Tragédia: veículo de passeio é atingido por caminhão e 5 pessoas morrem em rodovia do Pará

Um grave acidente registrado na tarde de segunda-feira (19), na BR-316, no Pará deixou cinco pessoas mortas. As vítimas estavam em um veículo de passeio que foi atingido por um caminhão ao passar por uma lombada. A colisão foi flagrada por uma câmera de monitoramento.

Nas imagens é possível ver um caminhão passando na lombada quando o carro menor também se aproxima e é atingido em cheio por outro veículo. De acordo com a Polícia Federal, o acidente aconteceu no km 106 da rodovia federal, em Santa Maria do Belém.

As vítimas retiradas das ferragens são um homem que conduzia o veículo, uma mulher, uma adolescentes e dois bebês. Não há, até o momento, informações sobre o condutor que provocou o acidente.

 

PC prende, em Petrolina, homem por envolvimento com grupo que praticava roubos a carros-fortes no TO e PA

Homem seria entregador de armamento ao grupo (Foto: JC Online/Reprodução)

A Polícia Civil de Pernambuco cumpriu um mandado de prisão em Petrolina nessa sexta-feira (10). O preso tem ligação com uma organização criminosa que praticou crimes contra carros-fortes nos estados do Tocantins e Pará no ano de 2019. A ação integra a 2ª Fase da Operação de Intervenção Tática da PC-TO, denominada de “Guerra Justa”.

A organização está envolvida em uma tentativa de roubo em Arapoema (TO) e um roubo em Marabá (PA), ambas registradas em 2019. Os criminosos também teriam envolvimento com dois assaltos, no mês de janeiro de 2020, em Ipixuna e Paragominas, ambas no Pará.

Petrolina na rota

O homem detido em Petrolina é apontado como transportador das armas de grosso calibre aos bandidos. Ele utilizava um caminhão para levar o armamento, atuando no suporte ao grupo. Além do mandado de prisão, a Polícia Civil cumpriu dois de busca e apreensão em Petrolina, expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Arapoema (TO). Cerca de 15 policiais deram suporte na operação.

Papa pede que fiéis consultem a Bíblia como verificam celulares

O Papa Francisco convocou os fiéis a consultarem a Bíblia com a mesma frequência que verificam mensagens em seus celulares

O Papa falou para uma lotada praça de São Pedro durante sua bênção semanal.

“O que aconteceria se nos voltássemos quando nos esquecemos. Se abrirmos (a Bíblia) mais vezes ao dia, se lermos a mensagem de Deus na Bíblia da mesma maneira que lemos as mensagens em nossos celulares”, disse o pontífice.

Número de PMs nas ruas teve queda em Pernambuco e em outros quatro estados nos últimos três anos

(Foto: Arquivo)

Para fazer a segurança de quase metade dos brasileiros, estados têm hoje um efetivo de policiais militares menor do que três anos atrás. A redução de contingente foi constatada em Pernambuco, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Pará segundo levantamento feito na última semana.

A falta de reposição de policiais diante de aposentadorias, mortes ou demissões é mais um reflexo da crise fiscal, que estrangula desde 2015 orçamentos estaduais, comprometendo a prestação de serviços públicos.

Nesses cinco estados vivem 91,7 milhões de pessoas — 44% da população brasileira, segundo o IBGE. Juntos, eles perderam algo em torno de 17 mil homens da Polícia Militar nos últimos 38 meses (de dezembro de 2013 a fevereiro de 2017). Isso é equivalente ao efetivo policial de estados de porte médio no Brasil, como Ceará ou Santa Catarina.

A situação é ainda mais dramática se considerarmos que a população segue crescendo lentamente. A lógica seria que o efetivo policial acompanhasse esse crescimento. Em 2013, eram 191 mil policiais militares na ativa em São Paulo, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Pará. Hoje são 174 mil, distribuídos em funções administrativas e no policiamento. Se a proporção de três anos atrás de policial por habitante tivesse sido mantida, esses estados deveriam ter atualmente uma força de segurança de 196 mil homens. No Rio de Janeiro, seriam 1.100 policiais a mais do que hoje e, em São Paulo, o reforço teria que ser de 14 mil.

Com informações de O Globo

CNJ afasta juíza que manteve adolescente em cela com cerca de 30 homens no Pará

justica-lei-direito

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu afastar de suas funções a juíza Clarice Maria de Andrade, que em 2007 manteve uma adolescente de 15 anos presa em uma cela com cerca de 30 homens. O caso ocorreu no município de Abaetetuba (PA). Apesar de ficar proibida de exercer a magistratura, Clarice Maria vai continuar recebendo proporcionalmente os vencimentos.

Segundo o CNJ, a juíza pode ser convocada a atuar novamente dois anos depois de cumprir a pena. Clarice Maria chegou a ser julgada pelo caso, em 2010, quando o conselho decidiu por sua aposentadoria compulsória. Dois anos depois, o Supremo Tribunal Federal (STF) pediu que o caso fosse revisto já que não havia provas de que a juíza sabia da situação da prisão.

LEIA MAIS

Prefeito de Goianésia do Pará é morto a tiros em velório

O prefeito de Goianésia do Pará, João Gomes, de 62 anos, foi assassinado com seis tiros na cabeça na noite de domingo (24), durante um velório no bairro central do município, a 335 quilômetros de Belém. Até o momento, a polícia ainda não divulgou informações sobre o paradeiro dos matadores.

Segundo relatos de testemunhas à Polícia Civil, por volta das 20h30, dois homens com capacetes entraram no local do velório, na rua União, atiraram a queima-roupa e fugiram em uma motocicleta. O prefeito, mais conhecido como “Russo”, morreu na hora.

Os principais pontos de acesso a Goianésia, na região sudeste do Pará, são monitorados desde a madrugada desta segunda-feira (25). Policiais civis e militares do município de Tucuruí auxiliam na investigação e busca dos acusados pelo assassinato.

O corpo de João Gomes, nascido em Barras, no Piauí, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Tucuruí. Filiado ao Partido da República (PR), “Russo” exercia o seu primeiro mandato. Ele concorreria à reeleição no pleito deste ano. O PR ainda não se pronunciou sobre o caso.

Substituição – A Câmara dos Vereadores de Goianésia deverá se reunir ainda nesta segunda para definir se o vice-prefeito Antônio Pego será empossado imediatamente. O município tem cerca de 36 mil habitantes e está inserido na região agrícola sob influência da rodovia PA-150.