (Foto: Jean Brito/Ascom CMP)

Gabriel Menezes (PSL) voltou a criticar a Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim. Ontem (12) o edil cobrou novamente a colocação de projetos relevantes na pauta. Ele apresentou um levantamento realizado por seu gabinete e atestou que a maior parte dos pedidos da pauta são medalhas e honrarias.

LEIA TAMBÉM

Gabriel Menezes critica constância de títulos e medalhas e ganha apoio de Ruy Wanderley

“Estamos na 10ª sessão ordinária de 2020. Fiz um resumo da 1ª até a 10ª, iniciamos o ano em 4 de fevereiro. Hoje, na 10ª sessão do ano traz seis Títulos de Cidadão e uma Medalha [de Honra ao Mérito]. O resumo é que em 10 sessões essa Casa é apenas 23 títulos de cidadão, oito medalhas e somente, vergonhosamente, dois projetos do Executivo e seis do Legislativo“, destacou..

Em seguida ele cobrou uma ação do presidente da Câmara, Osório Siqueira (PSB). “Que tenha o poder, que comande a pauta. A gente precisa dar uma resposta à sociedade, quando o cidadão desce o cacete ele nivela por baixo e eu me sinto mal”, concluiu.

LEIA MAIS

Osório Siqueira prevê “ano de mais discussões” na Câmara de Petrolina

Presidente falou da expectativa para 2020 (Foto: Blog Waldiney Passos)

O ano legislativo de 2020 em Petrolina teve início nessa terça-feira (4), com a primeira sessão ordinária. 2020 é marcado pela eleição municipal, tema que dominou os bastidores da política na volta aos trabalhos. O pedido do presidente da Casa Plínio Amorim, Osório Siqueira (PSB) é que as duas bancadas saibam deixar de lado as “picuinhas”.

“Esse ano a gente volta com a expectativa maior, é ano de eleição. Com certeza vai ser um ano de mais discussões, vão ser mais acirrada as sessões. A gente pede que todos fiquem com o foco voltado às matérias que vão estar na puta e coisas que tragam benefício à população“, afirmou Osório durante coletiva de imprensa.

Sobre os trabalhos de 2019, o presidente da Câmara destacou os mais de dois mil pedidos apresentados pelos edis. “A gente volta com a expectativa maior, ano passado foi um ano de muitas matérias de todos os vereadores. Em todas as matérias os vereadores solicitaram melhorias aos bairros. A gente sabe que nenhum prefeito tem o poder de atender todas as solicitações dos parlamentares”, disse.

Câmara de Vereadores encerra trabalho com saldo positivo para presidente

Vereadores encerram ano com música e saldo positivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Véspera de pleito municipal, 2019 foi marcado por embates acaloradas e aprovação de projetos polêmicos. Porém, na quinta-feira (19) houve discursos de agradecimento, música e sorrisos para concluir mais um ano de trabalho na Câmara Municipal.

LEIA TAMBÉM:

Líderes avaliam 2019 como ano positivo na Câmara de Petrolina

No balanço geral, o presidente da Casa, Osório Siqueira (PSB) aprovou a atuação do Poder Legislativo. “Quero parabenizar todos os vereadores pelo ano de 2019, foram quase duas mil matérias, entre Indicações e Requerimentos reivindicando aos órgãos competentes, a todos os órgãos responsáveis pelas demandas”, disse.

LEIA MAIS

“Bronca” por Plano Diretor une bancadas na Câmara de Petrolina

Membros do Legislativo cobram projeto (Foto: Blog Waldiney Passos)

Em meio as demandas dos vereadores, um tema ganhou notoriedade na Câmara de Petrolina na quinta-feira (5): o Plano Diretor Municipal. Praticamente todos os edis presentes no debate de ontem cobraram o envio do projeto de Lei, cuja autoria é do Poder Executivo, para ser apreciado no Plenário.

Ex-líder do governo na Câmara, Ruy Wanderley (PSC) denunciou que outras pessoas – arquitetos e engenheiros – já estão com o Plano em mãos,  enquanto o Legislativo não analisou a matéria até o momento. E cobrou do assessor especial da Prefeitura, Orlando Tolentino agilidade no envio.

“Isso demonstra a falta de respeito que alguns membros do Poder Executivo tem com essa Casa. O Plano Diretor foi feito, já foi encaminhado uma cópia para profissionais de engenharia, arquitetura e empresários, mas estão esquecendo que para ser aprovado tem que passar por essa Casa”, disse.

LEIA MAIS

Audiência pública sobre cultura gera atrito entre Gilmar Santos e Maria Elena

Audiência foi realizada no CEU das Águas, no Rio Corrente (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Câmara de Vereadores de Petrolina promoveu uma audiência pública na segunda-feira (2), no bairro Rio Corrente para debater as políticas públicas da cultura. Contudo, o autor do pedido, Gilmar Santos (PT) se disse triste por não ter a presença dos colegas e de representantes da Prefeitura.

“Lamentamos muito a ausência dos colegas vereadores. Essa Casa aprovou o Requerimento, estava previsto para o dia 29/11 e realizamos ontem [segunda-feira]. Lá registramos a ausência de representantes da Prefeitura Municipal, não teve um representante [do Executivo] para ouvir os artistas”, afirma Gilmar.

Falta de comunicação

Defensora da cultura, Maria Elena de Alencar (PRTB) interferiu na fala e defendeu a Casa. “Os gabinetes não receberam convite oficial sobre essa audiência, eu o vi fazendo o convite aqui. Seria um assunto que não teria o porquê de não participar. Também falei com o secretário Cássio Lucena e ele disse que não foi avisado oficialmente“, pontua.

LEIA MAIS
123